Sábado, 14 Dezembro 2019 | Login
TV DE LUTO: Gugu Liberato morre aos 60 anos após queda nos Estados Unidos

TV DE LUTO: Gugu Liberato morre aos 60 anos após queda nos Estados Unidos Featured

Nota de falecimento foi divulgada por volta das 21h desta sexta-feira pela assessoria de imprensa do apresentador.
 
A TV brasileira e todo o país ficaram mais tristes nesta sexta-feira, 22/11, com a confirmação da morte do apresentador Gugu Liberato. Ele morreu aos 60 anos, hoje, no Hospital Orlando Health, em Orlando, Estados Unidos. A morte do apresentador foi confirmada por meio de uma nota de falecimento, divulgada por sua assessoria de imprensa.
Gugu estava internado desde a tarde dessa quarta-feira, 20, após sofrer um acidente doméstico. Segundo informações da assessoria de imprensa, o apresentador teve um traumatismo craniano ao cair da altura de quatro metros e bater com a cabeça na quina de um móvel. A queda ocorreu enquanto Gugu tentava arrumar o ar-condicionado da casa.
Em um trecho da nota (veja íntegra ao final do texto), familiares e funcionários se relembram de momentos marcantes da vida do apresentador e confirmam a queda do apresentador de uma altura de quatro metros. "Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro. Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local."
Trajetória
Na Record há 10 anos, Gugu Liberato ganhou notoriedade por sua trajetória de 35 anos no SBT. Desde julho de 2018, ele apresentava o reality show Canta Comigo. Os episódios já estão todos gravados, com exceção da final, cuja transmissão está marcada para o dia 4 de dezembro, ao vivo. (Fonte: Estado de Minas)
000

About Author

Related items

  • DESPEDIDA: Brasileiros dão adeus a Gugu Liberato em São Paulo
    Corpo do apresentador é velado em caixão aberto e fãs fazem fila desde cedo na Assembleia Legislativa de São Paulo para se despedir de Gugu.
     
    Aberto ao público, o velório do apresentador começou por volta do meio-dia no Salão Monumental da Assembleia Legislativa e deve durar quase 24 horas. Às 10h de sexta-feira, o corpo será levado ao Cemitério Gethsemani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família. O enterro também será aberto ao público.
     
