Terça, 07 Abril 2020 | Login
VÔLEI MASCULINO: Brasil bate Japão e é tricampeão da Copa do Mundo

VÔLEI MASCULINO: Brasil bate Japão e é tricampeão da Copa do Mundo Featured

 
A Seleção Brasileira masculina de vôlei garantiu nesta segunda-feira, 14/10, com antecipação de uma rodada, o título da Copa do Mundo. O troféu foi assegurado com uma vitória num complicado duelo contra o anfitrião Japão, por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 24/26, 25/14 e 27/25, na cidade de Hiroshima.
O terceiro título brasileiro na Copa do Mundo - os anteriores foram em 2003 e 2007 - foi conquistado nesta segunda, faltando ainda um jogo para a seleção na competição, graças à grande campanha brasileira na disputa de pontos corridos. Foram 10 vitórias em 10 jogos. A equipe nacional perdeu apenas cinco sets no torneio até agora.
Nesta terça, 15, a Seleção Brasileira, atual campeã olímpica vai encerrar sua campanha na Copa do Mundo de Vôlei masculino contra a Itália. na tentativa de coroar a conquista com uma campanha invicta. A Copa do Mundo é considerada a terceira maior competição da modalidade, atrás apenas dos Jogos Olímpicos e do Mundial. Os brasileiros, agora, são tricampeões também nestes dois grandes eventos.
A conquista desta segunda marca o maior título do técnico Renan Dal Zotto à frente da equipe desde que assumiu o comando, em janeiro de 2017, quando substituiu o multicampeão Bernardinho. Antes, sob a orientação de Renan, o Brasil faturou o Sul-Americano e a Copa dos Campeões, ambos em 2017. E foi vice-campeão da Liga Mundial (atual Liga das Nações) no mesmo ano e do Campeonato Mundial, em 2018.
Em sua trajetória rumo ao título, a seleção obteve sua maior vitória no domingo, quando bateu a poderosa Polônia. A equipe europeia se sagrou bicampeã mundial em duas finais em que venceu o Brasil. Com o triunfo desta segunda, a seleção alcançou os 29 pontos na tabela, sem poder ser alcançado justamente pela Polônia, que tem 25 e um jogo a menos.
O JOGO
Na partida desta segunda-feira, Renan escalou a seleção com apenas uma mudança em relação ao jogo anterior, contra a Polônia. Colocou Lucão em quadra, no lugar de Maurício Souza. O restante da equipe foi mantida, com Alan, Leal, Lucarelli, Flávio, Bruninho e o líbero Thalles. No decorrer do jogo, o treinador colocou Maurício Borges, Cachopa e Felipe Roque.
Com esta formação, o Brasil fez um bom início de jogo. Abriu 6/4 e não demorou para ampliar a vantagem para 20/15, antes de fechar a parcial com oito pontos de frente. Leal foi um dos destaques do set inicial, no ataque e também nos bloqueios, ao lado de Lucão.
O segundo set começou com o Japão na frente. O Brasil virou o marcador em 11/8, mas passou a oscilar em praticamente todos os fundamentos e viu os anfitriões crescerem em quadra. Os japoneses viraram para 12/11 e acabaram fechando a parcial, empatando a partida. Depois do susto, a seleção passeou no terceiro set. Começou fazendo 4/0, depois 10/2. A retomada da liderança do jogo veio com vantagem de 11 pontos na parcial.
Na sequência, mais tranquilo após a forte performance no terceiro set, o Brasil manteve o alto nível, mas encarou um Japão mais eficiente. Como consequência, as duas equipes transformaram o quarto set no mais equilibrado do jogo. Sem conseguirem abrir dois pontos de vantagem, os dois times fizeram 7/7, depois 10/10. O empate persistiu até 22/22. Na sequência, o Brasil desperdiçou dois match points antes de confirmar a vitória diante da empolgada torcida japonesa. (Estado de Minas)

