Segunda, 09 Dezembro 2019 | Login
LIGA DAS NAÇÕES: Brasil perde da Alemanha por 3 a 1 na estreia

LIGA DAS NAÇÕES: Brasil perde da Alemanha por 3 a 1 na estreia Featured

As alemãs surpreenderam as meninas brasileiras e, de virada, venceram por 3 sets a 1 no primeiro jogo da Liga das Nações em Barueri. Nesta quarta, o Brasil enfrenta o Japão a partir das 15h no Poliesportivo José Corrêa
 
 
Desfalcado de algumas jogadoras consideradas titulares, a Seleção Brasileira de Vôlei Feminino perdeu nesta terça-feira, 15/05, da Alemanha por 3 sets 1 no primeiro jogo da Liga das Nações, que acontece na cidade de Barueri, região Oeste da Grande São Paulo. As parciais foram de 25/15, 22/25, 18/25 e 20/25. Após ganhar o primeiro set, as meninas do Brasil, sob o comando de José Roberto Guimarães, foram surpreendidas por uma Alemanha descontraida que não encontrou dificuldades para vencer os três sets seguintes. No segundo jogo, a Servia venceu o Japão por 3 sets a 0.
 
Liga das Nações Ginásio J. Corrêa
O grande número de torcedores compareceu ao belo Ginásio José Corrêa para torcer pela Seleção Brasileira
 
Nesta quinta-feira, 16, a partir das 15h, a Seleção Brasileira tentará a recuperação diante do Japão. Na outra partida, jogarão as duas equipes vencedores na estreia: Alemanha e Sérvia. Já na quinta-feira, 17, na última rodada da etapa brasileira da Liga das Nações, o Brasil jogará contra a Sérvia, enquanto a Alemanha pegará o Japão.
 
A surpresa pela derrota brasileira é maior ainda se levarmos em consideração os confrontos entre Brasil e Alemanha no Gran Prix, cujo torneio deu lugar à Liga das Nações em 2018. Como o maior ganhador do Gran Prix, com 12 títulos, as brasileiras nunca haviam perdido das alemãs na competição.
 
Liga das Nações Furlan na torcida
Nas arquibancadas, o Brasil contou com a torcida do prefeito de Barueri, Rubens Furlan, (à esquerda)
 
Mas, mesmo com esse histórico negativo, as alemãs não se intimidaram diante do grande número de torcedores que estiveram no Ginásio Poliesportivo José Corrêa empurrando as brasileiras. Jogando com eficiência no ataque, as visitantes se impuseram e venceram por 3 a 1.
Liga das Nações Brasil
O Brasil venceu bem o primeiro set, mas, foi supreendido pela Alemanha ao longo da partida
 
A Seleção Brasileira pode ter sentido a ausência de atletas importantes para o grupo, como Thaisa, Natália e Gabiru. Hoje, elas não entraram em quadra por problemas físicos. A ponteira Gabi, também se recuperando de contusão, jogou só no primeiro set por recomendação médica. Para o técnico José Roberto Guimarães, a Seleção visa o título da Liga das Nações, mas, segundo o treinador tricampeão olímpico, o mais importante é resguardar as atletas para que todas tenham condições plenas para disputar o Mundial da categoria. (Fotos: Sérgio Barzaghi / Gazeta Press)
000

About Author

Related items

  • SAÚDE: Ministério da Saúde e IBGE coletarão dados sobre população infantil
    Pesquisa em domicílios também avaliará saúde da mulher em todo o território nacional.
     
