Quarta, 23 Outubro 2019 | Login
LUTO NA FÓRMULA 1: Morre o tricampeão mundial Niki Lauda, aos 70 anos

LUTO NA FÓRMULA 1: Morre o tricampeão mundial Niki Lauda, aos 70 anos Featured

Ex-piloto austríaco e presidente de honra da Mercedes sofria com sérios problemas respiratórios desde acidente que quase lhe matou em 1976.
Nesta segunda-feira, 30/05, morreu o tricampeão mundial de Fórmula 1, Niki Lauda, de 70 anos, O ex-piloto estava internado na UTI de um hospital na capital austríaca por complicações de antigo problema respiratório.
Lauda sobreviveu a um dos mais graves acidentes da história da F-1, no GP da Alemanha, em Nurburgring, em 1º de agosto de 1976. O então piloto da Ferrari teve o corpo coberto por chamas e a capacidade respiratória comprometida desde então.
niki lauda gp da espanha 2
Niki Lauda numa de suas corridas pela Fórmula 1, na Espanha (EFE - 28.4.1974)
Foi também nesse acidente, que Lauda teve parte da orelha direita queimada e vários ossos quebrados. Lauda não só lutou contra a morte como batalhou muito para também voltar às pistas. Depois de 42 dias e só duas corridas de ausência, lá estava de novo nas pistas. Naquele ano, foi vice-campeão mundial, tendo perdido o título para James Hunt. A rivalidades com Hunt nas pistas virou até filme.
Além do problema pulmonar, o ex-piloto precisou passar por dois transplantes de rim, um em 1997 e o outro em 2015. Esse último procedimento só foi viável graças à namorada da época, que lhe doou um órgão saudável.
Desde 2012, Lauda era presidente de honra da Mercedes, na reconstrução da equipe na F-1. Ele foi um dos principais nomes que levaram Lewis Hamilton para as Flechas de Prata no final daquele ano. Antes das férias de verão da categoria, Lauda perdeu os GPs da Alemanha e da Hungria.
O austríaco foi campeão da F-1 em 1975, 1977 (ambas pela Ferrari) e 1984 (já pela McLaren). Ao todo, foram 177 corridas na principal categoria do automobilismo, com 25 vitórias e 24 pole-positions. (Fonte: R7- Imagem: EFE/Valdrin Xhemaj )
000

About Author

Related items

  • LUTO: Morre Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco, aos 93 anos
    Considerado um dos banqueiros mais poderosos da América Latina, ele dedicou mais de 75 anos de sua vida ao banco que viu nascer, 36 deles no alto comando do Grupo.
     
    Morreu nesta quarta-feira, 16/10, aos 93 anos, Lázaro de Mello Brandão, ex-presidente do Bradesco e do conselho de administração do banco.
    Segundo informou o Bradesco, Brandão estava internado no Hospital Edmundo Vasconcelos, em São Paulo, recuperando-se de uma cirurgia.
    Considerado um dos banqueiros mais poderosos da América Latina, foi o mais longevo do ramo no Brasil. Ele sucedeu o fundador do Bradesco, Amador Aguiar.
    Ele deixou a presidência do conselho do Bradesco no final de 2017, quando Luiz Carlos Trabuco Cappi assumiu o posto, mas ainda atuava como presidente das empresas controladoras do Bradesco.
    ‘Seu Brandão’, como era tratado nos corredores do Bradesco, dedicou mais de 75 anos ao banco. Economista e administrador de empresas, começou a trabalhar em 1942, aos 16 anos, logo na fundação da Casa bancária Almeida & Cia, que deu origem a um dos maiores bancos privados do país.
    Brandão deixou esposa, duas filhas e um neto.
    Nonagenário, o banqueiro trabalhava, no mínimo, oito horas diárias. “Até para a saúde é melhor”, afirmava em relação ao trabalho, que tratava como lazer. Dizia que pagava para não viajar, a não ser para participar de eventos do banco. (Fonte: G1).
     
