Sexta, 19 Julho 2019 | Login
Aos 91 anos, morre o pastor Antonio Gilberto, da Assembleia de Deus

Aos 91 anos, morre o pastor Antonio Gilberto, da Assembleia de Deus Featured

Pastor das Assembleias de Deus, Antonio Gilberto era referência pentecostal e deu grandes contribuições à comunidade evangélica

Nesta segunda-feira, 30/07, os evangélicos do Brasil lamentam a morte do pastor Antonio Gilberto da Silva, que aos 91 anos, faleceu na cidade do Rio de Janeiro. O pastor era um dos maiores nomes e referência da teologia pentecostal no Brasil e no mundo.

Homem dedicado a estudo da Bíblia e ao ensino da Palavra de Deus, ao longo de sua trajetória, o Pastor Antonio Gilberto se destacou como educador, jornalista, teólogo, autor de best-sellers e articulista. Além disso, era também uma referência na área de Escola Dominical e de Teologia Pentecostal no país.


No ano passado, ele recebeu o título de Personalidade Teológica de 2017, uma homenagem pela sua contribuição à comunidade evangélica. O título foi oferecido pela Associação de Escolas Teológicas da América Latina (AETAL) e a condecoração aconteceu durante o Culto de Funcionários da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada.

O velório acontece nesta segunda-feira, a partir das 18h, na Assembleia de Deus, em Cordovil, no Rio de Janeiro. O sepultamento está marcado para às 15h desta terça, no Cemitério Memorial, também no Rio.

Sem dúvida, a morte do Pastor Antonio Gilberto é uma perda irreparável para as Assembleias de Deus no Brasil! A alegria, no entanto, para todos os evangélicos é a certeza que esse homem de Deus foi morar eternamente com Cristo na Jerusalém Celestial.

Quem foi Antonio Gilberto

Ex-cientista da NASA, a agência espacial americana, o pastor Antônio Gilberto era consultor doutrinário da CPAD, membro da Casa de Letras Emílio Conde, mestre em Teologia, graduado em Psicologia, Pedagogia e Letras, membro da diretoria da Global University nos Estados Unidos e autor dos livros “Mensagens, Estudos e Explanações em 1 Coríntios”, “O Calendário da Profecia”, “O Fruto do Espírito”, “A Bíblia: o livro, a mensagem e a história”, “A Prática do Evangelismo Pessoal”, “Verdades Pentecostais”, “A Bíblia através de séculos”, “Crescimento em Cristo” e “Manual de Escola Dominical”, sendo este último o seu maior best-seller, com mais de 200 mil exemplares vendidos.

Em outubro de 1997, ele recebeu da Abec (Associação Brasileira de Editores Cristãos) o prêmio Personalidade Literária. Era uma das maiores personalidades da literatura no Brasil.

A Bíblia de Estudo Pentecostal, lançada no ano de 1995, sob a responsabilidade da Editora CPAD, em sua edição brasileira teve a participação do pastor Antonio Gilberto da Silva.  (Fonte: CPADNEWS e Pleno.News)

000

About Author

Related items

  • LUTO: Morre o sociólogo Chico de Oliveira, um dos fundadores de PT e PSOL
    Em 2003, meses depois de Lula assumir a Presidência, o sociólogo se afastou do PT e tornou-se cada vez mais crítico das medidas tomadas pelo partido que havia fundado.
     
    O pernambucano Francisco Maria Cavalcanti de Oliveira, mais conhecido como Chico de Oliveira, morreu aos 85 anos na madrugada desta quarta-feira, 10/07. A informação foi confirmada pela Universidade de São Paulo (USP), onde ele era professor emérito. A família não divulgou a causa da morte.
    O velório aconteceu no salão nobre do prédio administrativo da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da universidade, na rua do Lago, 717, a partir das 17h..
    Um dos mais influentes nomes das ciências sociais no Brasil a partir da década de 1960, Oliveira lançou ensaios que se tornaram referências, como "Crítica da Razão Dualista" (1972), "Elegia para uma Re(li)gião" (1977) e "O Ornitorrinco" (2003).
    Fundador e crítico do PT
    Chico de Oliveira ajudou a fundar o PT em 1980, mas decepcionou-se com o partido quando o ex-presidente Lula chegou à Presidência. Também esteve no núcleo de criação do PSOL em 2004, porém, logo se desencantou com a sigla.
    Nascido no Recife em 1933, graduou-se em ciências sociais em 1956 na antiga Faculdade de Filosofia da Universidade do Recife, atual Universidade Federal de Pernambuco. Nesse período, foi um dos fundadores do Movimento Estudantil Socialista de Pernambuco.
    Trabalhou na Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), sob a orientação de Celso Furtado, que o influenciou decisivamente nesta época.
    Foi preso durante o regime militar, em Pernambuco, durante dois meses. Depois de ser solto, deixou o país e viveu três anos entre Guatemala e México.
    Em 2003, meses depois de Lula assumir a Presidência, o sociólogo se afastou do PT e tornou-se cada vez mais crítico das medidas tomadas pelo partido que havia fundado. "Lula não tem objetivos porque não tem inimigos de classe", escreveu em ensaio publicado na revista Piauí em 2007.
    Para o sociólogo, os últimos anos foram marcados por um acentuado ceticismo em relação à política e à economia do país. No livro "Brasil: Uma Biografia Não Autorizada", o mais longo ensaio tinha como título "O Adeus do Futuro ao País do Futuro". (Diário do Nordeste)
  • ASSEMBLEIA DE DEUS: Irmã Wanda Freire parte para a eternidade

