Domingo, 24 Março 2019 | Login
Praia Clube atropela o Sesc/RJ e conquista título inédito na Superliga Feminina de Vôlei

Praia Clube atropela o Sesc/RJ e conquista título inédito na Superliga Feminina de Vôlei Featured

 

Time de Uberlândia vence o segundo jogo da final  por 3 a 0; vence o Golden Set e quebra a hegemonia de cariocas e paulistas na competição

 

A cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro está em festa e, com certeza, jamais vai esquecer a manhã deste domingo, 22/04. Com mais de 6 mil pessoas lotando o Ginásio do Sabiazinho, o Praia Clube, comandado pelo técnico Paulo Coco atropelou o Sesc/RJ do supercampeão Bernardinho, e conquistou pela primeira vez o título da Superliga Feminina. Como havia perdido o primeiro jogo da final por 3 sets a 1, no Rio de Janeiro, o Praia entrou focado e não deu chances ao adversário.

 

Praia Clube campeão 2

Fazendo um jogo emocionante, as mineiras venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 25/17,  e levaram a decisão para o Golden Set, quando venceram também, faturando o título inédito  da Superliga Feminina. Neste ano, foi a primeira vez que que CBV fez a final da competição em dois jogos e o Golden Set, caso houvesse empate nos dois jogos. 


Praia Clube campeão 4

Além da conquista inédita do Praia Cluba, o jogo de hoje em Uberlândia marcou também a despedida da supercanpeã Fabi, líbero  do Sesc/RJ. A Fabizinha, como é conhecida, já havia deixado a Seleção Brasileira e, hoje, se aposentou das quadras. Aos 38 anos, sendo vinte deles dedicado ao vôlei, a bicampeã olímpica (Pequim 2008 e Londres 2012) deixa o esporte após 13 temporadas no time do Rio de Janeiro. Ao todo, ela disputou 14 finais de Superliga, faturando dez títulos. Emocianada, no final do jogo, Fabi reconheceu a superiodidade das mineiras, mas, agradeceu por ter se aposentar disputando mais uma decisão da Superliga.

 

O jogo

Mesmo jogando fora de casa e enfrentando a empolgante torcida adversária, o Sesc/RJ iniciou melhor a partida, abrindo 5/2 logo no começo. Em devantagem,o técnico Paulo Coco parou a partida e orientou as jogadoras do Praia, que, em seguida, conseguiram a virada na parcial (6/5). O confronto, então, passou a ser disputado ponto a ponto, com vários bloqueios e Fê Garay fazendo a diferença para o time da casa. Fabi defendia bolas incríveis para o Rio, mas sua equipe estava com dificuldade de virar bolas, e com isso as mandantes abriram quatro pontos na reta final do set (21/17). O Praia fechou a parcial, após uma jogadora carioca invadir por cima da rede, em 25/19: 1 set a 0.

 

O segundo set começou com o Sesc/RJ tendo novamente dificuldades no ataque. Com a  levantadora Roberta não estando bem na partida, o time carioca não consequirar as viradas. enquanto Claudinha, do Praia, fazia, com certeza, a sua melhor partida na competica e distribuia as bolas com falicidade para as suas companheiras. E, novamente, o Praia, com Fernanda Garay, numa disputada na rede, fechou a parcial em 25/23: 2 sets a 0.

 

Com 2 a 0 no placar, o Praia começou ainda mais tranquilo e virando bolas no terceiro set. Contando cada vez mais com o apoio de sua torcida, o time de Uberlândia não tinha dificuldade para atacar, além de conquistar pontos também nos bloqueios. O Sesc tentava reagir na partida, mas, sem êxito. Administrando bem a vantagem, as mineiras venceram o set por 20 a 17, fazendo 3 a 0.

 

Golden Set

 

Com o empate na série, a decisão foi para o Golden Set. E o time da casa começou a parcial decisiva demonstrando a mesma confiança dos três sets vencidos. A cada ponto conquistado, o Sabiazinho explodia em vibração e gritos da torcida.. Porém, aos poucos, o time de Bernardinho, que fazia a sua 14ª decisão consecutiva, começou a reagir e chegou a fazer 13/11, o que fez Paulo Coco a pedir tempo técnico. E a estratégia funcionou.  O Praia Clube reagiu e fechou o Golden Set por 25/18, para vibração das companheiras, comissão técnica e da grande torcida no Sabiazinho. O último ponto foi da americna Fawcett.

