Quinta, 23 Maio 2019 | Login

Nas eleições de 2016, o PT foi, praticamente, varrido das Prefeituras e Câmaras Municipais. E, se não mudarem, os tucanos correm o mesmo risco, a não ser que algum tucano tenha apoio irrestrito de governantes, como Bolsonaro e Doria.

 

Por Renato Ferreira - 

Não é novidade para nenhum brasileiro que as maiores lideranças do PT e do PSDB são ainda, respectivamente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Isto porque o Lula faz política desde os anos 1980, quando fundou o PT, e foi presidente por dois mandatos, enquanto o Aécio, depois de FHC, foi o tucano que mais perto chegou de ser eleito para a Presidência da República. O Geraldo Alckmin, que poderia ter tirado do mineiro essa posição, acabou se transformando num candidato nanico nas eleições de 2018.

Só que agora, a pouco mais de um ano das eleições municipais de 2020, tanto PT, como PSDB, estão órfãos dessas lideranças. Condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e, ainda aguardando outras condenações, Lula já está preso há mais de um ano, cumprindo pena de 9 anos de reclusão. Por outro lado, o Aécio Neves já foi também denunciado por crimes de corrupção na Lava Jato e se acabou em termos políticos. Tanto é assim que, depois de perder a eleição para Dilma Roussef, em 2016, teve que desistir da candidatura ao Senado, sendo eleito apenas para Deputado Federal, enquanto aguarda condenação na Justiça e seguir para o mesmo destino de Lula.

Em 2020, como será?

Sendo assim, resta uma pergunta no ar: Como PT e PSDB sairão das urnas em 2020? Como todos lembram, já sofrendo as consequências da corrupção, em 2016, mesmo com Lula livre e fazendo campanha abertamente, o PT foi um fiasco e acabou sendo varrido do mapa eleitoral dos municípios. Prova disso foi a eleição em São Paulo, onde o petista Fernando Haddad não conseguiu a reeleição e foi derrotado pelo tucano João Doria.

Além disso, Câmaras Municipais de importantes cidades, como Osasco, na região Oeste da Grande São Paulo, não elegeu nenhum vereador petista pela primeira vez desde os anos 1990. A derrocada petista foi ainda maior em Estados como no Mato Grosso do Sul, que não elegeu nenhum vereador em suas centenas de municípios.

Naquelas eleições, os tucanos, ainda sem os efeitos da corrupção, conseguiram bons resultados em todas as regiões do país. Mas, como será o desempenho do PSDB em 2020, depois da derrocada de Aécio Neves e de Geraldo Alckmin? Dividido, o ninho tucano ferve em todo Brasil.

Doria pode fazer a diferença

Doria e Lindoso

Governador de São Paulo, João Doria, e o vereador de Osasco, Dr. Lindoso, ambos do PSDB

Ao contrário dos petistas, que ainda tentam ressuscitar o Lula, uma vez que não têm outra liderança e puxador de votos no mesmo nível do ex-presidente, os tucanos ainda têm uma tábua de salvação, que tem nome e endereço: João Doria, inquilino do Palácio do Bandeirantes.

São Paulo e Minas são os dois maiores colégios eleitorais do Brasil e o resultado das eleições gerais nesses estados funcionam como termômetro para as futuras empreitadas eleitorais dos partidos. E petistas, como tucanos, se deterioraram em Minas, em 2018. O ex-governador petista, Fernando Pimentel, ficou pelo caminho, levando consigo a ex-presidente Dilma, candidata favorita ao Senado. Mas, o senador tucano, Antonio Anastasia, favorito para voltar ao Palácio da Liberdade, também derrapou no segundo turno e perdeu feio para o novato Romeu Zema, do Partido Novo.

Só que em São Paulo, onde os petistas jamais elegeram o governador, os tucanos mostraram mais uma vez a sua força no estado e elegeram João Doria. No primeiro turno, o PT foi mais uma vez um fiasco com a candidatura do sindicalista Luiz Marinho e, no segundo turno, não obteve sucesso apoiando a reeleição de Márcio França, do PSB.

