Sexta, 23 Agosto 2019 | Login
PT e PSDB: Qual desses dois partidos chegará mais inteiro nas eleições de 2020?

PT e PSDB: Qual desses dois partidos chegará mais inteiro nas eleições de 2020? Featured

Nas eleições de 2016, o PT foi, praticamente, varrido das Prefeituras e Câmaras Municipais. E, se não mudarem, os tucanos correm o mesmo risco, a não ser que algum tucano tenha apoio irrestrito de governantes, como Bolsonaro e Doria.

 

Por Renato Ferreira - 

Não é novidade para nenhum brasileiro que as maiores lideranças do PT e do PSDB são ainda, respectivamente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Isto porque o Lula faz política desde os anos 1980, quando fundou o PT, e foi presidente por dois mandatos, enquanto o Aécio, depois de FHC, foi o tucano que mais perto chegou de ser eleito para a Presidência da República. O Geraldo Alckmin, que poderia ter tirado do mineiro essa posição, acabou se transformando num candidato nanico nas eleições de 2018.

Só que agora, a pouco mais de um ano das eleições municipais de 2020, tanto PT, como PSDB, estão órfãos dessas lideranças. Condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e, ainda aguardando outras condenações, Lula já está preso há mais de um ano, cumprindo pena de 9 anos de reclusão. Por outro lado, o Aécio Neves já foi também denunciado por crimes de corrupção na Lava Jato e se acabou em termos políticos. Tanto é assim que, depois de perder a eleição para Dilma Roussef, em 2016, teve que desistir da candidatura ao Senado, sendo eleito apenas para Deputado Federal, enquanto aguarda condenação na Justiça e seguir para o mesmo destino de Lula.

Em 2020, como será?

Sendo assim, resta uma pergunta no ar: Como PT e PSDB sairão das urnas em 2020? Como todos lembram, já sofrendo as consequências da corrupção, em 2016, mesmo com Lula livre e fazendo campanha abertamente, o PT foi um fiasco e acabou sendo varrido do mapa eleitoral dos municípios. Prova disso foi a eleição em São Paulo, onde o petista Fernando Haddad não conseguiu a reeleição e foi derrotado pelo tucano João Doria.

Além disso, Câmaras Municipais de importantes cidades, como Osasco, na região Oeste da Grande São Paulo, não elegeu nenhum vereador petista pela primeira vez desde os anos 1990. A derrocada petista foi ainda maior em Estados como no Mato Grosso do Sul, que não elegeu nenhum vereador em suas centenas de municípios.

Naquelas eleições, os tucanos, ainda sem os efeitos da corrupção, conseguiram bons resultados em todas as regiões do país. Mas, como será o desempenho do PSDB em 2020, depois da derrocada de Aécio Neves e de Geraldo Alckmin? Dividido, o ninho tucano ferve em todo Brasil.

Doria pode fazer a diferença

Doria e Lindoso

Governador de São Paulo, João Doria, e o vereador de Osasco, Dr. Lindoso, ambos do PSDB

Ao contrário dos petistas, que ainda tentam ressuscitar o Lula, uma vez que não têm outra liderança e puxador de votos no mesmo nível do ex-presidente, os tucanos ainda têm uma tábua de salvação, que tem nome e endereço: João Doria, inquilino do Palácio do Bandeirantes.

São Paulo e Minas são os dois maiores colégios eleitorais do Brasil e o resultado das eleições gerais nesses estados funcionam como termômetro para as futuras empreitadas eleitorais dos partidos. E petistas, como tucanos, se deterioraram em Minas, em 2018. O ex-governador petista, Fernando Pimentel, ficou pelo caminho, levando consigo a ex-presidente Dilma, candidata favorita ao Senado. Mas, o senador tucano, Antonio Anastasia, favorito para voltar ao Palácio da Liberdade, também derrapou no segundo turno e perdeu feio para o novato Romeu Zema, do Partido Novo.

Só que em São Paulo, onde os petistas jamais elegeram o governador, os tucanos mostraram mais uma vez a sua força no estado e elegeram João Doria. No primeiro turno, o PT foi mais uma vez um fiasco com a candidatura do sindicalista Luiz Marinho e, no segundo turno, não obteve sucesso apoiando a reeleição de Márcio França, do PSB.

Então, em 2020, a esperança dos líderes tucanos, é um bom desempenho do governo Doria. Pois, será do Palácio dos Bandeirantes, que os futuros candidatos tucanos, seja para as Prefeituras ou Câmaras Municipais, esperam que venham as melhores contribuições para as suas empreitadas eleitorais.

