Sábado, 21 Setembro 2019 | Login
LIGA DAS NAÇÕES: Brasil arrasa a Holanda e vai às semifinais da competição

LIGA DAS NAÇÕES: Brasil arrasa a Holanda e vai às semifinais da competição Featured

Nesta sexta-feira, as brasileiras enfrentarão as chinesas para definir o primeiro lugar da chave
Jogando nesta quinta-feira, 28/06, pela fase final da Liga das Nações de Vôlei Feminino, em Nanquim, na China, a Seleção Brasileira atropelou a Holanda por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-17, 25-23.
Com a vitória, o Brasil se classificou para as semifinais da competição, que substitui o Gran Prix. Nesta sexta-feira, 29, às 9h30, a equipe de José Roberto Guimarães enfrentará a China para definir o campeão da chave.
O Brasil ainda não sabe quem será o seu adversário na semifinal, uma vez que a outra chave está embolada. A Turquia lidera com 3 pontos, seguida de Estados Unidos e Sérvia, todos com chances de classificação.
 Liga Mundial jogo
Contra as holandesas, Tandara marcou 17 pontos
 
No jogo contra a Holanda, a ponteira Gabi, que pela primeira vez jogou os três sets foi um dos destaques com 14 pontos marcados. Ela ficou atrás de Tandara, a melhor da partida, que assinalou 17 pontos. A Seleção Brasileira jogou muito bem em todos os segmentos, sobretudo, no saque e nos bloqueios.
000

About Author

Related items

  • OSASCO: Vôlei Osasco-Audax apresenta sua nova equipe para a temporada 2019/20.
    Dentre várias contratações, como a central Mara e a levantadora Roberta, a surpresa foi o anúncio da volta de Jaqueline depois de 6 anos.
     
    Esta terça-feira, 13/08, foi um dia de festa para o esporte de Osasco. A cidade que respira vôlei conheceu a nova equipe do Vôlei Osasco Audax para a temporada 2019/2020. Em evento realizado de manhã, no Teatro Municipal Glória Giglio, o técnico Luizomar apresentou as atletas que vestirão a camisa do mais tradicional clube do vôlei feminino do Brasil e que lutará pelos títulos do Campeonato Paulista e Superliga. A apresentação teve um elemento surpresa para a fanática osasquense:Jaqueline está de volta.
     
    “É uma emoção muito grande. Estou voltando onde tudo começou. Estou me sentindo como uma juvenil, até frio na barriga eu estou sentindo. Agora é fazer uma boa pré-temporada, me recondicionar e entrar na minha melhor forma para me colocar à disposição para Osasco na luta por títulos”, afirmou Jaque, muito solicitada pelo grande número de torcedores osasquenses ao lançamento.
    Quem também se sentiu voltando para o lar foi a central Bia, que retornou após uma temporada no Rio. “Vocês não sabem como é bom voltar para Osasco”, enfatizou a atleta. Bia vai formar o paredão do Vôlei Osasco-Audax com Mara. “Pode me chamar agora de Mara de Osasco. Vamos trabalhar muito e, com certeza, lutar por conquistas nessa temporada”, garantiu a central, que ontem mesmo se apresentou à seleção brasileira ao lado de Bia e da levantadora Roberta. “Já joguei muito contra Osasco e vai ser uma emoção forte quando retornarmos da seleção para jogar com a torcida a favor”, revelou.
    Brait volta à Seleção
    - O trio que ajudou o Brasil a conquistar a vaga para os Jogos Olímpico de Tóquio ‘vai levar um reforço de Osasco’ para a seleção. Camila Brait está de volta e disposta a trabalhar para realizar o sonho de disputar uma Olimpíada. “É um sonho que alimento desde pequena e só posso agradecer a Osasco e ao técnico Luizomar por terem me dado todo o apoio e incentivo para voltar a jogar em alto nível após o nascimento da Alice. Sou muito grata e estou duplamente feliz. Pela apresentação no nosso time para a nova temporada e por voltar a vestir a camisa do Brasil”.
    Vôlei Osasco Luizomar
    O prefeito de Osasco, Rogério Lins, que abriu o evento, observa a fala do técnico Luizomar que apresentou a nova equipe para a temporada 2019/2020
    O técnico Luizomar também não escondeu a satisfação em apresentar o time de Osasco para mais uma temporada. “É sempre uma satisfação apresentar nossas atletas. Temos um time renovado, mantendo o DNA de Osasco de lapidar novos talentos e é com alegria que estou aqui, com apoio incondicional da prefeitura, na figura do Rogério Lins, e de marcas tão importantes que nos apoiam com o patrocínio”, afirmou o treinador, que completou. “Além das atletas com grande potencial, também tenho a alegria de receber grandes nomes como a Mara e a Roberta, que foram adversárias e revelaram o desejo de vestir a nossa camisa, além de receber de volta a Bia e seguir contando com a Camila Brait.”
    O treinador também fez questão de dar as boas vindas as novas estrangeiras Casanova e Bjelica. “São atletas de grande qualidade que nos ajudarão muito. A Casanova já está com a gente e a Bjelica segue servindo a seleção servia, que conquistou a vaga olímpica recentemente”, disse Luizomar. A cubana Casanova também comentou sua chegada. “Defender um time como Osasco é uma grande oportunidade e estou preparada e motivada a ajudar na luta por títulos”, afirmou, lembrando da importância do apoio de grandes marcas para o time. Os patrocinadores são Audax, Bradesco, iFood, São Cristóvão/Saúde, Grupo Rezek (Reserva Raposo), Grupo Marquise (EcoOsasco), Hummel, com apoio da Prefeitura de Osasco.
    Apoio do Prefeito
    O prefeito Rogério Lins engrossou o coro na expectativa por uma grande temporada. “O vôlei é um patrimônio do povo de Osasco, que é apaixonado pelo esporte. É tanta paixão que até minha filha, que antes queria ser bailarina, agora treina para se tornar líbero. Essa é só uma amostra do amor da cidade por esse time, que tem uma torcida maravilhosa. Quem assiste a um jogo nosso no José Liberatti jamais esquece. E estamos formando um grande time para uma grande temporada e agradeço muito aos patrocinadores pelo apoio e por nos ajudar a tornar tudo isso em realidade”, completou.
    Osasco Vôlei público
     
