Sexta, 18 Janeiro 2019 | Login
Reunião entre Governador e Presidente dá sinais de que São Paulo caminhará em sintonia com o Governo Federal
Nesta quinta-feira, 10/01, o governador de São Paulo, João Doria, se reuniu hoje (10) com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, e reafirmou seu apoio à proposta de reforma da Previdência que será enviada pelo governo ao Congresso Nacional. Segundo ele, a bancada paulista do PSDB votará favoravelmente à proposta.
Para Doria, a aprovação da reforma previdenciária terá “efeito transformador” no país, “permitindo que o crescimento possa saltar dos 3% hoje previstos para 5%”. Segundo o governador, a reforma vai atrair investimentos internacionais e aumentar a geração de emprego e renda.
Perguntado, Doria disse ser favorável ao regime de capitalização proposto pela equipe econômica, no qual cada trabalhador faz sua poupança individual para a aposentadoria.
Fórum em Davos
O governador paulista disse que outro assunto tratado na reunião com o Presidente foi o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, onde Bolsonaro fará sua estreia internacional. Segundo Doria, o presidente vai apresentar as oportunidades de investimento no Brasil nos setores do agronegócio, da indústria, comércio, serviços, ciência, tecnologia e empreendedorismo.
“É um grande palco para a apresentação do novo Brasil. O Brasil que acredita numa economia liberal, transformadora, que gera empregos e oportunidades”,disse Doria.
A reunião será de 22 a 25 deste mês com representantes do G20, onde estão as maiores economias mundiais, e convidados estrangeiros. No total, líderes de cerca de cem países estarão presentes.
Decreto sobre armas
João Doria afirmou também que é favorável à flexibilização da posse de armas e, questionado pelos jornalistas, disse que o decreto sobre a questão deve ser assinado nesta sesta-feira, 11, pelo presidente Jair Bolsonaro. (Com informações da Agência Brasil)
Medida visa prevenir a cidade contra incidentes provocados pelas chuvas como inundação e deslizamento de terra no município
 
 
A ação conjunta entre Guarda Municipal, Defesa Civil e Demutran (órgãos da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana – SSMU) trabalha no monitoramento de chuvas e tempestades em pontos de visibilidade nas regiões mapeadas com maior índice de alagamentos.
A SSMU possui em sua equipe de profissionais um geocientista e analista ambiental que realiza durante o ano o mapeamento de riscos de deslizamento de terra e inundação que é desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais do Brasil (CPRM), nas 18 microbacias que se encontram em Barueri. Esse trabalho já produziu a listagem de ruas e suas extensões com possíveis riscos. Quando avaliado, o resultado é comunicado às Secretarias de Obras e de Serviços Municipais.
“Para a consecução da setorização e mapeamento de ultradetalhe das áreas de riscos serão necessários trabalhos de campo e análises laboratoriais que deverão ser realizados ao longo de 2019”, conclui o geocientista da SSMU, Edson Oliveira da Silva. (SECOM/PMB)

Com exceção de Cuba, praticamente, o mundo inteiro não reconhece a vitória de Nicolás Maduro, que toma posse nesta quinta-feira, 10, na Venezuela. Há poucos dias, 14 países da América do Sul, inclusive, o Brasil, se reuniram em Lima, Peru, quando decidiram não reconhecer o novo governo de Maduro.

Para a comunidade internacional e também para a Assembleia Nacional da Venezuela, comandada pela oposição, houve fraudes nas eleições em que Maduro, acusado de perseguir seus opositores, foi reeleito. Segundo o Itamaraty, o Brasil “lamenta profundamente” que a Venezuela não tenha atendido aos repetidos chamados da comunidade internacional “pela realização de eleições livres, justas, transparentes e democráticas”.

As relações do Brasil com a Venezuela estão prejudicadas desde dezembro de 2018, quando o governo de Caracas expulsou o embaixador brasileiro no país. Em resposta, o governo brasileiro retribuiu a decisão e declarou o encarregado de negócios da Venezuelano em Brasília persona non grata.

