Domingo, 23 Abril 2017 | Login

Vitor Belfort e Kelvin Gastelum fazem a luta principal da noite, com o brasileiro tentando se recuperar depois de duas derrotas 

 

Fortaleza vai tremer nesta noite de sexta e madrugada de sábado. Doze brasileiros estarão lutando no UFC da Capitatal cearense. Depois de baterem o peso pela manhã, as atrações do UFC Fight Night 106 voltaram à balança na noite desta sexta-feira, para a pesagem protocolar e as encaradas diante dos fãs presentes ao Centro de Formação Olímpica, em Fortaleza, local do evento deste sábado. O destaque ficou por conta de alguns momentos de tensão entre os atletas, que chegaram a se provocar e empolgaram mais o público.

Curiosamente, as encaradas mais respeitosas foram as dos protagonistas. Vitor Belfort e Kelvin Gastelum, que se enfrentarão na luta principal da noite, se respeitaram em demasia, embora se olhassem com seriedade. O mesmo ocorreu com Mauricio Shogun e Gian Villante, atrações no co-main event, que também evitaram as provocações.

Gastelum, inclusive, foi novamente aplaudido pelos fãs, que optaram por não vaiá-lo, ao contrário dos demais ‘gringos’, como ocorreu no treino aberto de quarta-feira passada. O norte-americano agradeceu pelo tratamento dos brasileiros. “Estou feliz por estar aqui com vocês, obrigado a todos pela torcida. Vamos fazer uma boa luta”, disse, em bom português.

 


Vitor Belfort, por sua vez, também agradeceu aos fãs e aproveitou para filosofar. “Muito obrigado pelo carinho do público. A preparação é o mais importante no que a gente faz. Eu me preparei muito graças ao meu time, e na vida é preciso saber ter riscos. Quem não põe na reta, não ganha nunca. É preciso correr riscos”, enfatizou.

Tensão e provocação


Kevin Lee foi o mais atrevido na pesagem. Antes da encarada com Francisco Massaranduba, o norte-americano, muito vaiado ao subir à balança, provocou os fãs e mostrou o dedo do meio. Ele ouviu os tradicionais gritos de ‘Uh, vai morrer’, e ironizou, colocando a mão no ouvido e gesticulando.

Outro momento tenso foi protagonizado por Alex Oliveira e Tim Means. Os dois se provocaram bastante na encarada e houve muito falatório de cada lado. Entre as mulheres, a situação foi semelhante. Bethe Pitbull Correa foi para cima e colou o rosto em Marion Reneau, que apenas ficou olhando a brasileira. A paraibana já vinha se desentendendo com a americana ao chamá-la de ‘vovó’, em alusão aos 39 anos da rival.

Na primeira encarada, o mineiro Paulo Borrachinha, estreante no UFC, aproveitou o apoio dos fãs e provocou muito o adversário, o sul-africano Garreth McLellan. Enquanto o lutador nascido em Contagem falou muito, o veterano apenas olhou. Os dois farão a luta de abertura do evento. (Fonte: O Estado de Minas - Site UAI)

Card principal
Vitor Belfort (84,3kg) x Kelvin Gastelum (83,9kg) – peso médio (até 84,4kg)
Maurício Shogun (93,4kg) x Gian Villante (93,4kg) –meio-pesado (até 93,4kg)
Edson Barboza (70,3kg) x Beneil Dariush (70,8kg) – peso leve (até 70,8kg)
Jussier Formiga (57,2kg) x Ray Borg (57,2kg) – peso mosca (até 57,2kg)
Bethe Correia (61,7kg) x Marion Reneau (61,2kg) – peso galo (até 61,7kg)
Alex ‘Cowboy’ Oliveira (77,6kg) x Tim Means (77,1kg) - meio-médio (até 77,6kg)

Card preliminar
Francisco Massaranduba (70,8kg) x Kevin Lee (70,8kg) – peso leve (até 70,8kg)
Serginho Moraes (77,6kg) x Davi Ramos (77,1kg) - meio-médio (até 77,6kg)
Rani Yahya (61,7kg) x Joe Soto (61,2kg) – peso galo (até 61,7kg)
Michel Trator (70,8kg) x Josh Burkman (70,8kg) – peso leve (até 70,8kg)
Rony Jason (66,2kg) x Jeremy Kennedy (66,2kg) - peso pena (até 66,2kg)
Garreth McLellan (83,5kg) x Paulo Borrachinha (83,9kg) - peso-médio (até 84,4kg)

Após discutir com a população e ouvir empresas do ramo, a Prefeitura realizará estudos técnicos para iniciar o processo licitatório do sistema biométrico

 

 IMGL4880

Nesta quinta-feira 9/3, a Prefeitura de Osasco realizou uma audiência pública sobre o Ponto Biométrico, sistema eletrônico de frequência que será implantado em todos os departamentos da Prefeitura. O evento foi realizado na Sala Osasco sob a coordenação da  Chefe de Gabinete do Prefeito, Elza Oliveira, presidente da Comissão para Estudos e Implementação do Ponto Biométrico.

IMGL4906

O prefeito Rogério Lins participou da audiência pública e falou sobre a importância do sistema de ponto por biometria. “O que nós buscamos implementar são medidas que darão maior transparência na Administração pública, seja em termos de licitação como também do funcionalismo. E, assim, estamos também cumprindo uma determinação do Ministério Público. Trata-se de um sistema que não irá, de forma alguma, prejudicar o bom servidor, que já cumpre com os seus deveres e que trabalha pensando no bom atendimentos ao munícipe”, disse o prefeito.

Conforme explicou Elsa Oliveira, as empresas que participaram da audiência pública não terão nenhum benefício no processo licitatório. “Foi com objetivo de não deixar nenhuma dúvida que promovemos essa audiência pública. As empresas participantes não terão quaisquer direitos, privilégios ou benefícios no processo de licitação. Hoje, estamos aqui para conhecermos melhor os produtos e equipamentos existentes no mercado”, afirmou Elsa.

IMGL4986

Seis empresas participaram da audiência: Dimas de Melo Pimenta – Sistema de Ponto e Acesso Ltda.; Samabiel Technology Development Ltda-EPP; Master Comercial de Tecnologias e Sistemas Ltda; Ifractal Desenvolvimento de Software Ltda; Blumatech Tecnologia Ltda; e Automatizações Século XXI Tratamento de Dados Ltda. Todas elas tiveram 20 minutos para expor ou falar sobre seus produtos. (SECOM/PMO - Fotos: Ismael Francisco)

 

Nesta quarta-feira 8/3, a Maternidade Amador Aguiar de Osasco deu início a umaprogramação especial dedicada ao universo feminino. Realizado no hall da instituição hospitalar, o evento contou com a presença do prefeito Rogério Lins, da primeira-dada e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, e da vice-prefeita Ana Maria Rossi, dentre outras autoridades. A solenidade foi abrilhantada pela Orquestra de Violeiros de Osasco.

SGT 0092

Na oportunidade, Aline Lins e Ana Maria Rossi falaram sobre a importância do Dia da Mulher, salientando, no entanto, que a luta das mulheres é constante e diária. “Quero falar da minha alegria diante de tantas mães felizes com os seus bebês, neste momento em que comemoramos e celebramos a luta da mulher ao longo da história. Falar sobre mulher é fácil, o difícil é vivenciar a luta diária dessas guerreiras que são servidoras, funcionárias, donas de casa, esposas e mães ao mesmo tempo”, afirmou Aline.

Em sua fala, Rogério Lins destacou as ações da Secretaria de Saúde nesses dois primeiros meses de sua Administração, visando melhorias para toda a população, sobretudo, para a saúde da mulher. “É com muita alegria que participo deste momento em que iniciamos essa programação especial dedicada às mulheres. O dia 8 de março foi escolhido para homenagearmos vocês, mas, como sempre falo, essas guerreiras têm que ser homenageadas todos os dias do ano, pois, elas travam uma luta constante contra melhores salários, discriminação e violência. Agradecemos a todos os servidores desta Maternidade, ao seu superintendente, Dr. Egidio Malagoli, e ao secretário de Saúde, José Carlos Vido, que aceitou o desafio de nos ajudar a reorganizar a saúde de Osasco. Parabéns e que Deus abençoe a todas as mulheres de Osasco”.

O prefeito falou sobre os avanços no atendimento às mulheres osasquenses, destacando a implentação de campanhas de esclarecimento e também de mutirões, como este para a realização de exames de Papanicolau, que a Secretaria de Saúde realizará nos dias 8, 9 e 10 de março em todas as UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) do município. Todas as mulheres que comparecerem às unidades serão atendidas. Basta levar um documento com foto e o cartão do SUS. “Esta é uma oportunidade que as mulheres têm de fazer o principal exame de prevenção do câncer de colo de útero, o que mais mata no Brasil.  A nossa intenção é motivar as mulheres a fazer o exame em caráter preventivo e, caso algum exame dê alteração, será agendada consulta com o especialista”, enfatiza José Carlos Vido.

De acordo ainda com o Vido, a Secretaria de Saúde está na etapa final para contratação de novos médicos, principalmente ginecologistas e obstetras, proporcionando maior agilidade na marcação das consultas.

Homenagens

No final do evento, as mulheres foram homenageadas. Todas as presentes receberam uma rosa. Dentre as homenageadas, Aline Lins e Ana Maria Rossi receberam flores das servidoras da Maternidade. E a homenagem principal foi para a dona Januária Lúcia Vrcinio, aposentada, que prestou assistência de enfermagem na Maternidade Amador Aguiar. Ela uma recebeu uma placa entregue pelo prefeito Rogério Lins.
 
Mês da Mulher

Além do mutirão de Papanicolau, as Unidades Básicas de Saúde de Osasco terão uma programação especial durante o mês de março com diversas atividades voltadas ao universo feminino.

Aulas de zumba, caminhada, sorteios de brindes, muita roda de conversa e palestras sobre planejamento familiar, gravidez indesejada, prevenção do câncer de colo de útero e de mama, alimentação saudável, orientações sobre DST´s, saúde da mulher e violência doméstica contra a mulher.

Haverá também apresentação de coral, conjuntos musicais, promoção do dia da beleza com dicas de maquiagem, corte de cabelo e escovação. Para saber mais, as interessadas podem ir até uma UBS mais próxima e verificar a programação do mês.

As unidades funcionam das 7h às 16h e das 7h às 20h.  Mais informações: 
http://prefeitura.osasco.sp.gov.br/ConteudoSecretaria.aspx?ID=29&IDSUB=157

 

(Fonte: SECOM/PMO - Fotos: Sérgio Gobatti

 

 

Nesta quarta-feira, 8/3, a Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), reinaugurou o Portal do Trabalhador e retomou os atendimentos à população, que haviam sido encerrados na gestão passada. Com presença do prefeito Rogério Lins, da vice-prefeita, Ana Rossi, da representante da pasta, Dulce Cazzuni, do presidente da Câmara Municipal, Drº Lindoso, de empresas parceiras do Portal e dirigentes sindicais de Osasco, o evento marca a conclusão de mais uma importante etapa do Plano de Governo da atual gestão.

Logo no início da manhã, por volta das 6h, uma enorme fila se formou em volta do prédio. As pessoas aguardavam ansiosas pela reabertura, para ter acesso a serviços como auxílio no seguro-desemprego, emissão de carteira de trabalho, encaminhamento para vagas de trabalho, entre outros. O Portal já reabre com 1.700 vagas de empregos nas mais diversas categorias

Em sua fala, a secretária da SDTI ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo Portal do Trabalhador e o empenho do prefeito em sua reabertura. Segundo Cazzuni, o Portal é referência nacional no campo das políticas públicas de promoção de emprego e geração de renda. “Centenas de municípios já beberam na fonte do trabalho desenvolvido por nós. O Portal do Trabalhador recebeu prêmios nacionais e internacionais; já fomos objeto de estudo de inúmeras teses de mestrado e doutorado e publicamos oito livros sobre o trabalho desenvolvido aqui”, afirmou.

“O prefeito Rogério Lins tinha um objetivo e construiu um caminho coletivo para chegarmos aqui, hoje, com o Portal aberto. Não é apenas uma reabertura. Faremos uma política pública com respeito ao cidadão, respeito ao dinheiro público e, principalmente, com respeito ao munícipe”, completou, destacando o intenso trabalho executado por várias secretarias e agentes da Prefeitura.

O prefeito Rogério Lins, por sua vez, reiterou a necessidade da reabertura e reconheceu o empenho de sua equipe para que o Portal voltasse a funcionar no menor prazo possível.” De acordo com ele, a taxa de desemprego em Osasco, hoje, está em 15,1%, segundo Pesquisa de Emprego e Desemprego/Dieese-Seade, de 2016. Se analisada entre os jovens de 16 a 29 anos, essa taxa sobre para 25,9%, “número ainda mais preocupante”.

“Nós precisamos retomar o crescimento do trabalho formal em nossa cidade e por isso estamos aqui. O Portal possui capacidade para atender 600 pessoas por dia e já conta com 200 empresas ativas, ofertando vagas de trabalho”, explicou Lins. “Sua reabertura marca o esforço da nossa gestão em projetos focados em resultados para nossa população”, completou o Prefeito.

Uma das primeiras pessoas atendidas, Rayane Rodrigues, de 17 anos, recebeu sua primeira carteira de trabalho pelas mãos do próprio prefeito. Questionada sobre seus próximos passos, Rodrigues afirmou que deseja “seguir sua vida profissional, crescer e alcançar seus objetivos”.

Eloí Paranhos, de 31 anos, também foi recebida por Rogério Lins e conseguiu uma vaga de estágio em administração intermediada pelo Centro De Integração Empresa-Escola (CIEE). Fora do mercado de trabalho há dois meses, Paranhos tem “grandes expectativas” com o novo estágio e garante que dará seu “melhor para crescer”.  (Secom/PMO - Texto: Julio Oliveira - Foto: Sérgio Gobatti).

 

Veja aqui, neste vídeo de 40 segundos, como foi o evento, na videorreportagem de Justino Alencar: 

https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1286175868139317?pnref=story

 

A dobradinha Alckmin e Doria continua forte. Para os correligionários de ambos, em 2018, a chapa tucana mais viável deverá ser: Alckmin, Presidente; Doria, Governador!

Por Renato Ferreira - 

 

O nome do prefeito de São Paulo, João Doria, não vem movimentando apenas as redes sociais com o seus vídeos que bombam na internet, mas, também os bastidores do PSDB. Nos últimos dias, o nome de Doria começou a ser ventilado como possível candidato do partido à Presidência da República, devido a possíveis problemas que outros candidatos tucanos poderão ter com as investigações da operação Lava Jato, como o do senador Aécio Neves (MG), que já teve o seu nome envolvido em delações premiadas.

Isso foi o bastante para os correligionários de Geraldo Alckmin se movimentarem no ninho tucano. Para eles, o governador de São Paulo "é o candidato natural do partido e se o PSDB quiser chegar à Presidência o seu candidato terá que ser Geraldo Alckmin". Ontem, o próprio governador se manifestou pela primeira vez sobre o assunto e afirmou que quer, sim, ser candidato ao Palácio do Planalto em 2018. E o governador tem um grande aliado: o próprio prefeito João Doria, que ele ajudou a chegar à Prefeitura da Capital. "Se eu disser que não quero, que não pretendo, não é verdade", disse. "Mas, candidatura a cargo majoritário não é vontade pessoal. Ela é fruto de um desejo coletivo", concluiu Alckmin.

Geraldo Alckmin falou sobre o assunto na tarde desta segunda-feira (06/03), após dar uma palestra a empresários do grupo Lide, fundado pelo prefeito João Doria (PSDB).

O governador fez questão de reafirmau sua parceria com o prefeito da capital, chegando a ironizar aqueles que, segundo Alckmin, "duvidavam" da capacidade de seu aliado se eleger. "Só que hoje o veem em condições de disputar a Presidência". 

Indagado sobre sobre como ele vê a "onda Doria" dentro do próprio partido, Alckmin afirmou: "Me sinto muito feliz. Eu ajudei o João Doria. Até aqueles que duvidavam primeiro que ele pudesse se eleger e, depois, que pudesse ser prefeito, hoje reconhecem".

O governador é padrinho político do prefeito e bancou sua candidatura em 2016, indo de encontro a outras grandes lideranças tucanas de São Paulo. Assim, Alckmin viu seu principal aliado ter seu o nome mencionado por integrantes de seu próprio partido ao posto de presidenciável. 

Apoio do afilhado

Antes de o governador discursar, Doria também reafirmou seu apoio à candidatura presidencial de Alckmin nas eleições de 2018.

O prefeito salientou ter aprendido com os pais que "o melhor dos sentimentos é a gratidão" e que a amizade com Alckmin não é na "política ou na vida pública". "Sou amigo de uma vida inteira."

"No futuro, não que essa seja a hora e o momento, quero dizer que a posição do João Doria cidadão e eleitor é Geraldo Alckmin candidato à Presidência do Brasil", afirmou.

Durante a sua fala, Doria repetiu diversas vezes que "ainda não era a hora de tratar" de candidatura, mas disse que fazia o discurso "para que nenhuma dúvida possa existir". "Essa é a minha posição."  (Renato Ferreira - Fonte: UOL)

 

 

 

Nesta quarta-feira, 8 de Março - Dia Internacional da Mulher - as estrelas serão as jogadoras do Audax UNIP. Nesta data, será realizado no auditório da Universidade Paulista (Campus Cidade Universitária), às 13h30, o evento de apresentação do novo elenco e do uniforme para a temporada 2017.

Estarão estampadas na camisa, além dos parceiros Audax e UNIP, as seguintes marcas: Avon e Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), patrocinadoras da equipe de Osasco, como também da Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial da competição.

No Brasileirão Feminino de 2017, o Audax UNIP integrará o Grupo 1 do torneio nacional, que contará aindacom as equipes do Vitória (PE), São Francisco (BA), Iranduba (AM), Kindermann (SC), Corinthians, Grêmio e Sport. A estreia da equipe está marcada para domingo, 12 de março, quando as meninas osasquenses recebem, em casa, o Sport Recife.

Uma das modalidades mais vitoriosas do país, o futebol feminino coleciona títulos e medalhas no Brasil. Ainda assim, o esporte carece de apoio. Ciente deste cenário, é com orgulho que o Audax apresenta os patrocinadores da equipe Audax UNIP, empresas de renome que acreditam no potencial e no futuro do futebol feminino no país.

UNIP

Parceira que compõe seu nome ao do clube, a Universidade Paulista (UNIP) é uma das maiores Instituições de Ensino da América Latina. Fundada em 1988, a UNIP promove a formação atualizada dos alunos e sua capacitação para uma sociedade em mudança, por meio de um ensino de qualidade, tecnologicamente avançado e dirigido para o futuro, nas áreas das ciências humanas, sociais, exatas e da saúde.

Desta forma, a Universidade Paulista vem sendo reconhecida como um importante centro de produção de conhecimento e de sua difusão a um número maior de pessoas, através das atividades de ensino, pesquisa, extensão e pós-graduação.

No esporte é referência como modelo de gestão, com atuação no desporto educacional e de alto rendimento há mais de 20 anos. É a maior vencedora da história dos Jogos Universitários Brasileiros – JUB´s com 12 títulos gerais consecutivos da competição - que conta com mais de 200 Instituições de Ensino participantes de todo o País.

Avon

A Avon, empresa voltada para as mulheres, é líder mundial no mercado de beleza, com uma receita anual próxima a US$ 6 bilhões. Uma das maiores empresas de venda direta do mundo, comercializa seus produtos em aproximadamente 50 países por meio de cerca de 6 milhões de revendedores autônomos.

O portfólio de produtos da Avon inclui itens de beleza de alta tecnologia e apresenta marcas de qualidade mundialmente reconhecidas como Linha Avon de Maquiagem, Color Trend, Mark, Renew, Skin-So-Soft, Advance Techniques, Avon Care e Avon Naturals. Além disso, o portfólio da Avon inclui itens de moda e voltados para a casa.

A empresa é pioneira em venda direta de cosméticos no Brasil, onde está desde 1958. Atualmente, o país conta com a maior força de vendas da Avon – 1,5 milhões de revendedoras - e é também a maior operação da companhia no mundo.

CSN

Um dos mais eficientes complexos siderúrgicos integrados do mundo, a Companhia Siderúrgica Nacional atua com destaque em cinco setores: siderurgia, mineração, logística, cimento e energia. Fundada em 1941, é uma multinacional com orgulho de ser brasileira, que acredita e investe no país.

 

Serviço: Coletiva e apresentação do elenco e material esportivo do Audax UNIP

Local: Auditório da UNIP/Jaguaré (Av. Torres de Oliveira, 330, Jaguaré, São Paulo/SP)


Data: Quarta-feira, 8 de março de 2017

Horário: Início do cerimonial às 14h, coquetel a partir das 15h.

Segundo a Justiça Eleitoral, o estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados ilegais

Graças ao sistema de biometria, a Justiça Eleitoral identificou mais de 15,6 mil fraudes entre as eleições de 2014 e 2016, por meio do cruzamento de informações biométricas. São eleitores que foram a diferentes cartórios, se passaram por outras pessoas e conseguiram emitir mais de um título, o que é ilegal. Eles foram identificados por meio das digitais.

O estado com o maior número de fraudes identificadas por meio do registro biométrico foi Alagoas, onde 2.188 títulos de eleitor foram considerados irregulares, segundo o levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em seguida vieram São Paulo (1.733) e Goiás (1.503).

No estado de Goiás, um único homem conseguiu emitir 51 títulos de eleitor, todos em diferentes cartórios. Ele só foi identificado porque em todos os cadastros constava a mesma impressão digital, que é única para cada indivíduo. Neste caso, o registro biométrico o impediu de votar repetidas vezes.Além de resultar no cancelamento das inscrições irregulares, os dados foram enviados pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, ao Ministério Público Federal, para que sejam apurados os “indícios de configuração de eventual ilícito eleitoral ou de outra natureza”, escreveu o magistrado. As investigações podem acarretar ações penais.

É possível, entretanto, que em várias partes do país as fraudes tenham passado despercebidas. Isso porque dos 144 milhões de eleitores brasileiros, somente 46,3 milhões tinham cadastro biométrico nas eleições de 2016. O registro biométrico começou a ser implantado no Brasil em 2008. A meta do TSE é que todo o eleitorado esteja cadastrado até 2022.

É seguro?

Com certeza, o sistema de biometria não é infalível. No dia 27 de dezembro de 2014, o pesquisador Jan Krissler disse a uma plateia de hackers, em Hamburgo, na Alemanha, que poderia se passar pela secretária de Defesa do país, Ursula von der Leyen. Ninguém sabia o que esperar. De laptop em mãos, ele recolheu na internet fotos em alta resolução da secretária, colocou as imagens em um software de edição e recortou detalhes que mostravam as mãos de Ursula. Com poucos cliques, recriou uma imagem da digital do polegar da ministra. Em seguida, imprimiu a imagem e a colou em um molde de madeira que imitava um dedo em tamanho real. “Pronto”, disse. Com a imitação, poderia se passar pela chefe da Defesa alemã perante dezenas de sistemas de segurança, de celulares a bancos.

Com os aplausos, veio a dúvida: seriam os leitores de impressões digitais tão inseguros assim? E os demais sistemas biométricos de segurança? Krissler responde afirmativamente para ambas as questões. “Quase todos os sistemas do mercado podem ser enganados com muito pouco esforço”, diz o pesquisador, em entrevista à revista VEJA.com. Estudioso da Universidade Técnica de Berlim e da empresa T-Labs, que pertence Deutsche Telekom, uma das maiores companhias da Alemanha, ele se dedica ao assunto há dez anos. Nesse período, tem sido contratado para testar a eficácia de sistemas que reconhecem dados corporais – impressões digitais, padrões de rosto, íris etc. Sua missão é burlar todos.

Aqui uma resposta do pesquisador sobre que se pode fazer para tornar o sistema mais seguro:  "O jeito mais fácil é desabilitar a câmera ou vedá-la. Uma solução de baixo custo é usar uma fita adesiva, como muitos passaram a fazer depois que surgiram notícias de espionagem. Mas é bom ressaltar que também é possível usar câmeras potentes à distância para espiar diretamente a tela ou o reflexo da luz dos teclados na retina". E sobre a maneira mais segura? "Pode parecer antiquado, mas uma senha bem escolhida é uma proteção totalmente segura. Nada supera isso", afirma o pesquisador. (Fonte: Veja)

Opinião de Renato Ferreira

Com certeza, nenhum sistema de segurança está a salvo das falcatruas humanas, pois, infelizmente, as fraudes e a corrupção são inerentes ao ser humano. O importante é o povo continuar lutando para diminuir as fraudes, porém, o mais importante, é que lutemos sempre para termos pessoas honestas nos postos de comando em todos os Poderes da República.

No caso das eleições brasileiras, sem dúvida, a implantação do sistema biométrico e mais o voto impresso nas urnas, pode não acabar com as fraudes, mas, certamente,  vai dificultar a farra dos corruptos no mercado da compra de votos. E esperamos também acabar com os corruptos do outro lado do balcão, pois, é corrupto quem compra o voto, como também quem o vende. (Renato Ferreira)

Decisão foi oficializada em janeiro e começou a valer em fevereiro. O acesso à publicação segue normalmente na versão online. 

 

Para reduzir gastos em momento de crise econômica, a Prefeitura de Itapevi decidiu extinguir a versão impressa do Diário Oficial do Município. A última edição impressa circulou no dia 17 de fevereiro e a mudança foi oficializada por meio do Decreto 5.207, de 12 de janeiro de 2017.

 

Atualmente, o contrato com a gráfica para a impressão do Diário Oficial custa, sem reajuste, R$ 260 mil por ano aos cofres públicos. Em quatro anos, a economia será de no mínimo R$ 1.040.000,00.

 

Esta atitude resultará em menos desperdício de recursos públicos e papel. