Quarta, 22 Novembro 2017 | Login

 

Na sexta-feira, (29/09), durante a votação do Plano PluriAnual (PPA), na Câmara Municipal de Osasco, o vereador Ralfi (PODE) propôs seis emendas ao Projeto de Lei. O PPA é formulado pela Secretaria de Planejamento e apresenta planos e metas que irão nortear a administração pública municipal nos próximos 4 anos. São as diretrizes que o Prefeito Rogério Lins terá para realizar suas ações planejadas para o seu mandato.


Todas as seis emendas apresentadas por Ralfi foram aprovadas pelo Legislativo. São emendas que contemplam investimentos para as áreas da Saúde, Segurança e Causa Animal, como o Exame Ampliado do Pézinho na Rede Pública Municipal de Saúde (essa ampliação previne um total de 48 tipos de doença, contra seis atualmente);  viaturas ovas para o Corpo de Bombeiros; construção e manutenção do 1º Hospital Veterinário Gratuito, manutenção do Castramóvel, que levará atendimento gratuito para todos os animais da cidade; e acConstrução de mais três unidades Pet Parques em Osasco. "Com um trabalho sério, apoiando as ações do Executivo e com o  Mandato Participativo, temos certeza que os investimentos vão aumentar em nossa cidade", afirma Ralfi. (Fonte: Assessoria)

 

Jogando na noite desta segunda-feira (09/10), no Ginásio de Esportes José Correia, o Vôlei Nestlé, de Osasco, venceu a equipe do Hinode Barueri por 3 sets a 0, na primeira partida da final do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei. Com o ginásio lotado por cerca de 3.500 pessoas, a partida foi emocionante, apesar do placar de 3 a 0. As parciais foram de 25/21, 25/18 e 25/16. Agora, as duas equipes voltam a se enfrentar na grande final, sexta-feira (13/10), às 18h30, no Ginásio José Liberatti, em Osasco. 

As meninas de Barueri, comandadas pelo tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, apesar de terem jogado bem, não conseguiram segurar a forte equipe de Osasco, pentacampeã paulista. O Hinode ainda sofreu uma baixa poucos minutos antes do jogo. A levantadora Naiane sofreu uma lesão no joelho sendo substituída em cima da hora por Ana Cristina.

 VOlei Nestlé

Comandada por Tandara, Paula e cia, o Vôlei Nestlé, sob o comando de Spencer Lee, comandou as ações em todos os sets, chegando a abrir 9 a 0 no início do segundo set. No primeiro, o jogo foi mais equilibrado, com vitória das osasquenses por 25 a 21. Com início arrasador na segunda parcial, mesmo com a reação de Barueri, a equipe de Osasco confirmou a vitória por 25 a 18. E no terceiro set, o resultado foi de 25 a 16, com as osasquenses fechando a partida em 1h30 de jogo.

Agora, com a vitória em Barueri, o Vôlei Nestlé chega ao hexacampeonato se vencer novamente em casa. Ao Hinode, resta vencer a partida normal e ainda conquistar a vitória no golden set para chegar ao seu primeiro título na principal competição de vôlei feminino no estado de São Paulo.

Despido do "Lulinha Paz e Amor", o ex-presidente petista retoma a narrativa do "nós contra eles", que é repetida por seus seguidores país afora, como aconteceu em Osasco, nesta segunda-feira, durante evento de entrega de Título de Cidadão a João Doria

 

Condenado a 9 anos e 6 meses de prisão em primeira instância e correndo o risco claro também de ter a sua condenação confirmada e aumentada em segunda instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  (PT), disse nesta segunda-feira (09/10),  que está "lascado",  afirmando, em seguida, que espera "desculpas" do juiz Sérgio Moro. A afirmações de Lula foram feitas durante ato em defesa das universidades públicas. Além de subir o tom contra a Lava Jato,  Lula também desafiou seus acusadores a ver o que acontecerá no país se o impedirem de ser candidato ao Palácio do Planalto em 2018.

"Eu sei que eu estou lascado. Todo dia tem um processo. Não quero nem que o Moro me absolva, só quero que peça desculpas", declarou o ex-presidente. Aplaudido pela plateia, que o chamava de "guerreiro do povo brasileiro", Lula continuou em sua ofensiva verborrágica.  "Eles agem todo santo dia para me tirar da disputa. Obviamente que eles podem. Juntam meia dúzia de juiz e votam. Não me deixam ser candidato e pronto. Se eles acham que, me tirando da disputa, está resolvido o problema deles, façam e vamos ver o que acontece no País", desafiou o ex-presidente petista, que abandou a marca de "Lulinha Paz e Amor", criada por Duda Mendonça, um dos primeiros da lista de marqueteiros corruptos, responsáveis pelas campanhas petistas, acusados e condenados pela Lava Jato. E foi como "Lulinha Paz e Amor", que Lula chegou ao poder, em 2002, depois de várias derrotas.

