Sexta, 22 Fevereiro 2019 | Login
TRAGICÔMICO! Prefeitura constrói calçadas para deficientes visuais e deixa postes no meio do caminho

TRAGICÔMICO! Prefeitura constrói calçadas para deficientes visuais e deixa postes no meio do caminho Featured

 
Por incompetência, negligência e má gestão, infelizmente, os brasileiros sofrem com péssimos serviços públicos oferecidos por muitas prefeituras Brasil afora. Fruto das trocas de partidos no comando do Executivo, uma vez que com as regras atuais e sem concursos públicos, sempre quando muda o comando o novo prefeito troca a maioria dos funcionários comissionados do sucessor, substituindo pelos seus apoiadores.
Mas, como pode uma obra pública que necessita de licitação e de estudos de engenharia ser construída com total descaso e desrespeito ao cidadão, como essa calçada na cidade de Gurupi, em Tocantins?
A calçada é nova. Foi construída em novembro de 2018 e custou R$ 3 milhões aos cofres públicos. De acordo com as novas diretrizes para uma boa política de mobilidade urbana, a prefeitura até que pensou em atender aos deficientes visuais. Parabéns pela intenção, mas, nota zero para o resultado.
No planejamento da obra constava a colocação de piso tátil para beneficiar os deficientes visuais, como foi executado. Só que ao caminhar por esse piso especial, o deficiente acaba dando de cara com postes no meio da calçada, justamente sobre o piso tátil.
Em nota, a Prefeitura de Gurupi informou que o Departamento de Posturas notificou a Energisa para realinhar os postes, mas que a empresa não conseguiu realinhá-los no período contratual da obra. A nota diz ainda que é responsabilidade da Energisa retirar os postes do local. (Renato Ferreira - Fonte: TV Anhanguera e G1 Tocantins)
TRAGICÔMICO é uma publicação de Notícias & Opinião todas às quartas-feiras. Veja outros casos já publicados, acessando o site - www.noticiaseopiniao - e buscar a palavra tragicômico.

 
000

About Author

Related items

  • TRAGICÔMICO! Prefeito obriga servidores comissionados a irem a show de sua noiva

    "Tudo será filmado e o comissionado que não aparecer no show da minha noiva, será demitido", ameaça o prefeito.

     

    Renato Ferreira - 

    Quando a gente pensa que com novo Governo, novos mentalidades em Brasília, o país entraria de vez nos eixos em termos de administração pública, eis que gente se depara com isso. Um prefeito que obriga servidores públicos a irem prestigiar a sua noiva, que é cantora, em evento público organizado pela Prefeitura.

    O fato grotesco aconteceu na cidade de Camaragibe (PE), onde a Prefeitura já vem promovendo o Carnaval 2019 desde domingo, 17/02. E o autor da proeza é o prefeito Demóstenes Meira (PTB). Coitado do PTB. Depois dos Vargas e de Brizola, esse partido caiu nas mãos de gente que só faz legenda virar motivo de investigação policial e de piada.

    Como se fosse dono da Prefeitura e dos servidores comissionados - o que não é inédito no Brasil - Demóstenes Meira resolveu, então, obrigar a todos os comissionados a irem prestigiar o show de sua noiva, Tay Dantas, secretária Municipal de Assistência. E para não deixar dúvidas, o prefeito gravou a ameaça em áudio divulgado pelas redes sociais, ao mesmo tempo que afirma que iria haver retaliações para quem desobedecer a sua ordem.

    “Eu queria falar para todo mundo do ‘Tropão’, todo os cargos comissionados que estão no grupo. É o prefeito Meira que está falando. Eu quero convidar todos os cargos comissionados agora ao meio-dia em frente ao trio onde vai cantar minha noiva, Taty Dantas. A gente vai filmar e eu vou contar quantos cargos comissionados foram ao evento”, diz Demóstenes Meira no áudio ameaçador que, com certeza, fez muita gente tremer, sobretudo, nessa crise de desemprego que assola o país.

    E o Demóstenes segue ameaçando> “Eu sei que tem gente que não gosta de Carnaval, eu também não vivo Carnaval, mas minha noiva vai cantar, a minha futura esposa, e eu quero a presença de todos os cargos comissionados. E aí eu vou saber todos os cargos comissionados que foram. Até porque cargo comissionado tem que dar força ao evento e o evento é da Prefeitura também”. explica.

    “Trate de ouvir a mensagem, porque eu estou acompanhando de perto. Quem está clicando, quem está abrindo, quem está dormindo quando acordar clica e escuta a minha mensagem. Quero todos os cargos comissionados no bloco. Independente de ser crente, espírita, católico ou de não gostar de Carnaval”, conclui o prefeito..

    Após o vazamento do áudio, Meira confirmou que fez a convocação dos subordinados. Segundo ele, é obrigação dos comissionados “apoiar” o show da futura primeira-dama. “Cargo comissionado é de nomeação e exoneração”, explicou. “É cargo de confiança, então eu posso convocar”, completou.

    O prefeito disse que só colocou nos cargos comissionados pessoas em quem confia. “Na hora que eu preciso do apoio deles, eu convoco. Isso é normal. Cargo comissionado tem que estar à disposição do chefe do Executivo. Senão, não serve”, arrematou. (Fonte: Diário de Pernambuco).