Fogo amigo em Osasco

Rogério Lins Emidio e Lindoso

Prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos); deputado estadual, Emidio de Souza (PT); e o vereador osasquense, Dr. Lindoso (PSDB)

E como não poderia ser diferente, os problemas jurídicos de suas lideranças federais acabam também atingindo petistas e tucanos na esfera municipal. Como já falamos de Osasco, voltamos a citar essa cidade paulista, uma vez que, sendo um município densamente povoado em seus apenas 64 quilômetros quadrados, Osasco representa muito bem um extrato da sociedade brasileira, sobretudo, em termos políticos.

E as brigas internas no Diretório Nacional atinge, sem dúvida, os diretórios municipais dessas duas siglas, não sendo diferente em Osasco, onde os políticos tentam mostrar suas próprias virtudes aos eleitores, sem falar muito das lideranças maiores, como Lula, Aécio e Alckmin.

Tendo sua base econômica firmada em grandes indústrias, principalmente, no ramo siderúrgico, Osasco sempre foi um braço forte do petismo. Tanto é assim, que a maioria de seus vereadores na cidade veio do meio sindical, como o ex-prefeito Emídio de Souza, que foi vereador e, atualmente, é deputado estadual.

Mas, desde o mensalão, passando pelo impeachment de Dilma Roussef e a prisão de Lula, que o PT osasquense não é o mesmo. Pela primeira vez, em 2016, não elegeu nenhum vereador e, em 2018, elegeu somente o Emidio para a Assembleia Legislativa. Mesmo assim, o candidato só se elegeu graças aos votos de fora da cidade. Se dependesse apenas de Osasco, ele não teria sido eleito. Com certeza, Emidio de Souza, será candidato a prefeito em 2020, mas, terá que fazer boas alianças se quiser voltar ao 'Palácio' Bussocaba.

Assim, como os petistas, os tucanos também não passam por bons momentos na cidade, onde já comandaram a Prefeitura por três mandatos consecutivos, com Celso Giglio e Silas Bortolosso, entre 1993 a 2004, além de outros mandados apoiando prefeitos aliados. Agora, no entanto, os tucanos já estão desde 2005 longe do Executivo osasquense. E não escondem o desejo de voltar a comandar a cidade.

Mas, como será o desempenho deles em 2020? Com as derrocadas de Aécio Neves e de Geraldo Alckmin e, consequentemente, com as brigas no Diretório Estadual, faz tempo que o ninho tucano de Osasco não é um exemplo de união. E as bicadas amigas já são púbicas e notórias.

Aliados de Alckmin e de Doria não se entendem e têm até tucanos quase já ora do ninho, que fazem parte da atual administração sob o comando de Rogério Lins, do Podemos. E essa desunião tucana em Osasco já é explícita na própria Câmara Municipal, onde os três representantes do partido - Dr. Lindoso, De Paula e Didi - claramente dão sinais de que não falam a mesma língua quando o assunto é união para as eleições de 2020.

E é, justamente, em Osasco, classificada como a "melhor esquina do Brasil", pelo saudoso Mário Covas, que João Doria poderá fazer a diferença para os tucanos. O atual governador paulista não teve apoio de Rogério Lins, que apoiou Márcio França, em 2018. Em conversas com seus correligionários da cidade, Doria tem demonstrado que tem como meta reconquistar a Prefeitura de Osasco para os tucanos.

Enquanto isso, essas desavenças internas de petistas e tucanos poderão beneficiar candidaturas de outros partidos. São os casos, por exemplo, do Podemos, partido do prefeito Rogério Lins, e do PSL, legenda do Presidente Jair Bolsonaro. Com certeza, candidatos desses partidos vão tentar de todas as formas, enfraquecer ainda mais os possíveis candidatos petistas e tucanos.

Em Osasco, um dos nomes do PSDB que tem sido ventilado como possível candidato a Prefeito é o do ex-presidente da Câmara, Dr. Lindoso, que cumpre seu segundo mandato de vereador. Aliado fiel do governador João Doria, Lindoso concedeu ao governador o Título de Cidadão Osasquense, em 2017. e tem se encontrado com frequência com o Governador.

Se não houver nenhum fato novo nessa corrida, tudo indica que o candidato tucano em Osasco, com apoio de Doria, deverá mesmo ser o Dr. Lindoso. Se vai ser eleito, aí são outros quinhentos, pois, o tucano terá que enfrentar a candidatura do atual Prefeito, Rogério Lins, que conta com apoio da Deputada Federal, Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, e da maioria absoluta dos 21 vereadores. (Renato Ferreira)

000

About Author

Related items

  • MOBILIDADE URBANA: Câmara aprova projeto que incentiva uso de bicicletas em Osasco
    Agora, o projeto de autoria do vereador De Paula passará pela segunda votação antes de seguir para sanção ou veto do Executivo.
     
