Segunda, 20 Novembro 2017 | Login

 

Na tarde desta terça-feira (24/10), o presidente da Câmara Municipal de Osasco, dr. Elissandro Lindoso, concedeu entrevista coletiva em seu gabinete, ocasião em que deu a sua versão sobre o caso de extorsão que sofreu por parte da presidente da OAB/Osasco, Dra Libânia Aparecida da Silva, conforme Notícia & Opinião publicou na manhã de hoje - https://goo.gl/5rhqx7

O caso gerou a prisão em flagrante da Dra. Libânia e do seu marido, Carlos Gomes, conforme histórico do Boletim de Ocorrência número 3438/2017, registrado na Delegacia de São Roque, na madrugada desta terça-feira. As prisões aconteceram no Restaurante Racho 53, na Rodovia Castelo Branco por policiais civis de São Roque.

Segundo o BO, o casal foi detido logo após a presidente da OAB/Osasco ter recebido um envelope do vereador Lindoso contendo R$ 2 mil. E, conforme o vereador explicou, esse valor era referente a uma parte da extorsão. Antes, ele já havia feito o pagamento de R$ 10 mil ao casal.

Durante a coletiva, bastante abatido, devido aos acontecimentos da noite passada, Lindoso afirmou que fez os pagamentos anteriores com objetivo de se aproximar da advogada Libânia, uma vez que quem fazia as ligações para extorqui-lo era o marido dela, Carlos Gomes. "Sabíamos que ele pedia o dinheiro o mando dela", disse Lindoso. Segundo o vereador, as extorsões eram para que ela parasse com as denúncias contra ele.

Essas denúncias são referentes ao aluguel de um prédio para mudança do Legislativo que ainda não foi concretizada e a um projeto da Mesa para locação de carros para os vereadores. Por sua vez, Lindoso se defende das acusações afirmando que o prédio está sendo preparado para a mudança e que a locação dos veículos é uma medida com base legal.

Extorsões

Na coletiva, Lindoso afirmou também não entender as causas das representações contra ele por parte da presidente da OAB/Osasco. "Na gestão passada não houve sequer uma representação contra a presidência da Câmara. Tentei obter explicações deles, mas, a resposta foi que eles queriam mais dinheiro e cargos no Legislativo se quisesse o encerramento das denúncias. Então, como ficou configurado como extorsão, comunicamos o encontro à polícia e, infelizmente, esse caso culminou com o desfecho que todos vocês já conhecem".

OAB é vítima também

Indagado se o dinheiro era seu ou da Câmara, Lindoso afirmou que era seu. "Eu sou vítima, como também a OAB é vítima desse caso. Fico muito triste com tudo isso, pois, houve também o caso de um jornalista que tentou me extorquir. Esse jornalista não está presente nesta coletiva. Ele disse que se eu não pagasse, ele iria publicar matérias contra mim. Fez algumas matérias nesse sentido, mas, preferi não registrar nenhuma queixa. Se o caso continuar, é possível que eu registre queixa", disse Lindoso, sem informar o nome do jornalista.

 

Notícias & Opinião gravou o início da fala do vereador Dr. Lindoso. Pedimos deculpas pela qualidade do vídeo feito pelo celular: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1504253332998235?pnref=story

Tentamos entrar em contato com a OAB/Osasco através de dois telefones, mas, até o momento ainda não obtivemos retorno.

 

O bairro ganhará também uma nova UBS (Unidade Básica de Saúde), que substituirá o Posto de Saúde que se localiza na Igreja Santa Gema

Altino 2

Na quinta-feira, 19/10, o prefeito Rogério Lins, acompanhado do secretário de Serviços e Obras, Cláudio Monteiro, esteve em Presidente Altino, onde anunciou importantes investimentos públicos que a Prefeitura fará em breve no bairro nas áreas de lazer, saúde e segurança pública.

O principal investimento público no local será direcionado às obras de revitalização e reforma geral da Praça Dicran Echrefian, tradicional espaço de lazer dos moradores. Conforme explicou o prefeito, essa obra só será iniciada no início de 2018, porque ela depende do processo licitatório. “A revitalização dessa praça é uma antiga reivindicação dos moradores que nós vamos atender agora. Mas, como não será uma obra pequena, precisamos, antes, iniciar e concluir o processo de licitação que demora alguns meses”, informou.

