Quarta, 14 Novembro 2018 | Login
"As reformas de Temer precisam ser derrubadas", diz Boulos, pré-candidato do PSOL

"As reformas de Temer precisam ser derrubadas", diz Boulos, pré-candidato do PSOL Featured

 

Guilherme Boulos diz que se vencer as eleições, vai aumentar impostos para os ricos e derrubar medidas de Temer, como a reforma trabalhista

 

Nesta terça-feira, 12/06, o pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL, Guilherme Boulos, esteve em Osasco, na região Oeste da Grande São Paulo, onde participou do Ciclo de Entrevistas – Eleições 2018. O evento é uma realização do Jornal Diário da Região em conjunto com a AmeCom(Associação Metropolitana de Comunicação) e ADJORI-SP (Associação dos Jornais do Interior do Estado de São Paulo).

Durante a coletiva, Boulos não apresentou novidades em relação ao que vem pregando em termos de propostas, caso seja eleito presidente da República nas eleições de outubro. O pré-candidato do PSOL reiterou que se chegar ao Palácio do Planalto, uma de suas primeiras medidas será convocar um plebiscito para revogar as medidas tomadas pelo governo de Michel Temer, como a reforma trabalhista.

Guilherme Boulos disse também que é a favor do financiamento público de campanha e que vai propor uma reforma tributária para aumentar os impostos dos ricos e diminuir a carga tributária para os brasileiros mais pobres. "Mas, não basta apenas o financiamento público para acabar com os problemas da corrupção no Brasil. Temos que mudar o sistema político, separando o público do privado. Caso eu seja eleito, convocarei um plebiscito para revogar todas as medidas tomadas pelo governo golpista de Temer, principalmente, essa reforma trabalhista, um verdadeiro retrocesso para os trabalhadores brasileiros", disse o pré-candidato.

Mesmo sendo uma das principais lideranças da esquerda, Guilherme Boulos não se considera um candidato das esquerdas e nem mesmo um plano B do Partido dos Trabalhadores. "A nossa candidatura não depende de outras. Primeiro, acho legítima a candidatura do Lula. Ele foi preso sem provas e o Judiciário não pode impedir que ele seja candidato. Então, o PT tem as suas propostas e a nossa candidatura representa um novo projeto do PSOL e é isso que estamos levando a toda a população do país, participando de debates, entrevistas e palestras em Universidades".

Fundador e coordenador do MTST (Movimento dos Trabalhadores sem Teto), Guilherme Boulos, negou que o MTST promova e cobre aluguel dos sem teto. Ele criticou ainda os rumos tomados pelo programa Minha Casa, Minha Vida. "As pessoas invadem os prédios, não porque elas querem e, sim, porque elas não têm outra opção oferecida pelo governo. Quanto ao Minha Casa, Minha Vida, ele teve o seu mérito em apresentar recursos para moradias populares, que o brasileiro não tinha desde os anos 1980 pelo BNH. Só que esses recursos foram repassados para as construturas sem um planejamento, por isso, elas construíram as casas em locais que não atendiam à demanda e nem as necessidades das pessoas. Isso tem que ser modificado e vamos mudar", afirmou Boulos. (Renato Ferreira)

000

About Author

Related items

  • Candidatos impugnados terão que devolver R$ 38,7 milhões; só o Lula terá que devolver R$ 20 milhões
    Valores são de fundo eleitoral e de doações oficiais feitas aos candidatos. Lula foi enquadrado na Lei de Ficha Limpa
     
     
    As candidaturas que foram impugnadas nas eleições deste ano receberam juntas R$ 38,7 milhões do fundo eleitoral e de doações oficiais – valor que, pelas regras da Justiça Eleitoral, deverá ser integralmente devolvido. Desse número, R$ 20 milhões são apenas da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Além dele, outros 1,2 mil candidatos incorreram na mesma irregularidade.
    Desse total, R$ 36,3 milhões foram gastos; ou seja, há ainda R$ 2,4 milhões repassados que não foram utilizados. Lula, por exemplo, declarou ter gastado R$ 19,7 milhões dos R$ 20 milhões recebidos.
    Os dados foram organizados pela ONG Movimento Transparência Partidária, com base nas informações publicadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na internet. O Ministério Publico Eleitoral (MPE) estuda como reaver os valores.
    Além de elucidar os gastos que devem voltar aos cofres do Tribunal, a organização também lançou uma plataforma para que os cidadãos possam acompanhar outras informações disponíveis. “A Justiça eleitoral não tinha, por exemplo, uma ferramenta para agregar todas as informações sobre os principais gastos de campanha por exemplo”, explicou Marcelo Issa, diretor da ONG.
     