    Engana-se quem pensa que esse tipo de coisa só acontece em cidades pequenas e nos rincões do Brasil. Infelizmente, essa prática de obrigar servidores públicos, como se fossem escravos, a prestigiarem eventos públicos, sob ameaça de retaliações, ocorre em muitas cidades de todas regiões do país.

    Vai me dizer que você não tem um parente ou um amigo que já passou por essa situação deprimente em alguma Prefeitura? (Renato Ferreira)

    TRAGICÔMICO é uma publicação de Notícias & Opinião todas às quartas-feiras. Para ver outros casos já publicados, acesse o site -www.noticiaseopiniao.com.br - e busque pelo termo tragicômico.

  • DESCARTE DE ENTULHO: De Paula pede que a Prefeitura de Osasco faça campanha de conscientização

     

    Preocupado com a limpeza e a imagem da cidade de Osasco, que completa 57 anos de emancipação político/administrativa no próximo dia 19/02, o vereador e presidente municipal do PSDB, pede que a Prefeitura de Osasco, por meio da Secom (Secretaria de Comunicação) promova uma campanha de conscientização da população contra o descarte irregular de entulho no município. A apresentação da Moção de Apelo foi feita na sessão ordinária de quinta-feira, 14, sob o comando do vereador Ribamar Silva, Presidente da Casa.

    O pedido do vereador tucano foi aprovado por unanimidade e, em  sua justificativa enviada ao Executivo, De Paula afirma que a campanha visa dar maior notoridade á necessidade de descartar os entulhos de forma responsável, utilizando os serviços que a Prefeitura já oferece. "Entendemos que de fundamental importância uma campanha de conscientização demonstrando os males que o descarte irregular de entulho causa na economia, no meio ambiente, na área social, na saúde e beleza da cidade", diz o vereador.

    Diversos vereadores usaram a tribuna para comentar e elogiar a proposta, como Antonio Toniolo, líder do Prefeito na Câmra. Segundo Toniolo, que ressaltou também os serviços oferecidos pela Prefeitura. "Sem dúvida, é importante uma campanha desse tipo, porque a Prefeitura faz a sua parte, mas, as pessoas de forma irresponsável continua jogando entulho em qualquer lugar, mesmo sabendo que na cidade têm três ecopontos, justamente, para que ninguém sujar a cidade com os entulhos domésticos", disse Toniolo.

    Ecoponto em Osasco

    A cidade de Osasco já possui três ecopontos - dois na zona Sul e um na noza Norte - para onde o munícipe pode encaminhar seus entulhos domésticos

    A cidade de Osasco, como De Paula destaca em sua justificativa, possui três ecopontos, no Jardim Mutinga, Av. Ônixm 783, zona Norte; no Novo Osasco, Rua Tehodoro de Souza Brandão, 1020; e no Jaguaribe, Rua Fernando Miolin Filho, 150, ambos na zona Sul. Todos os dias, equipes da Secretaria de Serviços e Obras fazem a coleta de entulho despejados em locais de forma irregular e também fiscaliza e multa quando os infratores são pegos em flagrante. Em 2018, foram recolhidas mais de 8 mil toneladas de entulhos em Osasco. Além de ser crime ambiental, o descarte irregular prevê também multa de R$ 15 mil, além da apreensão do veículo. 

    Ecoponto em Osasco descarte irregular

    Em Osasco, a multa é de R$ 15 mil para quem joga entulho nas ruas ou em terrenos baldios

    De Paula alerta também para os problemas das enchentes causadas por entulhos descartados irregularmente que acabam indo para os córregos e rios. "Todos sabem que a natureza é severa no seu retorno, pois a água volta com mair força com as enchentes, causando prejuízos e até mortes", disse o vereador. 

    Com o Governador

    Durante a semana, De Paula esteve também reunido com o chefe de Gabinete do Governador João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, protocolando diversas reivindicações de melhorias para a cidade de Osasco. Uma dessas reivindicações é a construção de uma nova rodoviária na cidade, que o tucano sugere que seja construída na região central, próximo à estação da CPTM. Além da nova rodoviária, o tucano pede também ao Governador Doria a construção da nova alça de acesso da rodovia Castelo Branco à Avenida Maria Campos, outra unidade do restaurante Bom Prato, e de um Ambulatório Médico de Especialidades (AME). (Renato Ferreira)

     

     

  • Secretário de Comunicação de Osasco recebe membros da AmeCom

     

    Na manhã de hoje, mais uma vez a AmeCom (Associação Metropolitana de Comunicação) promoveu uma visita a um Secretário de Comunicação da região. Desta vez, quem recebeu os profissionais de comunicação filiados à entidade foi o Secretário de Osasco, Pedro Souto Maior.

    Além das apresentações formais de cada veículo representado na ocasião, foram discutidos diversos assuntos como o planejamento a curto e médio prazo das campanhas institucionais, as condições de trabalho e atuação da imprensa em eventos oficiais, a agilidade nas respostas das questões e encaminhamentos dos veículos de comunicação, a independência e imparcialidade dos veículos, entre outros.

    Mais uma vez a AmeCom foi muito bem recebida e semeou o fortalecimento das relações institucionais e do profissionalismo dos veículos de comunicação. (AmeCom)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.