Altino 3

Além de um novo playground, a praça ganhará uma pista de caminhada, novos bancos, iluminação de LED, jardinagem e estudo sobre as condições de todas as árvores da praça. Segundo o secretário Cláudio Monteiro, o projeto incluirá também o planejamento para uma nova forma de estacionamento no entorno da Dicran Echrefian, conforme reivindicação dos moradores e comerciantes. Estima-se que as obras de revitalização deverão ser concluídas até outubro de 2018.

Em termos de segurança pública, serão instaladas no bairro câmeras de monitoramento em pontos estratétigos para auxiliar nos serviços excecutados pela Guarda Civil Municial, como também pelas Polícias Civil e Militar. O bairro de Presidente Altino já conta com uma unidade da GCM e um Distrito Policial.

Para a área da Saúde, Rogério Lins anunciou a construção de uma nova UBS (Unidade Básica da Saúde), que substituirá o atual Posto de Saúde, que funciona na Igreja Santa Gema, na Rua Gabriel Seferian. A nova UBS será construída na Rua Albino José Freixeda, 103, (a rua da Feira), bem próximo à praça central. A conclusão das obras da UBS deverá ocorrer também até o final de 2018.

Também acompanharam a visita, a secretária de Educação, Ana Paula Rossi; Salpi Bedoyan, presidente da AMAltino (Associação de Moradores de Presidente Altino), dentre outras lideranças do bairro, como Altair da Padaria, além das autoridades mirins, Heloisa Santos (Prefeita); Stephanie (secretária de Educação); e  Ana Beatriz (secretária de Obras). (Fotos: Rômulo Fasanaro Filho - SECOM)

Conforme matéria de Nilson Martins, do site QG Notícias, a presidente da OAB/Osasco, Dra. Libânia Aparecida da Silva, foi presa na noite desta terça-feira (24/10), num restaurante no KM 53 da Castello Branco, por policiais civis da delegacia de São Roque, acusada de extorsão. A prisão teria sido efetuada no momento em que ela recebia um envelope do presidente da Câmara de Osasco, Dr. Elissandro Lindoso (PSDB) contendo determinada quantia em dinheiro. Dra Libania estava acompanhada do marido que também foi preso.
Segundo a matéria, o Dr. Lindoso vinha sendo ameaçado pela presidente. “Tudo começou há mais ou menos um mês quando o marido dela fez contato comigo e afirmou que queria dinheiro e cargos para que não houvesse mais ameaças”, disse Lindoso a Nilson Martins. O jornalista, que assessora o vereador, destaca que a advogada Libânia havia entrado com um pedido de cancelamento de uma licitação para aluguel de veículos aos vereadores feita por Lindoso. No documento, ela alega que há ilegalidades no processo. Posteriormente, ela afirmou ter sido "muito ofendida por Lindoso em seu gabinete na Câmara Municipal", onde ela foi saber informações sobre o aluguel de um prédio ao lado do Legislativo.
Ainda segundo a matéria, a presidente da OBA/Osasco continuou com as ameaças, afirmando que iria levar adiante as denúncias e que desta vez seria ao Ministério Público. Hoje, às 14h, o presidente vereador Lindoso vai conceder entrevista coletiva para explicar os fatos. A polícia de São Roque informa que a Dra. Libania encontra-se no Fórum da cidade, onde aguarda audiência de custódia.
 
Tentamos entrar em contato com a OAB/Osasco através de dois telefones, mas, até o momento ainda não obtivemos retorno.

 

Mesmo rodeado de amigos poderosos da política brasileira que, de uma forma ou de outra, o ajudaram a afundar o Rio de Janeiro, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) mostra a cada dia que não é um preso comum, mas, sim, um perigoso criminoso e que, por isso mesmo, vai ser transferido de uma cadeia do Rio de Janeiro para um presidio federal de segurança máxima. Nesta segunga-feira ( 23/10), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, aceitou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que o ex-governador do Rio seja transferido da cadeia José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio, para algum presídio federal. A solicitação de transferência do preso foi solicitada pelo procurador da República Sérgio Pinel, sob alegação de que Cabral teve acesso a dados privilegiados na prisão. A unidade para onde o peemedebista será enviado ainda não foi escolhida. 