    O Ministério da Saúde (MS) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) formalizam nesta segunda-feira, 09/12 um termo de Cooperação Técnica de Pesquisa em Saúde de Base Domiciliar Nacional que possibilitará a coleta de informações relevantes sobre a saúde da população e a capacidade do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco na Atenção Primária à Saúde (APS).
    De acordo com o ministério, serão destinados R$ 30,1 milhões para o convênio, de forma a viabilizar a realização de três pesquisas: a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), a Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS) e a Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária (AMS).
    A PNAD Contínua tem previsão de ser iniciada em 2020 e abranger cerca de 210 mil domicílios. A ideia é obter dados mais apurados sobre a Atenção Primária à Saúde (APS) e sobre o desenvolvimento infantil, possibilitando um “diálogo intersetorial” com outras políticas públicas – caso do Marco Legal da Primeira Infância, desenvolvido pelo Ministério da Cidadania.
    “Nessa pesquisa, serão incorporados dois módulos para abordar a saúde da população infantil. Um deles vai avaliar a qualidade da APS na perspectiva do cuidado à criança, com a inserção do PCATool-Brasil [modelo de avaliação da qualidade de serviços que se baseia na mensuração de aspectos de estrutura, processo e resultados dos serviços de saúde] em sua versão infantil”, informou por meio de nota o MS.
    O outro módulo inclui o desenvolvimento infantil, por meio do instrumento de avaliação do projeto Primeira Infância para Adultos Saudáveis (PIPA).
    Já a PNDS, feita pela última vez em 2006, atualizará as informações sobre a saúde da mulher e da criança “para construção de séries históricas e estudos comparativos em nível nacional e internacional”. Para tanto, a pesquisa contará com “instrumentos para avaliação da atenção primária, porta de entrada do SUS, em relação ao cuidado oferecido à população”.
    Essa pesquisa será iniciada no primeiro semestre de 2021. Por meio de entrevistas domiciliares com visitas a 110 mil domicílios, ela fornecerá dados e indicadores relevantes para o contexto da saúde da mulher e da criança, com foco em reprodução, amamentação e saúde nutricional.
    Tendo por base dados obtidos pelo IBGE, a iniciativa pretende incluir “assuntos relevantes para a avaliação do momento atual do SUS”. Para tanto, será resgatada a Pesquisa de Assistência Médico-Sanitária, que teve a última edição em 2009. A previsão é de que nesse caso a pesquisa abranja cerca de 100 mil estabelecimentos de saúde no 2º semestre de 2021.
    Segundo o Ministério da Saúde, essa pesquisa será feita via ligações telefônicas, com o objetivo de atualizar o “perfil da capacidade instalada do SUS, considerando os subsistemas público e privado, além de permitir conhecer o perfil da força de trabalho em saúde e da oferta e uso dos equipamentos médico-hospitalares”.
    Também será criado um módulo específico para avaliar as estruturas das unidades de saúde familiar, no âmbito da atenção primária à saúde, “permitindo a conexão com o novo e-SUS AB [estratégia de qualificação da gestão da informação] e a base Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES)”. (Agência Brasil)
  • BARUERI: Forças de segurança da cidade recebem 150 novas viaturas
    Além da excelente gestão nas áreas da Saúde e Educação, o governo de Rubens Furlan não esquece também de outras áreas, como a segurança pública, que acaba de receber novos 150 veículos para o policiamento. E o resultado disso é a queda da criminalidade.
     
    Na manhã desta quarta-feira, 04/12, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan comandou uma importante cerimônia que marcou a entrega oficial das novas viaturas às forças de segurança do município. A nova frota é composta por 150 viaturas zero quilômetro, sendo 22 Hilux, destinadas ao Comando e Subcomando da Guarda, Romu (Ronda Ostensiva Municipal), Patrulhamento Tático Feminino, coordenadoria geral, inspetoria regional, comando de força e do canil, que é a nova modalidade de policiamento da Segurança. Há também 65 viaturas no modelo Oroch para a radiopatrulha.   O Demutran ganhou 20 motos XRE de 300 cilindradas, 15 viaturas Amarok e 12 Oroch. A Guarda Ambiental também recebeu três viaturas Amarok e duas Oroch totalmente personalizadas. Já a Defesa Civil conta agora com dois resgates equipados no modelo Master, dois veículos Amarok e dois Oroch.   Também foram apresentadas as quatro bases móveis, no modelo Master, que circularão pela cidade diariamente em pontos estratégicos garantindo a segurança nos bairros.  De acordo com a secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Regina Mesquita, o dia foi de conquista para a cidade.
     
    “Hoje, estamos renovando a frota e com ela, chegam algumas ferramentas que possibilitarão mais agilidade na luta contra o crime e também mais segurança para a população e para os guardas”, comentou, enfatizando o novo sistema de GPS que integra cada viatura. “Com isso, conseguimos localizar cada veículo em tempo real, e no caso de algum acidente ou incidente, o socorro chegará rapidamente”, completou.   Isso porque todos os veículos são controlados pelo novo Centro Integrado de Monitoramento, que foi ampliado e reformulado para alcançar toda a cidade. Outra novidade é que agora toda viatura tem compartimento para o transporte de detidos, que antes só havia em alguns carros. As viaturas também possuem "luz de beco" que ilumina a lateral do veículo e ajuda no momento da abordagem em calçadas, além do chamado “quebra-mato” que é uma exclusividade de Barueri. 
    Crimes em queda 
    A nova aquisição só vem reforçar ainda mais a segurança da cidade que, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado de SP, tem diminuído cada vez mais o índice criminal. Na comparação de janeiro a outubro, de 2016 até agora, a cidade diminuiu mais de 25% dos crimes, alcançando o menor número da história de Barueri em relação a roubos de veículos, baixando quase 23% em relação ao ano passado e mais de 50% nos últimos três anos. Neste período houve também redução nos casos de homicídio doloso (-52%), roubo (-32%), furto (19%) e furto de veículo (18%). 
     