No entanto, apesar do mundo inteiro não reconhecer a vitória de Maduro, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, vai participar da posse do ditador venezuelano. Em nota oficial, pasmem, a presidente do PT, disse que sua presença no país será “para mostrar que a posição agressiva do governo Bolsonaro contra a Venezuela tem forte oposição no Brasil e contraria nossa tradição diplomática”.

Com certeza, essa mulher não está vendo a dura realidade em que Maduro colocou o povo da Venezuela. Pois, a petista acrescentou: “Em qualquer país em que os direitos do povo estiverem ameaçados, por interesses das elites e dos interesses econômicos externos, o PT estará sempre solidário ao povo, aos que mais precisam de apoio". Será que essa mulher não está vendo que, diariamente, milhares de pessoas miseráveis saem da Venezuela em busca de refúgio em outros países, como o Brasil? (Renato Ferreira)

TRAGICÔMICO é uma publicação de Notícias & Opinião todas às quartas-feiras. 

* Se você tiver interesse em ver outros temas já publicados aqui, basta clicar em Pesquisar e postar a palavra tragicômico. 

Fato histórico foi realizado por Dimitri Sensaud de Lavaud, na cidade de Osasco. No dia 8 de janeiro, o Nossa História homenageou os fotógrafos de Osasco

Nesta quarta-feira, 09/01, o Programa Nossa História, promovido pela Secretaria da Cultura de Osasco, comemorou os 109 anos do Primeiro Voo realizado na América da Sulva. O autor dessa proeza foi o francês Dimitri Sensaud de Lavaud, na cidade de Osasco.

Com o hasteamento das Bandeiras duas vezes por semana - às segundas-feiras, em frente ao Paço Municipal, e às quartas-feiras, no Calçadão, em frente ao Osasco Plaza Shopping - o Programa Nossa História, criado pelo secretário de Cultura, Sebastião Bognar, presta homenagens às personalidades que fizeram e que fazem a História de Osasco.

Veja quem hasteou as bandeiras no evento de hoje:

Nossa História 1

1 - BANDEIRA DO BRASIL: Jornalista e chargista. Néo Correia. Baiano de nascimento e osasquense de coração Néo Correia é também apresentador de TV e diretor da Smart TV. conhecido e reconhecido em todo o Brasil. Atualmente ele é colaborador do Estadão, O Globo e Revista Veja.

No evento, Néo esteve acompanhado pela sua esposa Angélica Pedroso Correia e pelo Dr. Amir Gomes dos Santos, Presidente da Associação Comercial de Osasco.

Nossa História 2

2 - BANDEIRA DA FRANÇA: Sr. José Geraldo Setter, Presidente da Ordem dos Emancipadores de Osasco, representando o Engenheiro Pierri Camps, filho de família de origem francesa. Nascido na Capital Paulista, Pierri é sobrinho-neto do ilustre aviador tendo sido o artífice de uma verdadeira obra de arte: a réplica do avião “São Paulo”, construído originariamente por Dimitri.

3 - BANDEIRA DA ITALIA: Sr. Caio Pelegatti, neto do mecânico Lorenço Pellegati, ilustre cidadão italiano que desempenhou a importante missão de construir o motor do avião “São Paulo”, ação que contribuiu sobremaneira para viabilizar este grande SONHO da humanidade: VOAR.

4 - BANDEIRA DO ESTADO DE SÃO PAULO: Sra.Laura Leal, natural de Cesário Lange, moradora de Osasco há 49 anos. Foi servidora da Câmara Municipal por 21 anos quando tomou a iniciativa de estudar a vida da cidade e assim escreveu quatro livros, todos relativos a história de Osasco.

5 - BANDEIRA DE OSASCO: Sr. Wander Ribeiro, nascido na cidade de Lambari-MG, é morador de Osasco há 50 anos. Formado em contabilidade, trabalhou na antiga FEPASA e no BRADESCO. Ele representou a Ordem dos Emancipadores.

O evento teve como apresentador o ator, produtor e professor, Genivaldo José. O sr. José Geraldo Setter falou sobre a homenagem ao aviador Dimitri Sensuad de Lavaud.