    Uma das informações apresentadas, por exemplo, é o principal gasto dessas eleições. Segundo o relatório, todos os candidatos (impugnados ou não) gastaram um total de R$ 572 milhões com impressões de material publicitário. O segundo maior gasto foi com despesas pessoais. A plataforma possibilita ainda a divisão de gastos com base na idade, gênero e raça dos candidatos. “Acredito que, hoje, a plataforma é capaz de responder a qualquer pergunta sobre os gastos de campanha”, concluiu Issa. (Jovem Pam. Com informações do Estadão Conteúdo)
     
    Opinião
    O Lula e o sabiam que a sua candidatura seria impugnada, mas, mesmo assim engaram o eleitorado. Daqui a pouco, o PT lança outra vaquinha para arrecadar diheiro de seus eleitores para saldar essa dívida. (Renato Ferreira)
     
  • Vôlei Osasco-Audax é vice-campeão paulista
    A equipe de Osasco foi superada pelo Sesi Bauru em mais uma batalha decidida apenas no tie break. O foco agora é mais uma decisão, desta vez vale o título da Supercopa diante do Dentil/Praia Clube, no sábado, em Fortaleza (CE
     
    O Vôlei Osasco-Audax é vice-campeão paulista. A mais tradicional equipe do vôlei brasileiro encerra sua participação no estadual 2018 de cabeça erguida. Com garra, as jogadoras se entregaram da primeira a última bola e deixaram tudo na quadra em uma verdadeira batalha de cinco sets. Méritos para o Sesi Bauru, que conquistou seu primeiro título após vencer a segunda partida da final por 3 sets a 2, parciais de 25/21, 15/25, 21/25, 28/26 e 15/12, em 2h21min.
    Agora, as atenções de Mari Paraíba, Paula Pequeno, Claudinha, Walweska e cia. se voltam para a disputa de mais um título, desta vez da Supercopa, contra o Dentil/Praia Clube, no próximo sábado (10), em Fortaleza.
    Vôlei Osasco Audax 2
    Em sua oitava decisão estadual consecutiva, o Vôlei Osasco-Audax soube conter a ansiedade após ser superado pelo Sesi Bauru na primeira rodada da final 2018. Na sexta-feira (2), com o ginásio José Liberatti completamente lotado (recebeu 4 mil pessoas), as donas da casa jogaram muito, mas foram superadas por 3 sets a 2.
    Mesmo em desvantagem, não se deixaram abater e transformaram a dificuldade em combustível para alimentar a vontade de levantar mais um troféu. Todo esse cenário foi valorizado pela central Walewska. “Foi importante. Temos um time em construção e, nesse processo, surgem dificuldades. Mas o time mostrou muita força nessa série final. Jogou bem as duas partidas, dentro e fora de casa, ambas decididas no quinto set. Saímos daqui com a cabeça erguida e com a certeza que estamos no caminho certo”, analisou a capitã do time, que completou. “Agora é focar no que vem pela frente. No final de semana já temos outra decisão de mais um título, desta vez a Supercopa, e na sequência começa a Superliga.” (Assessoria de Imprensa: ZDL Sports - Fotos: João Pires/Fotojump)
  • CULTURA: Samba Rock de Oz gratuito no Sesc Osasco dia 11/11

     

    A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Cultura (SC), em parceria com o Sesc Osasco, realiza no domingo, 11/11, das 16h30 às 19h, mais uma edição do Samba Rock de Oz - De Quebrada em Quebrada. O evento tem como objetivo expandir a cultura do samba rock e levar dança e arte como forma de entretenimento e interação social para as periferias da cidade.

    Tendo em vista que as periferias dos grandes centros urbanos - incluído Osasco -  sofrem com a ausência de entretenimento, lazer e diversão, consequências da falta de expansão e de direcionamento da cultura para as pessoas que povoam essas regiões, a Secretaria da Cultura encontrou mais um meio de promover o acesso à cultura para toda a população, buscando reverter essa situação, ou seja, a inserção e o resgate da cultura do samba rock.      

    O evento contará com equipes de DJ’s de Osasco e região, que trarão o melhor do Samba Rock, Black Music e Nostalgia, fortalecendo dessa maneira nossa cultura e buscando a valorização do artista local. Haverá ainda área de recreação para crianças, Show ao vivo com a Banda Sambasonics, aula de Samba Rock com o professor de dança Criolé e muito mais. (Texto: Samuel Sanches - Imagens: Ismael Francisco)

     

    Serviço

    Samba Rock de Oz, de Quebrada em Quebrada

    Data: (Domingo) 11/11

    Horário: Das 16h30 às 19h

    Local: Sesc Osasco. Avenida Sport Club Corinthians Paulista, 1300 – Jardim das Flores Entrada Gratuita

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.