    Eu, jornalista Renato Ferreira, tive o prazer de conhecer pessoalmente o sr. Lázaro de Mello Brandão, nos anos 1970, quando trabalhei entre 1973 e 1976, na Cidade de Deus, sede do banco, em Osasco.
    Além de ter sido uma escola profissional para mim, pois, foi o meu primeiro emprego na área administrativa de uma grade empresa, tendo estudado também na Fundação Bradesco, posso afirmar que o sr. Lázaro Brandão, mesmo tendo uma posição de destaque e de poder no Bradesco, era uma pessoa que tratava a todos com muita cordialidade e respeito. (Renato Ferreira)
  • LUTO EM OSASCO: Dr. Hungria, fundador da FIEO, morre aos 87 anos
    Nesta quarta-feira, 02/10, morreu o fundador e ex-Reitor da Fundação Instituto de Ensino para Osasco (Fieo), Dr. José Cassio Soares Hungria, aos 87 anos.
    Nascido em Itapetininga (SP), em 28 de junho de 1932, Dr. Hungria era procurador de Justiça aposentado. Ao lado de Luiz Fernando da Costa e Silva, promotor de Justiça, e Luiz Carlos de Azevedo, em 1967, ele fundou a Fieo, instituição que sempre foi referência no ensino do Direito em Osasco e região.
    O velório foi realizado em cerimônia fechada, na Avenida Paulista até às 14h, desta quinta-feira, 03, e o corpo foi cremado, às 16h, na cidade Itapecerica da Serra, Grande São Paulo.

     
  • FUTEBOL: Athletico-PR é campeão da Copa do Brasil e Corinthians perde pela Sul-Americana
     
    Nesta quarta-feira, o futebol marcou de formas distintas duas grandes torcidas do Brasil. Enquanto a torcida do Furação festejou o primeiro título da Copa do Brasil, os corintianos saíram decepcionados da Arena Itaquera.
    COPA DO BRASL
    O Athletico-PR é campeão
     
    Atlético PR Campeão da Copa do Brasil 2
     
    O Furacão venceu o Internacional no segundo jogo da decisão do torneio nacional por 2 a 1, em pleno Beira-Rio, nesta quarta-feira, 18/09. Os paranaenses já haviam vencido o primeiro jogo em casa por 1 a 0 e, com a vitória de ontem, conquistaram a taça inédita para o clube.
    Este é o segundo título nacional do Furacão, que venceu o Campeonato Brasileiro de 2001. Na Copa do Brasil, o Athletico-PR só havia chegado uma vez à decisão. Foi em 2013, quando perdeu para o Flamengo. O título do Furacão é também o primeiro conquistado por um clube do Paraná na Copa do Brasil.
    No jogo movimentado desta quarta-feira, os visitantes abriram o placar com Léo Cittadini aos 23 minutos em grande passe do atacante argentino Marco Rubén. O Colorado não demorou para empatar, com gol de Nico López, após um perde-ganha dentro da área.
    O empate, no entanto, na era suficiente para a equipe da casa, que diante de 50.355 torcedores, ainda levou o segundo, de Rony, já nos acréscimos da segunda etapa, após numa jogada sensacional de Marcelo Cirino.
    Com a defesa do Inter totalmente descontrolada, Cirino, segurou a bola na ponta esquerda, dando um drible desconcertante em dois marcadores. Após passar pelo terceiro marcador, o atacante rubro-negro rolou para Rony livre na pequena área, que só teve o trabalho de balançar as redes e marcar o gol da vitória.
    COPA SUL-AMERICANA
    Corinthians perde em casa e se complica
    Corinthians perde do Del Valle
    Com certeza, o mais pessimista dos corintianos esperaria uma derrota do seu time, jogando em casa pela primeira partida das semifinais da Copa Sul-Americana. Mas, aconteceu. O time de Fábio Carille jogou muito mal e perdeu para o Independiente Del Valle, do Equador, por 2 a 0, na Arena de Itaquera, nesta quarta-feira, 18/09. Os dois gols foram marcados pelo atacante Gabriel Torres. Com o resultado, o Corinthians terá que vencer por 3 a 0, em Quito, para se classificar direto. Se vencer por 2 a 0, a decisão será nos pênaltis. Já para os equatorianos, a classificação para a final virá até mesmo com derrota de 1 a 0. Além do placar adverso, o Corinthians vai enfrentar também a altitude de Quito. Foi também a primeira derrota do Corinthians para uma equipe do Equador jogando no Brasil.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.