Domingo, 16 Fevereiro 2020 | Login
Fatos, fotos e curiosidades de Buenos Aires e Montevidéu

Fatos, fotos e curiosidades de Buenos Aires e Montevidéu Featured

 

Já fazia 6 anos que não vinha a Buenos Aires. Em 2012, vi uma cidade prestes a entrar também na crise econômica mundial. Agora, vejo a cidade bastante diferente.

Com certeza, longe ainda de sair da crise que assola o mundo, como vemos no Brasil, mas, uma cidade coberta de obras públicas.

Buenos Aires obras menor

Andando pela capital dos argentinos, temos a impressão de que estamos num verdadeiro e gigante canteiro de obras.

Aproveitei também para conhecer Montevidéu. E o fiz, com a minha esposa, Priscila e meus filhos, Gustavo e Guilherme, pelo belo e confortável passeio de barco através do Rio da Prata.

Em apenas duas horas chega-se à bela Montevidéu no luxuoso Barco Francisco. Recomendo essa travessia pelo Rio da Prata. Farei outras matérias para mostrar algumas curiosidades sobre essas duas capitais da América do Sul.

Montevideu menor

Em Montevidéu, por exemplo, o turismo é uma grande fonte renda. claro porém, que nem longe, pode ser comparada à grande força econômica do Uruguai, que é a agropecuária.

Além de grandes consumidores, o Uruguai é um dos maiores exportadores de carne bovina. Para se ter uma ideia, lá existem quatro vacas para cada habitante. São 12 milhões de cabeça de gado num país de 3 milhões e 500 mil habitantes.

Acompanhei daqui também toda essa tensão no Brasil com a decretação e prisão do Lula e com todo o teatro montado pelos petistas em São Bernardo do Campo. É incrível como a imprensa daqui, com raras exceções, 'compra' essa ideia de que o Lula tirou "40 milhões da pobreza", sem citar, por exemplo, que o Bolsa Família que dá apenas 150 reais para uma família, mantém o povo na miséria e que se transformou na realidade foi num curral eleitoral. Opiniões típicas de quem vive a milhares de quilômetro da realidade brasileira.

Nas próximas, matérias traremos mais detalhes e curiosidades dessa nossa pequena viagem por Argentina e Uruguai, passando pela economia, esporte, turismo e cultura. (Renato Ferreira)

000

About Author

Related items

  • TURISMO: Governo do Peru vai plantar 1 milhão de árvores para proteger Machu Picchu
    Começou esta semana uma campanha para reflorestar o santuário arqueológico de Machu Picchu com a plantação de um milhão de árvores.
     