Nossa História 3 Luiz Lamborilando

No encerramento, o ator Luiz Tamborilando declamou uma poesia de sua autoria, que ele compôs especialmente para o aviador/inventor homenageado. (Fotos: José Luiz Alves de Oliveira e Shirley Monico Novais)

HOMENAGEM AOS FOTÓGRAFOS

Nossa História fotógrafos 1

Nossa História fotógrafos 2

No Dia do Fotógrafo, 8 de Janeiro, o Programa NOSSA HISTÓRIA, homenageou os fotógrafos da Prefeitura de Osasco, no hasteamento das Bandeiras em frente ao Paço Municipal. Foram homenageados os fotógrafos Sérgio Gobatti, Italo Cardoso, Ivan Cruz e Jean Bueno, que trabalham na Secom. "Foi um momento marcante e uma homenagem fantástica oferecida pelo Sr. Bognar, secretário de Cultura do município", postou em sua página do Facebook, o fotógrafo Sérgio Gobattim que hasteou a Bandeira do Brasil. Os fotógrafos foram acompanhados pelas jornalistas de redação, Simone Trino e Talita de Castro. Fotos: Ivan Cruz)

Antes, o Presidente já havia recebido homenagem na Aeronáutica e no Exército

 

Nesta terça-feira, 08/01, o presidente Jair Bolsonaro recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Naval oferecida pela Marinha. A medalha foi entregue no Clube Naval, em Brasília, onde o presidente participou de um almoço com o comandante da Marinha, almirante Leal Ferreira.

Amanhã, 9, vai acontecer a transmissão de cargo de comando da Marinha para o almirante Ilques Barbosa Júnior.

Aeronáutica e Exército
Desde o mês passado esta é a terceira homenagem que Jair Bolsonaro recebe das Forças Armadas. Na semana passada, ele participou de um almoço no Comando da Aeronáutica e recebeu a Ordem do Mérito Aeronáutico.

No começo de dezembro, ele foi homenageado pelo Exército com a medalha do Pacificador com Palma, concedida a militares que realizaram atos de “abnegação, coragem e bravura, com risco da própria vida” em tempos de paz. (Fonte: Pleno News)

Nova Mesa Diretora se reúne para discutir trabalho em prol do Município. Parlamentares falam sobre a condução dos trabalhos ao longo do biênio 2019-2020

 

Os vereadores que compõem a nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Osasco estiveram reunidos na tarde de quinta-feira, 3, primeiro dia útil de trabalho do ano. Os parlamentares discutiram as demandas que serão colocadas em pauta na Câmara em prol do Município neste primeiro ano de mandato durante biênio 2019-2020.

O Presidente da Câmara, Vereador Ribamar Silva (PRP) se reuniu com o 1º Vice-Presidente, Vereador Alex da Academia (PDT); o 2º Vice-Presidente, Vereador Antônio Aparecido Toniolo (PCdoB); o 1º Secretário, Vereador Daniel Matias (PRP); a 2ª Secretária, Vereadora Lúcia da Saúde (DC), e o 3º Secretário, Vereador Jair Assaf (PROS),. Dentre outros assuntos, eles conversaram sobre o futuro de Osasco e como a Câmara conduzirá os trabalhos ao longo do biênio.

Mesmo em recesso, os vereadores osasquenses continuam trabalhando e atendendo a população. O trabalho, tanto nos gabinetes parlamentares como na área administrativa continua normalmente.

As sessões ordinárias deverão ser retomadas em fevereiro, conforme determina o Regimento Interno da Casa. No entanto, havendo qualquer demanda de urgência, os vereadores podem convocar sessões extraordinárias.

