Domingo, 19 Novembro 2017 | Login
Mesmo com amigos poderosos na política, Sérgio Cabral vai para presídio de segurança máxima

Mesmo com amigos poderosos na política, Sérgio Cabral vai para presídio de segurança máxima Featured

 

Mesmo rodeado de amigos poderosos da política brasileira que, de uma forma ou de outra, o ajudaram a afundar o Rio de Janeiro, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) mostra a cada dia que não é um preso comum, mas, sim, um perigoso criminoso e que, por isso mesmo, vai ser transferido de uma cadeia do Rio de Janeiro para um presidio federal de segurança máxima. Nesta segunga-feira ( 23/10), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, aceitou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que o ex-governador do Rio seja transferido da cadeia José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio, para algum presídio federal. A solicitação de transferência do preso foi solicitada pelo procurador da República Sérgio Pinel, sob alegação de que Cabral teve acesso a dados privilegiados na prisão. A unidade para onde o peemedebista será enviado ainda não foi escolhida. 

A decisão de mudar Sérgio Cabral de prisão ocorreu durante uma audiência marcada pela tensão entre o ex-governador Cabral e o juiz Bretas. O magistrado suspendeu a sessão por cinco minutos, após Cabral o acusar de procurar projeção pessoal. “O senhor está encontrando em mim uma possibilidade de gerar uma projeção pessoal, me fazendo um calvário”, disse o peemedebista, que soma mais de setenta anos de prisão em três sentenças – duas de Bretas – e responde a dezesseis ações penais na Justiça. O ex-governador, acusado de lavagem de dinheiro com compra de jóias, mostrou ainda saber detalhes da vida do juíz e de seus familiares. Na audiência, ele disse que o juíz Bretas, cuja família, segundo ele, tem lojas de bijouterias, "deveria saber que não se lava dinheiro comprando jóias".

Do Palácio Guanabara para presídio federal

Até estourar as primeiras acusações contra Sérgio Cabral, com certeza, pouca gente poderia imaginar que o ex-senador pelo PMDB, eleito governador do Rio de Janeiro em dois mandatos, um político poderoso e rodeado de amigos políticos, também poderosos, como mostra a foto, pudesse ser um político tão corrupto e perigoso a ponto de ameaçar um juiz. Dentre esses amigos, estão os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PMDB-MG), o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, seu sucessor, Marcelo Crivella e o senador Lindberg Faria (PT), dentre outros,. Mas, além de corrupto, Sérgio Cabral demonstra também ser perigoso a ponto de fazer ameaças veladas a um juiz.

Com vários esquemas de corrupção, Sérgio Cabral quebrou o estado do Rio de Janeiro, que hoje, dexou de ser a mais importante atração turística do país para ser um destino perigoso para turistas brasileiros e estrangeiros. Buscando lazer e diversão no Rio, hoje, os turistas acabam sendo assassinados, vítimas das trocas de tiros entre policiais e bandidos.

Ao lado de Lula, Cabral foi um dos que mais festejou a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014 , e da cidade do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas em 2016. Hoje, além dos inquéritos que responde por corrupção no âmbito da Lava Jato, Sérgio Cabral já foi também indiciado por desvio de dinheiro público em obras dos Jogos Olímpicos.

Mas, Sérgio Cabral não deve estar preocupado com a transferência para um presídio federal longe do seu estado. Com todos esses amigos famosos, no mínimo, ele não ficará sem a visita deles em qualquer prisão. Afinal, são amigos de baladas, como Aécio Neves, ou com quem ele trocava telefonemas diários para falar até mesmo de coisas banais sobre o Rio de Janeiro. São amigos poderosos que sempre o apoiaram em suas campanhas para a eleição e reeleição como governador do Rio e que, com certeza, não o abandorão só porque ele vai algum presídio em outro estado da Federação. (Renato Ferreira) 

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.