 

"Demônio"

Antes de finalizar seu discurso nervoso, Lula lembrou que, em várias campanhas eleitorais de seu partido, o prédio da Bolsa de Valores de São Paulo fechava as portas, quando havia uma passeata do PT nas redondezas, "porque eles me consideravam um demônio. Eu não tenho cara de demônio, mas quero que me respeitem como se eu fosse. Eles sabem que, comigo, a economia brasileira não vai ficar mais subordinada ao rentismo", afirmou o petista.

Sob gritos de "Fora Temer", o ato em defesa das universidades públicas reuniu cerca de 400 pessoas no Centro Internacional de Convenções, em Brasília. Lula estava acompanhado do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que já foi apontado como plano B do PT nas eleições de 2018, caso Lula seja condenado também pelo TFR 4 (Tribunal Federal Regional) de Porto Alegre. Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá e é reu também em outras seis ações penais na Justiça.

Oposição raivosa em Osasco

 Protesto contra Doria

O discurso raivoso retomado por Lula e pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também indiciada na operação Lava Jato, tem sido repetido por militantes em todo o país, como aconteu na noite desta segunda-feira, 09, na Câmara Municipal de Osasco, onde o prefeito tucano de São Paulo, João Doria, recebeu o Título de Cidadão Osasquense, proposto pelo presidente da Casa, dr. Lindoso (PSDB). 

Demonstrando que ainda não engoliram a vitória de Doria nas eleições de 2016, quando ele derrotou a máquina administrativa e Fernando Haddadd, apoiado por Lula e Dilma, os petistas encontraram as dependências livres e invadiram o plenário.  Portando cartazes, usando termos de baixo calão e gritando palavras de ordem contra o prefeito da Capital paulista, eles pernameceram local das 18h até o final do evento. O número de manifestantes não era grande, mas, foi o suficiente para impedir que a homenagem fosse prestada na Sala Tiradentes, local das sessões do Legislativo.

Temendo pela segurança do homenageado, familiares, amigos e demais autoridades, uma vez que houve início de confronto no sagão do prédio, Lindoso resolveu entregar o Título a Doria na sala da Presidência. O tumulto foi generalizado e na saída das autoridades, os manifestantes ainda tentaram cercar o carro onde estava João Doria, um dos pré candidados que mais critica o Lula e os governos petistas, acusando-os de serem os reponsáveis pela crise econômica e pelo alto índide de corrupção no Brasil. (Renato Ferreira, com informações do Estado de Minas - Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP)

Os dois pré-candidatos à Presidência da República receberão a maior honraria concedida pelo Legislativo municipal. E a homenagem ao tucano tem gerado muitas polêmicas e críticas, sobretudo, por parte de petistas e cabos eleitorais de Lula. Haverá também a mesma indignação quando a Cârama entregar o Título a Ciro Gomes?
 
Por Renato Ferreira -
Nesta segunda-feira (09/10), o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), estará na Câmara Municipal de Osasco para receber o "Título de Cidadão Osasquense", homenagem proposta pelo seu colega de partido, o presidente da Casa, dr. Lindoso, e aprovada pelos demais 21 vereadores.
joao doria entrega unidade minha casa minha vida
O fato tem gerado muitas discussões nas redes sociais e muitas críticas, principalmente, pelos que se dizem da esquerda e mais ainda ainda por militantes petistas, como se esse tipo de homenagem fosse novidade para pessoas "estranhas" às cidades de todo Brasil.
Ao contrário. Isso é muito comum em ano pré-eleitoral, quando as Câmaras homenageiam personalidades políticas de cunho nacional e que almejam, por exemplo, serem candidatos à Presidência da República, como o prefeito da Capital paulista.
O que as críticas denotam, no entanto, é a bronca política que os petistas têm de João Dória, que derrotou Fernando Haddad. Candidato petista que, mesmo com a máquina na mão e apoiado pela, então, presidente Dilma Roussef e por Lula, Haddad ficou apenas em terceiro lugar nas eleições de 2016. Doria ganhou no primeiro turno, quebrando a tradição de dois turnos na maior cidade do país. Além disso, Doria é o pré-candidato que mais bate no Lula e critica os governos petistas pela corrupção no Brasil.
Os Títulos de Cidadão, mesmo sem muito sentido, são tão comuns nas Câmaras Municipais brasileiras, e em Osasco não é diferente, que poderíamos fazer aqui uma lista, com algumas propostas que viraram até motivos de chacotas. Mas, não tomaremos esse tempo, agora, dos queridos leitores e internautas. No caso dos presidenciáveis, João Doria é um dos que mais tem sido homenageados no Brasil. Ele já foi lembrado por aliados de Florianópolis, Salvador e Natal. Curiosamente, o Título ao tucano foi negado em Teresina e Belo Horizonte, capitais de Estados governados por petistas. Em Natal, o presidente em exercício da Câmara, Ney Lopes Júnior (PSD) atribuiu a homenagem à gestão de Doria à frente da Embratur, na década de 1980. "Foi Vossa Excelência que permitiu que Natal se tornasse destino turístico nacional e internacional", disse o vereador.
Ciro vem aí
Ciro Gomes
 