A primeira sessão ordinária sob a condução da nova Mesa Diretora será no próximo dia 5 de fevereiro, data que se encerra o recesso parlamentar. As sessões acontecem sempre às 15 horas e são transmitidas ao vivo pela TV Câmara, pelos canais 7 da operadora NET, 3 da MegaBit Telecom, pelas redes sociais e pelo site www.osasco.sp.leg.br (Deniele Simões - Foto: Rodolfo Blancato - CMO)
O prefeito Rogério Lins completou dois anos à frente da administração de Osasco, município que saltou para o 6º lugar no ranking das cidades com maior participação no PIB (Produto Interno Bruto) do país. O município também comemora a nota 6.1 no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), a maior da história da cidade, e a colocação obtida no relatório da Transparência, cuja nota atingiu 8.4, a melhor pontuação do município.
 
Osasco 2 anos 3
Mas não é só isso. Lins encerrou o segundo ano de mandato cumprindo boa parte das promessas feitas ao longo da campanha: dobrou o efetivo da Guarda Civil Municipal, contratou mais viaturas e motocicletas para a GCM, implantou o COI (Centro de Operações Integradas), que entra em sua segunda etapa com o cercamento da cidade e integração do DETECTA, e ampliou o orçamento destinado à área de segurança. O orçamento, que era de R$ 48,37 milhões em 2015, saltará para R$ 77,57 milhões em 2019.
Osasco 2 anos 2
 
As preocupações e investimentos da administração também estão voltados para as áreas de Saúde, Educação e Habitação. Nos próximos meses, Lins entregará as primeiras unidades do Conjunto Habitacional Miguel Costa, construído em parceria com o governo federal, através do PAC 2 (Plano de Aceleração do Crescimento). São 48 prédios que beneficiarão 960 famílias que viviam em situação de vulnerabilidade social no Jardim Rochdale, Jardim Santa Rita e na área, em Quitaúna, onde foram erguidas as unidades habitacionais. O conjunto ganhou também toda a infraestrutura com quadras, áreas de lazer e jardinagem.
Ainda na área de Habitação, Osasco constrói o Conjunto Habitacional Vila Alemanha com 300 unidades na Avenida Sarah Veloso, no Jardim Veloso, e promove a regularização fundiária de inúmeras áreas como Santa Maria e Rochdale.
Na Educação, nos próximos meses, Osasco entregará as obras das oito creches que abrirão mais de duas mil vagas em creches, quando somadas às duas já entregues no Jardim São Pedro e Jardim Novo Osasco. As creches em construção ficam nos bairros 1º de Maio, Jardim Roberto I, Jardim Roberto II, Jardim Conceição, Jardim Veloso, Vila Menk, Santa Maria e Vila Militar.
Ainda na área da Educação, 2018 foi o primeiro ano em que os 68 mil alunos matriculados na rede municipal receberam kit de material escolar e uniformes – camisetas, agasalhos, meias e tênis -, inclusive os matriculados nas creches. Os uniformes entregues ganharam as cores da bandeira da cidade: verde e branco.
Na área da Saúde, o prefeito Rogério Lins implantou Pediatria 24 Horas em vários bairros; promoveu a reforma e revitalização de Unidades Básicas de Saúde e Prontos-Socorros; ampliou o número de leitos na Maternidade Municipal Amador Aguiar e no Hospital Municipal Antônio Giglio; na maternidade, além de leitos conjuntos para mães e bebês, também criou 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva; implantou ambulatório pediátrico e o Centro de Fisioterapia. Um dos principais destaques foi a contratação de mais médicos, que possibilitou ampliar o número de 15 mil para 25 mil atendimentos.
A administração Rogério Lins também tem investido em infraestrutura com o programa Asfalto Novo, substituição das lâmpadas de vapor de sódio por lâmpadas de LED e desenvolvimento do programa “Seu Bairro no Coração da Gente”, que reúne ações de zeladoria, limpeza e revitalização, a fim de organizar bairro a bairro e resgatar o orgulho e amor que o cidadão sente pela cidade.
Os investimentos da administração pública também se ampliam nas demais áreas com a oferta de empregos, através da reabertura dos Portais do Trabalhador; implantação do Mãos do Futuro, espaço que qualifica e forma a mão de obra para o concorrido mercado; dos CIDs (Centro Itinerante Digital), que oferecem cursos de informática gratuitos. Essas ações são complementadas pelo empenho na atração de novas empresas, que geram emprego e renda à população.
Para garantir mais obras e infraestrutura, Rogério Lins tem recorrido aos governos federal e estadual. Há dois meses conseguiu a liberação de R$ 15 milhões para a área de Saúde, que virão por meio de emendas parlamentares; parceria com o governo do Estado para trazer um AME (Ambulatório Médico de Especialidades) a cidade, o que já foi ratificado pelo edital publicado no Diário Oficial do Estado no dia 13/12; construção do novo acesso a Osasco a partir da Rodovia Castello Branco; e vem muito mais por aí. (SECOM)