Então, em 2020, a esperança dos líderes tucanos, é um bom desempenho do governo Doria. Pois, será do Palácio dos Bandeirantes, que os futuros candidatos tucanos, seja para as Prefeituras ou Câmaras Municipais, esperam que venham as melhores contribuições para as suas empreitadas eleitorais.

Fogo amigo em Osasco

Rogério Lins Emidio e Lindoso

Prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos); deputado estadual, Emidio de Souza (PT); e o vereador osasquense, Dr. Lindoso (PSDB)

E como não poderia ser diferente, os problemas jurídicos de suas lideranças federais acabam também atingindo petistas e tucanos na esfera municipal. Como já falamos de Osasco, voltamos a citar essa cidade paulista, uma vez que, sendo um município densamente povoado em seus apenas 64 quilômetros quadrados, Osasco representa muito bem um extrato da sociedade brasileira, sobretudo, em termos políticos.

E as brigas internas no Diretório Nacional atinge, sem dúvida, os diretórios municipais dessas duas siglas, não sendo diferente em Osasco, onde os políticos tentam mostrar suas próprias virtudes aos eleitores, sem falar muito das lideranças maiores, como Lula, Aécio e Alckmin.

Tendo sua base econômica firmada em grandes indústrias, principalmente, no ramo siderúrgico, Osasco sempre foi um braço forte do petismo. Tanto é assim, que a maioria de seus vereadores na cidade veio do meio sindical, como o ex-prefeito Emídio de Souza, que foi vereador e, atualmente, é deputado estadual.

Mas, desde o mensalão, passando pelo impeachment de Dilma Roussef e a prisão de Lula, que o PT osasquense não é o mesmo. Pela primeira vez, em 2016, não elegeu nenhum vereador e, em 2018, elegeu somente o Emidio para a Assembleia Legislativa. Mesmo assim, o candidato só se elegeu graças aos votos de fora da cidade. Se dependesse apenas de Osasco, ele não teria sido eleito. Com certeza, Emidio de Souza, será candidato a prefeito em 2020, mas, terá que fazer boas alianças se quiser voltar ao 'Palácio' Bussocaba.

Assim, como os petistas, os tucanos também não passam por bons momentos na cidade, onde já comandaram a Prefeitura por três mandatos consecutivos, com Celso Giglio e Silas Bortolosso, entre 1993 a 2004, além de outros mandados apoiando prefeitos aliados. Agora, no entanto, os tucanos já estão desde 2005 longe do Executivo osasquense. E não escondem o desejo de voltar a comandar a cidade.

Mas, como será o desempenho deles em 2020? Com as derrocadas de Aécio Neves e de Geraldo Alckmin e, consequentemente, com as brigas no Diretório Estadual, faz tempo que o ninho tucano de Osasco não é um exemplo de união. E as bicadas amigas já são púbicas e notórias.

Aliados de Alckmin e de Doria não se entendem e têm até tucanos quase já ora do ninho, que fazem parte da atual administração sob o comando de Rogério Lins, do Podemos. E essa desunião tucana em Osasco já é explícita na própria Câmara Municipal, onde os três representantes do partido - Dr. Lindoso, De Paula e Didi - claramente dão sinais de que não falam a mesma língua quando o assunto é união para as eleições de 2020.

E é, justamente, em Osasco, classificada como a "melhor esquina do Brasil", pelo saudoso Mário Covas, que João Doria poderá fazer a diferença para os tucanos. O atual governador paulista não teve apoio de Rogério Lins, que apoiou Márcio França, em 2018. Em conversas com seus correligionários da cidade, Doria tem demonstrado que tem como meta reconquistar a Prefeitura de Osasco para os tucanos.