Da mesma forma que João Doria será homenageado em Osasco, o seu desafeto e também pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), será também. O "Título de Cidadão Osasquense" para Ciro Gomes foi proposto pelo vereador Alex da Academia, também do PDT. A proposta foi aprovada por 20 dos 21 vereadores.
Então, fica a pergunta: Haverá também indignação dos esquerdistas quando o polêmico Ciro Gomes receber a maior homenagem do Legislativo osasquense? Lembramos que, apesar de já ter tido o seu nome ventilado como o "Plano B" do PT, caso Lula seja condenado também em segunda instância pela Lava Jato, ele não mede palavras também para criticar o ex-presidente petista. (Renato Ferreira)

 

Dois grandes eventos voltados ao esporte, cultura e aos animais movimentam a cidade de Osasco neste domingo (08/10) durante todo o dia: a Caravana do Egito e o Show Pet.

Promovida pela Prefeitura em parceria com o SESC, a Caravana do Agito será realizada em dois locais simultaneamente: Ginásio de Esportes do Baronesa e  Academia de Lutas do Baronesa, das 9h às 17 horas.

Caravana do Agito boxe

Além das mais diversas atrações esportivas e culturais, a Caravana do Agito contará com a participação de três medalhistas olímpicos: Servilho de Oliveira (boxe – México 1968), e os judocas Carlos Honorato e Henrique Guimarães. A programação prevê ginástica aeróbica, peça teatral, atividades Ritmos, exibição de documentário, entre outros.

A participação do público é gratuita.

Serviço

Caravana do Agito

Academia de Lutas – Rua Duque Ellington, 530 - Baronesa

. Aerodance (Ginástica Aeróbica Coreografada)

. Peça teatral Bullying

. Atividades de Ritmos

. Pista de Educação no Trânsito

. Medição de Destro e Pressão Arterial

. Xadrez

. Exibição de documentário – “Memória do Esporte Olímpico Brasileiro – O Brasil não pode perder o que já ganhou” – com participação do medalhista olímpico Servilho de Oliveira

. Boxe

. Badminton

. Esgrima

. Kung fu

. Muay Thay

. Capoterapia

. Kung fu

Ginásio de Esportes Henrique Alves – Rua Duque Ellington, s/nº - Baronesa

. Atletismo

. Ginástica Rítmica

. Judô com os ex-judocas Carlos Honorato e Henrique Guimarães

. Futebol

 

Show Pet

Show pet

E para quem defende e ama os animais, a Prefeitura de Osasco realiza Show Pet, que  acontecerá no Pet Parque da Vila Yara, das 9h às 16h.

O Show Pet contará com várias atrações, como Feira de Adoção Animal, Espaço Kids, Estandes com artigos pets, Vacinação Antirrábica, além de Praça de Alimentação, palestras de especialistas e agility.

Os participantes também poderão efetuar inscrição para a castração animal, serviço oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Osasco. Importante ressaltar que quem fizer inscrição, entrará na fila de atendimento.

Serviço

Show Pet

Dia: 8/10, das 9h às 16h

Pet Parque Osasco – avenida Franz Voegeli, 930

Programação

Orientações de Banho e Tosa

Dicas de Agility

Palestra sobre Proteção Animal

Workshop sobre Adestramento

Apresentação do Canil da Defesa Civil

Dicas de Nutrição Animal

Psicologia Canina e Manejo Aplicado

Palestra sobre importância da castração

Palestra sobre a Zoonoses

Atrações

Feira de Adoção Animal

Espaço Kids

Praça de Alimentação

Estandes de Artigos Pets

 