 

Primeira-dama Michelle Bolsonaro rouba a cena da posse ao surpreender com emocionante discurso em Língua de Sinais

 

Esta terça-feira, 1° de janeiro, ficará marcada na História do Brasil. Numa bela cerimônia, com o tradicional desfile em carro aberto e com cenas no Congresso Nacional e no Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro tomou posse como Presidente do Brasil. Bolsonaro leva para a Presidência a esperança de um país inteiro contra a corrupção e a favor do respeito ao dinheiro público.

Mais de 115 mil pessoas vestindo verde e amarelo e também camisetas com a imagem de Bolsonaro lotaram a Esplanada dos Ministérios sob um arrojado esquema de segurança. O evento contou também com a presença de 12 chefes de Estado, como o Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e representantes de dezenas de países de todos os Continentes.

Após garantir que manterá as reformas necessárias para o Brasil avançar, Bolsonaro conclamou o povo a lutar com ele que tem o desafio de "enfrentar os efeitos da crise econômica", o "desemprego recorde", a "ideologização" das crianças, o "desvirtuamento dos direitos humanos" e a "desconstrução da família".

"Vamos desburocratizar, simplificar, tirar a desconfiança e o peso do governo sobre quem trabalha e quem produz", disse Bolsonaro, que finalizou com o lema de sua campanha: "Brasil acima de tudo; Deus acima de todos". (Renato Ferreira)

* Por problemas técnicos e da internet, não conseguimos publicar a matéria da posse no dia 1º de Janeiro.

Veja, aqui, outras fotos da festa em Brasília: 

Posse de Bolsonaro 3

Posse de Bolsonaro 2

Posse de Bolsonaro 5

 

Posse de Bolsonaro 4

Posse de Bolsonaro 6

As regiões mais afetadas foram as Ilhas de Java e Sumatra
 
Neste domingo, 23/12, as regiões costeiras de Java e Sumatra, na Indonésia, foram atingidas por um tsunami que, segundo as autoridades locais, matou mais de 200 pessoas, além de 800 feridos. De acordo com os dados oficiais, 30 pessoas ainda estão desaparecidas nas duas ilhas e há cerca de 800 feridos. Um total de 430 casas e nove hotéis foram afetados, assim como navios e outras embarcações. A região é densamente povoada.
As informações são do porta-voz da Agência Nacional de Gerenciamento de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho. Segundo ele, os números devem aumentar, pois ainda faltam áreas para serem analisadas.
 indonesia terremoto tsunami 2
As ondas gigantes atingiram as áreas do Estreito de Sunda, por volta das 21h45 de ontem (22). As autoridades atribuem o fenômeno à erupção do vulcão Krakatau por cerca de meia hora. Para especialistas, os deslizamentos de terra e outras atividades geológicas causadas pela erupção levaram à tragédia.
Ondas enormes sacudiram as áreas residenciais e vários destinos turísticos ao longo das áreas costeiras do Estreito de Sunda, incluindo Pangdeglang, Pantai Tanjung Lesung, Sumur, Penimbang e Teluk Lada dan Carita.
indonesia terremoto tsunami 3
 
