Sábado, 18 Janeiro 2020 | Login
OPINIÃO: Pra mim, foi crime por irresponsabilidade, imperícia e imprudência

OPINIÃO: Pra mim, foi crime por irresponsabilidade, imperícia e imprudência Featured

 

Posso estar enganado, mas, não acredito que tenha sido atentado contra o prefeito de Osasco, Rogério Lins, e a sua esposa, Aline, no episódio de sexta-feira, 26, quando ambos sofreram queimaduras de 1º e 2º graus ao acenderem uma fogueira numa festa junina da Prefeitura.

Pra mim, foi crime, sim, mas por irresponsabilidade, imperícia e imprudência, que pode envolver os organizadores e também a quem autorizou, portanto, crime de natureza culposa e não dolosa.

Vejam, que as próprias filhas do casal poderiam estar também próximo à explosão. O próprio Rogério revelou que elas pediram para ajudar a acender a fogueira. Sendo assim, será que existiria alguém tão mau a porto de provocar um atentado contra toda a família Lins? A polícia está investigando o acidente gravíssimo.

Até 2017, como jornalista, acompanhei várias festas do Arraiá do Servidor na área da CMTO, inclusive, ficando bem próximo na hora de acender a fogueira. Mas, graças a Deus, nunca aconteceu nenhum acidente.

Agora, no entanto, em 2019, fazem uma fogueira num local, praticamente, fechado e com material inflamável? Em minha opinião, coisa de gente irresponsável e que deve ser punida por isso.

Mas, pergunto: os Bombeiros não foram avisados disso antes? Que seria realizada a festa com fogueira na Arena Vip? Se não foram, piora ainda mais a situação de quem organizou/montou esta verdadeira bomba no Arraiá do Servidor. (Renato Ferreira)

000

About Author

Related items

  • OSASCO: Câmara aprova lei para avaliar prédios escolares da cidade
    Estrutura das escolas deverá ser avaliada a cada três anos por uma equipe multidisciplinar.
     
    Agora é lei: o prefeito Rogério Lins (Podemos) sancionou no final do ano passado a lei 5.039/2019, de iniciativa do vereador Toniolo (PCdoB), sobre a obrigatoriedade de avaliação dos prédios escolares da rede municipal de ensino.
    Toniolo
    Vereador Toniolo, autor da nova Lei que obriga a avaliação dos prédios escolares em Osasco
    De acordo com o texto, publicado na Imprensa Oficial do Município de Osasco em 8 de janeiro, os estabelecimentos de ensino deverão ser avaliados a cada três anos por uma Comissão Multidisciplinar de Infraestrutura Escolar, a ser estabelecida pelo Poder Público Municipal.
    Definida a comissão, esta deverá elaborar relatório detalhado da situação estrutural de cada unidade educacional e suas condições de funcionamento. Com base nesse relatório sobre as condições físicas e ambientais das escolas, o município terá condições de criar as diretrizes das reformas de cada unidade de ensino.
    O projeto final de reforma das unidades educacionais, elaborado pela Comissão, será submetido à aprovação do Conselho de Escola da respectiva escola. (Fonte: Comunicação/CMO)
  • OSASCO: Prefeitura inicia canalização de novo trecho do Braço Morto do Tietê em parceria com o Governo Federal
     
    Na terça-feira, 07/01, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, visitou o início das obras de canalização de novo trecho do córrego Baronesa, no entroncamento das avenidas Loureço Belloli e Presidente Médici, no Jardim Baronesa. Trata-se de obras de canalização em mais um trecho do conhecido Braço Morto do Tietê.
     
    No local serão aprofundados e alargados 200 metros de córrego pelo consórcio FBS/Soebe/Hidrostudio, entre a Presidente Médici e a Rua Basílio Fernandes de Barros, na divisa com o Jardim Aliança. No outro lado da Lourenço Belloli, o grupo já havia canalizado 400 metros.
     
    Com as obras, o córrego, também chamado de Braço Morto do Rio Tietê, terá 10 metros de largura por 3 de profundidade, e futuramente deverá acabar com alagamentos naquela região da cidade.
     
    Ao todo, serão canalizados 2.420 metros. No outro trecho do canal (na divisa entre o Aliança e o Rochdale), que deságua no Tietê, a obra é liderada pelo consórcio Constran.
    As intervenções integram um amplo projeto de urbanização com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) do governo federal e prevê outras ações, como a abertura de duas vias paralelas à margem do córrego, que farão a ligação entre as avenidas Presidente Médici e Presidente Kennedy, criação de áreas de lazer, entrega de equipamentos públicos e construção na nova UBS do Rochdale.
     
    A canalização do córrego e a nova UBS beneficiarão cerca de 11 mil famílias do Rochdale, Jardim Canaã e Jardim Aliança. (Fonte: Secom/PMO - Texto: Marco Borba - Imagens: Marcelo Dec)
  • CIDADE: Prefeitura de Osasco abre inscrições para o Casamento Comunitário 2020
     
    Já encontram-se abertas as inscrições para a 26ª edição do Casamento Comunitário promovido pela Prefeitura de Osasco, por meio do Fundo Social de Solidariedade. Os interessados devem procurar a sede do Fundo Social, na Avenida Bussocaba, 140, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
    É necessário levar os documentos pessoais originais e comprovante de endereço atualizado em nome do noivo e/ou da noiva.
    Confira a relação completa dos documentos originais necessários para a inscrição:
    SOLTEIRO:
    • Certidão de Nascimento Original (atualizada em menos de 6 meses)
    • RG, CPF e comprovante de endereço atualizado em nome do noivo ou da noiva
    • Carteira Profissional do noivo e da noiva
    • Comprovante salarial dos noivos
    VIÚVO:
    • Certidão de Casamento e a Certidão de Óbito do cônjuge falecido (atualizada em menos de 6 meses)
    • RG, CPF e comprovante de endereço atualizado em nome do noivo ou da noiva
    • Carteira Profissional do noivo e da noiva
    • Comprovante salarial dos noivos
    DIVORCIADO:
    • Certidão de Casamento anterior com averbação do divórcio (atualizada em menos de 6 meses)
    • RG, CPF e comprovante de endereço atualizado em nome do noivo ou da noiva
    • Carteira Profissional do noivo e da noiva
    • Comprovante salarial dos noivos
    Serviço
    Inscrições para a 26ª edição do Casamento Comunitário - 2020, da Prefeitura de Osasco
    Inscrições: Fundo Social de Solidariedade
    Endereço: Avenida Bussocaba, nº 140, Vila Campesina
    Atendimento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h
    Público alvo: somente para moradores de Osasco
    Mais informações: telefone (11) 3652-9400

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.