Na última terça-feira (03/10), o presidente da Câmara Municipal de Osasco, dr. Lindoso, recebeu a imprensa de Osasco em seu gabinete para falar das providências que o Legislativo tomará sobre os episódios de agressão envovendo os vereadores Pelé da Cândida (PSC) e Dra. Régia (PDT. Na ocasião, ele falou também sobre seus planos como presidente da Câmara Oeste de Vereadores da Região Metropolitana do Estado de São Paulo, cargo no qual foi empossado na sexta-feira (29/09) - https://goo.gl/GZ8sNp -  em Barueri, quando discursou pregando união entre os vereadores

Antes, porém, de levar essa mensagem de união à Câmara Oeste, o médico dr. Lindoso terá que atuar como bombeiro no incêndio provocado no Legislativo osasquense pelas desavenças entre Pelé da Cândida e Dra. Régia. E essa função de bombeiro, ele já teve que desempenhar na sessão ordinária de terça-feira. Logo após a entrevista coletiva, o vereador e oftalmologista teve que ter muito jogo de cintura e paciência para conduzir a sessão, que contou com a presença de dezenas de mulheres que foram defender a Dra. Régia. Gritando palavras de ordem e portanto faixas, como "Lugar de Mulher é na Política - Mexeu com uma, mexeu com todas - https://goo.gl/u2cu1Z - o grupo pedia punição para o vereador do PSC, chamado de maxista por elas. Todos os vereadores que usavam a tribuna para falar de outros assuntos eram vaiados pelas mulheres. O presidente da Casa teve que interromper a sessão por cinco minutos paa acalmar a temperatura da sessão.

Lindoso coletiva jornalistas

Aos jornalistas, o dr. Lindoso lamentou o fato, afirmando que qualquer decisão será tomada pela Mesa Diretora. "A Câmara ainda não tem uma Comissão de Ética. Apresentei essa solicitação no inicio do ano, mas, o pedido não teve sequência. Lamento muito esse episódio, que mancha a imagem do Legislativo osasquense. Isso me preocupa muito e esperamos, que tudo seja resolvido o mais breve possível para que a Câmara volte à sua normalidade".

Os problemas envolvendo os dois vereadores começaram na sessão de quinta-feira da semana passada. Após uma discussão durante a sessão, a Dra. Régia afirmou que foi agredida com palavrões de baixo calão e nos corredores internos da Casa, ela teria sido ameaçada de morte pelo vereador Pelé da Cândida, que nega as acusações. O caso foi parar na Delegacia Seccional de Osasco, onde a vereadora pedetista regristrou queixa contra o vereador do PSC.

Câmara Oeste

Sobre a sua nova função como Presidente da Câmara Oeste de Vereadores, o Dr. Lindoso reafirmou seus compromissos assumidos no dia da posse. "Sem dúvida, é um novo desafiou e mais responsabilidade. Mas, em todas as minhas atividades, sempre gostei de desafios. Agradeço pela eleição e, como já afirmei, trabalharei pela união dos colegas, pois, nenhuma cidade da região metropolitana conseguirá resolver seus problemas de forma isolada", disse

Sobre os problemas comuns às cidades e pautas que levará para discussão na Câmara Oeste, ele citou projetos voltados à mobilidade urbana, meio ambiente, sistema viário e destinação final do lixo, dentre outros. "E como oftalmologista, pretendo também incentivar na região um sistema para doação de orgãos", afirmou. (Renato Ferreira)

“Já promovemos muitas melhorias em nove meses de governo e acho que a avaliação mais coerente e justa será após o mandato. Fomos eleitos para quatro anos de governo”, enfatizou

 

Renato Ferreira -

 

Na última terça-feira, (03/10), o prefeito de Osasco, Rogério Lins, demonstrando ser um político realista, otimista e de bom relacionamento com todos os segmentos sociais, reuniu a imprensa da região para um café da manhã, ocasião em que falou, descontraidamente, durante quase três horas sobre os seus primeiros nove meses de governo. Além de falar com otimismo sobre obras já realizadas, outras em andamento, planos e metas de seu governo, Lins falou também de política, troca de secretários, planos e metas para os próximos anos, com destaque para áreas da Saúde, Educação, Habitação, Segurança, novos investimentos, dentre outros. E não demonstrou irritação nem mesmo quando foi indagado sobre críticas que recebe de adversários e ex-aliados políticos, como o ex-prefeito Emídio de Sousa (PT). Veja, a seguir, os principais trechos da entrevista coletiva, que contou com a presença de, praticamente, toda a imprensa de Osasco e região.