A decisão de mudar Sérgio Cabral de prisão ocorreu durante uma audiência marcada pela tensão entre o ex-governador Cabral e o juiz Bretas. O magistrado suspendeu a sessão por cinco minutos, após Cabral o acusar de procurar projeção pessoal. “O senhor está encontrando em mim uma possibilidade de gerar uma projeção pessoal, me fazendo um calvário”, disse o peemedebista, que soma mais de setenta anos de prisão em três sentenças – duas de Bretas – e responde a dezesseis ações penais na Justiça. O ex-governador, acusado de lavagem de dinheiro com compra de jóias, mostrou ainda saber detalhes da vida do juíz e de seus familiares. Na audiência, ele disse que o juíz Bretas, cuja família, segundo ele, tem lojas de bijouterias, "deveria saber que não se lava dinheiro comprando jóias".

Do Palácio Guanabara para presídio federal

Até estourar as primeiras acusações contra Sérgio Cabral, com certeza, pouca gente poderia imaginar que o ex-senador pelo PMDB, eleito governador do Rio de Janeiro em dois mandatos, um político poderoso e rodeado de amigos políticos, também poderosos, como mostra a foto, pudesse ser um político tão corrupto e perigoso a ponto de ameaçar um juiz. Dentre esses amigos, estão os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PMDB-MG), o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, seu sucessor, Marcelo Crivella e o senador Lindberg Faria (PT), dentre outros,. Mas, além de corrupto, Sérgio Cabral demonstra também ser perigoso a ponto de fazer ameaças veladas a um juiz.

Com vários esquemas de corrupção, Sérgio Cabral quebrou o estado do Rio de Janeiro, que hoje, dexou de ser a mais importante atração turística do país para ser um destino perigoso para turistas brasileiros e estrangeiros. Buscando lazer e diversão no Rio, hoje, os turistas acabam sendo assassinados, vítimas das trocas de tiros entre policiais e bandidos.

Ao lado de Lula, Cabral foi um dos que mais festejou a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014 , e da cidade do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas em 2016. Hoje, além dos inquéritos que responde por corrupção no âmbito da Lava Jato, Sérgio Cabral já foi também indiciado por desvio de dinheiro público em obras dos Jogos Olímpicos.

Mas, Sérgio Cabral não deve estar preocupado com a transferência para um presídio federal longe do seu estado. Com todos esses amigos famosos, no mínimo, ele não ficará sem a visita deles em qualquer prisão. Afinal, são amigos de baladas, como Aécio Neves, ou com quem ele trocava telefonemas diários para falar até mesmo de coisas banais sobre o Rio de Janeiro. São amigos poderosos que sempre o apoiaram em suas campanhas para a eleição e reeleição como governador do Rio e que, com certeza, não o abandorão só porque ele vai algum presídio em outro estado da Federação. (Renato Ferreira) 

 Praça Pombinha Branca 5 RL

Na manhã deste domingo (22/10), a Prefeitura de Osasco inaugurou as obras de reforma geral da Praça Antonio Pereira de Castro, mais conhecida como Praça "Pombinha Branca", localizada na Rua Equador com a Avenida Padre Vicente Melilo, na zona Sul da cidade. Mesmo com chuva moradores da região prestigiaram o evento, uma vez que a reforma era uma antiga reivindicação dos munícipes do entorno da Praça e de bairros vizinhos.

Praça Pombinha Branca 2

A Praça foi totalmente revitalizada. No local, a Prefeitura construiu pista de caminhada, quadra de areia, quadra poliesportiva, espaço pet, playground, colocou novos bancos e tambéns instalou iluminação de LED.

Praça Pombinha Branca 3

A reportagem de Notícias & Opinião esteve presente e traz aqui, em vídeo, um resumo de como foi a inauguração do evento, que contou com shows para o público infantil, balão pula-pula, cama elástica, pipoca e algodão doce, além de outros serviços públicos prestados por funcionários das Secretarias da Saúde e do Meio Ambiente.

