Segunda, 24 Fevereiro 2020 | Login
"Com o início da campanha na TV e rádio, subirei nas nas pesquisas", diz Márcio França

"Com o início da campanha na TV e rádio, subirei nas nas pesquisas", diz Márcio França Featured

Durante entrevista coletiva, na cidade de Osasco, o Governador de São Paulo falou sobre vários temas, como eleições, pesquisas eleitorais, saúde, educação, alistamento civil e segurança pública, dentre outros

 

Nesta sexta-feira, 29/06, o governador de São Paulo e pré-candidato à reeleição, Márcio França (PSB), esteve na cidade de Osasco, onde participou do Ciclo de Entrevistas - Eleições 2018, promovido pelo jornal Diário da Região, AmeCom (Associção Metropolitana de Comunicação), e da ADJORI-SP (Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo). Estiveram presentes no evento diversas autoridades da região, como os prefeitos Rogério Lins, de Osasco, Marcos Neves, de Carapicuíba, Gregório Maglio, de Pirapora do Bom Jesus, e Josué Ramos, de Vargem Grande Paulista.

Márcio França 1

Durante a coletiva, que contou com a presença de vários jornalistas da imprensa regional e também de Roberto Cabrini, do SBT, Márcio França falou sobre diversos temas e do que pretende implantar no Estado de São Paulo, caso seja reeleito nas eleições de outubro deste ano, sobretudo,temas ligados às áreas da Educação e Segurança Pública.

Márcio França 3

Campanha na TV e rádio

"As pesquisas eleitorais mostram o momento atual e eu sou ainda desconhecido pela maioria do eleitorado. Mas, com o início da campanha na TV e no rádio, quando teremos tempo para falar sobre que temos feito no governo do Estado, tenho certeza que iremos subir nas pesquisas e disputar o segundo turno das eleições. O povo está descontente com políticos tradicionais e, apesar da nossa longa experiência desde quando fomos prefeito de São Vicente, na política estadual somos ainda desconhecido. Com as coligações que estão sendo feitas pelo PSB, teremos tempo suficiente para nos apresentamos e falarmos do que estamos fazendo e dos planos que tempos investir em todas as demadas do governo".

João Doria

"Até o final da campanha muitas coisas vão mudar nessa campanha. O Doria não cumpriu o seu mandato de prefeito e tem muita gente que não gostou disso. É como você comprar um pizza grande e receber uma pequena. Então, 47% do eleitorado paulistano não votaram nele e aqueles que votaram o fizeram para ele administrar a cidade de São Paulo. Então, é evidente que ele vai ser cobrado por isso quando a campanha começar pra valer".

Compromisso

"Veja, o candidato do PSDB não cumpriu aquilo que prometeu quando fez campanha para prefeito de São Paulo. Estou aqui com vocês e não sou obrigado a fazer nenhum compromisso, mas, se faço tenho que ser verdadeiro e cumprir o compromiso firmado com os eleitores".

Segurança Pública

"O Governo do Estado tem a obrigação de continuar investindo na segurança pública, dando melhores condições de trabalho e de salário aos nossos policiais civis e militares. Mas, tudo isso tem que ser feito estudo e inteligência no trabalho preventivo e de investiação. E segurança para o cidadão não significa apenas aumento no efetivo de policiais e construção de novos presídios. Temos que investir em nossos jovens e adolescentes para tirá-lo do caminho da criminalidade".

Alistamento Civil

"O Alistamento Civil, programa social que atende jovens em vulnerabilidade social e que implantamos como prefeito em São Vicente com grande êxito, é o principal caminho para livrar os jovens da criminalidade. Fizemos um estudo em São Vicente e vericamos que 56% dos presos foram para a cadeia com 18 anos. Então, temos que evitar que o gelo seja formado para não termos que ficar apenas enxugando gelo depois. Atualmente, estamos implantando o Alistamento Civil nos 15 municípios mais violentos do Estado e esperamos poder implantar em todo o Estado de São Paulo. No Alistamento Civil, os jovens ficam no programa um ano estucanos e trabalhando e saem em condições de trabalhar na sociedade". 

Educação

"Investimos e melhoramos muito o ensino no Estado de São Paulo, mas, sem dúvida, estamos ainda muito atrasados e pecamos na qualidade. Veja, se um piloto de avião da primeira metade do século passado entrar, hoje, numa aeronave moderna, ele não saberá operá-la. O mesmo ocorreu em todas as áreas com as novidades tecnológicas. Mas, em termos de edução, infelizmente, nada mudou. Um professor de 1920 pode entrar hoje numa sala de aula e ele não vai sentir nenhuma mudança. O nosso compromisso é investir no ensino e também no sentido de que os professorem tenham menor carga horária e melhor salário".

