Segunda, 24 Setembro 2018 | Login
Por Bolsonaro, PSL de Osasco cancela inauguração de Comitê

Por Bolsonaro, PSL de Osasco cancela inauguração de Comitê Featured

Conforme nota divulgada nesta sexta-feira, 07/09, o PSL de Osasco cancelou a inauguração do Comitê do partido na Zona Norte da cidade, em virtude do atentado sofrido por Jair Bolsonaro, candidato Presidência da República, quando ele participava de uma caminhada ao lado de uma multidão no Centro de Juiz de Fora, na tarde de terça-feira, 6.
A nota é assinada pelo médico, Dr. Alexandre Bussab, candidato a deputado Estadual.
"Nós estamos muito sensibilizados e somos solidários ao nosso amigo Jair Bolsonaro e, por isso, decidimos que vamos continuar nossa campanha com força, foco e fé, mas a festa do povo e a nossa ficará para o dia da vitória e independência do nosso Brasil. Dia em que o povo manifestará nas urnas o quanto está cansado dessa violência contra a família brasileira e tanta corrupção.
A mídia tem destacado o nosso candidato à Presidência do Brasil sendo esfaqueado, mas quantos casos como este acontecem todos os dias em nossas cidades? Famílias são destruídas pela violência instaurada nesse país.
Sou candidato porque acredito que podemos ser diferentes, e a minha trajetória de vida ressalta minha seriedade sobre assuntos importantes como esse. Conto com a compreensão de todos!
Informo que a partir de quarta-feira, dia 17, o comitê estará aberto para que nossos apoiadores retirem o material de campanha", afirma Bussab.
000

About Author

Related items

  • Mortes no trânsito em Osasco caem 30,30% em comparação a 2017

    Políticas públicas de mobilidade urbana e conscientização ajudam a reduzir índices de acidentes

     

    Osasco apresentou queda no número de mortes no trânsito nos oito primeiros meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pelo InfosigaSP, do governo de São Paulo.

    Entre janeiro e agosto deste ano foram 33 mortes (4.7 mortes a cada 100 mil habitantes), queda de 30,33% em relação ao mesmo período de 2017, quando foram registradas 43 mortes. Osasco tem cerca de 700 mil habitantes, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Em Barueri, o índice de mortes a cada 100 mil habitantes supera Osasco. A cidade, que tem 270 mil habitantes, registrou 19 mortes em decorrência do trânsito nos oito primeiros meses de 2018, o equivalente a 7.03 mortes a cada 100 mil. Em Cotia, com 245 mil habitantes, no mesmo período (agosto a janeiro de 2018), foram 27 óbitos (11.02 mortes a cada 100 mil). Em Carapicuíba, com 398 habitantes, foram 23 mortes no período comparado (5.77 mortes a cada 100 mil).

    A exemplo de Osasco, Barueri, Cotia e Carapicuíba também são cortadas por rodovias. Vale destacar que parte das vítimas de acidentes que acontecem nas estradas que cruzam o município é levada para o Hospital Regional, situado em Presidente Altino. Sendo assim, quando há óbitos durante a internação, os números entram para as estatísticas da cidade.

    As políticas de mobilidade urbana e ações de conscientização para tornar o trânsito mais seguro adotadas pela atual administração contribuíram para a redução dos índices. A implantação de radares, a sinalização de vias e a diminuição do limite de velocidade nas avenidas (tendência mundial) também ajudaram na redução de tais números. (Fonte: Secom/PMP - Texto: Felipe Barbosa Imagens: Sérgio Gobatti)

     
  • ELEIÇÕES 2018 Sem Bolsonaro, TV Aparecida faz debate morno

     

    A facada em Jair Bolsonaro, que o tirou da campanha nas ruas e o jogou na UTI de um hospital, foi um tiro no próprio pé do mandante (ou mandantes) do mais grave atentado político do país.

    E esse crime tem impacto também nos debates após a facada. Na noite desta quinta-feira, 20/09, sem Bolsonaro, a TV Aparecida realizou um debate morno, justamente, porque ali não estava presente o líder das pesquisas e que tem grandes chances de vencer já no primeiro turno.

    Chegou a dar sono assistir por mais de duas horas a um debate entre candidatos, cujo objetivo, agora, é evitar a vitória de Bolsonaro já no dia 7 de outubro.

    Nos estúdios da TV Aparecida, o que se viu foi um debate sem emoção e sem confronto envolvendo um Alckmin atacando a todos (do jeito Alckmin de atacar), já que está perdendo apoio do Centrão; um Ciro Gomes pisando em ovos porque visa ganhar apoios num possível segundo turno; uma Marina Silva perdida com status de candidata nanica; um Álvaro Dias ciente de que não vai longe; Boulos como sempre um apêndice do PT;  e um Haddad na difícil missão de ter que falar mais do presidiário Lula do que de si próprio. 

    E foi justamente entre Haddad e Álvaro Dias um dos momentos que esquentou um pouco o debate. Ao ser perguntado sobre seu programa para a família, Álvaro Dias fez, antes, uma introdução: "Haddad, você está aqui como representante do seu chefe, que se encontra preso por corrupção, que é o pior exemplo para as famílias". (Renato Ferreira)

  • Osasco abraça a candidatura de Chico Rossi para deputado estadual

     

    Impressionante! Não há outro termo melhor para definir a receptividade, o amor, o carinho e a alegria do povo de Osasco com a candidatura a deputado estadual do ex-prefeito da cidade e ex-deputado federal, Francisco Rossi. O povo de Osasco abraçou a candidatura do Chico Rossi, como ele é também conhecido na cidade que o recebeu aos 13 anos, sobretudo, pelos osasquenses da sua geração.

    Rossi abraço 2

    Esse carinho pode ser observado nas ruas de Osasco, onde Rossi quase sempre caminha na companhia de sua filha Ana Paula, vereadora licenciada e coordenadora de sua campanha. Chico Rossi é parado com frequência por pessoas que desejam abraçá-lo, tirar fotografia e também bater um papo sobre obras públicas e ações sociais dos seus dois mandatos como prefeito de Osasco. Tem sido assim nas feiras livres e em eventos públicos, como o desfile cívico-militar do último 7 de Setembro.

    Apesar do descontentamento do povo com a classe política, o que se observa em relação à receptividade da candidatura de Rossi é absolutamente o contrário. As pessoas param para conversar com ele nas ruas e expressam alegria em saber que ele está novamente disputando uma eleição: "O Brasil e São Paulo estão precisando de homens como você, Rossi".

    Rossi abraço 3

    "Para mim, é muito gratificante, em mais uma campanha eleitoral, a gente ver e sentir o carinho do povo de Osasco. São pessoas que lembram do trabalho do Francisco, como Prefeito, e nos agradecem por ações que nem a gente lembra mais. Fico muito feliz com esse reconhecimento do povo de Osasco", diz Ana Maria Rossi.

    "É muito gostoso poder caminhar com o meu pai pelas ruas e receber esse carinho do povo osasquense. São muitos anos na política sempre trabalhando para melhorar a vida das pessoas e isso fica gravado na mente e no coração de todos. Então, nesses momentos difíceis para o Brasil, com a classe política tão desacreditada, é muito bom perceber esse respeito com o qual ele é recebido. Isso não tem preço", enfatiza Ana Paula.

    Rossi abraço 4

    "Eu só posso agradecer ao povo de Osasco pelo carinho tão grande que venho recebendo nas ruas durante esta campanha. São manifestações de amor e de respeito pelo trabalho que fizemos em prol de Osasco. E não são lembranças apenas das obras públicas que estão aí e podem ser vistas, mas, principalmente, da obra que ficou no coração das pessoas. Estou muito feliz porque são manifestações que partem de pessoas de todas as idades. Os mais velhos lembram-se do nosso trabalho e contam para seus filhos e netos, que também nos procuram para conversar", afirma Chico Rossi. (Imagens: Nyl Fotos)

     

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.