Sexta, 18 Janeiro 2019 | Login
LIGA DAS NAÇÕES: Brasil arrasa a Holanda e vai às semifinais da competição

LIGA DAS NAÇÕES: Brasil arrasa a Holanda e vai às semifinais da competição Featured

Nesta sexta-feira, as brasileiras enfrentarão as chinesas para definir o primeiro lugar da chave
Jogando nesta quinta-feira, 28/06, pela fase final da Liga das Nações de Vôlei Feminino, em Nanquim, na China, a Seleção Brasileira atropelou a Holanda por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-17, 25-23.
Com a vitória, o Brasil se classificou para as semifinais da competição, que substitui o Gran Prix. Nesta sexta-feira, 29, às 9h30, a equipe de José Roberto Guimarães enfrentará a China para definir o campeão da chave.
O Brasil ainda não sabe quem será o seu adversário na semifinal, uma vez que a outra chave está embolada. A Turquia lidera com 3 pontos, seguida de Estados Unidos e Sérvia, todos com chances de classificação.
 Liga Mundial jogo
Contra as holandesas, Tandara marcou 17 pontos
 
No jogo contra a Holanda, a ponteira Gabi, que pela primeira vez jogou os três sets foi um dos destaques com 14 pontos marcados. Ela ficou atrás de Tandara, a melhor da partida, que assinalou 17 pontos. A Seleção Brasileira jogou muito bem em todos os segmentos, sobretudo, no saque e nos bloqueios.
000

About Author

Related items

  • MUNDIAL DE VÔLEI: Minas faz partida histórica e vai decidir título neste domingo

    Brasileiras vencem por 3 a 2 e estão na final. O time de Belo Horizonte vai disputar o título contra o Istambul que derrotou o Praia Clube

     

    O Minas está jogando muito na primeira semifinal do Mundial de Vôlei, na manhã deste sábado, na China.

    As mineiras perderam o primeiro set para o timaço Eczacibasi, da Turquia, mas, se reabilitaram no segundo e venceram por 26 a 24 depois de estarem perdendo por 24 a 19.

    No terceiro set houve um atropelo do time de Belo Horizonte, que venceu por 25 a 14.

    Minas 2

    Agora, vence o quarto set por 8 a 6 e pode se classificar para a final.

    Daqui a pouco o Praia Clube fas a outra semifinal contra o Istambul, também da Turquia.

    Atualizado às 9h30

    Minas vence por 3 a 2 e está na final

    Após perder o quarto set por 25 a 23, o Minas TC venceu o quinto set por 15 a 12.

    Agora as mineiras esperam o segundo jogo das semifinais entre o Praia Clube e Istambul. E o Mundial de Clube poder ter uma final entre os dois clubes de Minas Gerais.

    O Praia Clube jogou muito bem, mas, foi derrotado por 3 sets a 1. O Istambul, sob o comando do brasileiro Marco Aurélio Mota, vai fazer a final contra o Minas Tênis Clube. (Renato Ferreira)

    Atualizado no domingo, dia 11 às 14h

    Minas perde e é vice campeão mundial

    O time mineiro fez uma excelente campanha na competição e ficou com o vice campeonato mundial, depois de perder para o Istambul por 3 a 0, com parciais de (25/23, 25/21 e 25/19), em Shaoxing, na China. Parabéns ao Minas Tênis Clube!

  • Praia Cube vence Osasco e é campeão da Supercopa
    De virada, time de Uberlândia venceu as osasquenses por 3 sets a 1, sábado, em Fortaleza
     