Mudança de secretários

Coletiva Lins Geral

“Com certeza, muitos de vocês vieram para esta coletiva pensando que o assunto principal fosse a troca de nomes no Secretariado, como vem sendo ventilado pela imprensa. Estamos aqui ao lado de dois secretários – Gelso de Lima (Governo) e Sérgio di Nizo (Administração e Sica), cujos nomes chegaram a ser mencionados que seriam substituídos. São apenas especulações. Como num time de futebol, vamos ter, sim, mudanças no quadro de nossos colaboradores até o final do ano, mas, sempre pensando no melhor para Osasco e respeitando também a conjuntura político/partidária para uma efetiva e profícua governabilidade. Em breve, convidaremos vocês novamente para anunciar essa reestruturação administrativa”.

Heranças

“Como sempre afirmei, não governamos Osasco olhando pelo retrovisor. Porém, é necessário que todos saibam que encontramos seríssimos problemas na cidade, como obras e serviços sem licitação em todos os setores da administração. São dívidas altíssimas que herdamos e os credores têm direito a receber e vamos, sem prejudicar outros setores, saldar os compromissos da Prefeitura. Em termos de rescisões e multas rescisórias, o total é de R$ 18 milhões que herdamos. Nesse primeiro ano, estamos trabalhando para colocar a casa em ordem e, se Deus quiser, avançaremos com novos projetos para os próximos anos”.

Quatro anos

“Já promovemos muitas melhorias nesses primeiros nove meses de administração em todas as áreas de atuação da Prefeitura. Procuro levar em conta todas as críticas construtivas que recebemos, pois, isso nos ajuda a aprimorar os serviços públicos. Porém, acho que a avaliação mais coerente e justa deva ser feita após o mandato de quatro anos para os quais fomos eleitos e não com apenas noves de governo. E a avaliação quem deve fazer é o povo de Osasco, como fez nas eleições municipais de 2016”.

Saúde

“No primeiro dia de nosso governo, encontramos a Maternidade Amador fechada por falta de médicos e enfermeiros que pudessem tratar com dignidade os pacientes e atender a demanda dessa importante unidade hospitalar de Osasco. Contratamos profissionais em regime de emergência para que a Maternidade voltasse a funcionar. No Hospital Municipal Antônio Giglio, contratamos uma Organização Social (OS), para uma administração compartilhada que pudesse atender a todos com respeito, carinho e dignidade, tanto no Hospital Central como na UPA Centro. E essa nova OS, que é o Instituto Saúde Resgate à Vida, em menos de 50 dias, reativou o Centro Cirúrgico e Ortopédico, ampliou leitos, deu mais agilidade no fluxo de atendimento e transferência em todos os setores do Hospital. Ainda na Saúde, contratamos 163 novos médicos para atender a demanda, firmamos uma parceria com a Faculdade de Medicina da Uninove, recém instalada em Osasco, que, como contrapartida, trará inúmeros benefícios à população, com médicos residentes atendendo na rede pública municipal”.

Radares sem pegadinha

Coletiva Lins eu

“Osasco, como qualquer outra cidade do seu porte, necessita de fiscalização no trânsito. E o município terá radares para fiscalizar e punir aqueles que desrespeitam as leis de trânsito e colocam em risco, não somente a sua própria vida, como a de terceiros. Muitos têm confundido as câmeras de monitoramento e de segurança como radares. Afirmo pra vocês que Osasco terá fiscalização eletrônica para punir infratores, mas, não voltará a ter indústria de multas e nem radar pegadinha”.

Smart City

“Considero as novas tecnologias como um importante aliado das administrações públicas. Elas nos ajudam a melhorar os espaços e as ações de infraestrutura e de sustentabilidade em todas as áreas. Em breve o município terá novos investidores, como um grande grupo de tecnologia que está se instalando na cidade – cujo nome ainda não pode ser divulgado. Osasco poderá ser considerada uma Smart City, pois, ninguém entrará ou sairá de Osasco sem passar pelas câmeras e pelo sistema de segurança que ela terá”.

Segurança

“Pensando na segurança diária do cidadão osasquense, implantamos algumas operações com a Guarda Municipal, como o “Amanhecer Seguro”, e outras em conjunto com as polícias Civil e Militar. Por concurso público vamos aumentar o efetivo da GCM, que terá também investimentos em sua frota e em equipamentos de segurança, além da contratação de 100 novos agentes de trânsito. Sobre o estacionamento rotativo na cidade, estamos estudando um novo modelo de parquímetro com tecnologia mais moderna e que facilite a vida do munícipe”.

