Sexta, 23 Agosto 2019 | Login
TUCANATO: Bruna Furlan é eleita vice-presidente nacional do PSDB

TUCANATO: Bruna Furlan é eleita vice-presidente nacional do PSDB Featured

A jovem e dinâmica deputada Federal, de Barueri, foi escolhida para comandar a legenda, ao lado do novo presidente nacional do partido, Bruno Araújo (PE). A convenção tucana foi realizada em Brasília, nesta sexta-feira, 31/05.
A cúpula nacional do PSDB terá, agora, uma representante da região Oeste da Grande São Paulo. Trata-se da jovem e dinâmica deputada Federal, Bruna Furlan, de Barueri, eleita como vice-presidente nacional do partido, em convenção realizada na sexta-feira, 31/05, em Brasília. Na ocasião, os tucanos elegeram como seu novo presidente nacional, o ex-deputado Federal, Bruno Araújo (PE). Ele vai substituir o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para 1 mandato de 2 anos (2019-2021).
PSDB tem novo presidente Bruno Araújo
João Doria, Governador de São Paulo; Bruno Araújo, novo Presidente do PSDB; e Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo
A vitória de Bruno Araújo (ao centro), teve o apoio de seu principal aligado, o governador de São Paulo, João Doria, que passou a ser a principal estrela do PSDB, depois de sua chegada ao Palácio dos Bandeirantes e derrota de Alckmin na eleição para a Presidência da República. Sob o mandato de Bruno Araújo, o partido de viver, inclusive, a transição do "antigo" para o "novo PSDB", slogan encampado por Doria.
Durante seu discurso, o novo presidente da sigla afirmou que o PSDB pagou “algum preço” por suas “hesitações” no passado. Segundo Araújo, o maior objetivo do partido agora será o de “assumir compromissos firmes”.
Segundo o tucano, o PSDB vai analisar, por exemplo, se fechará questão pela reforma da Previdência, que tramita na Câmara dos Deputados.
“O PSDB vai, através da sua Executiva, não sinalizar o que pensa, não formalizar uma moção, mas vai decidir sobre o fechamento de questão pela reforma da Previdência”, afirmou. E o fechamento de questão determina que todos os congressistas da sigla devem votar no mesmo sentido sobre a reforma da Previdência.
Código de Ética
Dentro dessa linha de renovação proposta por João Doria e aliados, o PSDB aprovou também um novo Código de Ética. Com isso o partido tem como meta lutar por punições mais duras em relação a filiados condenados
Bruna Vice
Bruna Furlan
Deputada Federal, Bruna Furlan, eleita vice-presidente nacional do PSDB
A eleição de Bruna Furlan para a vice-presidência do PSDB não significa apenas a ampliação da presença feminina na cúpula diretiva de um dos maiores partidos políticos do Brasil. Filha do prefeito de Barueri, Rubens Furlan, Bruna já tem uma vida política consolidade como parlamentar. A escolha do seu nome representa o reconhecimento do trabalho desta jovem e destemida deputada Federal, que cumpre o seu terceiro mandato sempre se destacando em diversas atividades parlamentares no Congresso Nacional.
Notícias & Opinião aproveita este espaço para parabenizar a deputada Bruna Furlan, desejando-lhe sucesso em seu mandato como também nesta sua nova empreitada como dirigente partidária. (Renato Ferreira)
000

About Author

Related items

  • SANTA IGNORÂNCIA! Quem sabe, assim, diminui um pouco a ignorância dos canhotinhos brasileiros

     

    Por Renato Ferreira - 

    O Presidente Jair Bolsonaro é a favor da descentralização do poder, convive com negros e ama Israel. Mesmo assim, uns imbecis que, com certeza, fugiram da escola, insistem em chamá-lo de fascista, racista e nazista.

    Aulinha de graça
    Agora, veja a seguir, os Dicionários dão o significado de Fascismo, Racismo e Nazismo:

    Fascismo: "Movimento político e filosófico ou regime (como o estabelecido por Benito Mussolini na Itália, em 1922), que faz prevalecer os conceitos de nação e raça sobre os valores individuais e que é representado por um governo autocrático, centralizado na figura de um ditador.

