Segunda, 23 Outubro 2017 | Login
Las Vesgas é aqui e com maior gravidade

Las Vesgas é aqui e com maior gravidade Featured

 

Nesta segunda-feira (02/10), o mundo amanheceu perplexo e estarrecido diante do massacre de Las Vegas. Era noite de domingo, lá, e madrugada de segunda aqui, quando, durante um show de música country, um homem de 64 dispara mais de 100 tiros contra a multidão, mata 58 e fere 515 pessoas, que se divertiam numa das cidades que mais recebe turistas nos Estados Unidos.

É o maior massacre com arma de fogo já registrado no país. E a tragédia deixa as autoridades americanas confusas, pois, o atirador Stephen Paddock, que se matou em seguida, era um homem pacato, sem passagens policiais e que foge do perfil de outros atiradores que fizeram também muitas vítimas em outros ataques com armas de fogo.

Aqui no Brasil também, as TVs, rádios e as redes sociais não falam em outra coisa, senão no massacre de Las Vegas. Como um homem morador de uma cidade pequena pode premeditar tamanho terror. Sem dúvida, é um fato que deixa todas as pessoas perplexas, sobretudo, se pensarmos que lá nos Estados Unidos é livre o uso de armas, E esse atirador foi encontrado com 10 armas pesadas, que ele utilizou para matar e aterrorizar tanta gente.

Las Vegas é aqui

Assassinatos no Brasil

A gente se solidariza com as famílias das vítimas e com o povo americano. Mas, é o momento também para refletirmos sobre as mortes por armas de fogo e os massacres no Brasil. Aqui, mais de 60 mil pessoas são assassinadas por ano, mas, como nem sempre são chacinas e, sim mortes isoladas nas periferias e favelas, elas acabam virando apenas números frios nas estatísticas policiais.

Porém, não deixam de ser verdadeiros massacres. Desses 60 mil assassinatos por ano, a maioria é de jovens entre 15 e 29 anos e, conforme mostra o Atlas da Violência 2017, entre 2012 e 2015, mais de 30 mil pessoas nessa faixa etária foram assassinadas por ano no Brasil. E as armas de fogo são responsáveis por 80% dos assassinatos.

Vejam o triste exemplo de Pernambuco em 2017. Coforme matéria do G1, em agosto deste ano, foi registrado o maior número de assassinatos no estado, em comparação com o mesmo mês dos últimos dez anos. De acordo com dados oficiais da Secretaria de Defesa Social, foram 413 homicídios no mês, uma média diária de 13,3 assassinatos. De janeiro a agosto de 2017, Pernambuco registrou 3.375 assassinatos.

Em média, no Brasil, ocorre um um homicídio a cada oito minutos. Não é um massacre praticado em poucos minutos, como nos Estados Unidos, onde os atiradores invadem escolas, cinemas ou em shows como aconteceu em Las Vegas. Mas, ninguém pode negar que seja também um massacre, pois, 60 mil homicícios não ocorrem nem mesmo em países com guerra civil. Um massacre surdo e mudo que não vira manchete e nem destaques nas redes sociais.

E sobre as armas de fogo, lá no Estados Unidos o uso é livre, todas as pessoas maiores de 18 anos podem comprar e portar armas. Aqui, o porte é ilegal, mas, somente para as pessoas de bem. Pois, os bandidos estão a cada dia mais bem armados com armas pesadas e matando livremente. (Renato Ferreira)

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.