Educação

“Na Educação, lamentamos o atraso na entrega dos uniformes e do material escolar, devido aos problemas burocráticos. A antiga administração não fez a licitação no tempo devido conforme determina a legislação, o que nos impediu de fazer a entrega no primeiro semestre. Um processo licitatório demora de seis a sete meses. Assim, iniciamos a distribuição no final de setembro. Esse atraso não se repetirá, pois, fizemos a licitação dobrada e, a partir de 2018, a distribuição ocorrerá no início do período letivo. Estamos também estudando a implantação de outros sistemas de recreação e lazer para as crianças da rede municipal de ensino, descentralizando os processos licitatórios para ampliar o acesso dos alunos a peças teatrais, passeios ao litoral, Aquário de São Paulo, Zoológicos, dentre outros locais de recreação.

 Escolas e creches

“Já abrimos também a licitação para a construção de sete novas escolas, além do novo formato que vamos adotar na cidade, denominado de ‘Mundo da Criança”. Esse projeto visa a transformação de dois prédios públicos em creches, um na zona Norte, outro na Sul. Será o maior projeto de creches do Brasil. Assim, a Prefeitura irá diminuir significativamente o déficit de vagas, que era de 9,5 quando assumimos e, hoje, está em 8.355”. E não somente estamos investindo no atendimento às crianças, mas, também em equipamentos para atender com dignidade à nossa população da Terceira Idade”.

Novo Paço Municipal

"As obras serão retomadas dentro de 30 dias e a conclusão está prevista para 20 meses. Serão dois prédios que abrigarão as novas sedes da Prefeitura e da Câmara Municipal. Com as novas instalações, o Executivo e o Legislativo terão condições infinitamente melhores para atender aos munícipes de Osasco e todas as pessoas que procurarem por serviços ou informações tanto na Prefeitura, como na Câmara Municipal".

Novas obras

“Consideramos que as menores obras, são conquistas diárias para o povo de Osasco. Por outro lado, já retomamos também grandes obras, como a construção do Paço Municipal, que abrigará um teatro com capacidade para 700 lugares; a canalização do Braço Morto do Rio Tietê, no Rochdale, e a entrega de novas moradias para a região, como as obras no Morro do Sabão, além de parcerias com novas organizações sociais para as áreas da Saúde e Educação”.

Esporte

“Na área do esporte, já implantamos diversas melhorias e vamos investir na modernização de 12 campos de futebol que, além de receber gramado sintético, terão equipamentos esportivos para atingir um público mais amplo; e ações esportivas por toda a cidade. Pra mim, o esporte complementa a educação. É uma ferramenta de inclusão social e de transformação para crianças e adolescentes”.

Críticas do Emídio

“Em minha opinião, todos os ex-prefeitos trabalharam em prol de Osasco e deram a sua colaboração para o desenvolvimento da cidade. Respeito a todos, inclusive, o Emídio de Souza. E respeito também a sua opinião sobre o meu governo. Ele teve oito anos de governo e eu estou apenas entrando no décimo mês de administração. Tenho ainda, no mínimo, mais três anos e três meses para trabalhar e colocar em prática nosso plano de governo. Durante a campanha, o Partido dos Trabalhos, que também teve candidato, dizia que eu era muito jovem, não tinha experiência e que não seria eleito. As urnas mostraram que sou o prefeito eleito com a maior votação da história de Osasco. Então, espero que o PT continue acertando suas previsões”. (Fotos: Ivan Cruz - SECOM)

Na semana passada, o Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV) promoveu uma entrevista coletiva para demonstrar dados e números dos primeiros 45 dias de sua gestão à frente do Hospital Municipal Antônio Giglio. Em apenas um mês e meio sob a direção dos novos gestores, o HMAG Antônio Giglio voltou a ser referência no atendimento de casos graves, desafogando o atendimento na UPA Centro. Com a chegada dos novos gestores, a UPA passou a cumprir sua função primordial, ou seja, atender casos de baixa e média complexidade, conforme recomendação do SUS (Sistema Único de Saúde).

 

Essa foi uma das mudanças apresentadas pelo consultor clínico do instituto, Dr. Ewandro Ruck, durante o balanço dos primeiros dias à frente da unidade hospitalar, seguido de coletiva à imprensa. O evento foi realizado no auditório do hospital na terça-feira, 26/9.

 HMAG 1

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhou a explanação ao lado do secretário de Saúde, José Carlos Vido, e da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, destacando que os indicadores apresentados, apesar do curto período, demonstram a eficiência e qualidade da nova gestão. “Nosso objetivo é oferecer um serviço público que desejamos para nós e a nossa família e esses indicadores demonstram que estamos no caminho certo”, afirmou o prefeito.