    Na sessão ordinária de terça-feira, 20/08, a Câmara Municipal de Osasco aprovou em primeira votação, o Projeto de Lei 125/2018 de autoria do vereador De Paula (PSDB), que cria o "Programa Bike Oz". O objetivo da proposta é estimular o uso de bicicletas como meio de transporte no município.
    De acordo com o Projeto de Lei, o Programa Bike Oz tem visa “incentivar o uso de bicicleta como meio de transporte, com vistas a melhorar as condições de mobilidade urbana na cidade, através da promoção de modal não poluente”. Para tanto, o PL propõe a implantação de ciclovias e ampliação das ciclofaixas na cidade. Também caberá à Prefeitura a realização de campanhas educativas estimulando o uso de bicicletas.
    De Paula
    Vereador De Paula, autor do Projeto de Lei que cria o Programa Bike Oz
    “Fico feliz que este projeto tenha sido aprovado pela Câmara. Nas cidades importantes dos países mais desenvolvidos do mundo, o uso de bicicletas se transformou em política pública. Penso que Osasco por seu tamanho e importância para o Brasil, precisava seguir este caminho. Demos um passo importante na cidade com a aprovação da criação do Bike Oz”, comemorou De Paula.
    Além de ampliar a mobilidade urbana, o Bike OZ aposta num modal de transporte que não polui e ainda significa mais saúde, pois, a bicicleta acaba tirando o usuário do sedentarismo. “A meta é conseguir que 10% das pessoas passem a utilizar a bike como meio de transporte, assim haverá menos congestionamentos e uma melhora geral na mobilidade urbana”, explica o autor, na justificativa do projeto.
    Adote uma praça
    Outra matéria aprovada em primeira discussão foi o Projeto de Lei 309/2017, que dispõe sobre a criação de um programa de parceria público-privada para a manutenção de praças e espaços públicos em Osasco.
    De autoria do Vereador Didi (PSDB), o projeto passará por nova votação, para que possa ser encaminhado para apreciação do Prefeito Rogério Lins (PODE), que tem a prerrogativa de sancioná-lo ou vetá-lo.
    O intuito do autor é fazer que, por meio de parceria entre o poder públicos e empresários, haja sensível melhoria nas áreas de lazer e áreas verdes em Osasco. “Certamente trará também mais segurança, já que hoje a situação precária de limpeza e iluminação destes locais facilita as práticas de violência urbana que tanto atormentam a população”, justifica Didi. (Deniele Simões - CMO)
    Confira outros projetos aprovados na sessão de terça-feira
    Primeira Discussão
    1. PROJETO DE LEI N.º 309/2017 – REGINALDO OLIVEIRA DE ALMEIDA – Dispõe sobre o projeto “Adote uma Praça” no Município de Osasco.
    2. PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 12/2018 - ALEX DA ACADEMIA – Cria a Frente Parlamentar da Mobilidade Urbana.
    3. PROJETO DE LEI N.º 138/2018 - ALEX DA ACADEMIA – Dispõe sobre a divulgação de dados dos Conselhos Municipais pela Prefeitura do Município de Osasco.
    4. PROJETO DE LEI N.º 160/2018 - ALEX DA ACADEMIA – Dispõe sobre a obrigatoriedade do conserto de buracos e valas abertos nas vias públicas no âmbito do município de Osasco e dá outras providências.
    5. PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13/2018 - ALEX DA ACADEMIA – Dispõe sobre a Instituição do aplicativo móvel Câmara Municipal Digital.
    6. PROJETO DE LEI N.º 126/2018 – DE PAULA – Dispõe sobre a obrigatoriedade das empresas que fornecem serviços de telefonia, TV e internet situadas no município de Osasco, garantir a compensação aos consumidores que tiverem o seu serviço interrompido por tempo superior a 30 minutos ou que não receberem a velocidade contratada.
    7. PROJETO DE LEI N.º 125/2018 – DE PAULA – Institui, no âmbito do município de Osasco, o programa “Bike Oz”, destinado ao incentivo do uso de bicicleta como meio de transporte, com vistas a melhorar as condições de mobilidade urbana na cidade, através da promoção de modal de transporte não poluente.
    8. PROJETO DE LEI N.º 137/2018 - ALEX DA ACADEMIA – Institui o Banco Municipal de Aparelhos Auditivos, Próteses Mamárias, Ortopédicas e Oculares do Município de Osasco.
    9. PROJETO DE LEI N.º 19/2019 – DE PAULA – Dispõe sobre a permissão de exploração publicitária nas placas indicativas de nomes de ruas e logradouros públicos, e dá outras providências.
    Discussão Única
    10. PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 17/2019 – ELISSANDRO LINDOSO – Dispõe sobre a concessão de Título de cidadão Osasquense ao Senhor Arcipreste Boghos Baronian.
    11. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 68/2018 – RALFI– Dispõe sobre a concessão de placa comemorativa à Megabit Telecom.
    12. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 70/2018 – JOSIAS DA JUCO – Dispõe sobre a concessão de Cartão de Prata à Secretaria de Assistência Social.
    13. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 3/2019 - ALEX DA ACADEMIA – Dispõe sobre a concessão de Título de Cidadão Osasquense ao Sr. Antônio Donizete Pereira.
    14. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 22/2019 – NI DA PIZZARIA – Dispõe sobre a concessão de Título de Cidadão Osasquense ao Sr. Claudenes Begnini.
    15. PROJETO DE LEI N.º 43/2019 – JAIR ASSAF – Dispõe sobre a denominação da praça Dirce da Silva Marreira, localizada no Jardim Conceição, e dá outras providências.
    16. PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 15/2019 - ALEX DA ACADEMIA – Dispõe sobre a concessão de placa comemorativa à “Vozes da Capela – Organização Não Governamental de Assistência Social de Osasco”.
  • OSASCO/ESTADO: Cursos gratuitos serão oferecidos na carreta Via Rápida em Osasco

    Trata-se de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão.

     

    A partir do dia 28 de agosto, uma carreta do programa Via Rápida Emprego, do governo do estado, vai oferecer em Osasco, os cursos de corte/costura e almoxarife/estoquista.

    As aulas acontecerão nos períodos da manhã, tarde e noite, no estacionamento da Prefeitura. Inscrições limitadas. Para saber mais informações sobre as inscrições, acesse este link: https://bit.ly/2NisnKi

    As carretas do Via Rápida oferecem os cursos gratuitos do programa em um formato inovador, Além da mobilidade das unidades, a ação integra conhecimentos teóricos e práticos dos mais diversos cursos, num ambiente que simula as situações encontradas pelos participantes no dia-a-dia das atividades.

  • LOUSA DIGITAL: Inovação e tecnologia chegam às escolas de Osasco
     
    A Prefeitura de Osasco, sob o comando do Prefeito Rogério Lins (PODE), dá mais um grande passo na área da Educação. As escolas de ensino fundamental do Município agora contam com lousas digitais. A iniciativa demonstra que a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, tem investindo em tecnologia e inovação.
    Com o novo equipamento, os professores fazem apresentações de suas aulas utilizando-se de programas como PowerPoint ou links de sites, já que poderão navegar na internet durante a apresentação do tema proposto aos alunos. Os professores também poderão consultar conteúdos e reproduzir vídeos ligados ao tema da aula.
    Como o secretário de Educação, José Toste Borges, explicou, a lousa interativa é uma ferramenta que potencializa o uso da tecnologia em sala de aula. “O prefeito Rogério Lins tem investido em tecnologia e inovação na educação municipal. Também tem possibilitado que os nossos professores utilizem nas salas de aulas conteúdos digitais, que proporcionam uma nova realidade no processo de ensino e aprendizagem, através da interatividade com conteúdo digital”, conclui.
    Aulas dinâmicas
    Osasco Lousa digital Lins
    Nesta sexta-feira, 16, o Prefeito Rogégio Lins acompanhou uma aula com a lousa digital. "Com esse equipamento inovador, os professores têm aulas mais dinâmicas e interativas trazendo inclusive ao dia-a-dia do aluno conteúdos da Internet e até reproduzir vídeos, fazendo com que essa geração que está cada vez mais conectada, fique cada vez mais interessada pelos novos aprendizados. Eu assisti uma aula com as nossas crianças e estou encantado com o projeto. As crianças interagiram muito e, agora, aprender ficou ainda mais divertido", disse Lins.
    Osasco Lousa digital
    O sistema de lousa retrátil possui superfície de escrita diagramada branca, além do módulo interativo, uma vez que a lousa digital é como uma tela de computador, só que maior. Deste modo, o sistema alia a escrita tradicional, com a utilização tecnológica.
    Durante o semestre, os professores receberam orientação sobre como tirar o melhor proveito do equipamento interativo. A docente Josiane de Araújo explicou que as crianças e adolescentes estão em constante contato com computadores, tablets e celulares. Se a escola não acompanha a tecnologia, acaba tornando-se pouco interessante para essa nova geração. (Informações - Secom)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.