Sábado, 21 Julho 2018 | Login
Em sessão realizada na tarde desta quinta-feira, 22/03, o Supremo Tribunal Federal (STF) se apequenou ainda mais perante a opinião pública. Após suspender a votação de um habeas preventivo em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a maioria dos ministros - 6 a 4 - decidiu adiar a votação do julgamento para o dia 4 de abril, como também conceder uma liminar impedindo que o petista seja preso até o julgamento final desse habeas corpus.
Votaram a favor da liminar os ministros Dias Toffoli, Rosa Weber, Marco Aurélio de Mello, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Os votos contrários à liminar foram de Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Cármen Lúcia.
No início da sessão nesta quinta-feira, o ministro relator Edson Fachin abriu uma preliminar para votar se o habeas corpus de Lula deveria ser julgado. Por 7 a 4, os ministros decidiram julgar o pedido do ex-presidente contra prisão.
Embora a maioria do STF tenha votado para que o habeas corpus do ex-presidente Lula seja julgado, isso não significa que eles aceitarão o pedido do ex-presidente para não ser preso após a análise dos recursos no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), cuja votação está marcada para a próxima segunda-feira, 26. (Fonte: Exame)
Published in Política

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.