Domingo, 17 Fevereiro 2019 | Login
DEBATE: Gelso Lima reúne especialistas para falar sobre Segurança Pública

DEBATE: Gelso Lima reúne especialistas para falar sobre Segurança Pública Featured

Falhas na Educação e no Planejamento foram apontadas como as principais causas dos problemas na área de segurança para a sociedade

 

Com o objetivo de discutir as causas dos problemas na área de segurança pública e elaborar projetos futuros, o ex-secretário de Governo de Osasco e pré-candidato a deputado estadual pelo Podemos, Gelso Lima, promoveu na noite de quarta-feira, 18, um importante debate sobre o tema, na cidade Osasco.

Realizado no auditório da ACEO (Associação Comercial e Empresarial de Osasco), o evento reuniu mais de 200 pessoas e os seguintes palestrantes: Benedito Mariano (Ouvidor das polícias Civil e Militar do Estado de São Paulo); Paulo Sérgio Maluf Barroso (Delegado Assistente da Ouvidoria); Alexandre Volpiani Carnelós (Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Osasco); Tenente Coronel Ricardo Tahara (Comandante do CPA/M-8); inspetor Rildo (GCM-Osasco); e o Tenente Coronel Marcos Abondanza Vitiello (Comandante do 36º BPM/M).

Debate sobre Segurança Público

Cada debatedor falou sobre as principais ações de suas instituições, destacando que todas as forças ligadas à segurança pública tem se empenhado no trabalho preventivo e de inteligência para combater a criminalidade. E todos apontaram, de um modo geral, que investimentos nas áreas da Educação e de Planejamento são essenciais para a solução dos problemas enfrentados na Segurnça Pública, como também o aumento do efetivo e a valorização dos policiais. (Fotos: Reinaldo Vaz)

Principais trechos do debate:

Cel. Tahara

Em sua fala, o Ten. Cel. Tahara elencou os principais motivos pelos quais crimes continuam acontecendo, apesar dos esforços da polícia. Ele salientou que em 20 anos a população que compreende a região do CPAM-8 cresceu mais de 26%, enquanto que o efetivo da polícia cresceu apenas 4%. Além disso, as leis que regem o sistema prisional contribuem de certa forma para que criminosos estejam nas ruas, já que 5% dos presos liberados nos indultos em datas especiais não retornam à prisão. Tahara também citou a crise econômica, o desemprego, falhas na prevenção primária, falhas na ressocialização do preso e sistema educacional deficitário como fatores que ajudam o crescimento dos índices criminais.
Cel. Vitiello
Para o também Ten.Cel. Vitiello, a Educação é fator primordial para diminuição do crime na sociedade. “Segurança pública se faz com educação. Educação é fundamental e é nisso que os governos precisam investir porque é através da Educação que vamos rodear todos os outros fatores que culminam na prática do crime. Se investirmos em Educação teremos uma segurança pública sustentável”. Ele aproveitou a ocasião para agradecer Gelso Lima pela promoção do evento, explicando que “muita gente fala mal das polícias, e que uma oportunidade como essa é dada por gente que tem coragem”.
Benedito Mariano
Benedito Mariano, que já foi ouvidor da polícia de São Paulo de 1995 a 2000 e que agora retorna ao cargo, considera que o grande problema da instituição paulista hoje é a desvalorização profissional, cujos salários estão em 23º lugar no ranking das piores remunerações do Brasil, que tem 26 Estados, além da diminuição do efetivo tanto da PM como da Polícia Civil. “Para fortalecer a segurança pública, a polícia de São Paulo precisa de valorização profissional e a sociedade precisa cobrar essa questão de todos os candidatos ao Governo de São Paulo. Essa seria a primeira grande contribuição do governo para melhorar a segurança pública no Estado de São Paulo”.
Entre outros fatores, Mariano também falou sobre a estrutura deficiente da polícia, lembrando que o Estados tem mais de 600 municípios e que cerca de 300 deles não tem delegados. “Um único delegado às vezes cobre 12, 15 cidades. Tem cidades em que a presença da polícia judiciária se faz com um único investigador. A polícia civil diminuiu de tamanho. Há 20 anos tínhamos 37 mil policiais e hoje temos 25 [mil]. O Estado cresceu, os problemas cresceram, e a polícia diminuiu de tamanho. É isso que temos que discutir na segurança pública”, salientou.
Delegado Sérgio Maluf
Paulo Sérgio Maluf Barroso defende a união das polícias para combater a criminalidade. “Quando o Estado, através dos seus aparatos trabalha em conjunto, o crime tende a perder”. Ele ratificou o que Mariano disse, e salientou a importância da valorização salarial do policial de São Paulo. “A polícia não vai ser forte se o policial não tiver tranquilidade para trabalhar”.
Inspetor Rildo
Por sua vez, o inspetor Rildo lembrou que a lei 13022, de 2014, regulamentou o papel da Guardas Municipais, e que isso foi de extrema importância no contexto da segurança pública dos municípios. “A lei quebra paradigmas, porque havia muito questionamento sobre a atuação das GCM’s. O artigo 3º diz que a GCM tem que preservar a vida. As pessoas pensam que nós estamos ligados ao cuidado do patrimônio, mas nós temos que preservar a vida. Está na lei”, explicou.
Advogado Alexandre Carnelós
Encerrando a primeira parte do evento, antes das perguntas dos jornalistas, o Dr. Alexandre Carnelós falou sobre a questão dos Direitos Humanos dentro do tema segurança pública e assim como os outros, defendeu a Educação e o Planejamento como pilares para todos os segmentos da sociedade.