 

Lins salientou que a entrega do segundo piso do Pronto-Socorro Jardim D´Abril criará 29 leitos de longa permanência, passando a ser um apêndice do Hospital Antônio Giglio. “Teremos um hospital de retaguarda para complementar o atendimento daquelas pessoas que precisam permanecer internadas por mais tempo. Os leitos darão suporte ao Hospital Antônio Giglio”, disse.

 

De acordo com o prefeito, dois pontos estratégicos da saúde receberão o mesmo formato de OS: a UPA Vila Menck, na zona Norte, e a UPA Conceição, na zona Sul. São alterações de extrema importância que, aliadas a entrega do Pronto-Socorro Osmar Mesquita no Helena Maria e da ampla reforma do Pronto-Socorro Santo Antônio, proporcionará maior agilidade no atendimento.

 

Outra ação citada pelo prefeito foi a mudança no formato de distribuição de medicamentos, que ocorrerá a partir de dezembro, evitando longas filas e garantindo mais conforto e dignidade aos pacientes. “O grande investimento na saúde pública será feito nos atendimentos primário e secundário com políticas públicas voltadas a quem realmente precisa”, salientou Lins.

 

Avanços

 HMAG 2

Entre as novas ações citadas no balanço de 45 dias está a reorganização do Núcleo Interno de Regulação (NIR), que passa a controlar o fluxo de pacientes entre as unidades. O objetivo é gerar mais acessibilidade a quem realmente precisa. “Será o coração do hospital. Todas as vagas serão solicitadas diretamente a esse núcleo, que deverá evoluir para uma central de regulação macro no município”, destacou Dr. Ewandro.

 

Outras iniciativas que serão implementadas garantirão o aumento do número de leitos. Atualmente o hospital conta com 187 leitos e atende cerca de 25% da população. De acordo com Ruck, é necessário mais 200 leitos para atender 50% da população, tendo em vista que o restante seria atendido por convênios médicos.

 

Nos primeiros 45 dias foi providenciado a aquisição de equipamentos fundamentais para o atendimento das duas unidades, tais como respiradores portáteis, 22 novas cadeiras de rodas, 25 novas macas, monitores médicos, entre outros. As duas unidades de saúde passaram por higienização, efetuada por empresa especializada. Também houve aumento de 18 para 20 leitos de UTI, informatização do pronto-socorro e adoção de sistema por senha para garantir maior fluidez no atendimento.

 

Participaram do evento, a vice-prefeita, Ana Maria Rossi, vereador Ralfi Silva, os secretários municipais Suzete Souza Franco (Assistência Social), Elza Oliveira (chefe de Gabinete), Valdeci Magdanelo (Segurança e Controle Urbano), Sérgio Di Nizzo (Administração), Délbio Teruel (Esporte), Patrícia Bulbovas (Comunicação), Carlos Eduardo Piteri (Transportes e da Mobilidade Urbana), José Carlos Vido (Saúde), Jair Anastácio (CMTO), entre demais autoridades. (Fonte: Texto de Ivany Soares - SECOM)

 "Lugar de Mulher é na Política - Mexeu com uma, mexeu com todas"; "Fica ligeiro, quem não pode com mulher não atiça o formigueiro", frases gritadas pelas defensoras da Dra. Régia

 

Por Renato Ferreira - 

 

Fazia tempo que os osasquenses não presenciavam uma sessão ordinária tão concorrida e tumultuada como foi a sessão desta terça-feira, (03/10), em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo os vereadores Pelé da Cândida (PSC) e Dra. Régia (PDT). Na semana passada, a vereadora pedetista registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Seccional de Polícia, alegando que na sessão de quinta-feira, foi agredida, chamada de "vaca" e até ameaçada de morte pelo vereador do PSC. Numa de suas redes sociais, Pelé da Cândida nega as agressões e que tenha feito tais ameaças.

Nos últimos dias, esse assunto foi destaque na imprensa regional e também nas redes sociais. E, hoje, o presidente da Casa, dr. Lindoso, que momentos antes concedera entrevista coletiva para falar desse e de outros assuntos (veja matéria completa nesta quarta-feira), teve muitas dificuldades para conduzir a sessão, diante da indignação de dezenas de mulheres que foram protestar contra o vereador Pelé da Cândida e demonstrar solidariedade à Dra. Régia. A sessão chegou a ser suspensa por 5 minutos, quando a vereadora Lúcia da Saúde discursava sobre o Outubro Rosa e a prevenção do câncer de mama.