     

    A comunidade evangélica do Brasil, principalmente, os membros das Assembleias de Deus, estão de luto. Nesta quarta-feira, 5 de junho, partiu para as mansões celestiais a irmã Wanda Freire Costa, aos 84 anos. Ela era esposa do Pastor José Wellington Bezerra da Costa, Presidente do Ministério Belém e ex-presidente da CGADB (Convenção Geral das Assembleias no Brasil). Ela estava hospitalizada já fazia alguns dias em São Paulo.

    Esposa, avó e bisavó, a irmã Wanda era uma fiel serva de Deus e uma mulher de oração. Dedicada à obra de Deus, durante décadas, ela coordenou o Circulo de Oração da Igreja, o trabalho de assistência social e o Departamento Feminino da denominação em toda a Grande São Paulo. Foi também uma grande líder cristã em todo Brasil. Narural do Ceará, onde conheceu o seu esposo, ela deixa seis filhos, 14 netos e oito bisnetos.

    Como disse o Apóstolo Paulo a Timóteo, hoje a gente pode dizer também sobre a vida da irmã Wanda: "Combateu o bom combate, acabou a carreira e guardou a fé". O velório será realizado a partir das 7h desta quinta-feira,6, na sede da AD Belém, Rua Conselheiro Cotegipe, 273, São Paulo, onde haverá o culto fúnebre, às 13h. O sepultamento está marcado para às 17h, no Cemitério Parque Jaraguá, Via Anhanguera, Km 23,2, junto ao Rodoanel.

    Há três meses, o casal completou 66 anos de casamento. Nas redes sociais, o Pastor Wellignton falou sobre a partida da Irmã Wanda: "Minha princesa Wanda, você combateu o bom combate. Te amo para sempre. Você está deixando para todos nós um legado de mulher de fé, esposa, mãe, avó e bisavó".

    Nesse momento dor, Notícias & Opinião externa seus sentimentos de pesar, pedindo que Deus conforte o coração do Pastor José Wellington, dos familiares e de todos os amigos. (Renato Ferreira)

  • LUTO NA FÓRMULA 1: Morre o tricampeão mundial Niki Lauda, aos 70 anos
    Ex-piloto austríaco e presidente de honra da Mercedes sofria com sérios problemas respiratórios desde acidente que quase lhe matou em 1976.
    Nesta segunda-feira, 30/05, morreu o tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda, de 70 anos, O ex-piloto estava internado na UTI de um hospital na capital austríaca por complicações de antigo problema respiratório.
    Lauda sobreviveu a um dos mais graves acidentes da história da F-1, no GP da Alemanha, em Nurburgring, em 1º de agosto de 1976. O então piloto da Ferrari teve o corpo coberto por chamas e a capacidade respiratória comprometida desde então.
    niki lauda gp da espanha 2
    Niki Lauda numa de suas corridas pela Fórmula 1, na Espanha (EFE - 28.4.1974)
    Foi também nesse acidente, que Lauda teve parte da orelha direita queimada e vários ossos quebrados. Lauda não só lutou contra a morte como batalhou muito para também voltar às pistas. Depois de 42 dias e só duas corridas de ausência, lá estava de novo nas pistas. Naquele ano, foi vice-campeão mundial, tendo perdido o título para James Hunt. A rivalidades com Hunt nas pistas virou até filme.
    Além do problema pulmonar, o ex-piloto precisou passar por dois transplantes de rim, um em 1997 e o outro em 2015. Esse último procedimento só foi viável graças à namorada da época, que lhe doou um órgão saudável.
    Desde 2012, Lauda era presidente de honra da Mercedes, na reconstrução da equipe na F-1. Ele foi um dos principais nomes que levaram Lewis Hamilton para as Flechas de Prata no final daquele ano. Antes das férias de verão da categoria, Lauda perdeu os GPs da Alemanha e da Hungria.
    O austríaco foi campeão da F-1 em 1975, 1977 (ambas pela Ferrari) e 1984 (já pela McLaren). Ao todo, foram 177 corridas na principal categoria do automobilismo, com 25 vitórias e 24 pole-positions. (Fonte: R7- Imagem: EFE/Valdrin Xhemaj )

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.