Sábado, 22 Julho 2017 | Login
Grandes torcidas brasileiras comemoram títulos estaduais

Grandes torcidas brasileiras comemoram títulos estaduais Featured

As grandes torcidas de futebol do Sudeste brasileiro e, certamente, também as mais populares do país, estão em festa, com os títulos de campeões conquistados no último domingo (07/05) pelo Corinthians, em São Paulo; Flamengo, no Rio de Janeiro; e pelo Atlético, em Minas Gerais.

Corinthians campeão

 Corinthians

Jogando na Arena Itaquera, com mais de 47 mil pessoas, bastou um empate ao Corinthians contra a Ponte Preta, para o time do Parque São Jorge conquistar o seu 28º título do Campeonato Paulista. Depois dos 3 a 0 contra a Macaca, em Campinas, no jogo de ida, nem o mais pessimista corintiano acreditava em virada do time campineiro na casa do Timão. E mesmo podendo perder até por 2 a 0, foi o Corinthians quem abriu o placar com gol do paraguaio Romero, o artilheiro do Itaquerão. Nem mesmo o gol pontepretano no final do jogo tirou a empogação dos corintianos com mais um troféu do Paulistão. 

 

Flamengo campeão

 Flamengo

No Fla-Flu decisivo no Maracanã, com mais de 68 mil pessoas, deu Flamengo. O time da Gávea, de maior torcida no país, levantou a taça do Campeonato Carioca pela 34ª vez. A festa rubronegra se repetiu 26 anos depois da última decisão estadual entre Flamengo e Fluminense com dois jogos decisivos, quando o Maestro Junior levantou a taça para o Mengão. Agora, foi a vez do peruano, Guerrero, artilheiro do estadual com dez gols, praticamente decidir o título ao empatar o jogo nos minutos finais da partida. Mas, antes do apito final e com um jogador de linha no gol do Flu, Rodnei ainda fez o gol da vitória, para aumentar ainda mais a euforia dos flamenguistas.

 

Galo campeão

Galo campeão 2017

E no Independência, o Atlético-MG conquistou mais um título de Campeão Mineiro. O troféu do Galo foi garantido após a vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 1, com recorde de público no estádio Independência. Além da taça, o triunfo atleticano acaba também com a sequência sem vitórias: mais de dois anos sem bater o seu maior rival, fato que já incomodava  os torcedores do alvinegro das Alterosas. No primeiro jogo, no Mineirão, com o Cruzeiro tendo a maior torcida e pressionando o tempo todo, o Atlético se segurou. No jogo decisivo e na sua "casa", o Galo se impôs e não decepcionou a massa atleticana que lotou o Independência.  

 

Chape campeã

Chapecoense

Nas outras regiões do país, houve surpresas e muita emoção. Como em Santa Catarinha, onde a Chapecoense conquistou o bicampeonato. E esse título da Chape veio após um processo de reconstrução da equipe e a certeza de que Chapecó voltou a ter alegria com o seu time. Foi um processo muito rápido para  a Chapecoense desde o fatídico acidente aério de 29 de novembro, na Colômbia, quando o time brasileiro perdeu, praticamente, todo o seu elenco. Em apenas quatro meses, o clube remontou a equipe para a temporada mais importante de sua história, soube lidar com as incertezas e precisou de apenas 159 dias para trocar a tristeza e as lágrimas pelos sorrisos com direito a  muita festa pelas ruas de Chapecó.

Outros campeões

No Rio Grande do Sul, o título desta vez não saiu da dupla Gre-Nal. O Novo Hamburgo derrou o Internacional nos pênaltis e conquistou pela primeia vez o título de campeão gaúcho. No Paraná, a decisão foi mais uma vez no famoso Atletiba, com o Coritiba conquistando mais um título estadual. Na decião do campeonato goiano, o título ficou com o Goiás que superou o Vila Nova. E na Bahia, deu Vitória. Na decisão contra o seu maior rival, o Bahia, os rubronegros levaram a melhor e levantaram mais um título baiano. (Renato Ferreira com Agências)

 
000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.