Praça Pombinha Branca 4

 

Confira aqui: .https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1502017903221778?pnref=story

 

 
Morreu na madrugada desta segunda-feira (23/10), aos 85 anos, Vitautas Sakatauskas, tradicional Papai Noel da cidade de Osasco. Em todos finais de ano, ele fazia a alegria dos pais e das crianças no Natal do Osasco Plaza Shopping. De família tradional da cidade Vitautas fazia parte de uma família de Papais Noeis: José, Alberto e Calos Sakatauskas. Ele é irmão de Alice Sakatauskas, nome de importante Avenida na zona Sul de Osasco. Vítima de câncer, ele encontrava-se internado já algum tempo.

Em Nota, a Associação Metropolitana de Comunicação (AmeCom) manifesta o seu pesar pela morte do Papai Noel, Vitautas Sakatauskas:

"Aos 85 anos, durante 25, Vitaustas animou milhares de pessoas como Papai Noel em diversos empreendimentos comerciais e associações da cidade. Durante essas décadas emprestou seu personagem para manter viva a imagem do bom velhinho que entrega presentes às crianças comportadas na véspera do Natal. 

Sakataukas deixa esposa e dois filhos profissionais de comunicação: Douglas e Alex, este, atualmente funcionário da TV Câmara Osasco. 

A Associação solidariza-se com seus familiares e com toda a sociedade osasquense pela perda deste notável homem.

Osasco, 23 de outubro de 2017. 

Mauro Sérgio 
Presidente da AmeCom

Rodolfo Andrade 
Presidente da AmeCom Osasco"

 

Jogando novamente sob o comando de Luizomar de Moura, o Vôlei Nestlé venceu o Renata Valinhos/Country por 3 sets a 2, com parciais de 30/32, 25/11, 25/11 e 28/30 e 15/8, em 2h04min. O jogo foi realizado nesta sexta-feira (20/10) no José Liberatti, em Osasco, valendo pela segunda rodada da Superliga 2017/18. Foi a primeira partida em casa da equipe osasquense. Na primeira rodada, O Vôlei Nestlé venceu o Hinode Barueri na casa do adversário por 3 sets a 1. Nesta segunda rodada, as osasquenses voltaram a jogar sob comando de Luizomar de Moura, depois de sua primeira passagem pela seleção feminina do Peru. 

Neste jogo em casa, a equipe de Osasco apresentou também um novo uniforme e a jogadora peruana, Angela Leyva, segundo reforço para a temporada. Paula, aniversariante do dia, foi escolhida a melhor jogadora da partida, ficando com o troféu VivaVôlei. Agora, as osasquenses voltam a jogar pela Superliga no dia 31, contra o São Cristóvão, em São Caetano. 

Sesc 3 X 2 Hinode

Sesc e Hinode

Jogando no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, a equipe do Hinode Baruei, sob o comando do tricampeão mundial, José Roberto Guimarães, vendeu caro a derrota para o SESC/Rio, treinada por Bernardinho. Depois de vencer os dois primeiros sets, o time de Barueri, que disputa a sua primeira Superliga, acabou perdendo os três últimos sets.

 

Foi um jogo muito equilibrado desde a primeira parcial e se o resultado fosse 3 a 2 para as paulistas não seria nenhuma novidade. Por ser o jogo das equipes dos técnicos multicampeões José Roberto Guimarães e Bernardinho, a partida despertou muita atenção. E, realmente, foi um jogaço à altura dos dois maiores técnicos do mundo. No final, a experiente equipe de Bernardinho venceu por 3 sets a 2, com parciais de 24/26, 23/25, 25/2225/23 e 15/12

A ponteira Drussyla foi um dos destaques da partida. Ela marcou 26 pontos e ficou com o troféu VivaVôlei. Pelo Hinode, a maior pontuadora foi Edinara, com 21 pontos. Outro destaque da equipe paulista foi o bloqueio, com destaque a eficiência da central Fê Isis..

 

Outros resultados da segunda rodada:

Praia Club 3 X 0 São Caetano

Vôlei Bauru 3 X 1 Fluminense

Minas 2 X 3 Pinheiros

Às 21 horas deste sábado, jogarão Brasília e SESI-SP, em Brasília.

