Domingo, 19 Novembro 2017 | Login
Alckmin é ovacionado como candidato em convenção tucana

Alckmin é ovacionado como candidato em convenção tucana Featured

 

Neste domingo (12/11), o PSDB de São Paulo realizou a sua convenção estadual e a festa tucana acabou se transformando num palanque para a pré candidatura do governador Geraldo Alckmin à presidência da República. A convenção tucana foi realizada na Assembleia Legislativa e contou com a presença de representantes de cinco partidos aliados no estado — PTB, PV, PPS, DEM e PSB — deixando claro que essas legendas estarão com o governador Geraldo Alckmin na corrida presidencial. Alckmin foi ovacionado quando o seu nome foi lançado como candidato tucano à eleição presidencial de 2018.  

Antes da chegada do governador ao evento, os tucanos criticaram o senador Aécio Neves (MG) e defenderam o seu afastamento do partido. Correlegionário de Alckmin, o deputado estadual Pedro Tobias foi reconduzido à presidência do PSDB em São Paulo.

Doria pede união

O prefeito de São Paulo, João Doria, que também tem seu nome ventilado como pré candidato tucano, chegou ao evento junto com o governador. Em rápido discurso, Doria defendeu a unidade do partido." Esta é a convenção da pacificação. É de São Paulo que sairá a força para vencer a eleição. Vamos erguer a bandeira tucana, a bandeira do PSDB. Não há espaço em São Paulo e no Brasil para a bandeira vermelha", disse Doria, que saiu do evento antes de ouvir Alckmin falar e ser ovacionado como candidato tucano em 2018.

Por sua vez, Alckmin assumiu um discurso de candidato, ao falar sobre a necessidade de o Brasil retomar sua rota de eficiência, de produtividade sem cair no discurso  "populista latino-americano". "Temos que saber jogar o jogo do século 21. Devemos ser o Zé Ninguém a serviço de uma grande causa , pois o momento exige de nós, gestores públicos, muita ousadia e coragem para administrar".

Segundo Alckmin, o PSDB precisará enfrentar o corporativismo estatal e privado para mudar o país. O governador, como exemplo, a reforma da Previdência, que não deve ser "fiscalista e, sim, um ato para romper com privilégios".

Serra pede paz

A convenção contou também com a presença do senador José Serra, que não ergueu os braços quando Pedro Tobias indicou Alckmin como único nome capaz de unir o partido e ta´bme bradou pela aclamação de Alckmin como candidatoà presidência em 2018. Em seu discurso, Serra destacou seus feitos do PSDB, como o Plano Real e também a sua gestão à frente do Ministério da Saúde. "Fazemos aliança sem perder o rumo". Para o senador, o papel do partido é "ajudar o Brasil a crescer sem ideias reacionárias ou populistas, disse Serra, que terminou seu discurso pedindo paz aos tucanos. Ele usou o termo shalon (paz em hebraico).

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.