Enquanto isso, essas desavenças internas de petistas e tucanos poderão beneficiar candidaturas de outros partidos. São os casos, por exemplo, do Podemos, partido do prefeito Rogério Lins, e do PSL, legenda do Presidente Jair Bolsonaro. Com certeza, candidatos desses partidos vão tentar de todas as formas, enfraquecer ainda mais os possíveis candidatos petistas e tucanos.

Em Osasco, um dos nomes do PSDB que tem sido ventilado como possível candidato a Prefeito é o do ex-presidente da Câmara, Dr. Lindoso, que cumpre seu segundo mandato de vereador. Aliado fiel do governador João Doria, Lindoso concedeu ao governador o Título de Cidadão Osasquense, em 2017. e tem se encontrado com frequência com o Governador.

Se não houver nenhum fato novo nessa corrida, tudo indica que o candidato tucano em Osasco, com apoio de Doria, deverá mesmo ser o Dr. Lindoso. Se vai ser eleito, aí são outros quinhentos, pois, o tucano terá que enfrentar a candidatura do atual Prefeito, Rogério Lins, que conta com apoio da Deputada Federal, Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, e da maioria absoluta dos 21 vereadores. (Renato Ferreira)

Time de José Roberto Guimarães enfrenta a China, às 20h, em Brasília.
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Pelo lado das chinesas, a a capitã Chunlei Zeng mostrou entusiasmo por jogar pela primeira vez no Brasil. “Essa semana será muito difícil. Estamos no mesmo grupo da Rússia, do Brasil e da República Dominicana. Sabemos da nossa força e estamos prontas para as dificuldades. Essa é a minha primeira vez no Brasil e escutei que as pessoas realmente amam o voleibol por aqui. Acredito que será um grande início de Liga das Nações”, analisou.
Liga das Nações
A competição acontece entre os dias 21 de maio e 20 de junho de 2019, na qual as 16 principais seleções disputam a fase classificatória. A cada semana são formados quatro grupos com quatro seleções cada, definidos por sorteio. Ao fim desta primeira fase, as cinco equipes mais bem posicionadas avançam à fase final, que contará ainda com a China, país-sede. Essa última fase acontecerá entre 3 e 7 de julho, na China. Na sequência desta etapa de Brasília, o Brasil viaja para Apeldoorn, na Holanda, onde jogará, entre os dias 28 e 30 de maio, contra as donas da casa, a Polônia e a Bulgária. Na sequência, pela terceira semana da competição, as brasileiras terão como sede a cidade de Lincoln, nos EUA. Entre os dias 4 e 6 de junho, elas enfrentarão Alemanha, Coreia do Sul e os Estados Unidos. Já na quarta semana, entre 11 e 13 de junho, a Seleção estará em Tóquio, no Japão, e terá pela frente as donas da casa, Tailândia e Sérvia. Na quinta e última semana da fase classificatória, que acontecerá entre 18 e 20 de junho, em Ancara, na Turquia, elas medirão forças contra as turcas, italianas e belgas. A fase final, que reunirá a China mais as cinco seleções mais bem classificadas ao final da primeira fase, será disputada em Nanquim, na China, entre os dias 3 e 7 de julho. (Estado de Minas)
 