Na tarde desta quinta-feira (19/10), representantes do Ministério Público Estadual estiveram em duas Secretarias da Prefeitura de Osasco recolhendo alguns documentos, fato que gerou muitas especulações nas redes sociais.

Conforme Nota Oficial da Prefeitura, realmente, o MP esteve no Executivo atrás de um Processo Administrativo referente a um convêncio firmado entre a Secretaria de Esportes e a ONG Fragmentos Projetos Sociais e Educacionais, no qual foram encontradas irregularidades pelo Tribunal de Contas do Estado.

O processo número 16691/02/10 foi julgado e a sentença publicada em 14 de maio de 2015. Em abril de 2016, foi negado Recurso Orginário e o Processo foi transitado em julgado (quando não cabe mais recurso), em 11 de abril de 2016.

Gestões anteriores

Na época da contratação da empresa de assessoria, em 2009, o prefeito de Osasco era Emídio de Souza (PT), que governou a cidade por dois mandatos. Já o secretário de Esporte era Cláudio Chapecó, que dirigiu a Pasta nos últimos quatro anos do governo Emidio. Os representantes do Ministério Público estevam na Secretaria de Assuntos Jurídicos e na Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer.

De acordo com o artigo 103 da Lei Complementar 709, de 1993, devido às irregularidades, a entidade fica proibida de receber novos recebimentos de auxílios, subvenções ou contribuições do Estado ou dos Municíios até que a sua situação seja regularizzada junto ao Tribunal de Contas do Estado.

ERRATA: Secretário de Esporte era Valmir Prascidelli e não Cláudio Chapecó

 

A contrário do que informamos ontem, o titular da Secretaria de Esporte de Osasco, em 2009, era Valmir Prascidelli, hoje, deputado Federal (PT), e não Cláudio Chapecó.

 

A Prefeitura de Osasco divulgou uma nova Nota Oficial com novas informações sobre o caso.

 

Veja, a seguir, a íntegra da Nota à Impresa da Prefeitura:

Nota à Imprensa

"A Prefeitura de Osasco informa que:

. Representantes do Ministério Público estiveram na sede da Prefeitura na tarde de quinta-feira, 19/10/17

. O Ministério Público veio à procura do PA (Processo Administrativo) sobre a contratação da empresa de assessoria Fragmentos Projetos Sociais e Educacionais no ano de 2009, durante a gestão do então prefeito Emídio Pereira de Souza

. A contratação da empresa Fragmentos realizada pela Secretaria de Esportes, à época comandada por Valmir Prascidelli, foi considerada irregular pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e deu origem ao processo número 16691/026/10, com sentença publicada em 14/5/2015 e Recurso Ordinário negando provimento em 2/4/2016. O processo foi transitado em julgado em 11/4/2016

. A Prefeitura está colaborando com o trabalho do Ministério Público

. Por determinação do prefeito Rogério Lins foi instaurada sindicância interna para o extravio do processo em questão  

. Importante ressaltar que uma das bandeiras da atual gestão é a Transparência dos atos"

Enquanto os críticos de João Doria só pensam nas próximas eleições e não nas próximas gerações, o Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, elogia proposta do prefeito paulistano de combate à fome e ao desperdício de alimentos na maior cidade de do país

 

Na manhã desta quarta-feira (18/10), o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), concedeu entrevista coletiva para esclarecer dúvidas relacionadas à recém sancionada lei que cria a Política Municipal de Erradicação da Fome e de Promoção da Função Social dos Alimentos (PMEFSA). A política ainda está em elaboração e tem como principal objetivo a redução do desperdício de alimentos no município. A Prefeitura quer  garantir que esses alimentos, hoje desperdiçados, cheguem à mesa das famílias em situação de vulnerabilidade social.

Desperdídio de alimento

“É uma iniciativa que propõe a redução do desperdício de alimentos em uma cidade que tem o maior padrão de consumo do país e onde o desperdício é equivalente à dimensão da sua riqueza. Apenas nas feiras livres da cidade, são 160 toneladas de alimentos jogadas fora por dia, não estou nem me referindo aos restaurantes. No país, são 44 mil toneladas de alimentos desperdiçados anualmente, fora o que não se contabiliza”, afirmou João Doria.