    O novo time
    O Vôlei Osasco-Audax para a temporada 2019/20 está reformulado, mas segue apostando na mescla de atletas de alto nível com jovens valores do esporte. Entre os nomes consagrados que vestirão a camisa osasquense estão as do trio que auxiliou o Brasil a conquistar a vaga para a Olimpíada de Tóquio: Bia, Mara e Roberta. Outro destaque é líbero Camila Brait, que segue na equipe e após uma grande desempenho na temporada passada, está de volta à seleção brasileira.
    A cubana Heidy Casanova e a sérvia Ana Bjelica são as estrangeiras contratadas para a nova temporada. A atacante da Sérvia já é conhecida da torcida e volta para defender Osasco após jogar pelo clube na temporada 2016/17. A equipe contará ainda com nomes conhecidos do cenários nacional como Ellen Braga, Vanessa Janke, Pri Heldes e Fernanda Tomé além de investir em jovens atletas como Adriani Vilvert, Fernanda Tomé, Amanda, Karyna Malachias e Kika, que, assim como Camila Brait, renovou com o time. À frente do projeto segue o técnico Luizomar de Moura. O treinador tem uma carreira vitoriosa na modalidade, com um título mundial (2012), três conquistas de Superliga, sendo duas pelo time de Osasco (2009/10 e 2011/12) e uma pelo Flamengo (2000/01), em seu primeiro ano como técnico. Ele também é tricampeão da Copa Brasil, tetracampeão sul-americano de clubes e tem nove títulos do Campeonato Paulista, todos comandando o time osasquense. Segundo o calendário divulgado pela Federação Paulista de Vôlei (FPV) e Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), a temporada 2019/20 tem início a partir de setembro, com o Campeonato Paulista. A Superliga tem a primeira rodada programada para o início de novembro.
     
    VÍDEOS
    Torcida osasquense aplaude a nova equipe:
    Confira neste vídeo: https://bit.ly/2H7pxnj
     
    Camila Brait fala sobre suas expectativas para a próxima temporada e de sua volta à Seleção Brasileira:
    Confira neste vídeo: https://bit.ly/302BbHq
     
