Sexta, 22 Novembro 2019 | Login
PLENÁRIA: Sâmia Bonfim e Boulos falam sobre Previdência e rumo da esquerda em Osasco

PLENÁRIA: Sâmia Bonfim e Boulos falam sobre Previdência e rumo da esquerda em Osasco Featured

Além das palestras, no evento, promovido pelo Coletivo Mundo Mágico, houve também novas filiações ao PSOL.

 

Na noite fria desta sexta-feira, 05/07, um grande público superlotou o auditório do Sindicato dos Bancários, em Osasco, onde foi realizada uma plenária para discutir a Reforma da Previdência e os rumos da esquerda no Brasil e na cidade. Os palestrantes foram a deputada Federal, Sâmia Bonfim (PSOL-SP), e Guilherme Boulos, fundador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que disputou a Presidência da República em 2018. Por volta das 20h, o local estava com tanta gente que dezenas de outras pessoas se aglomeravam em frente ao Sindicado, na Rua Presidente Castelo Branco, 150, e só podiam entrar quando alguém saía do auditório.

Plenária do PSOL rua

Dezenas de pessoas tiveram que esperar na rua para poder entrar no auditório superlotado do Sindicato dos Bancários

O evento foi promovido pelo Coletivo Mundo Mágico, coordenado pelos irmãos Fernando e Gustavo Anitelli, ex-secretário de Cultura de Osasco. Inclusive, Gustavo Anitelli foi um dos que se filiou ao PSOL nesta sexta-feira, deixando o PT depois de muitos anos de filiação. A plenária contou com a presença de membros do PSOL de Osasco e região, além de representantes de diversos órgãos, como a Apeoesp, sindicatos e representantes de outras legendas, como o também ex-secretário de Cultura de Osasco, Roque Silva (PT). Antes de inciar as palestras, representantes da Apeoesp e de outros segmentos falaram também sobre os temas propostos, como Maurinho, presidente do PSOL no estado de Sao Paulo, e o presidente do Sindicato dos Bancários.

Gustavo Anitelli salientou a importância da luta do PSOL e de todos os partidos de esquerda em prol dos direitos das minorias. "Estou feliz por ingressar no PSOL e receber aqui nossos companheiros, Sâmia e Boulos. Falando de Osasco, não dá mais para vivermos numa cidade, conhecida como cidade-chacina. Em termos de Cultura, nossos músicos, por exemplo, são obrigados a sair e procurar espaço na Capital e em outras cidades. Gente, aqui em Osasco, desde 2011 não realizamos uma marcha GLBT. Temos que ampliar a esquerda e os nossos horizontes", disse.

Contra a reforma e críticas a Bolsonaro

Plenária do PSOL público

Além de pregar contra a reforma da Previdência, a deputada Sâmia Bonfim fez duras críticas ao Governo Bolsonaro. "Essa reforma é cruel para os trabalhadores"

Ao falarem sobre a Reforma da Previdência, os representantes do PSOL, um dos partidos que mais tem lutado no Congresso contra as reformas do Governo, não pouparam críticas ao Presidente Bolsonaro e aos seus principais Ministros, como Paulo Guedes (Economia), e Sergio Moro (Justiça e Segurança). No caso do Moro, principalmente, os psolistas fazem críticas pesadas e acreditam que com as revelações do site Intercpt, de Gleen Greenwald, ele será enfraquecido cada vez mais a cada novo vazamento. Segundo o Intercpt, Moro trocava informações por telefone com procuradores da Lava Jato e influenciava nas investigações. Moro e os procuradores negam e acusam o site de violação criminosa. 

Sâmia Bomfin lamentou que a reforma da Previdência já tenha sido aprovada na Comissão Especial. A votação ocorreu nesta semana e o governo espera que o Plenário da Câmara aprove a proposta até o dia 18 de julho, quando começa o recesso parlamentar. Assim, o texto já poderia seguir para o Senado logo no início do mês de Agosto. "Lamentamos essa aprovação e também porque toda a maldade dessa reforma ainda está muito forte na proposta. Destacamos, porém, a luta do PSOL e de companheiros de outros partidos da esquerda durante esses dois meses e meio, quando a proposta tramitou na Comissão de Constituição e Justiça e também na Comissão Especial. Conseguimos derrubar muitas maldades, como a capitalização, os 400 reais do BPC e retiramos também os trabalhadores rurais, dentre outros. É uma reforma cruel contra os trabalhadores, sobretudo, os mais pobres. Não há nenhum ponto que retira benefícios e privilégios. Mas, vamos continuar lutando, agora, no Plenário porque esse jogo está virando", afirmou Sâmia.