LIGA DAS NAÇÕES 2019
Brasília
 21/05 - Brasil x China, às 20h
22/05 - Brasil x República Dominicana, às 20h
23/05 - Brasil x Rússia, às 20h
Parlamentares do PP são acusados pela PGR pelo crime de organização criminosa.
Nesta terça-feira, 21/05, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide se coloca lideranças do chamado Centrão no banco dos réus. Em pauta, há uma denúncia contra o chamado “quadrilhão do PP”, o maior partido do bloco informal da Câmara.
Os ministros discutirão se recebem ou não a acusação apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na Lava Jato, contra o líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), os deputados Arthur Lira (PP-AL) e Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI) - foto -, presidente nacional do partido. Os quatro são acusados pelo crime de organização criminosa.
O julgamento ocorre no momento em que o Centrão promove uma queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro, impondo ao governo uma série de derrotas no Congresso.
Segundo apurou a reportagem, o Palácio do Planalto acompanha de perto a sessão, pois entende que uma eventual aceitação da denúncia pode ajudar a impulsionar os atos de apoio a Bolsonaro marcados para domingo.
‘Quadrilhão’
O caso do “quadrilhão do PP”, como é conhecido, chegou ao Supremo em março de 2015. Em setembro de 2017, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia por organização criminosa contra os parlamentares. Eles são acusados de participar de esquema de “cometimento de uma miríade de delitos” e arrecadação de propina por meio da utilização de diversos órgãos da administração pública, como a Petrobrás, a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades.
De acordo com a PGR, a organização criminosa teria sido concretamente estruturada após a eleição em 2002 do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado na Operação Lava Jato.
Pesam contra os parlamentares diversas acusações. Arthur Lira é acusado de receber vantagens indevidas por meio de doações eleitorais oficiais, em um total de R$ 2,6 milhões. De acordo com a denúncia, Ciro Nogueira solicitou e recebeu da empreiteira UTC Engenharia um total de R$ 1,875 milhão.
Contra Aguinaldo Ribeiro a acusação é a de “ordenar a captação e o repasse da propina” decorrente de contratos relacionados à diretoria de abastecimento da Petrobrás, em um esquema que também teria beneficiado Eduardo da Fonte.
Defesas
Os parlamentares negam as acusações e pedem a rejeição da denúncia. A defesa de Aguinaldo Ribeiro disse ao Supremo que há uma tentativa de “criminalizar o ato político e o partido político”.
Para os advogados de Arthur de Lira, a denúncia é “lastreada em declarações prestadas por colaboradores, as quais, de modo solitário, não são suficientes para conferir validade às proposições acusatórias”. Já Ciro Nogueira diz que a acusação não traça “quaisquer dados, provas, elementos idôneos específicos”. A defesa de Eduardo da Fonte sustenta que a acusação é “manifestamente abusiva”. (Isto É, com informações do jornal O Estado de S. Paulo - Foto: Beto Barata/Agência Câmara)
Ex-piloto austríaco e presidente de honra da Mercedes sofria com sérios problemas respiratórios desde acidente que quase lhe matou em 1976.
Nesta segunda-feira, 30/05, morreu o tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda, de 70 anos, O ex-piloto estava internado na UTI de um hospital na capital austríaca por complicações de antigo problema respiratório.
Lauda sobreviveu a um dos mais graves acidentes da história da F-1, no GP da Alemanha, em Nurburgring, em 1º de agosto de 1976. O então piloto da Ferrari teve o corpo coberto por chamas e a capacidade respiratória comprometida desde então.
niki lauda gp da espanha 2
Niki Lauda numa de suas corridas pela Fórmula 1, na Espanha (EFE - 28.4.1974)
Foi também nesse acidente, que Lauda teve parte da orelha direita queimada e vários ossos quebrados. Lauda não só lutou contra a morte como batalhou muito para também voltar às pistas. Depois de 42 dias e só duas corridas de ausência, lá estava de novo nas pistas. Naquele ano, foi vice-campeão mundial, tendo perdido o título para James Hunt. A rivalidades com Hunt nas pistas virou até filme.
Além do problema pulmonar, o ex-piloto precisou passar por dois transplantes de rim, um em 1997 e o outro em 2015. Esse último procedimento só foi viável graças à namorada da época, que lhe doou um órgão saudável.
Desde 2012, Lauda era presidente de honra da Mercedes, na reconstrução da equipe na F-1. Ele foi um dos principais nomes que levaram Lewis Hamilton para as Flechas de Prata no final daquele ano. Antes das férias de verão da categoria, Lauda perdeu os GPs da Alemanha e da Hungria.
O austríaco foi campeão da F-1 em 1975, 1977 (ambas pela Ferrari) e 1984 (já pela McLaren). Ao todo, foram 177 corridas na principal categoria do automobilismo, com 25 vitórias e 24 pole-positions. (Fonte: R7- Imagem: EFE/Valdrin Xhemaj )
Intervenção integra o projeto “Mutirão Amor por Osasco”, que está atendendo todos os bairros de Osasco.
O prefeito de Osasco, Rogério Lins, entregou no domingo, 19/5, às 10 horas, a reforma geral da Praça Sylvio de Toledo, na Rua Dr. Ilarino Juliano, em frente à Igreja São José Operário. A praça foi revitalizada e ganhou pista de caminhada, academia ao ar livre, playground, mesas e bancos, além de projeto paisagístico, transformando-se numa área para lazer e prática esportiva para os moradores das proximidades, com toda segurança e conforto.
 