 

Veja, aqui, os minutos finais do Golden Set, a vibração da torcida no Ginásio Sabiazinho e as palavras da emocionada Fabizinha:  https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1695503283873238

000

About Author

Related items

  • SUPERLIGA FEMININA: Em jogo emocionante, Osasco vence Barueri e força terceira partida nos playoffs

     

    Na noite desta sexta-feira, 22/03, o Vôlei Osasco Audax e o Hinode Barueri fizeram uma partida que vai ficar na história da Superliga Feminina de Vôlei. Depois de perder os dois primeiros sets - com a primeira parcial de 25 a 5 - o time de Osasco virou o jogo e venceu por 3 sets a dois, com parciais de 5/25, 17/25, 25/22, 25/20 e 15/11. A partida valeu pela segunda rodas dos playoffs das quartas de final. O primeiro duelo foi vencido pelas baruerienses por 3 sets a 2.

    Mais de 4 mil torcedores lotaram o Ginásio José Liberatti, em Osasco, e fizeram uma festa inesquecível com a virada histórica das meninas comandadas por Luizomar de Moura. Agora, Walewska, Mari Paraíba, Camila Brait, Hooker e cia. se preparam para a terceira e decisiva, que será realizada na terça-feira, 26, às 19h, no Ginásio José Corrêa, em Barueri. O vencedor desta série vai enfrentar o Minas Tênis Clube que venceu os dois jogos contra o Vôlei Curitiba

    Técnica e garra

    Osasco e Barueri torcida

    Ao fim da fase de classificação da Superliga 2018/19, os apaixonados por vôlei já sabiam que os confrontos entre Hinode Baruei (4º colocado) e Osasco Audax (5º), seriam os mais equilibrados das quartas de final. E os dois primeiros jogos confirmaram essa expectativa.

    Depois da vitória por 3 sets a 2, na primeira partida, atuando fora de casa, o Barueri fez um primeiro set impecável, em Osasco, dando a entender que poderia avançar às semifinais com apenas dois jogos.

    Com grande atuação de toda a equipe, as comandadas de José Roberto Guimarães venceram tranquilamente por 25 a 5. No segundo set, o Osasco acordou e chegou a atuar melhor em diversos momentos, porém, o Barueri voltou a vencer por 25 a 17.

    E quando a partida parecia já resolvida para o Barueri, o time da casa mostrou que ainda estava vivo no jogo. No terceiro set, o Audax teve uma grande atuação e venceu por 25 a 22. No quarto, o roteiro se repetiu e o Osasco fechou a parcial por 25 a 20. Já no quinto set, as osasquenses foram novamente mais eficientes e venceram por 15 a 11.

    Sesc/Rio e Sesi/Bauru empatam

    Sesc e Sesi

    Também na noite de sexta-feira, as equipes do Sesc RJ e do Sesi Bauru fizeram a segunda partida das quartas de final. E o time de Bernardinho empatou a série ao vencer por 3 sets a 0. Na primeira partida, em Bauru, a vitória foi das paulistas por 3 sets a 1. A terceira e decisiva será realizada na próxima terça-feira, 16, às 21h30, novamente no Rio de Janeiro. O vencedor desta série irá enfrentar o Praia Clube que passou pelo Fluminense vencendo a série por 2 a 0. (Renato Ferreira)

  • SUPERLIGA FEMININA: Minas e Praia já estão nas semifinais
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    Jogando nesta quinta-feira, 21/03, pela segunda rodada dos playoffs das quartas de final, as equipes do Minas Tênis Clube e do Praia Clube venceram, respectivamente, o Vôlei Curitiba e o Fluminense, e se classificaram para as semifinais da Superliga Feminina 2018/19, sem a necessidade de uma terceira partida.
     
    Minas 3 X 1 Curitiba
    Minas e Curitiba
     
    O Minas confirmou o favoritismo e avançou às seminfinais da Superliga Feminina. A equipe de Belo Horizonte voltou a vencer o Vôlei Curitiba, dessa vez por 3 sets a 1, jogando na Arena MTC.  As parciais foram de 25/14, 25/20, 20/25 e 25/11.

    Na  primeira partida,  sexta-feira passada, na capital paranaense, o MInas - líder na fase de classificação - não encontrou dificuldades contra o Curitiba  e venceu por 3 a 0.  Já em BH, o time paranaens, que estreia na Superliga Feminina e que ficou em oitavo lugar, chegou a dar mais trabalho e o terceiro set por 25 a 20. Mas, isso não bastou para assustar as mineiras que venceram o quarto set por um massacrante 25 a 11, repetindo a superiodidade do primeiro set. 

    O adversário do Minas Tênis Clube na semifinal sairá do duelo entre Barueri e Osasco. No primeiro confronto entre os times paulistas, o Barueri saiu em vantagem ao vencer por 3 sets a 2, em casa.  Nesta sexta-feira, às 19h, em Osasco, acontece a segunda partida. Em caso de novo triunfo, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães avançará sem a necessidade de um terceiro e decisivo jogo. 
     