Como determina a lei, será feito um diagnóstico sobre a segurança alimentar, usando a rede de assistência social da Prefeitura. A partir dos dados coletados, técnicos da Prefeitura vão traçar um plano de ação, em conjunto com a sociedade e com o setor privado.

“A nossa prioridade é desenvolver um plano para a distribuição de alimentos in natura para a população de São Paulo. Nós queremos que as pessoas, em primeiro lugar, comam alimentos in natura, mas é possível o aproveitamento de alimentos, que são muitas vezes desperdiçados, com práticas de reaproveitamento existentes em algumas indústrias”, diz a secretária municipal de Direitos Humanos, Eloisa Arruda.

Dentro do projeto em elaboração, está prevista uma  parceria entre a Prefeitura e a Plataforma Sinergia, que destina alimentos de boa qualidade e dentro do vencimento para a produção do Allimento, uma farinha nutritiva que poderá ser entregue às famílias que enfrentam carências nutricionais. A Prefeitura avalia quem receberá o produto, que pode ser adicionado às refeições ou utilizado no preparo de outros alimentos, como pães, snacks, bolos, massas e sopas.

“O Allimento é uma farinha com nutrientes que pode ser transformada em um novo produto, como um pão. Se você fizer um mingau, por exemplo, e adicionar o Allimento, você pode ter um mingau altamente proteico, rico em sais minerais e vitaminas. A gente sabe que as pessoas precisam de alimentos, mas a farinha serve para complementar a alimentação”, disse a nutricionista Francine Lopes.

Apoio do Arcebispo

Doria e Arcebispo de SP

Presente ao evento, o cardeal Dom Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo, líder da maior  igreja cristã do Brasil, defendeu o programa. “A farinha é o produto deste alimento. Eu fico ofendido quando se diz que é ração, comparando que seria uma ração animal e seria dada aos pobres, como desprezo aos pobres. Desprezo ao pobre é lhe negar o alimento. Desprezo ao pobre é a fome, é a insensibilidade diante da possibilidade dele se alimentar quando o alimento existe e é descartado”, afirmou Dom Scherer.

 Ações em andamento

A Prefeitura tem ações em andamento relacionadas à segurança alimentar. A questão está prevista, inclusive, no Plano de Metas, por meio do projeto “Alimentando SP” (meta 37). Entre as ações contidas no plano, estão:

- aumentar a captação de alimentos junto às iniciativas privadas parceiras e nos espaços públicos (feiras livres, mercados e sacolões);

- garantia da oferta de alimentos orgânicos ou produzidos de forma agroecológica em feiras livres, mercados e sacolões, em todas as 32 regiões;

- aumento do atendimento ao número de produtores rurais pelo Programa de Assistência e Extensão Rural;

- o oferecimento de cursos e oficinas gratuitas sobre educação alimentar e nutricional à população que, só este ano, já beneficiou 2.627 pessoas.

Além disso, a Prefeitura tem programas em andamento de incentivo a hortas urbanas. A Secretaria Municipal do Trabalho e Empreendedorismo abrirá 150 vagas para capacitar pessoas em situação de rua a trabalhar em hortas. Serão concedidas bolsa de R$ 984 durante a capacitação.

Uma das parcerias será com Instituto Cidadão Sustentável para empregar os capacitados em hortas urbanas, cuja parte da produção será revertida para populações em situação de vulnerabilidade social no município.

Com ajuda de recursos da Fundação Banco do Brasil, a Secretaria Municipal de Educação também vai dobrar o número de unidades educacionais com hortas. No fim de 2016, eram 351. Agora, já são 509 unidades. Esse número chegará a 792 escolas com a utilização de recursos do convênio.

Também nas escolas, a Prefeitura ampliou o uso de orgânicos na merenda. Neste ano, a secretaria já aumentou em 80% a compra desses produtos.

Projeto contra desperdício

Foi lançado nesta semana um projeto piloto contra desperdício de alimentos no Mercado Municipal Kinjo Yamato, no Centro de São Paulo. A ideia é coletar alimentos frescos que seriam descartados, enviá-los para o Banco de Alimentos e distribuí-los para as entidades cadastradas.

