Quinta, 18 Julho 2019 | Login
DEBATE: Gelso Lima reúne especialistas para falar sobre Segurança Pública

DEBATE: Gelso Lima reúne especialistas para falar sobre Segurança Pública Featured

Falhas na Educação e no Planejamento foram apontadas como as principais causas dos problemas na área de segurança para a sociedade

 

Com o objetivo de discutir as causas dos problemas na área de segurança pública e elaborar projetos futuros, o ex-secretário de Governo de Osasco e pré-candidato a deputado estadual pelo Podemos, Gelso Lima, promoveu na noite de quarta-feira, 18, um importante debate sobre o tema, na cidade Osasco.

Realizado no auditório da ACEO (Associação Comercial e Empresarial de Osasco), o evento reuniu mais de 200 pessoas e os seguintes palestrantes: Benedito Mariano (Ouvidor das polícias Civil e Militar do Estado de São Paulo); Paulo Sérgio Maluf Barroso (Delegado Assistente da Ouvidoria); Alexandre Volpiani Carnelós (Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Osasco); Tenente Coronel Ricardo Tahara (Comandante do CPA/M-8); inspetor Rildo (GCM-Osasco); e o Tenente Coronel Marcos Abondanza Vitiello (Comandante do 36º BPM/M).

Debate sobre Segurança Público

Cada debatedor falou sobre as principais ações de suas instituições, destacando que todas as forças ligadas à segurança pública tem se empenhado no trabalho preventivo e de inteligência para combater a criminalidade. E todos apontaram, de um modo geral, que investimentos nas áreas da Educação e de Planejamento são essenciais para a solução dos problemas enfrentados na Segurnça Pública, como também o aumento do efetivo e a valorização dos policiais. (Fotos: Reinaldo Vaz)

Principais trechos do debate:

Cel. Tahara

Em sua fala, o Ten. Cel. Tahara elencou os principais motivos pelos quais crimes continuam acontecendo, apesar dos esforços da polícia. Ele salientou que em 20 anos a população que compreende a região do CPAM-8 cresceu mais de 26%, enquanto que o efetivo da polícia cresceu apenas 4%. Além disso, as leis que regem o sistema prisional contribuem de certa forma para que criminosos estejam nas ruas, já que 5% dos presos liberados nos indultos em datas especiais não retornam à prisão. Tahara também citou a crise econômica, o desemprego, falhas na prevenção primária, falhas na ressocialização do preso e sistema educacional deficitário como fatores que ajudam o crescimento dos índices criminais.
Cel. Vitiello
Para o também Ten.Cel. Vitiello, a Educação é fator primordial para diminuição do crime na sociedade. “Segurança pública se faz com educação. Educação é fundamental e é nisso que os governos precisam investir porque é através da Educação que vamos rodear todos os outros fatores que culminam na prática do crime. Se investirmos em Educação teremos uma segurança pública sustentável”. Ele aproveitou a ocasião para agradecer Gelso Lima pela promoção do evento, explicando que “muita gente fala mal das polícias, e que uma oportunidade como essa é dada por gente que tem coragem”.
Benedito Mariano
Benedito Mariano, que já foi ouvidor da polícia de São Paulo de 1995 a 2000 e que agora retorna ao cargo, considera que o grande problema da instituição paulista hoje é a desvalorização profissional, cujos salários estão em 23º lugar no ranking das piores remunerações do Brasil, que tem 26 Estados, além da diminuição do efetivo tanto da PM como da Polícia Civil. “Para fortalecer a segurança pública, a polícia de São Paulo precisa de valorização profissional e a sociedade precisa cobrar essa questão de todos os candidatos ao Governo de São Paulo. Essa seria a primeira grande contribuição do governo para melhorar a segurança pública no Estado de São Paulo”.
Entre outros fatores, Mariano também falou sobre a estrutura deficiente da polícia, lembrando que o Estados tem mais de 600 municípios e que cerca de 300 deles não tem delegados. “Um único delegado às vezes cobre 12, 15 cidades. Tem cidades em que a presença da polícia judiciária se faz com um único investigador. A polícia civil diminuiu de tamanho. Há 20 anos tínhamos 37 mil policiais e hoje temos 25 [mil]. O Estado cresceu, os problemas cresceram, e a polícia diminuiu de tamanho. É isso que temos que discutir na segurança pública”, salientou.
Delegado Sérgio Maluf
Paulo Sérgio Maluf Barroso defende a união das polícias para combater a criminalidade. “Quando o Estado, através dos seus aparatos trabalha em conjunto, o crime tende a perder”. Ele ratificou o que Mariano disse, e salientou a importância da valorização salarial do policial de São Paulo. “A polícia não vai ser forte se o policial não tiver tranquilidade para trabalhar”.
Inspetor Rildo
Por sua vez, o inspetor Rildo lembrou que a lei 13022, de 2014, regulamentou o papel da Guardas Municipais, e que isso foi de extrema importância no contexto da segurança pública dos municípios. “A lei quebra paradigmas, porque havia muito questionamento sobre a atuação das GCM’s. O artigo 3º diz que a GCM tem que preservar a vida. As pessoas pensam que nós estamos ligados ao cuidado do patrimônio, mas nós temos que preservar a vida. Está na lei”, explicou.
Advogado Alexandre Carnelós
Encerrando a primeira parte do evento, antes das perguntas dos jornalistas, o Dr. Alexandre Carnelós falou sobre a questão dos Direitos Humanos dentro do tema segurança pública e assim como os outros, defendeu a Educação e o Planejamento como pilares para todos os segmentos da sociedade.