000

About Author

Related items

  • CORONAVÍRUS: Estádios de futebol abrem suas portas para ajudar no combate ao coronavírus
    Alguns dos principais estádios já estão à disposição das autoridades estaduais e municipais, como o Morumbi, em São Paulo, que vão funcionar como Hospital de Campanha. Com certeza, agora, as Arenas, ou elefantes brancos construídos para a Copa no Brasil, em 2014, vão ter alguma utilidade.
    O mundo segue em alerta total devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os principais eventos culturais e esportivos foram paralisados, alguns cancelados, e a recomendação geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) é para permanecer em casa. No Brasil, alguns estádios de futebol foram colocados à disposição das autoridades estaduais e municipais para ajudar no combate à doença.
    Com essa ação, a ideia é que os locais possam ser utilizados para abrigar pacientes em tratamento, para não sobrecarregar hospitais e clínicas em caso de avanço do Covid-19 no país. Os estádios Nilton Santos, no Rio de Janeiro; Pacaembu, Morumbi e Arena Corinthians, em São Paulo; Mané Garrincha, em Brasília; Frasqueirão, em Natal; e Arena da Baixada, em Curitiba, já foram disponibilizados para os órgãos públicos.
    Na capital mineira, Mineirão e Independência ainda não divulgaram medidas a serem tomadas em relação ao caso. Em contato com o Superesportes, o gerente de operações e segurança do Horto, Helber Gurgel, falou sobre o caso. Segundo ele, a arena não tem estrutura para comportar esse tipo de ação.
    “Nós já pensamos em abrir o Independência, mas nós esbarramos na questão estrutural. A maior estrutura do estádio é a parte de vestiários, porque o Independência é diferente dos outros estádios redondos, falta uma parte da estrutura nele. Mas, é claro, se formos consultados, a gente se dispõe, mas por enquanto não houve nenhuma solicitação”, afirmou Gurgel.
    A reportagem também apurou que o Mineirão está estudando qual será a melhor ação a ser viabilizada neste momento.
    Estádio Mané Garrincha, em Brasília
    A concessionária Arena BSB, que administra o estádio Municipal Mané Garrincha, colocou a arena à disposição do Governo do Distrito Federal para o combate à pandemia do novo coronavírus. O local poderá ser utilizado como centro de triagem ou hospital de campanha pela Secretaria de Saúde.
    Estádio Frasqueirão, em Natal
    O ABC de Natal colocou toda a estrutura do Frasqueirão à disposição da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap). Em nota divulgada à imprensa, o clube diz que a "diretoria abecedista, ciente da responsabilidade social em que o clube tem diante da sociedade, ainda mais nesse momento importante e crítico vivido por todos, disponibiliza as dependências do seu estádio caso haja a necessidade de ampliação, por parte do Governo, da estrutura de apoio e combate ao novo coronavírus, o Covid-19".
    Arena da Baixada, em Curitiba
    O Athletico Paranaense disponibilizou a Arena da Baixada e o CT do Caju aos órgãos de saúde do Paraná para dar apoio ao tratamento de pessoas no combate ao Covid-19. O clube disse que as autoridades podem utilizar o espaço da “forma que entenderem necessário”.
    Estádio Nilton Santos, em Brasília
    O Botafogo colocou a estrutura do Estádio Nilton Santos à disposição das autoridades de saúde do Rio de Janeiro em meio à luta para superar a pandemia do novo coronavírus. Em nota, o clube afirma que está ciente da sua responsabilidade social e se solidariza com o momento conturbado.
    Arena Corinthians, em São Paulo
    O Corinthians anunciou que vai abrir a sua Arena a partir de semana que vem para receber doações de sangue e auxiliar no combate à pandemia do coronavírus. As doações deverão ser agendadas para evitar aglomerações e seguir os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.
    Estádio do Morumbi, em São Paulo
    O São Paulo anunciou que irá disponibilizar toda a infraestrutura do Morumbi para o combate à pandemia do novo coronavírus. Em nota, o clube também colocou o CT da Barra Funda e de Cotia, da base, à disposição das autoridades.
