Quinta, 23 Maio 2019 | Login

 

Na tarde desta quinta-feira, 14/03, por 6 votos a 5, (decisão dividida), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu a favor da competência da Justiça Eleitoral para investigar casos de corrupção e também crimes de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, quando envolverem simultaneamente caixa 2 de campanha eleitoral. Até hoje, mesmo envolvendo caixa 2, esses crimes eram investigados pela Operação Lava Jato.

A decisão é polêmica e sugere uma pergunta: Se até hoje, a Justiça Eleitoral tem dificuldades para investigar o grande volume de delitos eleitorais, muitos crimes até prescrevem pela demora da decisão, como ela fará para investigar crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha? Para os ministros que votaram contra, a Justiça Eleitoral não tem estrutura e nem está aparelhada para julgar os crimes comuns.

Durante o julgamento entre quarta e quinta-feira, votaram para manter as investigações na esfera federal, os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux e Cármen Lúcia. Já pela competência da Justiça Eleitoral, votaram os ministros Marco Aurélio (relator), Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente, Dias Toffoli. (Renato Ferreira)

Published in Política
Visando combater a criminalidade em Barueri, a Guarda Civil Municipal tem realizado um trabalho com muito foco e planejamento estratégico, buscando sempre a segurança do munícipe diariamente. Antes de ir às ruas, a equipe da Romu (Ronda Ostensiva Municipal), por exemplo, participa de uma reunião que apresenta os pontos de patrulhamento e as áreas que possuem maior índice de ocorrências, para que sejam acompanhadas de perto.
Esse procedimento visa inibir a ação dos bandidos e quaisquer outros problemas que possam surgir eventualmente, ou seja, um trabalho preventivo de combate à criminalidade, que já tem dado exceentes resultados. Exemplos disso eram os chamados “pancadões” e bailes funks que importunavam muitos moradores. Eles não são mais problemas em Barueri desde que a Guarda Civil Municipal atuou preventivamente, checando os pontos de encontro e enviando viaturas aos locais antes dos eventos. Aos poucos, as badernas diminuíram sem nenhum confronto ou risco à população.
A Romu realiza treinamento diário sobre conduta de patrulha, abordagem e contraemboscada. Essas são algumas maneiras de manter os agentes atualizados e seguros na legalidade de suas ações. O patrulhamento tático também tem cooperado fortemente para estancar a criminalidade na cidade.
Parte da rotina da corporação são ocorrências de tráfico de entorpecentes. Na quarta-feira (30 de maio), véspera de feriado, a Romu recebeu denúncia do bairro Recanto Phrynea e uma equipe, ao realizar o patrulhamento pela alameda Antuérpia, abordou dois jovens que condiziam com o relatado. Com L.H.A.S (18 anos) e M.G.B.S (20 anos) foram encontrados 60 pinos de cocaína. Foi dada voz de prisão e os jovens infratores foram conduzidos ao 1º Distrito Policial de Barueri.
Barueri prevenção contra o crime 2
 
Cenas como essa são cotidianas. Não é raro encontrar menores de idade traficando e é justamente neles que a Guarda tem reforçado o patrulhamento. “Todos os dias vamos às ruas combater o crime. Já reduzimos muito os índices de ocorrências e trabalhamos duro para que cada cidadão tenha mais segurança na cidade”, comentou o inspetor Leandro Jesus, diretor do Departamento Técnico de Ações Especializadas da GCMB. (SECOM/PMB)
Published in Cidade

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.