Notícias & Opinião esteve presente e registrou o evento. Veja aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1805355392888026

000

About Author

Related items

  • COMUNICAÇÃO: AmeCom realiza mais uma reunião ordinária

     

    Na noite desta segunda-feira, 15/07, na sede da ConecTv, em Osasco, a AmeCom (Associação Metropolitana de Comunicação), realizou mais uma reunião ordinária para tratar de assuntos de interesse dos jornalistas de Osasco e região.

    Na reunião desta noite foram discutidos temas mais ligados a assuntos administrativos da entidade, como encontros já programados para o segundo semestre de 2019, dentre eles, o Jantar da AmeCom, que acontece no final do ano. Na ocasião, além da confraternização entre os profissionais da Comunicação, são premiados os destaques do ano, representando os mais diversos segmentos da sociedade.

    Estiveram presentes os jornalistas José Guedes, Hipólito Cândido, Euds Ricardo Polito (Presidente), Rossi Júnior, Armando Gonçalves, Alessandro Belcorso, Renato Ferreira, Xuxa, Zequinha e Gabriel Gomez.

  • JOGOS REGIONAIS: Competições começam nesta terça-feira em Osasco
     
    A Abertura dos Jogos Regionais 2019, em Osasco, acontece terça-feira, 16/07, às 19 horas, com o desfile das agremiações no Ginásio de Esportes José Liberatti, em Presidente Altino.
    Durante 12 dias o município receberá aproximadamente 6 mil pessoas, com 27 cidades participantes em 19 locais de competição. As competições em 23 modalidades ocorrem entre os dias 16 a 27 de julho.
    Pela quinta vez, desde o início dos Jogos, na década de 1950, Osasco é escolhida como cidade-sede.
    As competições são classificatórias para os Jogos Abertos do Interior, que acontecerão em outubro, em Marília.
    Os Jogos Regionais tiveram início na década de 1950, em Presidente Prudente. Desde então, Osasco foi sede em 1983 (27ª edição), 1995 (39ª edição), 1996 (40ª edição) e 2014 (58ª edição).
    O torneio é realizado sempre no mês de julho para que coincida com as férias escolares e para que as unidades de ensino sejam utilizadas como alojamento ou instalações esportivas.
    “Será um grande desafio para todos nós realizarmos pela quinta vez os Jogos Regionais em Osasco. Entramos em contagem regressiva e desde já contamos com a presença de todos”, disse o secretário de Esporte, Carmônio Bastos. (Texto: Giane Vieira - Foto: Arquivo Serel)
  • OSASCO: Ribamar Silva comemora aprovação da reforma da Previdência

     

    Presidente da Câmara Municipal acredita que a reforma trará crescimento econômico e geração de empregos para Osasco.

     

    O Presidente da Câmara Municipal de Osasco, Ribamar Silva, acompanhou na sede do Poder Legislativo osasquense a votação que aprovou o texto-base da Reforma da Previdência na noite de quarta-feira (10). “Foram 379 deputados que votaram a favor da reforma. Eles são os maiores mentores políticos da nossa nação. Tenho certeza que os deputados entendem que a reforma o melhor para o Brasil”, conta Ribamar.

    Apoiador incondicional da reforma, Ribamar diz que espera agora a inclusão dos estados e municípios no texto que será apreciado pelo Senado. “Estamos acompanhando daqui, com os nossos deputados e vereadores, esta grande vitória da reforma da previdência. Quero parabenizar os nossos deputados federais. Tenho esperanças que, lá no Senado, os estados e municípios sejam incluídos”, disse Ribamar pouco após a votação.

    “Para o bem do Brasil, tenho certeza que isso vai trazer crescimento e geração de emprego. Vai fazer o Brasil voltar a crescer e todos nós, brasileiros, temos a ganhar com isso”, completou.

    Próximo Passo

    A Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência. A matéria aprovada apresenta novas regras para aposentadoria e pensões. O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

    Ficaram de fora da proposta a capitalização (poupança individual) e mudanças na aposentadoria de pequenos produtores e trabalhadores rurais. Na nova regra geral, para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.

    Para todos os trabalhadores que ainda não tenham atingido os requisitos para se aposentar, regras definitivas de pensão por morte, de acúmulo de pensões e de cálculo dos benefícios dependerão de lei futura, mas o texto traz normas transitórias até ela ser feita.

    “Foi um dia histórico. É um passo importante diminuir o custo da máquina pública, fazer o enxugamento para que no futuro próximo sobre dinheiro para mais investimentos no Brasil”, concluiu Ribamar.

     

     

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.