    Emoção 
    No início da cerimônia, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, entregou uma homenagem ao guarda municipal aposentado Luciano Gomes Nogueira pelo tempo de serviço prestado à corporação e relembrou a carreira do pai. “O meu pai era soldado da Polícia Militar e em suas escalas trabalhava pelo menos duas noites por semana patrulhando a nossa cidade. Nós tínhamos muita preocupação com ele e, geralmente, íamos dormir pensando em sua segurança e nos riscos que corria. Assim é o trabalho de cada guarda municipal. Precisamos ter segurança para ter tranquilidade”, ressaltou Furlan. (Fonte: Secom/PMB)
  • POLÍTICOS/LADRÕES: PF faz operação contra fraudes na merenda em Osasco, Barueri, Cotia, Jandira e Itapevi
    São investigados empresários, ex-prefeitos, servidores e ex-servidores municipais, secretários e ex-secretários de prefeituras e uma vereadora. A Justiça determinou também o bloqueio de bens dos envolvidos, em quantia que alcança o total de R$ 2 bilhões.
    A Polícia Federal e o MPF (Ministério Público Federal) deflagraram nesta terça-feira, 26/11, a Operação Cadeia Alimentar 2, que investiga fraudes no fornecimento de merenda escolar em 50 cidades paulistas entre 2013 e 2017. São municípios da região Oeste da Grande São Paulo e Interior e Litoral.
    No total, são cumpridos 27 mandados de prisão temporária e 57 de busca e apreensão em 27 municípios do estado. Entre os alvos dos mandados estão empresários, ex-prefeitos, servidores e ex-servidores municipais, secretários e ex-secretários de prefeituras e uma vereadora.
    As medidas foram autorizadas pela 4ª Vara Federal de Ribeirão Preto e se baseiam em informações obtidas por meio de delação premiada que dois envolvidos no esquema firmaram com o MPF e a PF. Além de autorizar as prisões, a Justiça Federal determinou o bloqueio de bens dos envolvidos, em quantia que alcança o total de R$ 2 bilhões.
    Merenda escolar fraude
    Segundo informações do MPF, as irregularidades investigadas abrangem contratos para fornecimento de alimentação escolar nos municípios de Americana, Barretos, Barueri, Cotia, Cubatão, Franca, Guarujá, Guarulhos, Iperó, Itapetininga,Itapevi, Jandira, Jarinu, Limeira, Marília, Morro Agudo, Osasco, Paulínia, Peruíbe, Pirassununga, Porangaba, Rio Claro, São Carlos, São Roque, São Vicente e Sorocaba.
    Esta operação é uma continuidade da Operação Cadeia Alimentar, deflagrada em maio do ano passado. Os alvos são investigados pela prática de organização criminosa, fraude a licitações, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva e prevaricação.
    Esquema
    De acordo com o MPF, as apurações apontam que o esquema foi capitaneado por um frigorífico sediado na cidade de Brodowski, com o auxílio de outras firmas do mesmo grupo.
    A partir do pagamento de propinas, que giravam em torno de 10% do valor dos contratos, os envolvidos direcionavam licitações para favorecer a empresa lançando mão de uma série de fraudes, como a simulação de concorrência, o ajuste prévio de preços e a inclusão de exigências técnicas nos editais que limitavam a participação de outros interessados.
    Concluídos os processos de seleção, o frigorífico fornecia os produtos com superfaturamento ou, em alguns casos, sequer os entregava, embora recebesse os pagamentos referentes a eles.
    Os mandados de prisão e de busca e apreensão incluem endereços residenciais, de órgãos públicos e de escritórios empresariais. Os agentes cumprem as medidas nos municípios de Americana, Atibaia, Barretos, Campinas, Cotia, Cubatão, Franca, Garça, Guarujá, Jandira, Matão, Orlândia, Osasco, Paulínia, Praia Grande, Rio Claro, Santos, São Carlos, São Joaquim da Barra, São José do Rio Preto, São Paulo, São Roque, São Vicente, Sorocaba, Sumaré, Taquaritinga e Votorantim.
    Os mandados de busca e apreensão visam à coleta de dispositivos e mídias eletrônicos que contenham o registro dos diálogos entre os investigados por mensagens de aplicativo ou e-mails.
    Na região Oeste da Grande São Paulo, as ordens da “Cadeia Alimentar 2” são cumpridas em:
     Merenda escolar fraude Osasco
    • Osasco (1 mandato de busca/apreensão)
    • Jandira (1 busca/apreensão)
    • Cotia (1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão)
    • Itapevi (1 mandado de prisão e 1 busca/apreensão)
    (Fonte: oestepaulistanoticias com informações do Estadão)
    Opinião do Jornalista Renato Ferreira
     
    Prisão perpétua é pouco para esses monstros travestidos de politicos
    Qualquer tipo de corrupção praticado por gestores públicos é digno de repúdio por parte da sociedade, mas, parece que o caso de desvio de recursos públicos destinados à merenda escolar é um dos crimes mais cruéis, pois, o administrador, que deveria trabalhar pelas melhorias do alimento, acaba roubando e tirando a merenda das crianças.
    Como já foi provado, muitas crianças brasileiras de famílias pobres têm na merenda escolar a sua principal refeição diária. E mesmo assim, esses monstros, travestidos de políticos e representantes do povo, ainda têm coragem de fraudar e se enriquecer ilicitamente com recursos da merenda escolar.
    Concordo com um internauta que postou indignado, hoje, logo após o início da operação da PF. Para ele, prisão perpétua seria pouco para esses políticos criminosos que, dentro de poucos meses, estarão batendo às portas dos munícipes em busca de votos. (Renato Ferreira)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.