Praça J de Abril 2
A intervenção na praça integra o “Mutirão Amor Por Osasco”, com Manutenção e Zeladoria, que chegou ao Jardim D’Abril, Umuarama e Adalgisa na segunda-feira, 13/5, levando limpeza de boca de lobo, poda de árvores, recolhimento e notificação de veículos abandonados, pintura de sinalização de solo e visita às residências para combate à dengue, entre outras.
O prefeito Rogério Lins acompanha o dia a dia das ações, faz questão de conversar com moradores e comerciantes, além de participar de reuniões agendadas, justamente para escutar as solicitações da população. Essas reuniões também são acompanhadas pelos secretários municipais e Ouvidoria.
Na quarta-feira, 15/5, o prefeito e o presidente da Câmara, Ribamar Silva, reuniram-se com os moradores do Condomínio Chico Mendes, que solicitaram uma equipe do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) na Rua Joaquim Lopes Veiga, em frente ao condomínio, para fiscalizar o fluxo de caminhões que aumentou em virtude do acesso ao Rodoanel. O prefeito explicou que o pedido será avaliado pelo secretário de Transportes e da Mobilidade Urbana.
 
Praça J de Abril 3 Lins e moradores
Aos moradores, Lins falou sobre o “Mutirão Amor Por Osasco” e demais benfeitorias, como a inauguração da 2ª Companhia do 14º BPM, que aumentará a quantidade de policiais militares que fazem a segurança na região. Também informou sobre o COI (Centro de Operações Integradas), que já colocou em funcionamento o “cercamento eletrônico” da cidade, monitorando os principais acessos e saídas.
“Precisamos exatamente dessa aproximação com os nossos governantes. O nosso prefeito é jovem e tem muito a fazer pela população. Essa é a primeira vez que um prefeito vem aqui”, disse Maria Rita Oliveira, 51 anos, moradora há 19 anos do condomínio.
O prefeito também esteve na Rua da Fonte para verificar o recapeamento asfáltico feito pela equipe do “Mutirão Amor Por Osasco”. Aproveitou para conversar com os moradores e bater uma bolinha com a criançada. (Imagens - Jean Bueno - SECOM)
 

 

Neste domingo, 19 de Maio, a cidade de Araçariguama comemora 27 anos de Emancipação Político/Administrativa. Esta pequena, aconchegante e progressista cidade paulista, colada à região Oeste da Grande São Paulo pela rodovia Castelo Branco, tem motivos de sobra para celebrar esta importante data.

 Araçariguama prefeita Lili Aymar

Prefeita Lili Aymar

Sob o comando da dinâmica Prefeita Lili Aymar, a Prefeitura de Araçariguama elaborou uma extensa programação de eventos, que começaram no início de Maio e vão até meados de Junho para comemorar o aniversário do município. São eventos cívicos, sociais, culturais, educacionais, esportivos e também inaugurações de obras públicas em todos os cantos da cidade.

As festividades começaram no Dia 1º de Maio com o Festival do Trabalhador, seguido de outros eventos envolvendo toda a sociedade. Nesta semana, por exemplo, foi realizado o tradicional Baile da Emancipação, comandado pela super banda show Santa Esmeralda, no dia 17. No dia 18, aconteceu grande show com a banda Lex Luthor.