    Adeus a Gugu Liberato filho
    Emocionado, o filho mais velho de Gugu Liberato, João Augusto, de 18 anos, ajudou a carregar o caixão do apresentador na rampa da Assembleia Legislativa de São Paulo, para onde foi levado na manhã de hoje. Gugu morreu na sexta-feira, 23, aos 60 anos, após uma queda em sua residência nos Estados Unidos.
    O corpo do apresentador é velado em caixão aberto e fãs fazem fila na entrada da Alesp para se despedir de Gugu. Centenas de pessoas chegaram ao local ainda de madrugada para dar adeus àquele que alegrou as tardes e noites de milhares de brasileiros. Antes, familiares organizaram um culto privado no salão nobre da Assembleia Legislativa. Eles chegaram em uma van, junto com o carro da funerária.
    Adeus a Gugu Liberato velório
    O corpo de Gugu Liberato chegou no Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas, no interior de São Paulo, por volta das 6h desta quinta-feira. Familiares do apresentador vieram no mesmo avião que partiu de Orlando, nos Estados Unidos.
    A Receita Federal preparou uma operação para recepcionar urna funerária e família do apresentador. O corpo seguiu para a Assembleia Legislativa no carro funerário, acompanhado por viaturas da Polícia Militar Rodoviária. Não houve cortejo.
    O acidente
    Gugu Liberato caiu, na quarta-feira (21) de uma altura de quatro metros enquanto fazia um reparo no ar-condicionado no sótão da casa onde morava, em Orlando. Ele foi resgatado e internado no Orlando Health Medical Center.
    A notícia sobre a morte foi divulgada na sexta-feira (22). Segundo comunicado, Gugu faleceu de morte encefálica após um acidente doméstico. Ele deixa viúva a médica Rose Miriam Di Matteo, e os filhos João Augusto, Sofia e Marina. A família doou os órgãos que devem beneficiar cerca de 50 pessoas. (Fonte: Estado de Minas com Estadão Conteúdo)
  • LUTO: Morre Dom Ercílio Turco, bispo emérito da diocese de Osasco
    Morreu na madrugada desta quarta-feira, 30/10, Dom Ercílio Turco, bispo emérito da Diocese de Osasco, aos 81 anos, no Hospital da Luz (São Paulo). Ele estava internado desde o dia 19 de outubro e lutava contra um câncer. Bispo emérito é o título que a Igreja Católica confere ao bispo diocesano que apresenta o pedido de renúncia ao completar 75 anos. Em Osasco, Dom Ercílio foi substituído por Dom João Bosco Barbosa de Souza.
    Dom Ercílio nasceu na cidade de Campinas, no dia 13 de março de 1938. Era filho de Francisco Turco e Ignez Canossa Turco. O religioso foi ordenado sacerdote em sua cidade natal, em 1º de dezembro de 1963. Na região, Dom Ercílio Turco foi o terceiro bispo de Limeira (SP), nomeado em 18 de novembro de 1989.
    Ele foi ainda vigário e pároco em várias comunidades do interior, nas cidades de Campinas, Valinhos, Hortolândia, Mogi Mirim. Foi também capelão em instituições de Ensino e Hospitalar de Valinhos e Campinas.
    No dia 24 de abril de 2002, o papa João Paulo II transferiu Dom Ercílio para a Diocese de Osasco. Nesta cidade da região Oeste da Grande São Paulo, ele permaneceu como Bispo Diocesano por 12 anos, até abril de 2014, quando o papa Francisco aceitou sua carta de renúncia por idade.
    Notas de pesar
    Diversas autoridades de Osasco, como o prefeito Rogério Lins, o presidente da Câmara Municipal, Ribamar Silva, e os ex-prefeitos Jorge Lapas e Emídio de Souza, divulgaram notas de pesar pela morte de Dom Ercílio Turco, destacando as qualidades humanitárias do bispo emérito da cidade.
    O velório acontece na Catedral Santo Antônio, na Avenida Santo Antônio, 1090 – Vila Osasco – Osasco, onde são realizadas missas a cada duas horas.
    Na manhã desta quinta-feira, 31/10, às 10h, será realizada a última Missa, ministrada por Dom Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo. Em seguida, o corpo de Dom Ercílio Turco será sepultado na Cripta da Catedral de Osasco. (Renato Ferreira)
  • LUTO: Morre Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco, aos 93 anos
    Considerado um dos banqueiros mais poderosos da América Latina, ele dedicou mais de 75 anos de sua vida ao banco que viu nascer, 36 deles no alto comando do Grupo.
     
    Morreu nesta quarta-feira, 16/10, aos 93 anos, Lázaro de Mello Brandão, ex-presidente do Bradesco e do conselho de administração do banco.
    Segundo informou o Bradesco, Brandão estava internado no Hospital Edmundo Vasconcelos, em São Paulo, recuperando-se de uma cirurgia.
    Considerado um dos banqueiros mais poderosos da América Latina, foi o mais longevo do ramo no Brasil. Ele sucedeu o fundador do Bradesco, Amador Aguiar.
    Ele deixou a presidência do conselho do Bradesco no final de 2017, quando Luiz Carlos Trabuco Cappi assumiu o posto, mas ainda atuava como presidente das empresas controladoras do Bradesco.
    ‘Seu Brandão’, como era tratado nos corredores do Bradesco, dedicou mais de 75 anos ao banco. Economista e administrador de empresas, começou a trabalhar em 1942, aos 16 anos, logo na fundação da Casa bancária Almeida & Cia, que deu origem a um dos maiores bancos privados do país.
    Brandão deixou esposa, duas filhas e um neto.
    Nonagenário, o banqueiro trabalhava, no mínimo, oito horas diárias. “Até para a saúde é melhor”, afirmava em relação ao trabalho, que tratava como lazer. Dizia que pagava para não viajar, a não ser para participar de eventos do banco. (Fonte: G1).
     
    Eu, jornalista Renato Ferreira, tive o prazer de conhecer pessoalmente o sr. Lázaro de Mello Brandão, nos anos 1970, quando trabalhei entre 1973 e 1976, na Cidade de Deus, sede do banco, em Osasco.
    Além de ter sido uma escola profissional para mim, pois, foi o meu primeiro emprego na área administrativa de uma grade empresa, tendo estudado também na Fundação Bradesco, posso afirmar que o sr. Lázaro Brandão, mesmo tendo uma posição de destaque e de poder no Bradesco, era uma pessoa que tratava a todos com muita cordialidade e respeito. (Renato Ferreira)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.