Comunicação

O governador foi interrogado também sobre o distanciamento entre o setor de comunicação do governo e a imprensa regional e do interior do Estado. "REalmente, o governo precisa melhorar a sua comunicação com a população e isso, sem dúvida tem que passar pela imprensa regional. Hoje, ficamos apenas com os grandes anúncios de campanhas e não comunicamos corretamente com o povo que ficar sem saber ou conhecer muitas coisas boas que são feitas pelo governo. (Renato Ferreira)

 

000

About Author

Related items

  • EDUCAÇÃO: Prefeitura de Osasco inaugura "Mundo da Criança" na Fito zona Sul
    Ainda este ano, será inaugurada a 12ª Creche da cidade: o Mundo da Criança na Fito zona Norte.
    Nesta semana em que Osasco completou 58 anos de emancipação político-administrativa na quarta-feira, 19/02, a população recebeu de presente a primeira creche do Mundo da Criança, instalada na zona Sul (Jardim das Flores). Por meio de parceira com a Prefeitura, o espaço terá o padrão Fito (Fundação Instituto Tecnológico de Osasco), e atenderá 452 crianças com idades entre 0 e 4 anos em período integral. Foi a 11ª creche, de um total de 12 previstas, entregue pelo atual governo.
    Com a entrega da 12ª unidade (Mundo da Criança, na Fito zona Norte, no Jardim Piratininga), que será a maior de todas as creches da cidade e que também atenderá em período integral cerca de mil crianças, a cidade reduzirá em cerca de 4 mil a fila de espera por vagas. As obras estão em andamento e devem ser concluídas ainda este ano.
    Acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, da vice-prefeita Ana Maria Rossi, vereadores e secretários municipais, o prefeito Rogério Lins participou da cerimônia de entrega do prédio, que possui 20 salas de aula, sala multiuso, cozinha, refeitório, área para amamentação, lactário, solário, brinquedoteca, playground, ambulatórios, auditório para reuniões, sala para área administrativa e copa para funcionários. Além disso, a unidade é toda monitorada por câmeras e conta com banheiros adaptados e piso tátil.
    Em breve discurso, o prefeito elencou os investimentos da Prefeitura em diversas áreas, entre as quais a da Edcuação nos últimos três anos, como a reforma de escolas, instalação de lousas eletrônicas, distribuição de uniforme e material escolar também para as creches e a instituição de escolas em período integral. “Hoje é aniversário de Osasco e a melhor forma de homenagearmos a cidade é entregar equipamentos públicos de qualidade, como esta unidade de ensino que vai receber o maior patrimônio de uma família, os filhos”.
    Famílias que aguardavam vaga em creche também participaram da solenidade e comemoraram a inauguração da unidade no Jardim das Flores. “Aguardava vaga para meus dois filhos (Lorena, 2 anos, e Felipe, 11 meses). O espaço é bem amplo. Ficou lindo. Agora vou poder voltar a trabalhar, porque sei que terei onde deixar meus filhos em segurança. Tem até monitoramento com câmeras”, disse a manicure Laís Celestini dos Santos, 27 anos, que visitou o prédio acompanhada do marido, Adson Nascimento Nobre, 36.
    Consuelo Ferreira Xavier, 58, moradora do Novo Osasco, foi matricular a neta Eloísa, de 7 meses, e disse ter ficado impressionada com a estrutura oferecida. “Fiz a inscrição ano passado. Com a abertura dessa unidade não foi preciso ficar em fila de espera. O prédio é lindo, com salas amplas, tem área para as crianças brincarem. Ficou maravilhosa”, reforçou. (Fonte: Secom - Texto: Marco Borba - Imagens: Marcelo Deck)
  • EMANCIPAÇÃO: Parabéns, Osasco, pelos seus 58 anos de progresso!
     
    Nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, a belíssima e progressista cidade de Osasco, na Grande São Paulo, completa 58 anos anos de sua emancipação político-administrativa. Hoje, uma cidade que nem de longe lembra o bairro abandonado de São Paulo, que se tornou independente da Capital em 19 de fevereiro de 1962, graças à luta de seus bravos emancipadores.
    Como cidadão e como jornalista profissional acompanhei, praticamente, todo esse progresso e transformação de Osasco nesses 58 anos de vida própria. Cheguei à essa bela cidade em 1970, portanto, quando ela tinha apenas 8 anos de independência. E depois, vivi apenas 7 anos fora daqui, de 1985 a 1992, quando morei e trabalhei na também belíssima Piracicaba. Atualmente, resido na Capital, mas, praticamente, na divisa com Osasco, onde sempre exerci minhas principais atividades na Comunicação.
    Quando cheguei por aqui, e até os anos 1980, Osasco já era um importante e rico município, tipicamente industrial. Por aqui, milhares de pessoas trabalhavam em grandes metalúrgicas, como Braseixos e Cobrasma, ou em grandes empresas de outros ramos, como Eternit, Lonaflex, Brow Boveri, Cimaf (tem até hoje), Granada e Osran, dentre outras grandes indústrias.
    Com o crescimento da cidade e de toda a região e, consequentemente, com o aumento de veículos, por questão de logística, essas grandes empresas foram saindo de Osasco e se instalando em outras regiões do Estado. Algumas foram para outros municípios da própria Grande São Paulo e outras se instalaram em cidades do Interior.
    Aos 58 anos de vida própria, hoje, Osasco não perdeu a sua vocação industrial, pois, abriga um grande Distrito Industrial na zona Norte, com grande indústrias, mas, a partir da década de 1980,a cidade foi se transformando num grande centro de prestação de serviços, atraindo também grandes empreendimentos imobiliários, tanto residenciais quanto comerciais e hoteleiros.
    Como um grande centro urbano, apesar de ter somente 64 quilômetros quadrados, Osasco é, hoje, a sexta economia do país e a segunda do Estado. Como é uma cidade que se verticalizou muito rapidamente, Osasco enfrenta problemas comum às grandes cidades, dentre eles na área da saúde, no trânsito e na mobilidade urbana, principalmente, nos horários de pico, uma vez que ela está entre grandes rodovias, como a Anhanguera, Castelo Branco, Raposo Tavares e o Rodoanel Mário Covas.
    Sem festa
    Outro problema que Osasco sempre enfrentou e ainda enfrenta em menores proporções, mesmo com diversas obras de contenção, são as enchentes, como a que aconteceu no último dia 10. Um fortíssimo temporal atingiu a cidade e toda a região Oeste provocando alagamentos e deslizamento de terra.
    Inclusive, a Prefeitura elaborou uma série de eventos para comemorar os 58 anos, durante o mês, mas, alguns, como shows musicais foram suspensos, justamente, para que toda a Administração voltasse para o atendimento aos munícipes atingidos pelas enchentes. Outros eventos, como inaugurações e reformas foram mantidos.
    Infelizmente, o menino Kauê, de 7 anos, que ficou soterrado num deslizamento no Morro do Socó, não resistiu aos ferimentos e faleceu no domingo, dia 16.
    O Portal Notícias & Opinião parabeniza Osasco e deseja que a cidade continue crescendo de forma ordenada! Parabéns, Osasco! (Renato Ferreira)
  • DESLIZAMENTO: Morre menino que ficou soterrado no Morro do Socó, em Osasco
     
    Neste domingo, 16/02, infelizmente, foi confirmada a morte de Kauê Tavares, o menino de 7 anos que ficou soterrado em um deslizamento no Morro do Socó, em Osasco, durante o temporal na madrugada de segunda-feira, 10. As fortes chuvas atingiram Osasco e as demais cidades da região Oeste.
    O menino ficou mais de 30 minutos soterrado e, segundo os socorristas, ele chegou a sofrer uma parada cardiorrespiratória. Antes dos Bombeiros chegarem ao local de difícil acesso, ele foi socorrido por vizinhos e levado para o Pronto Socorro do Jardim Imperial, em Barueri. Posteriormente, o garoto foi levado para Hospital Municipal de Barueri, onde estava internado na UTI
    O deslizamento de terra atingiu três casas, entre elas a da família do menino. Seus pais também ficaram feridos, mas sem gravidade e receberam alta após os primeiros atendimentos médicos
    Após o deslizamento, a Prefeitura de Osasco removeu 81 famílias do Morro do Socó, que estavam em área de risco. A maioria dos desabrigados foi para casa de parentes na região.
    Após a internação, a família não autorizava a divulgação de informações sobre o estado de saúde do Kaué. E para respeitar essa decisão da família, o Hospital optou também por não divulgar boletim médico sobre o caso. No domingo, no entanto, ele não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. Segundo informações, seu corpo deve deve ser velado e enterrado no Piauí, estado natal da família.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.