Araçariguama 3 casamento comunitário

E hoje, dia do aniversário, foi realizado o já também tradicional Casamento Comunitário. Está programado para o dia 25, a partir das 8h, a Corrida de Emancipação.

Araçariguama 4 casamento comunitário casal Lili e Carlos Aymar

A Prefeita Lili Aymar fala durante o Casamento Comunitário, neste domingo, ao lado do seu marido, o ex-prefeito Carlos Aymar

“Mesmo com os grandes desafios, superamos todas as adversidades e estamos cumprindo compromissos e nosso plano de governo. Araçariguama é referência não só na região, mas em todo estado de São Paulo. Isso é gratificante, nos motiva, nos faz trabalhar ainda mais em busca de melhorias para nossa população. Agora é hora de comemorar cada obra, cada conquista, cada realização”, disse a Prefeita Lili Aymar.

Inaugurações

Araçariguama 2

Dentro da programação neste mês de Maio já houve inaugurações, como a daCasa do Professor e haverá outras também, como a da Estação Própria de Energia de Araçariguama, de asfalto e do Sivam (Sistema de Vigilância e Monitoramento), dentre outras.

Você pode conferir toda a programação no site da Prefeitura de Araçariguama - www.aracariguama.sp.gov.br (Renato Ferreira)

Araçariguama 27 anos

 
Em discurso para formandos, Pence alertou para que estivessem preparados para os ataques de intolerantes.
 
O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, discursou durante a formatura de alunos da Liberty University, em Lynchburg, Virgínia. Dirigindo-se aos formandos cristãos, Pence fez um alerta sobre a crescente hostilidade contra aqueles que seguem o cristianismo.
"As vozes mais altas para a tolerância têm pouca tolerância para as crenças cristãs tradicionais. Estejam preparados", disse o vice-presidente da maior Nação democrática do mundo.
Evangélico, Pence citou como exemplo de intolerância os ataques sofridos por sua esposa, Karen, quando ela decidiu dar aulas de arte novamente.
"Por muito tempo foi fácil se considerar cristão, nunca ocorreu às pessoas que você poderia ser ridicularizado por defender os ensinamentos da Bíblia. Mas agora as coisas são diferentes", afirmou Mike Pence. (Fonte: Pleno News)
Pense nisso:
"Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme". Provérbios 29:2
Ex-presidente integrará chapa com seu ex-chefe de Gabinete Alberto Fernández.
 
A ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner surpreendeu o meio político do país ao anunciar neste sábado, 18/05, sua candidatura como vice-presidente nas eleições gerais de outubro.
Em um vídeo postado no Twitter, Cristina, que liderava as pesquisas eleitorais, disse que seu ex-chefe de gabinete Alberto Fernandez será o candidato a presidente.
"Pedi a Alberto Fernandez para dirigir a fórmula que iremos integrar juntos, ele como candidato presidencial e eu como candidata a vice-presidente", disse Kirchner.

Alberto Fernandez serviu como chefe de equipe de 2003 a 2007 ao ex-presidente e marido falecido de Cristina, Nestor Kirchner. Ele permaneceu nessa função.
durante uma parte do mandato de Cristina como presidente de 2007 a 2015.

Alberto Fernandez desafiará o presidente conservador Mauricio Macri, que viu seus índices de popularidade caírem devido à alta inflação. Fonte: (EM com Associated Press - Foto: Emiliano Lasalvia/AFP )
Opinião do jornalista Renato Ferreira
Quais serão os motivos que levaram uma ex-presidente abandonar a candidatura, liderando as pesquisas eleitorais com chances reais de voltar a comandar a Argentina?
No momento, só dois motivos a gente pode especular: ou Cristina Kirchner, que já foi condenada por corrupção, sabe que sua candidatura seria impugnada (mas, neste caso não poderia ser vice também), ou ela não confia nas pesquisas que a colocam na frente do atual Presidente, Mauricio Macri.
E, realmente, se as pesquisas de lá são falsas como as nossas aqui, feitas por Institutos como Datafolha, Ibope e Vox Populi, a ex-presidente argentina está certíssima em abandonar a candidatura. (Renato Ferreira)
    Serviços de manutenção e zeladoria chegaram à região após pedido do vereador e Presidente da Câmara.
     