    A taça da Supercopa Brasileira de Voleibol Feminino tem novas donas. Na noite deste sábado 10/11, a equipe do Praia Clube bateu o Osasco, de virada, por 3 a 1. É o primeiro título da equipe na temporada 2018/2019, e assim acaba a hegemonia do Rio de Janeiro, de Bernardinho - até então único campeão do torneio (2015-2017). A partida aconteceu no Centro de Formação Olímpica, em Fortaleza, e contou com a torcida de 4.248 torcedores.
    A equipe mineira perdeu a primeira parcial por 29 a 27, mas se recuperou e venceu os outros três sets por 25 a 17, 25 a 22 e 25 a 23. O bloqueio foi um fundamento em destaque pelo lado do Praia Clube, com 16 pontos marcados.
    Em 2018, a Supercopa de vôlei consagrou apenas campeões inéditos. No último mês de outubro, o Sesi, de São Paulo, bateu o "super campeão" Cruzeiro, por 3 sets a 0, em confronto realizado na casa dos mineiros. De 2015 a 2017, apenas o Cruzeiro havia levantado a taça. Em 2016 e 2017, Fortaleza também foi o palco da decisão masculina.
    O jogo
    O primeiro set ilustrou bem o que seria a partida. Ambos os times começaram bastante focados e parecendo ter estudado bastante o adversário. O primeiro desafio da partida foi pedido logo no quarto ponto disputado, quando o Praia solicitou um toque no bloqueio paulista durante um contra-ataque.
    O Osasco chegou a abrir 23 a 19 no fim do primeiro set, mas o Praia conseguiu diminuir a vantagem e empatar o jogo. Os times ficaram revezando pontos, até que o time paulista conseguiu fechar a primeira parcial em 29 a 27.
    No segundo set, o Praia Clube não baixou a cabeça com o revés anterior, e entrou com tudo na segunda parcial. Ao passo que evoluía o jogo das mineiras, o Osasco baixou a agressividade, especialmente no ataque — a oposta paulista Lorenne não pontuou durante todo o set. O Praia Clube aproveitou todas as oportunidades que teve, e jogou com vantagem praticamente todo o set. A equipe mineira fechou a segunda parcial em 25 a 17.
    No terceiro set, o Praia mais uma vez começa bem a parcial e abre 4 a 0, com boa atuação da oposta americana Nicole Fawcett que faz três, dos quatro, pontos. O Osasco diminui a vantagem e o set fica equilibrado mas o Praia abre 16 a 13 e chega na frente na segunda parada técnica.
    Para tentar mudar a situação, o técnico Luizomar de Moura coloca a bicampeã olímpica Paula Pequeno no lugar de Angela Leyva, mas o Osasco para no bloqueio mineiro, especialmente com a central Carol. A equipe praiana vira o jogo, fechando a terceira parcial em 25 a 22, em um bloqueio da ponteira Ellen.
    No quarto set, o técnico Luizomar põe em quadra uma equipe modificada, com Paula Pequeno e a oposta americana Hooker de titulares. A campeã olímpica inicia bem o quarto set pontuando no bloqueio, ataque e saque logo no começo da parcial e o Osasco chega a abrir 13 a 9.
    No entanto, o Praia Clube se recupera e vira o set em 22 a 21, com um bloqueio, parando um contra-ataque da americana Hooker. O time mineiro chega ao match point com um saque da Fernanda Garay. E finaliza a partida com um contra-ataque da ponteira Michelle Pavão, em 25 a 23.
    Superliga 2018/2019
     Praia Clube e Osasco Audax
     
    Osasco e Praia Clube são dois clubes que entram como alguns dos favoritos na próxima Superliga Feminina. A equipe mineira estreia no próximo dia 13 contra o Pinheiros. Do lado de Osasco, a estreia é contra a equipe São Cristóvão/São Caetano. Ambos jogam fora de casa. (G1)
  • SUPERCOPA 2018! Vôlei Osasco-Audax e Praia Clube disputam o título, hoje, em Fortaleza
    Antes do início da Superliga 2018/2019, neste sábado tem jogaço entre Vôlei Osasco Audax e Praia Clube. A partir das 21h30, em Fortaleza, os dois times disputam o título da Supercopa 2018
     
    O Vôlei Osasco-Audax encara a segunda final seguida na mesma semana neste sábado.10/11, quando disputa o título da Supercopa 2018 contra o Dentil/Praia Clube. O duelo - em partida única – abre a temporada nacional e coloca frente a frente os atuais campeões da Copa Brasil e da Superliga, que são Osasco e Praia, respectivamente. O jogo começa às 21h30 (horário de Brasília) - 20h30 no horário local -, no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, Ceará, com transmissão do Sportv 2.
    Mari Paraíba, Walewska, Claudinha, Paula Pequeno e cia. entram em quadra embaladas pela boa atuação na final do Campeonato Paulista, disputada na segunda-feira (5), em Bauru. Apesar de terem sido superadas por 3 sets a 2, as comandadas de Luizomar apresentaram um vôlei de alto nível, aliando técnica, tática, concentração e garra do primeiro ao último ponto. O adversário também vem de um vice-campeonato estadual. Na noite de quarta-feira (7), o Dentil/Praia Clube perdeu por 3 sets a 0 para o Minas Tênis Clube.
    “Vamos para mais uma decisão em menos de uma semana. Batemos na trave no Paulista e fica um gostinho de quero mais. Agora teremos mais um adversário muito forte pela frente, mas estamos confiantes e acredito muito na nossa equipe e no nosso trabalho. Estamos evoluindo a cada partida e agora é entrar em quadra para dar o nosso melhor. Tenho certeza que vamos voltar com uma vitória”, garante a levantadora Claudinha, que na temporada passada conquistou o título da Superliga ao lado de Natasha e Walewska, defendendo as cores do time de Uberlândia.
    Praia Clube
    As meninas do Praia Clube são as atuais campeãs da Superliga
     
    Osasco e Praia reeditam na Supercopa a final da Copa Brasil do ano passado. Na competição disputada em Lages, Santa Catarina, no início de 2017, a equipe osasquense levou a melhor, conquistando o título com uma vitória por 3 sets a 0. Os dois times voltaram a travar uma série decisiva na semifinal da Superliga. Desta vez, as mineiras levaram a melhor, mas somente na quinta partida de um playoff muito equilibrado e de alto nível técnico. (Assessoria de Imprensa: ZDL Sports - Imagens: João Pires/Fotojump)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.