Nesse evento do PSOL, encontramos amigos do PT, do PSOL e também colegas jornalistas, como Wendell Cristiano. (Renato Ferreira)

 

000

About Author

Related items

  • JUSTIÇA: Agressores de mulheres poderão perder cargo público em Osasco
     
    Nesta semana, o Presidente da Câmara Municipal de Osasco, vereador Ribamar Silva, apresentou o projeto de lei que proíbe a nomeação de cargos em comissão da Administração Direta, Indireta e Fundações da Prefeitura e do Legislativo, de pessoas que tenham sido condenadas pela Lei Maria da Penha, ou seja, que estejam condenadas pela prática de violência contra a mulher. A vedação valerá para condenação em segunda instância, mesmo que ainda caibam recursos.
    De acordo com o PL, se a pessoa já estiver nomeada em cargo de comissão e, caso vier a ser condenada por crimes de violência contra a mulher, será destituída a partir da data de emissão do acordão condenatório em segunda instância. Na justificativa o presidente Ribamar destaca que apesar da configuração penal instituída pela Lei Maria da Penha, diariamente surgem novas notícias sobre o aumento deste tipo de violência, que pode levar ao feminicídio.
    “A proposta alinha-se a outras iniciativas de órgãos federais que lutam para diminuir a prática de violência contra a mulher. Desta forma, não iremos tolerar em nosso quadro de servidores, pessoas que venham a infringir a lei, atentando deforma covarde contra as mulheres”, explica o autor da proposta. Para Ribamar as autoridades devem tomar medidas severas de prevenção e sanção, impondo o respeito à mulher.
    Procuradoria Especial da Mulher
    Nesse mesmo sentido em defesa das mulheres, em maio deste ano, Ribamar reativou a Procuradoria Especial da Mulher, órgão tem o objetivo de zelar pelos direitos da mulher e incentivar a participação das parlamentares nos trabalhos legislativos e na administração da Casa. A Procuradoria tem o papel de acolher mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e encaminhá-las aos órgãos competentes.
  • OSASCO: Decoração de Natal de Osasco foi adiada para sexta, 29
    O Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Osasco informa que a inauguração da tradicional decoração de Natal foi transferida para sexta-feira, dia 29/11, às 19h, no bulevar Ulisses Dante Batiston, em frente ao Paço Municipal. Para a ocasião, foram programadas diversas atrações gratuitas.
    Com o tema “Natal Iluminado de Osasco”, serão decorados o bulevar, a fachada do Paço Municipal e o Viaduto Metálico. No bulevar ficarão os principais símbolos natalinos: árvore de Natal, Papai Noel e o presépio.
    Programação
    Junto com a decoração natalina, o Fundo Social realizará uma programação especial denominada “Sonhos de Natal”, tema adotado pela atual administração e que compreenderá um rodízio de apresentações de corais, orquestras, danças artísticas e peças teatrais.
    As apresentações acontecerão sempre às sextas, sábados e domingos, dias 29 e 30/11, e 1, 6, 7, 8, 13, 14 e 15/12, a partir das 19h.
    Na semana que antecede o Natal serão realizadas na sexta, sábado e domingo, dias 20, 21 e 22/12, respectivamente, a partir das 19h.
    Entrega de brinquedos
    A tradicional entrega de brinquedos ocorrerá no Ginásio de Esportes Professor José Liberatti, na Rua Jubair Celestino, 150, em Presidente Altino, nos dias 11, 12 e 13/12, em dois horários, às 8h e às 14h, com a presença do Papai Noel. Ao todo serão distribuídos 70 mil brinquedos para crianças da rede municipal de ensino.
    SERVIÇO
    Decoração “Natal Iluminado de Osasco”
    Inauguração: sexta-feira, 29/11
    Horário: 19h
    Paço Municipal – Avenida Bussocaba, 300 – Vila Campesina
    Gratuito
  • SEM FERIADO: Osasco não tem "Consciência Negra" e pode parar nesta quarta

     

    Atenção, você motorista de Osasco e da região que vai transitar pela cidade nesta quarta-feira, 20/11, Dia da Consciência Negra.

    Ao contrário de várias cidades da região Oeste e também na Capital, em Osasco, essa data não é feriado. Portanto, na cidade tudo vai funcionar normalmente, fato que acaba atraindo a população dos municípios vizinhos numa região com milhões de habitantes.

    Como o comércio do Calçadão da Antônio Agu, é o segundo maior do Brasil, só perdendo para o da 25 de Março, moradores de outras cidades, inclusive da Capital, aproveitam o feriado e vão a Osasco para fazer compras e também para realizar operações bancárias.

    Então, se você mora ou trabalha na região central da cidade, ou terá que transitar pelo local nesta quarta-feira, tome calmante e se prepare para enfrentar grandes congestionamentos na cidade, que já enfrenta trânsito difícil mesmo em dias normais nas cidades vizinhas.

    Ou seja, se por um lado, a cidade e os comerciantes faturam mais com o feriado dos outros, os motoristas, com certeza, vão sofrer um pouco mais no trânsito osasquense. (Renato Ferreira)

     

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.