    O 'Mutirão Amor Por Osasco' chegou à região do bairro Jardim D´Abril, na Zona Sul da cidade, no início da semana. Desde o dia 13, os moradores estão sendo contemplados com serviços de manutenção e zeladoria.
    Ribamar 3
     
    O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Ribamar Silva, está fiscalizando de perto os trabalhos de manutenção e zeladoria promovidos pela Prefeitura, que também estão sendo realizados no Jardim da Glória, Jardim Oriental, Jardim Nova América, Umuarama e adjacências.
    Os serviços do Mutirão foram direcionados à região após pedido do parlamentar ao Prefeito. “Reivindicamos esses serviços para atender a solicitações feitas pelos moradores, através do telefone 156 da Prefeitura, e também aos ofícios e indicações realizados pelos vereadores. Estamos fazendo uma verdadeira faxina nos bairros”, explica Ribamar.
     
    Ribamar 2
     
    Em nome de todos os moradores, o Presidente do Legislativo municipal deixou seu agradecimento ao Prefeito Rogério Lins. “A população ficou entusiasmada ao ver os serviços em suas ruas e não poupou elogios e agradecimentos à administração”, completou.
    A programação do Mutirão Amor por Osasco segue até a próxima terça-feira (21) na região, com serviços como corte de mato, troca de lâmpadas, tapa-buracos, dentre outras ações que facilitam o acesso da população aos serviços mais urgentes.
    “Tem sido uma grande oportunidade de ouvir os pedidos da população e ver de perto as principais necessidades dos bairros. Ao final do Mutirão, nossa cidade estará ainda mais bonita e cuidada do jeito que merece”, finalizou Ribamar. (Departamento de Comunicação)
     
    A Prefeitura de Araçariguama, por meio da Secretaria de Educação, acaba de adquirir novo Ônibus Escolar zero quilômetro. Essa nova conquista da Prefeitura, sob o comando da Prefeita Lili Aymar (foto), foi feita através de convênio com o FNDE/MEC (Governo Federal) PAR (Plano de Ações Articuladas - Programa Caminho da Escola).
    Trata-se de um termo de compromisso firmado em 2018 proveniente de emenda parlamentar da deputada Federal Bruna Furlan (PSDB), no valor de R$274.050,00, sendo R$250.000,00 da emenda e R$24.050,00 coomo contrapartida da Prefeitura de Araçariguama.
    Araçariguama ônibus 2
     
    Esse novo benefício para o povo de Araçariguama só foi possível graças ao esforço de todo o grupo da Secretaria de Educação pela agilidade e organização, da equipe de Projetos Especiais e, principalmente, pela iniciativa da Prefeita Lili Aymar na busca de recursos para o município.
    “A aprovação do convênio aconteceu no dia 31 de dezembro de 2018, onde a equipe de supervisão, liderada pelo professor Fernando Cunha, se dedicou e com muita expertise, conseguiu a aprovação deste novo ônibus para nossa educação”, disse o Secretário Michel Vicentine.
    “É com muita alegria que entregamos mais um ônibus 0k para nossos alunos. Nossa meta é tornar Araçariguama uma cidade referência na educação, e isso já está se tornando realidade. Transporte é essencial para a qualidade de acesso de nossos alunos, além da economicidade gerada pelo convênio”, destacou a Prefeita Lili Aymar. (Departamento de Comunicação)
    Página 1 de 61

    Quem somos

    Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

    Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.