    O plano, para proteger a cidade histórica das chuvas e deslizamentos, foi anunciado pelo presidente do Peru, Martín Vizcarra. A meta foi divulgada como um “compromisso do governo”.
    A cidadela fica no distrito de Machu Picchu, na província de Urubamba, a 80 quilômetros a noroeste da cidade de Cuzco, antiga capital do império inca, nos séculos XV e XVI.
    No último domingo, a empresa de trem que leva turistas decidiu restringir o serviço por várias horas, por causa de deslizamentos de pedras e lama, que aumentaram com as chuvas. Houve transbordamento do rio Vilcanota.
    Especialistas do Ministério do Ambiente defendem a necessidade de plantar árvores no cinturão ecológico, conhecido como zona tampão, que permite proteger o santuário arqueológico e a flora e fauna circundantes.
    História
    O complexo arqueológico, encontrado em 1911 pelo explorador americano Hiram Bingham, foi declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial em 1983.
    Machu Picchu é uma área protegida do Peru com mais de 35 mil hectares, que inclui o ambiente natural do local de Machu Picchu, localizado na íngreme floresta dos yungas, na encosta oriental dos Andes peruanos.
    Lixo
    A cidade recebe 1,6 milhão de visitantes todos os anos e sofre com o problema do lixo deixado pelos turistas.
    Segundo a revista Aventuras na História, os resíduos somam mais de cinco toneladas por dia, formados em sua maioria por garrafas plásticas, prejudicando a fauna e flora.
    Como não existem estradas para o sítio arqueológico, o lixo é levado exclusivamente por ferrovias, o que dificulta seu gerenciamento por autoridades locais. (Fonte: SóNotíciaBoa - Foto: Jacqueline Saraiva Divulgação) - https://bit.ly/2tPNM5G
  • TURISMO: Ponte Hercílio Luz é reaberta após quase 30 anos interditada, em Florianópolis
    Cartão-postal catarinense teve reabertura parcial e recebeu milhares de visitantes nesta segunda-feira.
    Interditada desde julho de 1991 devido ao risco de colapso da estrutura, a Ponte Hercílio Luz, que liga Florianópolis (SC) ao continente, voltou a ser reaberta, nesta segunda-feira, 30/12, para pedestres e ciclistas. Com apresentações de artistas locais e outras atrações, a reabertura parcial do famoso cartão-postal catarinense atraiu milhares de curiosos e autoridades.
    Dirigindo um Fusca 1970, o governador Carlos Moisés (PSL) abriu o desfile que reuniu mais de 170 carros antigos que atravessaram a ponte esta manhã. Também a Polícia Militar de Santa Catarina prestou uma homenagem especial: policiais que dirigiam alguns dos carros históricos e que patrulhavam as imediações usaram uma farda idêntica à usada no dia inauguração da ponte, em 13 de maio de 1926.
    Em conta oficial do governo de Santa Catarina no Twitter, assessores chegaram a comentar que “a praia mais movimentada de Floripa, hoje, se chama Ponte Hercílio Luz”, tal o afluxo de pessoas que o evento atraiu. O governador Carlos Moisés explicou que a obra só deverá estar concluída daqui a, no mínimo, dois meses.
    Segundo a assessoria do governo catarinense, o serviço iniciado em 2006 (e assumido pela atual empresa em 2016, após sucessivos problemas com as construtoras anteriormente contratadas) está cerca de 95% concluído, faltando alguns “ajustes” e reparos.
    “Em março, nós, de fato, reinauguraremos, definitivamente, esta obra, já com a iluminação cênica que vai transformar o visual desta ponte”, disse Moisés durante a cerimônia de reabertura da ponte.
    Até o dia 5, apenas pedestres e ciclistas poderão atravessar a ponte. Durante este período, o local abrigará uma extensa programação para celebrar a reabertura da ponte. Ao todo, serão sete dias de shows de samba, rock, pop, sertanejo e MPB, além de outras atrações culturais, esportivas e gastronômicas.
    A partir do dia 13, a prefeitura deve liberar a passagem das primeiras linhas de ônibus e para outros veículos a serviço de órgãos públicos. A previsão inicial é que o tráfego de carros particulares seja liberado após uma breve fase de avaliação da estrutura.
    (Agência Brasil)
  • MUNDO: Direita vence no Uruguai e tira grupo de Mujica do poder após 15 anos

    Atualmente, a direita governa o Brasil, Chile, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Peru, Equador e interinamente também a Bolívia, onde Evo Morales renunciou.

     

    Depois de vários anos com a chamada esquerda governando muitos países na América do Sul, agora, esse quadro mudou. E a maioria dos países tem governo de representantes da direita e centro-direita.

    Nesta semana, o senador do Partido Nacional, de centro-direita, Luis Lacalle Pou foi confirmado como próximo presidente do Uruguai. A eleição foi realizada no último domingo e Lacalle Pou só aguardava os números da contagem secundário para ser oficialmente definido como presidente eleito pela maioria dos uruguaios. A posse do novo mandatário será em 1º de março de 2020.

    Wilfredo Penco, da Corte Eleitoral, disse à agência Efe que o órgão “não faz cálculos” e que não proclamará o presidente “até que a última urna seja aberta”. Porém, como a diferença entre Lacalle Pou e o candidato da Frente Ampla, de esquerda, Daniel Martínez, vinha aumentando, ficou claro que este já não conseguiria reverter a derrota da esquerda no país.

    Pela primeira vez em 15 anos, a coalizão Frente Ampla, formada pelo ex-presidente José “Pepe” Mujica e pelo atual presidente Tabaré Vázquez, fica fora do poder no Uruguai.
    “Meu reconhecimento e obrigado a todos os homens e mulheres que estão defendendo os votos e a democracia em cada mesa nos dias de hoje. Meu pensamento está com vocês”, escreveu o presidente eleito do Uruguai. (Fonte: G1)

    Atualmente, representantes da direita governam o Brasil, com Jair Bolsonaro, Chile, Uruguai, Colômbia, Paraguai Peru e Equador. Na Bolívia, o esquerdista Evo Morales renunciou após acusações de fraudes na eleição que o elegeu para o quarto mandado consecutivo, e a direita governa momentaneamente o país, até a realização de novas eleições.

    Já na Venezuela o chavista Nicolás Maduro ainda se mantém no poder, apesar da pressão da direita e de acusações de fraudes em eleições que beneficiaram Maduro. E na Argentina, a esquerda voltou com o grupo da ex-presidente Cristina Kirchner.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.