Vestindo camisetas com os dizeres "Lugar de Mulher é na Política - Mexeu com uma, mexeu com todas", as representantes de movimentos femininos e membros do PDT invadiram o plenário e, com aplausos e gritos de palavras de ordem, demonstraram que estão dispostas a lutar até que o Pelé da Cândida sofra punição por quebra de decoro parlamentar. Por sua vez, Pelé da Cândida adentrou ao recinto sendo chamado de "machista" e, sem nenhum defensor no plenário, ele permaneceu calado.

Durante a sessão, foram discutidos outros assuntos, como a homenagem a uma professora da rede municipal de ensino, apresentada pelo vereador Dr. Renato Bonin, defesa de animais, regulamentação da UBER e Outubro Rosa, porém, o grande número de mulheres e a disposição delas em defender a vereadora e o "direito das mulheres", acabaram abafando esses outros assuntos. (Veja matéria amanhã).

Ao abordar o tema com os jornalistas na coletiva, o dr. Lindoso afirmou que qualquer decisão será tomada pela Mesa Diretora, assim que ele receber o documento oficial solicitando alguma providência. Falando a este jornalista, a dra. Régia disse que vai tomar duas decisões: uma denúncia judicial protetiva e outra, que será uma representação do PDT junto à Câmara Municipal. (Renato Ferreira)

A reportagem de Notícias & Opinião gravou um vídeo no início da sessão. Veja aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1483928455030723?pnref=story

Segunda, 02 Outubro 2017 22:35

Las Vesgas é aqui e com maior gravidade

 

Nesta segunda-feira (02/10), o mundo amanheceu perplexo e estarrecido diante do massacre de Las Vegas. Era noite de domingo, lá, e madrugada de segunda aqui, quando, durante um show de música country, um homem de 64 dispara mais de 100 tiros contra a multidão, mata 58 e fere 515 pessoas, que se divertiam numa das cidades que mais recebe turistas nos Estados Unidos.

É o maior massacre com arma de fogo já registrado no país. E a tragédia deixa as autoridades americanas confusas, pois, o atirador Stephen Paddock, que se matou em seguida, era um homem pacato, sem passagens policiais e que foge do perfil de outros atiradores que fizeram também muitas vítimas em outros ataques com armas de fogo.

Aqui no Brasil também, as TVs, rádios e as redes sociais não falam em outra coisa, senão no massacre de Las Vegas. Como um homem morador de uma cidade pequena pode premeditar tamanho terror. Sem dúvida, é um fato que deixa todas as pessoas perplexas, sobretudo, se pensarmos que lá nos Estados Unidos é livre o uso de armas, E esse atirador foi encontrado com 10 armas pesadas, que ele utilizou para matar e aterrorizar tanta gente.

Las Vegas é aqui

Assassinatos no Brasil

A gente se solidariza com as famílias das vítimas e com o povo americano. Mas, é o momento também para refletirmos sobre as mortes por armas de fogo e os massacres no Brasil. Aqui, mais de 60 mil pessoas são assassinadas por ano, mas, como nem sempre são chacinas e, sim mortes isoladas nas periferias e favelas, elas acabam virando apenas números frios nas estatísticas policiais.

Porém, não deixam de ser verdadeiros massacres. Desses 60 mil assassinatos por ano, a maioria é de jovens entre 15 e 29 anos e, conforme mostra o Atlas da Violência 2017, entre 2012 e 2015, mais de 30 mil pessoas nessa faixa etária foram assassinadas por ano no Brasil. E as armas de fogo são responsáveis por 80% dos assassinatos.

Vejam o triste exemplo de Pernambuco em 2017. Coforme matéria do G1, em agosto deste ano, foi registrado o maior número de assassinatos no estado, em comparação com o mesmo mês dos últimos dez anos. De acordo com dados oficiais da Secretaria de Defesa Social, foram 413 homicídios no mês, uma média diária de 13,3 assassinatos. De janeiro a agosto de 2017, Pernambuco registrou 3.375 assassinatos.

Em média, no Brasil, ocorre um um homicídio a cada oito minutos. Não é um massacre praticado em poucos minutos, como nos Estados Unidos, onde os atiradores invadem escolas, cinemas ou em shows como aconteceu em Las Vegas. Mas, ninguém pode negar que seja também um massacre, pois, 60 mil homicícios não ocorrem nem mesmo em países com guerra civil. Um massacre surdo e mudo que não vira manchete e nem destaques nas redes sociais.

E sobre as armas de fogo, lá no Estados Unidos o uso é livre, todas as pessoas maiores de 18 anos podem comprar e portar armas. Aqui, o porte é ilegal, mas, somente para as pessoas de bem. Pois, os bandidos estão a cada dia mais bem armados com armas pesadas e matando livremente. (Renato Ferreira)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.