Notícias & Opinião esteve presente e registrou o evento. Veja aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1805355392888026

000

About Author

Related items

  • DESCARTE DE ENTULHO: De Paula pede que a Prefeitura de Osasco faça campanha de conscientização

     

    Preocupado com a limpeza e a imagem da cidade de Osasco, que completa 57 anos de emancipação político/administrativa no próximo dia 19/02, o vereador e presidente municipal do PSDB, pede que a Prefeitura de Osasco, por meio da Secom (Secretaria de Comunicação) promova uma campanha de conscientização da população contra o descarte irregular de entulho no município. A apresentação da Moção de Apelo foi feita na sessão ordinária de quinta-feira, 14, sob o comando do vereador Ribamar Silva, Presidente da Casa.

    O pedido do vereador tucano foi aprovado por unanimidade e, em  sua justificativa enviada ao Executivo, De Paula afirma que a campanha visa dar maior notoridade á necessidade de descartar os entulhos de forma responsável, utilizando os serviços que a Prefeitura já oferece. "Entendemos que de fundamental importância uma campanha de conscientização demonstrando os males que o descarte irregular de entulho causa na economia, no meio ambiente, na área social, na saúde e beleza da cidade", diz o vereador.

    Diversos vereadores usaram a tribuna para comentar e elogiar a proposta, como Antonio Toniolo, líder do Prefeito na Câmra. Segundo Toniolo, que ressaltou também os serviços oferecidos pela Prefeitura. "Sem dúvida, é importante uma campanha desse tipo, porque a Prefeitura faz a sua parte, mas, as pessoas de forma irresponsável continua jogando entulho em qualquer lugar, mesmo sabendo que na cidade têm três ecopontos, justamente, para que ninguém sujar a cidade com os entulhos domésticos", disse Toniolo.

    Ecoponto em Osasco

    A cidade de Osasco já possui três ecopontos - dois na zona Sul e um na noza Norte - para onde o munícipe pode encaminhar seus entulhos domésticos

    A cidade de Osasco, como De Paula destaca em sua justificativa, possui três ecopontos, no Jardim Mutinga, Av. Ônixm 783, zona Norte; no Novo Osasco, Rua Tehodoro de Souza Brandão, 1020; e no Jaguaribe, Rua Fernando Miolin Filho, 150, ambos na zona Sul. Todos os dias, equipes da Secretaria de Serviços e Obras fazem a coleta de entulho despejados em locais de forma irregular e também fiscaliza e multa quando os infratores são pegos em flagrante. Em 2018, foram recolhidas mais de 8 mil toneladas de entulhos em Osasco. Além de ser crime ambiental, o descarte irregular prevê também multa de R$ 15 mil, além da apreensão do veículo. 

    Ecoponto em Osasco descarte irregular

    Em Osasco, a multa é de R$ 15 mil para quem joga entulho nas ruas ou em terrenos baldios

    De Paula alerta também para os problemas das enchentes causadas por entulhos descartados irregularmente que acabam indo para os córregos e rios. "Todos sabem que a natureza é severa no seu retorno, pois a água volta com mair força com as enchentes, causando prejuízos e até mortes", disse o vereador. 

    Com o Governador

    Durante a semana, De Paula esteve também reunido com o chefe de Gabinete do Governador João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, protocolando diversas reivindicações de melhorias para a cidade de Osasco. Uma dessas reivindicações é a construção de uma nova rodoviária na cidade, que o tucano sugere que seja construída na região central, próximo à estação da CPTM. Além da nova rodoviária, o tucano pede também ao Governador Doria a construção da nova alça de acesso da rodovia Castelo Branco à Avenida Maria Campos, outra unidade do restaurante Bom Prato, e de um Ambulatório Médico de Especialidades (AME). (Renato Ferreira)

     

     

  • OSASCO: Carreta de Artes e Cultura do Sesi permanece no Parque Chico Mendes até 24 de fevereiro


    A Unidade Móvel de Artes e Cultura do Sesi-SP, equipada com biblioteca, cinema, gibiteca e computadores para acesso à arte digital e à uma vasta programação de atividades voltada para todas as idades, continuará estacionada no Parque Chico Mendes, zona Sul de Osasco, até o dia 24 de fevereiro próximo, à disposição dos osasquenses.

    O projeto, desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, sob o comando de Eder Máximo, democratiza o acesso a diferentes linguagens artísticas.
    A carreta está no Parque Chico Mendes desde o dia 29 de janeiro e todos os serviços são gratuitos. Escolas e grupos podem agendar visitas. No portfólio, um acervo de mais de 5 mil volumes sobre literatura, música, história em quadrinhos, artes plásticas, fotografia, tecnologia e filmes de curta e longa-metragem. 

    Carreta da Cultura 2

    A unidade ainda conta com uma equipe de mediadores culturais, que orienta o público e promove oficinas, rodas de leitura e contação de histórias.
    Do lado de fora da carreta, a Ocupação Artística O Curioso Explorador, do coletivo FITE ART, encoraja os visitantes a descobrirem a ampla gama de possibilidades que podem ser experimentadas por meio da arte. A obra de Will Ferreira e Michel Japs representa de maneira cômica um arqueólogo desastrado no ato de “desenrolar” uma múmia. A ideia é ampliar o espaço de atuação do graffiti e estimular a produção de arte urbana.

    Sobre o Sesi-SP Cultura

    As ações culturais do Sesi têm como objetivo fortalecer o senso crítico e o exercício da cidadania. Em seus 55 Centros de Atividades, na Unidade Móvel de Artes e Cultura e no Centro Cultural Fiesp, a entidade oferece uma programação variada, com mais de 3,5 mil eventos anuais em cinco linguagens artísticas: artes cênicas e visuais, audiovisual, literatura e música.
    O Sesi acredita que, facilitando o acesso à cultura e estando consciente de seu papel transformador, está ajudando a construir uma sociedade mais culta, mais independente e mais democrática. (Cultura-PMO)

    Serviço
    Horário de atendimento:
    - De segunda a sexta, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas
    - Sábado e domingo, das 9 às 12 horas e das 13 às 17 horas
    - Informações e agendamento de grupos pelo fone 11 3591-0405
    Parque Chico Mendes (Rua Lázaro Suave, 15 – City Bussocaba – Osasco/SP)

  • Secretário de Comunicação de Osasco recebe membros da AmeCom

     

    Na manhã de hoje, mais uma vez a AmeCom (Associação Metropolitana de Comunicação) promoveu uma visita a um Secretário de Comunicação da região. Desta vez, quem recebeu os profissionais de comunicação filiados à entidade foi o Secretário de Osasco, Pedro Souto Maior.

    Além das apresentações formais de cada veículo representado na ocasião, foram discutidos diversos assuntos como o planejamento a curto e médio prazo das campanhas institucionais, as condições de trabalho e atuação da imprensa em eventos oficiais, a agilidade nas respostas das questões e encaminhamentos dos veículos de comunicação, a independência e imparcialidade dos veículos, entre outros.

    Mais uma vez a AmeCom foi muito bem recebida e semeou o fortalecimento das relações institucionais e do profissionalismo dos veículos de comunicação. (AmeCom)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.