    Estádio Pacaembu, em São Paulo
    A Prefeitura de São Paulo vai instalar 200 leitos no Pacaembu para atender pacientes com coronavírus de baixa complexidade. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira pelo prefeito Bruno Covas. O estádio será adaptado para receber os pacientes. (Fonte: Estado de Minas)
  • DA FAMA À PRISÃO: Ronaldinho Gaúcho, que antes exibia as chuteiras de ouro, hoje, esconde as algemas
    Pentacampeão do mundo pela Seleção Brasileira e campeão por todos os clubes que jogou no Brasil e no exterior, ex-craque melhor do mundo, Ronaldinho e seu irmão, Assis, foram presos preventivamente no Paraguai.
    Com certeza, a genialidade que tinha com os pés e encantava o mundo do futebol, não é a mesma que o ex-craque Ronaldinho Gaúcho tem na cabeça para lidar com as suas atividades fora das quatro linhas. Nesta sexta-feira, 06/03, o Procurador Geral do Estado do Paraguai ordenou a prisão do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e seu irmão e representante Roberto Assis por usar documentos falsos naquele país.
    Ronaldinho e Assis estavam no Sheraton Hotel em Assunção, de propriedade do ex-presidente paraguaio Horacio Cartes; localizado a poucos minutos do Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi. Ambos aguardavam o momento de partir para o terminal do aeroporto deixar o Paraguai, de acordo com as versões divulgadas pela Polícia do Paraguai.
    Pouco antes, no entanto, o juiz Mirko Valinotti, do Tribunal Penal de Garantias da Décima Volta de Assunção, havia decidido rejeitar a abordagem adotada pelo Ministério Público. Antes, os irmãos haviam sido presos em flagrante acusados de uso de uso de documentos paraguaios de conteúdo falso. Em depoimento na polícia, Ronaldinho disse que eles foram enganados e não sabiam que os documentos eram falsos.
    Assim, o juiz Valinotti decidiu que Ronaldinho e seu irmão continuariam sendo investigados no caso de produção de documentos falsos. Os promotores Federico Delfino e Alicia Sapriza, encarregados de investigar o suposto uso de documentos de conteúdo falso pelos irmãos Assis, solicitaram uma saída processual, considerando que os irmãos não estavam diretamente envolvidos no evento. Porém, o juiz decidiu deixá-los nas mãos da resolução do caso pelo Procurador-Geral.
    Valinotti disse que Ronaldinho e Assis poderiam deixar o país se quisessem, pois nem sequer foram acusados e não havia medidas cautelares contra eles. Rapidamente, a Procuradoria Geral da República enviou uma retificação do pedido de suspensão do processo. O procurador-geral adjunto, Jorge Sosa, solicitou que o caso permanecesse aberto e que Ronaldinho e Assis continuassem apensos ao processo.
    Imputado e com prisão preventiva
    Omar Legal, promotor da Unidade Especializada de Combate à Lavagem de Dinheiro, foi apontado como a nova pessoa encarregada de levar adiante o caso. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público do Paraguai, a prisão dos dois irmãos foi realizado em conjunto com agentes da Polícia Nacional.
    O Procurador Jurídico acusou o ex-jogador de futebol e seu irmão por usar um documento público de conteúdo falso e solicitou a medida cautelar da Prisão Preventiva.
    Detidos na unidade policial
    Segundo relatos da mídia local, Ronaldinho e Assis foram encaminhados ao Grupo Especializado. A dependência da Polícia Nacional de que em tempos da ditadura militar era usada como centro de tortura e que nos anos da democracia se tornou uma espécie de prisão combinada entre luxos e alta segurança. Eles chegaram lá por volta das 22h03 a bordo de uma van da Polícia Nacional e acompanhados por uma escolta forte.
    No local em que estão presos, por exemplo, eles têm a companha de membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) e dois deputados paraguaios, um processado por suposto enriquecimento ilícito e outro por suposta lavagem de dinheiro ligada ao tráfico de drogas. (Fonte: Terra)
  • COPINHA 2020: Segunda fase começa neste sábado
     
