Quinta, 17 Janeiro 2019 | Login
ARTIGO: Uma breve reflexão sobre a questão da moradia e o enfrentamento do déficit habitacional no país

ARTIGO: Uma breve reflexão sobre a questão da moradia e o enfrentamento do déficit habitacional no país Featured

*Por Gelso Lima
Os Governos Federal e do Estado, nos últimos anos, deixaram de priorizar recursos destinados para a produção de soluções habitacionais que atendam a parcela da sociedade que não dispõe dos recursos financeiros necessários para aquisição de imóveis ou não encontra no mercado financeiro e/ou imobiliário crédito ou produto para atendê-los. Os municípios, via de regra, também não têm capacidade financeira para contribuir com essa política.
Na contramão da construção de políticas públicas habitacionais para resolver este problema, o que temos visto nos últimos anos é o Governo Federal direcionando recursos do FGTS para financiamento de imóveis de médio e alto padrão, praticamente zerando os recursos para produção habitacional de baixa renda. Entendo que inverter essa ordem e diversificar as possibilidades de soluções para a moradia pode e deve ser uma discussão e consequente luta do mandato de deputados estaduais.
Para se ter uma ideia, o governo do Estado, através da CDHU – Companhia de Desenvolvimento Urbano e Habitacional do Estado de São Paulo, atualmente só constrói no interior de São Paulo. Ocorre que a maior concentração de população e os maiores déficit habitacionais estão concentrados na região Metropolitana.
Como agravante, a situação dos assentamentos precários (favelas, cortiços, etc) foi abandonada pelo Governo Federal, que nos últimos dois anos não contratou projeto novo de urbanização e/ou requalificação. Nesse período, vem precariamente tocando as obras e projetos contratados pelo Programa de Aceleração do Crescimento 1 e 2, com pouco e inconstante fluxo de recursos, o que dificulta que municípios e estados concluam esse projetos.
Diante deste cenário, o que poderia ser feito?
-Garantir que se mantenha o atual percentual de 1% de investimento da CDHU e buscar sua ampliação para Política Habitacional de Interesse Social.
-Promover, incentivar e auxiliar os municípios na sua capacidade político administrativa, capacitando equipes técnicas municipais em planejamento e gestão do solo urbano e novas possibilidades de financiamentos locais para soluções habitacionais.
-Transferir para a CDHU o papel de financiador de projetos dos municípios e de entidades/movimentos de moradias que, de maneira geral, constroem mais, melhor, mais barato e mais rápido.
-Promover a urbanização de assentamentos precários como forma de qualificar e garantir condições e qualidade de vida a essa população e dar segurança jurídica e titularidade através de regularização fundiária.
-Criar um programa estadual de locação social voltado às populações com maior vulnerabilidade sócio econômica.
- Criar um programa público de microcrédito para financiar qualificação, melhoria e reformas das moradias em assentamentos precários e em processo de regularização.
- Retomar o programa de construção de moradias para os municípios, movimentos e segmentos organizados interessados em promover a auto construção e/ou mutirão.
*Gelso Lima é economista, pré-candidato a deputado estadual pelo Podemos, foi secretário de Governo, Saúde, Assistência Social e Indústria, Comércio e Abastecimento de Osasco
000

About Author

Related items

  • OSASCO: Prefeito vistoria obras em andamento na cidade
     
    Na terça-feira, 15/1, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, visitou algumas obras públicas em andamento na cidade. Ele esteve no Poliesportivo da Vila Ayrosa e no Ginásio Municipal de Ginástica Artística e a pista de skate do Bela Vista, acompanhado pelos secretários Carmônio Bastos (Esporte, Recreação e Lazer) e Cláudio Monteiro (Serviços e Obras).
    No Poliesportivo da Vila Ayrosa, as equipes executam trabalho de drenagem no campo de futebol para dar vazão a água de chuva. Elas também já iniciaram a colocação de manta de pedras como preparação para a grama sintética. O campo ainda ganhará alambrado, vestiários, reforma da quadra, telhado e banheiros, além de pintura.
    Lins visita obras 1
     
    O poliesportivo, que será entregue por ocasião das comemorações pelo aniversário da cidade, em fevereiro, será o primeiro a ganhar a grama sintética. Outros 13 campos da cidade serão beneficiados com a melhoria: 7 de Setembro, Aliança, CEU Bonança, Corintinha, Eucaliptos, Flamenguinho, Ford, Metalúrgicos, Osasquinho, Pestana, Petrolhão, Santa Cruz e São Pedro.
    No Ginásio Municipal de Ginástica Artística, Lins conversou com o técnico de ginástica artística, Clayton Xavier, sobre os equipamentos que precisam ser trocados e os materiais necessários. Ele também vistoriou o espaço para verificar se havia necessidade de novas manutenções, já que o espaço não passa por reformas há 11 anos.
    Na pista de skate, o prefeito conversou com frequentadores do local, que deram sugestões de melhorias. Os frequentadores sugeriram reparos simples de alvenaria. (Texto: Talita Castro - Imagem: Sergio Gobatti)
  • LEGISLATIVO: Presidente e Vice visitam departamentos da Câmara Municipal de Osasco
    Parlamentares conversaram com servidores para ouvir demandas e sugestões para o Legislativo de Osasco
     
    Nesta terça-feira, 15/01, o Presidente da Câmara Municipal de Osasco, Vereador Ribamar (PRP), e o Vice-Presidente Alex Sá (PDT) fizeram uma visita aos diversos departamentos da instituição para conversar com os servidores da Casa e ouvir suas demandas e sugestões.
     
    Ribamar e Alex 
    “Vamos fazer tudo o que for possível para aperfeiçoar o trabalho da Casa. Isso é bom para os servidores, que vão contar com um ambiente melhor para exercer suas funções, e também para a população, que vai receber um serviço melhor”, declarou o Presidente durante a visita.
    Para Alex, é importante estabelecer uma relação próxima com os servidores, pois uma equipe alinhada produz mais e melhor. “Queremos ouvir cada um dos funcionários”, afirmou o parlamentar.
    Embora não sejam realizadas sessões de votação, todas as outras atividades administrativas continuam sendo realizadas durante o recesso parlamentar que vai até o fim do mês. No dia 5 de fevereiro será realizada a primeira Sessão Ordinária do ano, conforme determina o Regimento Interno.
    As sessões acontecem sempre às 15 horas e são transmitidas ao vivo pela TV Câmara, pelos canais 7 da operadora NET, 3 da MegaBit Telecom, pelas redes sociais e pelo site www.osasco.sp.leg.br. (Comunicação/CMO)
  • REFORMA: Velório Municipal do Jd. Santo Antônio será reaberto na próxima quinta-feira

     

    A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Serviços e Obras, fará a reabertura do Velório Municipal Jd. Santo Antônio, após o local passar por grande reforma, na quinta-feira, 17/1, às 14h.

    No velório, a Prefeitura trocou o piso, o telhado e a iluminação. Foi instalado também banheiro com acessibilidade, além de outras obras, como pintura geral, colocação de novas esquadrias, substituição de luminárias e novo vestiário, refeitório para os funcionários. A antiga capela foi demolida e construída uma nova na área externa. (SECOM - Foto: Sérgio Gobatti)

    Serviço

    Reabertura do Velório Municipal Santo Antônio

    Data: 17/1

    Horário: 14h

    Endereço: Rua Antônio Russo, 175 - Jardim Roberto

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.