Em apenas um dia, foram coletados 215 quilos de frutas, verduras e legumes. Um estudo mostra que cerca de 6 toneladas de produtos são perdidos por mês apenas neste mercado. O programa será implementado na Central de Abastecimento Pátio Pari em janeiro de 2018. Um levantamento estima a perda de cerca de 80 toneladas de alimentos por mês na central.

Nos próximos meses, será iniciada a reforma e a modernização do Banco de Alimentos, com um orçamento de R$ 499 mil, em parceria com Governo Federal. O acordo também prevê a implementação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com um repasse de R$ 3 milhões para compra de produtos da agricultura familiar.

Criado em 2002, o Banco de Alimentos é ligado à Secretaria Municipal do Trabalho e Empreendedorismo e tem uma média de coleta de 50 toneladas/mês. Ele beneficia 283 instituições sem fins lucrativos, atendendo 19.901 famílias, ou quase 100 mil pessoas. 

Lei sancionada

O projeto Alimento para Todos, lançado em 8 de outubro, seguirá as diretrizes do projeto de lei 550/2016, do vereador Gilberto Natalini, que institui a Política Municipal de Erradicação da Fome e de Promoção da Função Social dos Alimentos (PMEFSA), sancionado na mesma ocasião.

A Prefeitura fica obrigada a instituir a política de promoção da função social dos alimentos, cumprida quando os processos de produção, beneficiamento, transporte, distribuição, armazenamento, comercialização, exportação, importação ou transformação industrial tenham como resultado o consumo humano de forma justa e solidária, evitando desperdícios.

De acordo com a lei, "não cumprem sua função social os alimentos considerados pela legislação vigente como aptos para o consumo humano que não tiverem tal destinação e que poderiam tê-la caso fossem submetidos a beneficiamento ou processamento adequados". É considerada, pela lei, como destinação inadequada, "descarte, incineração, lançamento em aterros sanitários ou lixões, inutilização ou reciclagem de alimentos considerados aptos ao consumo humano, impedindo que cumpram sua função social". 

São objetivos da política municipal a "adoção de novos processos, métodos e tecnologias que contribuam para o alcance da função social dos alimentos" e "o incentivo à pesquisa e desenvolvimento em segurança, nutrição, qualidade e tecnologias alimentares com vista a evitar a destinação inadequada dos alimentos e a contribuir para o cumprimento de sua função social". 

Para alcançar os objetivos, a lei prevê, inclusive, incentivos econômicos e programas de financiamento e incentivo à pesquisa e desenvolvimento de tecnologias, métodos, processos e equipamentos, para garantir que os alimentos cumpram com sua função social. (Fonte: Secretaria de Comunicação)

 

Nesta terça-feira, (17/10), jogando em Barueri, o Vôlei Nestlé de Osasco venceu o Hinode Barueri por 3 a 1, na estreia dos dois times na Superliga feminina de vôlei 2017/18. Esse jogo reeditou a final do Campeonato Paulista, na semana passada, quando as osasquenses conquistarm o título vencendo no golden set. As parciais da estreia na Superliga foram 25/17, 23/25, 25/20 e 25/17. Mais uma vez, a atacante Tandara do Vôlei Nestlé foi o destaque da partida.

Pela a segunda rodada da Superliga, as osasquenses estreiam diante de sua torcida, no José Liberatti, enfrentando o Valinhos, que perdeu na estreia para o Praia Club, nesta sexta-feira, 20. E no mesmo dia, o Hinode Barueri, sob o comando do tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, enfrenta mais uma pedreira. O time de Barueri vai enfrentar, fora de casa, o SESC/Rio, o time de Bernardinho, o atual campeão da Superliga. Na estreia, o SESC venceu o SESI em São Paulo.

Notícias & Opinião cobriu essa partida. Veja aqui, em vídeo, como foi o jogo: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1497254243698144?pnref=story

Outros resultados da primeira rodada:

Fluminense 3 X 0 Brasília

Pinheiros 3 X 1 Bauru

Minas 0 X 3 São Caetano

Valinhos 0 X 3 Praia Club

SESI-SP 0 X SESC-Rio 

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.