    Depois de centenas de jogos entre os 127 times que disputaram a competição na fase de grupos, começa neste sábado, 11/01, a disputa da segunda fase do principal torneio de futebol de base do Brasil, a Copa São Paulo de Futebol Junior. E essa fase de mata-mata será disputada pelos 64 clubes que se classificaram para as fases finais.
    Assim, os times jogam em formato mata-mata onde vai se eliminando até que sobre só o campeão. Nessa etapa, o primeiro classificado do grupo permanece na sede que jogou a primeira fase, enquanto o segundo colocado viaja para jogar em outra sede.
    Os quatro grandes times de São Paulo - Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos - avançaram à segunda-fase. O Tricolor do Morumbi ó atual campeão e busca o seu quinto título da Copinha. O maior campeão da história do torneio é o Corinthians. (Fonte: Globo Esporte)
    Veja, a seguir, todos os jogos da segunda fase da Copinha:
    Todas as partidas serão realizadas neste sábado e domingo.
    Sábado:
    11:00 - Botafogo-SP x Botafogo, em Assis (SPORTV)
    11:00 - Vitória x Paraná Clube, em Jaú
    11:00 - Desportivo Brasil-SP x Capivariano-SP, em Porto Feliz
    13:45 - Internacional x Volta Redonda-RJ, em Santa Bárbara (SPORTV)
    15:00 - Joinville x Tanabi-SP, em Tanabi
    15:00 - Juventude x Francana-SP, em Cravinhos
    15:00 - Tupi-MG x Gama, em Indaiatuba
    15:00 - Taboão da Serra-SP x Ituano, em Embu das Artes
    16:00 - Santos x Ponte Preta, em Osvaldo Cruz (GLOBOESPORTE.COM)
    16:00 - Novorizontino-SP x Atlético-GO, em Bauru
    16:00 - RB Brasil-SP x Serra-ES, em Rio Claro
    16:00 - Votuporanguense-SP x Mirassol-SP, em Bálsamo
    16:00 - Athletico-PR x Bahia, em Jundiaí (SPORTV)
    18:30 - Fluminense x CRB, em Itu (SPORTV)
    19:00 - Londrina x Timon-MA, às 19h, em Osvaldo Cruz
    21:00 - Corinthians x Cuiabá, em Franca (SPORTV)
    Domingo:
    11:00 - Grêmio x União ABC-MS, em Mogi das Cruzes (SPORTV)
    11:00 - Chapecoense x Real-DF, em Suzano
    11:00 - Ceará x Coritiba, em São Paulo (Nicolau Alayon)
    13:45 - Atlético-MG x ABC-RN, em Taubaté (SPORTV)
    15:00 - São Bernardo-SP x River-PI, em Guaratinguetá
    15:00 - Água Santa-SP x Atlético-CE, em Diadema
    15:00 - Avaí x Trem-AP, em Mauá
    15:00 - São Bento x São Caetano, em São Paulo (Canindé)
    15:00 - Santa Cruz x Operário-PR, em Guarulhos
    16:00 - Sertãozinho-SP x Palmeiras, em Araraquara (SPORTV)
    16:00 - Cruzeiro x Sport, em Barueri (GLOBOESPORTE.COM)
    16:00 - Criciúma x Itapirense-SP, em Itapira
    18:30 - Vasco x Náutico, em Itapira (SPORTV)
    19:00 - Ferroviária-SP x Goiás, em Araraquara
    19:00 - Desportiva Paraense-PA x Oeste, em Osasco
    21:00 - São Paulo x Flamengo-SP (SPORTV)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.