    Racismo: "Conjunto de teorias e crenças que estabelecem uma hierarquia entre as raças, entre as etnias. Doutrina ou sistema político fundado sobre o direito de uma raça (considerada pura e superior) de dominar outras.

    Nazismo: (Relativo ao partido nacional alemão, socialista e de extrema direita, fundado e consolidado por Adolf Hitler (1889-1945), cuja ideologia política baseava-se no racismo, segregação racial, anti-semitismo (ódio aos judeus). (Renato Ferreira).

  • BARUERI: Rubens e Bruna Furlan anunciam hospital veterinário em parceria com o Estado

     

    Nesta semana, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, e a sua filha, a deputada federal Bruna Furlan (PSDB-SP), anunciaram a construção de um Hospital Veterinário na cidade em parceria com o Governo do Estado. Trata-se do primeiro hospital público veterinário do Governo de São Paulo, em atendimento à solicitação de Bruna Furlan.

    Antes, o projeto foi discutido em reunião com representantes da Prefeitura de Barueri e do Palácio dos Bandeirantes. Participaram do encontro a deputada Bruna, o prefeito Rubens Furlan, a assessora técnica da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, Giovanna Guimarães Tripoli Von Uslar, e o ex-deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB);

    A deputada comemorou mais esse benefício para Barueri. “O primeiro hospital veterinário do governo do estado será em nossa cidade. O governador João Doria atendeu minha solicitação e orientou a Giovanna Guimarães Tripoli a implementar o projeto idealizado pelo Ricardo Tripoli”, postou Bruna nas redes sociais.

    Rubens Furlan

    O prefeito Rubens Furlan também comemorou o fato em sua página no Facebook. "Uma conquista importante da deputada Bruna Furlan para nossa cidade. O primeiro Hospital Público Veterinário do Governo do Estado será em Barueri. Assim como o CEPAD, que é referência no apoio ao animal doméstico, agora, vamos ampliar essa atuação sediando este projeto indicado pela Deputada Federal Bruna Furlan. Mais um grande projeto da gestão Doria", afirmou Furlan.

  • OSASCO: Ribamar Silva comemora aprovação da reforma da Previdência

     

    Presidente da Câmara Municipal acredita que a reforma trará crescimento econômico e geração de empregos para Osasco.

     

    O Presidente da Câmara Municipal de Osasco, Ribamar Silva, acompanhou na sede do Poder Legislativo osasquense a votação que aprovou o texto-base da Reforma da Previdência na noite de quarta-feira (10). “Foram 379 deputados que votaram a favor da reforma. Eles são os maiores mentores políticos da nossa nação. Tenho certeza que os deputados entendem que a reforma o melhor para o Brasil”, conta Ribamar.

    Apoiador incondicional da reforma, Ribamar diz que espera agora a inclusão dos estados e municípios no texto que será apreciado pelo Senado. “Estamos acompanhando daqui, com os nossos deputados e vereadores, esta grande vitória da reforma da previdência. Quero parabenizar os nossos deputados federais. Tenho esperanças que, lá no Senado, os estados e municípios sejam incluídos”, disse Ribamar pouco após a votação.

    “Para o bem do Brasil, tenho certeza que isso vai trazer crescimento e geração de emprego. Vai fazer o Brasil voltar a crescer e todos nós, brasileiros, temos a ganhar com isso”, completou.

    Próximo Passo

    A Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência. A matéria aprovada apresenta novas regras para aposentadoria e pensões. O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

    Ficaram de fora da proposta a capitalização (poupança individual) e mudanças na aposentadoria de pequenos produtores e trabalhadores rurais. Na nova regra geral, para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.

    Para todos os trabalhadores que ainda não tenham atingido os requisitos para se aposentar, regras definitivas de pensão por morte, de acúmulo de pensões e de cálculo dos benefícios dependerão de lei futura, mas o texto traz normas transitórias até ela ser feita.

    “Foi um dia histórico. É um passo importante diminuir o custo da máquina pública, fazer o enxugamento para que no futuro próximo sobre dinheiro para mais investimentos no Brasil”, concluiu Ribamar.

     

     

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.