Domingo, 24 Março 2019 | Login
Croácia vence a Inglaterra e enfrentará a França na final da Copa

Croácia vence a Inglaterra e enfrentará a França na final da Copa Featured

Na prorrogação e de de virada, os croatas superaram os inventores do futebol por 2 a 1, em Moscou
Emocionante! Assim pode ser definida a partida entre as seleções da Croácia e da Inglaterra, nesta quarta-feira, 11/07, pelas semifinais da Copa da Rússia. E os croatas venceram por 2 a 1, classificando-se pela primeira vez para a final da Copa do Mundo. A vitória croata foi conseguida de virada já no segundo tempo da prorrogação.
Assim, Croácia e França vão disputar a Copa da Rússia no próximo domingo, 15, às 15 horas, em Moscou. Já a Inglaterra, que busca uma final de Mundial há 52, anos, vai disputar o terceiro lugar contra a Bélgica, no sábado, 14, às 11 horas, em São Petersburgo. Em 1966, quando sediaram a Copa e foram campeões, foi a última vez que os ingleses disputaram uma final.
 
O jogo entre ingleses e croatas foi muito disputado e, mais uma vez, os goleiros fizeram a diferença com excelentes defesas. O primeiro gol foi marcado pela Inglaterra, numa bela cobrança de falta do jogador Trippier. Da entrada da área, ele encobriu a barreira e fez um golaço.
Porém, aos 22 minutos do segundo tempo, os croatas empataram a partida. Depois de um cruzamento do lateral Vrsaljko pela direita, Perisic chegou antes dos adversários e de pé esquerdo mandou para as redes.
No primeiro tempo da prorrogação os dois times jogaram mais precavidos. E logo aos 2 minutos do segundo tempo, veio a surpreendente virada da Croácia. Pivaric cruzou da esquerda e Rakitic fez o segundo gol ao pegar o rebote da zaga inglesa. Foi o suficiente para a festa dos 22 jogadores em campo e de milhões de torcedores croatas.
000

About Author

Related items

  • SUPERLIGA FEMININA: Minas e Praia já estão nas semifinais
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    Jogando nesta quinta-feira, 21/03, pela segunda rodada dos playoffs das quartas de final, as equipes do Minas Tênis Clube e do Praia Clube venceram, respectivamente, o Vôlei Curitiba e o Fluminense, e se classificaram para as semifinais da Superliga Feminina 2018/19, sem a necessidade de uma terceira partida.
     
    Minas 3 X 1 Curitiba
    Minas e Curitiba
     
    O Minas confirmou o favoritismo e avançou às seminfinais da Superliga Feminina. A equipe de Belo Horizonte voltou a vencer o Vôlei Curitiba, dessa vez por 3 sets a 1, jogando na Arena MTC.  As parciais foram de 25/14, 25/20, 20/25 e 25/11.

    Na  primeira partida,  sexta-feira passada, na capital paranaense, o MInas - líder na fase de classificação - não encontrou dificuldades contra o Curitiba  e venceu por 3 a 0.  Já em BH, o time paranaens, que estreia na Superliga Feminina e que ficou em oitavo lugar, chegou a dar mais trabalho e o terceiro set por 25 a 20. Mas, isso não bastou para assustar as mineiras que venceram o quarto set por um massacrante 25 a 11, repetindo a superiodidade do primeiro set. 

    O adversário do Minas Tênis Clube na semifinal sairá do duelo entre Barueri e Osasco. No primeiro confronto entre os times paulistas, o Barueri saiu em vantagem ao vencer por 3 sets a 2, em casa.  Nesta sexta-feira, às 19h, em Osasco, acontece a segunda partida. Em caso de novo triunfo, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães avançará sem a necessidade de um terceiro e decisivo jogo. 
     
    Praia 3 X 0 Fluminense
     
    Praia e Flu
    Também nesta quinta-feira, 21, o Praia Clube, que ficou em segundo lugar na fase de classificação, eliminou o Fluminense com mais uma vitória, dessa vez no Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro. O placar de 3 sets a 0,  demonstra que o time de Uberlândia classificou-se de forma tranquila para as semifinais.  As parciais  foram de 25/15, 25/15 e 25/21.  
    No primeiro jogo, na Arena Uberlândia, o Praia Clube derrotou as cariocas por 3 a 0. Assim como ocorreu em casa, o atual campeão da Superliga Feminina não encotrou muita resistência por parte do tricolor.  Fernanda Garay e a oposto norte-americana Nicole Fawcett, foram os destaques da excelente equipe do Praia Clube.  Fawcett foi eleita a melhora jogadora em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei. 
    O Praia terá como adversário nas semifinais o vencedor da série entre o Sesi-SP e Sesc-RJ.  Na primeira partida, em Bauru, o time paulista surpreendeu e derrou a equipe de Bernardinho por 3 sets 1. Agora, o time carioca terá vencer para provocar a terceira e decisiva partida dos playoffs.
     
    Mais um clássico paulista
    Osasco e Barueri
    A segunda rodada das quartas de final será encerrada nesta sexta-feira, 22/03. No Ginásio José Liberatti, em Osasco, aconcerá mais um clássico paulista entre as equipes do Osasco Audax e Hinode Barueri. No jogo de ida, em Barueri, as meninas comandadas por José Roberto Guimarães levaram a melhor e venceram as osasquenses num disputadíssimo jogo por 3 sets a 2. E nesta noite não será diferente. O Osasco, de Luizomar de Moura, terá que vencer para provocar o terceiro jogo, que se for necessário, será realizado novamente em Barueri.
     