    Praia 3 X 0 Fluminense
     
    Praia e Flu
    Também nesta quinta-feira, 21, o Praia Clube, que ficou em segundo lugar na fase de classificação, eliminou o Fluminense com mais uma vitória, dessa vez no Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro. O placar de 3 sets a 0,  demonstra que o time de Uberlândia classificou-se de forma tranquila para as semifinais.  As parciais  foram de 25/15, 25/15 e 25/21.  
    No primeiro jogo, na Arena Uberlândia, o Praia Clube derrotou as cariocas por 3 a 0. Assim como ocorreu em casa, o atual campeão da Superliga Feminina não encotrou muita resistência por parte do tricolor.  Fernanda Garay e a oposto norte-americana Nicole Fawcett, foram os destaques da excelente equipe do Praia Clube.  Fawcett foi eleita a melhora jogadora em quadra e ficou com o troféu Viva Vôlei. 
    O Praia terá como adversário nas semifinais o vencedor da série entre o Sesi-SP e Sesc-RJ.  Na primeira partida, em Bauru, o time paulista surpreendeu e derrou a equipe de Bernardinho por 3 sets 1. Agora, o time carioca terá vencer para provocar a terceira e decisiva partida dos playoffs.
     
    Mais um clássico paulista
    Osasco e Barueri
    A segunda rodada das quartas de final será encerrada nesta sexta-feira, 22/03. No Ginásio José Liberatti, em Osasco, aconcerá mais um clássico paulista entre as equipes do Osasco Audax e Hinode Barueri. No jogo de ida, em Barueri, as meninas comandadas por José Roberto Guimarães levaram a melhor e venceram as osasquenses num disputadíssimo jogo por 3 sets a 2. E nesta noite não será diferente. O Osasco, de Luizomar de Moura, terá que vencer para provocar o terceiro jogo, que se for necessário, será realizado novamente em Barueri.
     
    Cariocas e paulistas
    Sesi e Sesc
     
    Já no Ginásio do Tijuca, às 21h30, vai aconecer a segunda partida entre o Sesc-Rio e o Sesi-SP. No primeiro jogo, em Bauru, o time de Bernardinho foi supreendido pela boa equipe do Sesi, que venceu o duelo por 3 sets a 1. Agora, para se classificara, a equipe carioca terá que vencer o segundo. Caso isso aconteça, a terceira e decisiva partida será realizada também no Rio de Janeiro. (Renato Ferreira)
  • SUPERLIGA FEMININA: Minas e Praia confirmam favoritismo e vencem na estreia dos playoffs
     
    Na abertura dos playoffs, nesta segunda-feira, 18/03, os dois times mineiros - Minas e Praia Clube - que terminaram em primeiro e segundo lugares, respectivamente, na fase de classificação, confirmaram o favoritismo e venceram o primeiro duelo das quartas de final.  As minatenistas venceram o Vôlei Curitiba por 3 sets a 0, na Capital paranaense, mesmo placar da vitória do Praia Clube sobre o Fluminense, em Uberlândia.
     
    Minas X Curitiba
    Minas x Curitiba
     
    Líder na fase de classificação, quando perdeu apenas dois jogos, o Minas confirmou o favoritismo ao vencer o Curtiba - oitavo colocado - na abertura dos playoffs das quartas de final da Superliga Feminina. O time de Belo Horizonte ganhou por 3 sets a 0 , parciais de 25/18, 32/30 e 25/19, na noite desta segunda-feira, no Ginásio de Esporte da Universidade Positivo, na capital paranaense, e saiu na frente na série melhor de três partidas do confronto.
    O Minas se classificará às semifinais, caso vença também segundo duelo, marcado para esta quinta-feira, às 19h, na Arena Minas Tênis Clube. Se as paranaenses venceram,  o terceiro e último jogo será na segunda-feira, dia 25, às 19h, novamente no ginásio do Minas.
     
    Praia X Fluminense
    Praia x Fluminense
     
    Jogando em seu ginásio na cidade de Uberlândia e com a segunda melhor campanha na primeira fase da Superliga Feminina, o Praia Clube não teve dificuldade na abertura dos playoffs das quartas de final. Nesta segunda-feira, em casa, o Praia derrotou o Fluminense - sétimo na classificação geral - por 3 sets a 0. As parciais foram de 25/23, 25/17 e 25/19.
    A segunda partida entre os dois times será nesta nesta quinta-feira, às 21h30, no Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro. Se vencer novamente o Fluminense, o Praia garantirá a classificação para as semifinais sem a necessidade do terceiro jogo. Já em caso de vitórTricolor, a terceira partida que fechará a série melhor de três está marcado para segunda-feira, dia 25, às 21h30, na Arena em Uberlândia. (Renato Ferreira)
     
    Mais dois jogos
    O complemento da primeira rodada das quartas de final será realizado nesta terça-feira, 19/03. Às 19h, no Ginásio de Esportes José Corrêa, acontecerá o grande clássico paulista entre o Hinode Barueri o Osasco Audax. Já na cidade de Bauru, às 21h30, jogarão o SESI-SP e o SESC-Rio, do Bernardinho.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.