Imagens publicadas no Twitter mostram carros arrastados pelo tsunami. Os distritos mais atingidos foram de Pandeglang, Seran e Lampung Selatan. Só na região de Pandeglang há mais de 600 feridos.
As ondas, segundo relatos, chegaram a quatro e cinco metros de altura. O chefe do Departamento de Emergência da Agência de Gerenciamento de Desastres no distrito de Pandeglang, Endang Permana, afirmou que muitas vítimas foram atingidas no momento em que assistiam o que ocorria no mar.
O chefe da Agência de Gerenciamento de Desastres no distrito de Lampung Selatan, Ketut Sukerta, disse que mais de 100 prédios desmoronaram e há ainda muitas pessoas presas sob os escombros.
Krakatau Child é um dos 129 vulcões ativos na Indonésia. A Indonésia é um país que reúne 17.500 ilhas e está em uma área considerada vulnerável, atingida pelo chamada "Anel de Fogo do Pacífico". (Agência Brasil, com informações da Xinhua, agência pública de notícias da China, e NHK, emissora pública de televisão do Japão)
Amiga dos ex-presidentes petistas Dilma e Lula, Cristina Kirchner só não foi presa ainda porque tem foro privilegiado como Senadora. Ela é acusada de comandar uma rede de subornos
 
O ano de 2018 ficará marcado na história política de vários países sul-americanos pelas condenações e prisões de diversos líderes políticos por corrupção, como Brasil, Perú, Equador e Argentina.
 
Na quinta-feira, 20/12, a Justiça da Argentina confirmou o processo com prisão preventiva à ex-presidente e atual senadora Cristina Kirchner pelo caso conhecido como "os cadernos das propinas" – uma rede de supostos subornos que envolve dezenas de empresários e ex-funcionários do governo.
 
Cristina Kirchner 1
A senadora Cristina Kirchner discursa durante sessão do Senado na qual foi autorizada a revista de suas residências, na quarta-feira (22) — Foto: Luciano Ingaramo/Prensa Senado/AFP A senadora
Kirchner, no entanto, não foi presa porque tem foro parlamentar como senadora. Até agora, o Senado não discutiu o pedido do juiz Claudio Bonadio para retirar a imunidade da ex-presidente.
A Câmara Federal considerou Kirchner chefe de uma organização criminosa e confirmou o processo, que se dará em julgamento oral. O processo inclui o pedido de prisão preventiva que já foi feita pelo juiz Claudio Bonadio – cuja casa foi alvo de atentado a bomba em novembro.
 
 Cristina cadernos corrupcao
Foto de março de 2018 fornecida pelo jornal 'La Nación' mostra um dos cadernos de Oscar Centeno, ex-motorista ligado aos governos dos Kirchners na Argentina — Foto: La Nacion via AP
O caso se baseia em uma série de cadernos de anotações feitas por anos por um motorista do ministério de Planejamento. Nas páginas, ele anotava nomes de funcionários e de empresarios e quantias de dinheiro.
Entenda o escândalo dos 'cadernos das propinas'
À medida que o caso avançou, vários acusados se declararam arrependidos e começaram a colaborar com a justiça em troca de liberdade.
Cristina Kirchner, da centro-esquerda do peronismo e que governou a Argentina entre 2007 e 2015, é acusada de ter liderado uma rede de corrupção com a qual recebia pagamentos em dólares por parte de empresários que desejavam obter licitações de construção de obra pública.
A acusação estimou em pelo menos 160 milhões de dólares o montante dos subornos que também teriam sido pagos entre 2003 e 2007, durante o governo de seu marido, o já falecido Néstor Kirchner.
O caso, iniciado em meados do ano, atingiu praticamente a todo o setor da construção na Argentina e atingiu a família do atual presidente, Maurício Macri.
Franco e Gianfranco Macri, pai e irmão do presidente, foram citados a declarar na semana passada diante o juiz Bonadio para que respondam a denúncias que envolvam a companhia Autopistas del Sol, parte do conglomerado Socma (Sociedade Macri).
O empresário Angelo Calcaterra, primo do presidente, também está envolvido neste processo.
O presidente Macri, que teve cargos de responsabilidade na empresa familiar antes de atuar como dirigente no futebol e depois na política, não comentou o caso. Os atuais ministros apenas declararam que o governo "respeita a independência da justiça". (Fonte: G1)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.