    VOLEI OSASCO-AUDAX - TEMPORADA 2019/20
    JAQUELINE Nome completo: Jaqueline Maria Pereira de Carvalho Endres Posição: Ponteira Altura: 1,86m Nascimento: 31 de dezmebro de 1983 Local: Recife (PE)
    CAMILA BRAIT Nome completo: Camila de Paula Brait Posição: líbero Altura: 1,68m Nascimento: 28 de outubro de 1988 Local: Frutal (MG)
    BIA Nome completo: Ana Beatriz Silva Correa Posição: Central Altura: 1,88m Nascimento: 7 de fevereiro de 1992 Local: Sorocaba (SP) ROBERTA Nome completo: Roberta Silva Ratzke Posição: levantadora Altura: 1,85m Nascimento: 28 de abril de 1990 Local: Curitiba (PR)
    MARA Nome completo: Mara Ferreira Leão Posição: Central Altura: 1,92m Nascimento: 26 de julho de 1991 Local: Sabinópolis (MG)
    ANA BJELICA Nome completo: Ana Bjelica Posição: Ponteira/Oposta Altura: 1,90m Nascimento: 3 de abril de 1992 Local: Belgrado (Sérvia)
    HEIDY CASANOVA Nome completo: Heidy Casanova Álvarez Posição: Oposta Altura: 1,84 metro Nascimento: 6 de novembro de 1998 Local: Havana (Cuba)
    FERNANDA TOMÉ Nome completo: Fernanda Tomé Davis Posição: Ponteira/Oposta Altura: 1,94m Nascimento: 10 de dezembro de 1989 Local: Penápolis (SP)
    ELLEN BRAGA Nome completo: Ellen Vilas Boas Braga Trugillo Posição: Ponteira Altura: 1,80m Nascimento: 12 de junho 1991 Local: Recife (PE)
    KIKA Nome completo: Érica Motta Lima Posição: Líbero Altura: 1,65m Nascimento: 21 de maio de 1996 Local: Osasco (SP)
    PRI HELDES Nome completo: Priscila Oliveira Heldes Posição: Levantadora Altura: 1,78m Nascimento: 27 de março de 1992 Local: Belo Horizonte (MG)
    VANESSA JANKE Nome completo: Vanessa Janke Posição: Ponta Altura: 1,84m Nascimento: 8 de março de 1991 Local: Pomerode (SC)
    ADRIANI VILVERT Nome completo: Adriani Vilvert Joaquim Posição: Central Altura: 1,86m Nascimento: 26 de abril de 1993 Local: São José (SC)
    KARYNA MALACHIAS Nome completo: Karyna Malachias Posição: Central Altura: 1,94m Nascimento: 26 de fevereiro de 1999 Local: São Paulo (SP)
    AMANDA SEHN Nome completo: Amanda Rodrigues Sehn Posição: Levantadora Altura: 1,82m Nascimento: 16 de julho de 1998 Local: Lajeado (RS)
     
    COMISSÃO TÉCNICA Técnico – Luizomar de Moura Assistente técnico – Jefferson Arosti Auxiliar técnico – Spencer Lee Christian Fjos Preparador físico – Marcelo Vitorino de Souza Fisioterapeuta – Thiago Menezes Lessa Moreira Estatístico – Leonard Lopes Barbosa
  • VÔLEI E FUTEBOL: São Paulo apresenta parceria com Barueri e deixa Zé Roberto Guimarães feliz e confiante
    Técnico diz ser são-paulino e quer aproveitar a força do clube no futebol para alavancar torcida para o vôlei.
     
    Tricampeão olímpico com a Seleção Brasileira, o técnico Zé Roberto Guimarães exaltou a parceria entre São Paulo e Barueri no vôlei feminino. A equipe foi apresentada nesta sexta-feira, 19/07, no Morumbi.
    O técnico Zé Roberto Guimarães, que idealizou e fundou a a equipe do Vôlei Barueri, há 3 anos, é são-paulino e disse estar vivendo um sonho. Ele disse que quer aproveitar a força do clube no futebol para alavancar a torcida para a equipe de vôlei.
    "Estar aqui é um motivo de orgulho, porque eu torço para o São Paulo, torço, sofro e leio sobre o time. Conheci vários jogadores do São Paulo, porque o time treinou em Barueri. Nunca estive em uma apresentação de um time da Superliga como estamos tendo hoje. Precisamos aproveitar a força do São Paulo para trazer o torcedor, e sei que ele reconhece, sabe que a gente vai lutar", exaltou o treinador.
    "Seria muito importante que todos os times de massa do futebol tivesse times em outros esportes, seria um pecado não aproveitar o gancho do futebol, que é uma religião. É como um sonho. Na Turquia, eu pude dirigir o Fenerbahce. Quando ganhamos a Champions Legue da Europa, ficamos duas horas sem conseguir sair do aeroporto por causa de tantos torcedores que queriam celebrar com o time. É outro ambiente, é diferente. Tem muita gente que torce para o Barueri, e acho que essa torcida vai duplicar a partir de agora", acrescentou.
    Time
    O elenco será formado por Diana (central), Juma (levantadora), Maira (ponta), Thayane (levantadora), Nyeme (líbero), Lays (central), Jheovana (ponteira-oposta), Tai Santos (ponteira), Lorenne (oposta), Larissa (central), Jacke (levantadora), Carol (ponteira), Moara (ponteira) e Mayany (central).
    No vôlei feminino, o São Paulo será o terceiro clube de futebol a disputar a Superliga em 2019/2020. O Flamengo conseguiu o acesso pela Superliga B, enquanto o Fluminense já disputava a competição.
    O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, destacou o investimento em esportes olímpicos. O clube estreou no basquete, ficou em segundo lugar na Liga Ouro e disputará o próximo NBB. Além disso, a equipe feminina de futebol luta por um acesso à elite do Campeonato Brasileiro.
    "A decisão do São Paulo veio de um contato que tive com o Zé Roberto há quase um ano quando ele veio assistir a um jogo. Ficamos de conversar e chegou o momento. Ele desenvolveu ideias que batiam com filosofia para a parceria com São Paulo, e para nosso torcedor, tem um efeito extraordinário. Já temos um time de futebol feminino, um de basquete masculino, que vai disputar o NBB. Queremos mobilizar os torcedores, como aconteceu com o basquete no jogo final da Liga Ouro, com 3.000 pessoas torcendo", afirmou Leco.
    Com certeza, o vôlei de Barueri, que já é uma realidade no cenário nacional, com grande destaque no Campeonato Paulista, Copa Brasil e Superliga, vai se fortalecer muito, agora, com essa parceria com o grande São Paulo Futebol Clube.
    Notícias & Opinião parabeniza o treinador Zé Roberto Guimarães pela iniciativa e pela sua dedicação ao esporte, à cidade de Barueri e ao Tricolor do Morumbi. Sucesso! (Com informações da Gazeta Esportiva)
  • COPA DO MUNDO FEMININA: Com três gols de Cristiane, Brasil estreia com vitória no Mundial da França