    Cariocas e paulistas
    Sesi e Sesc
     
    Já no Ginásio do Tijuca, às 21h30, vai aconecer a segunda partida entre o Sesc-Rio e o Sesi-SP. No primeiro jogo, em Bauru, o time de Bernardinho foi supreendido pela boa equipe do Sesi, que venceu o duelo por 3 sets a 1. Agora, para se classificara, a equipe carioca terá que vencer o segundo. Caso isso aconteça, a terceira e decisiva partida será realizada também no Rio de Janeiro. (Renato Ferreira)
  • MUNDIAL DE VÔLEI: Minas faz partida histórica e vai decidir título neste domingo

    Brasileiras vencem por 3 a 2 e estão na final. O time de Belo Horizonte vai disputar o título contra o Istambul que derrotou o Praia Clube

     

    O Minas está jogando muito na primeira semifinal do Mundial de Vôlei, na manhã deste sábado, na China.

    As mineiras perderam o primeiro set para o timaço Eczacibasi, da Turquia, mas, se reabilitaram no segundo e venceram por 26 a 24 depois de estarem perdendo por 24 a 19.

    No terceiro set houve um atropelo do time de Belo Horizonte, que venceu por 25 a 14.

    Minas 2

    Agora, vence o quarto set por 8 a 6 e pode se classificar para a final.

    Daqui a pouco o Praia Clube fas a outra semifinal contra o Istambul, também da Turquia.

    Atualizado às 9h30

    Minas vence por 3 a 2 e está na final

    Após perder o quarto set por 25 a 23, o Minas TC venceu o quinto set por 15 a 12.

    Agora as mineiras esperam o segundo jogo das semifinais entre o Praia Clube e Istambul. E o Mundial de Clube poder ter uma final entre os dois clubes de Minas Gerais.

    O Praia Clube jogou muito bem, mas, foi derrotado por 3 sets a 1. O Istambul, sob o comando do brasileiro Marco Aurélio Mota, vai fazer a final contra o Minas Tênis Clube. (Renato Ferreira)

    Atualizado no domingo, dia 11 às 14h

    Minas perde e é vice campeão mundial

    O time mineiro fez uma excelente campanha na competição e ficou com o vice campeonato mundial, depois de perder para o Istambul por 3 a 0, com parciais de (25/23, 25/21 e 25/19), em Shaoxing, na China. Parabéns ao Minas Tênis Clube!

  • COPA DO BRASIL: Cruzeiro vence o primeiro jogo da final contra o Corínthians
    Jogando na noite desta quarta-feira, 10/10, no Mineirão, o Cruzeiro levou a melhor sobre o Corinthians na partida de ida da final da Copa do Brasil 2018. O time comandado por Mano Menezes foi superior e venceu o alvinegro paulista por 1 a 0. O grande destaque da partida foi o meia Thiago Neves, que marcou o gol da vitória celeste e fez Cássio trabalhar bastante no duelo.
    O Corinthians, por sua vez, se limitou a oferecer a bola para o adversário, se fechar e ficar à espera de um contra-ataque. Mas, diferente do que aconteceu nos demais jogos da competição de mata-mata, o Cruzeiro não ofereceu essas oportunidades. Tanto que Fábio não fez nenhuma grande defesa nos primeiros 90 minutos da decisão. O Mineirão ficou todo azul e recebeu mais de 53 mil torcedores que fizeram uma grande festa antes, durante e depois da vitória cruzeirense.
    As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima semana. O Timão recebe a Raposa na Arena Corinthians, quarta-feira (17), às 21h45min. Com a derrota por 1 a 0, os comandados de Jair Ventura vão precisar devolver o placar para levar a disputa do título aos pênaltis, ou por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal. O empate é do Cruzeiro.
    O jogo
    Empurrado pela torcida, o Cruzeiro tomou a iniciativa da partida. Com mais posse de bola, o time da casa tentou furar a forte marcação corintiana desde os primeiros minutos. Mas, teve dificuldade, tanto que a primeira oportunidade de gol surgiu apenas aos 18 minutos, com Thiago Neves, que bateu da entrada da área para a defesa de Cássio.
    O camisa 30 celeste era o jogador que mais levava perigo a meta alvinegra. Movimentando bastante, em busca de espaço, ele voltou a assustar Cássio aos 34, quando bateu novamente da entrada da área, mandando a bola na trave. O lance serviu para acordar o time do Cruzeiro, que passou a chegar com maior frequência.
    Aos 39, Thiago Neves cobrou falta na cabeça de Léo, que parou na grande defesa de Cássio, que vinha se destacando na partida. No entanto, aos 45, o goleiro alvinegro não conseguiu evitar o gol cruzeirense. Após bela jogada de Egídio, o lateral levantou na área e Thiago Neves aproveitou a falha de marcação para cabecear e abrir o placar.
    Os minutos iniciais do segundo tempo foram parecidos com o final da primeira etapa. Corinthians fechado e Cruzeiro com a bola, em busca de espaço e do segundo gol na partida. Mas, aos poucos a intensidade celeste diminuiu, e o time recuou, deixando os visitantes saírem para o jogo, aguardando o momento certo para contra-atacar.
    Porém, o Corinthians não conseguia finalizar, devido à falta de um centroavante e a pouca movimentação dos jogadores de frente. E o Cruzeiro, mesmo sem se expor como nos minutos iniciais do segundo tempo, chegava ao gol de Cássio. Aos 19, Robinho buscou Barcos na área e o argentino cabeceou com perigo, assuntando o goleiro alvinegro.
    O lance fez com que Jair Ventura promovesse mudanças em sua equipe, para corrigir o problema no setor de criação. Clayson deu lugar a Pedrinho e Mateus Vital foi substituído por Araos. Só que a entrada da dupla também não deu resultado. O Cruzeiro seguiu no controle do jogo, com uma postura bem segura em campo, mantendo a vantagem no marcador. (Fonte: Conteúdo Jovem Pan)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.