    As meninas do Brasil correm atrás de seu primeiro título mundial de futebol.

    Ainda sem Marta, que se recupera de lesão muscular na coxa, a Seleção Brasileira Feminina contou com o talento da osasquense Cristiane para vencer a Jamaica por 3 a 0 na estreia do Mundial da França. A atacante, uma das mais experientes do elenco brasileiro, assumiu o protagonismo na estreia e fez os três gols da vitória tranquila no Stade des Alpes, em Grenoble.

    A vitória brasileira encerra encerra uma sequência de nove derrotas da Seleção e um jejum de vitórias que já durava quase um ano. O último triunfo do time do treinador Vadão havia sido conquistado em 29 de julho do ano passado, quando superou o Japão por 2 a 1, em amistoso na Inglaterra.

    Com a vitória, o Brasil assume a liderança do Grupo C por ter saldo de gols superior ao da Itália, que também venceu na primeira rodada. A Austrália, uma das favoritas ao título, ocupa o terceiro lugar enquanto a Jamaica fica com a lanterna. O próximo compromisso do time brasileiro é contra a Austrália, na quinta-feira, às 13 horas, em Montpellier.

    As brasileiras contaram com o brilhantismo de Cristiane, que se tornou a segunda maior goleadora brasileira em Mundiais, agora com oito gols, atrás apenas de Marta, que tem 15, e se aproveitaram da fragilidade das jamaicanas para largar bem no Mundial. O time comandado por Vadão, mesmo sem Marta, dominou as ações na partida, de modo que teve mais posse de bola (62%), finalizou mais vezes - 19, sendo sete ao gol - e foi pouco ameaçado.

    O jogo

    Seleção feminina de futebol 1

    Mostrando superioridade desde o início da partida, o gol brasileiro não demorou sair. E foi logo aos 15 minutos, quando Cristiane recebeu cruzamento de Andressa e cabeceou no canto esquerdo para abrir o placar. Com 1 a 0, as brasileiras tiveram oportunidades para construir uma goleada ainda no primeiro tempo, mas desperdiçaram muitas chances, entre elas um pênalti, que Andressa Alves bateu mal, no canto direito, para defesa da goleira Schneider. A Jamaica foi ao ataque poucas vezes e mesmo assim esbarrou na excelente a goleira Bárbara do Brasil.

    Na segunda etapa, a Seleção Brasileira, voltou ainda com mais fome de gol e muita vontade de Cristiane. A atacante do São Paulo balanço as redes mais duas vezes. Aos quatro minutos, ela completou cruzamento da direita e viu Plummer cortar, mas a bola já havia ultrapassado a linha e o gol foi validado. Aos 18, Cristiane completou o show com uma bela cobrança de falta. Ela bateu com força, a bola explodiu no travessão e pingou dentro do gol.

    Após o terceiro gol, Vadão substituiu Cristiane por Ludmilla. Com a saída da estrela da partida, o ritmo caiu um pouco, mas o Brasil conseguiu administrar o placar sem ser incomodado pelas adversárias. Assim, depois de várias derrotas nos últimos amistosos, a Seleção Feminina do Brasil, a vitória na estreia eleva o moral da equipe para a sequência no Mundial da França. (Com informações do Estado de Minas).

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.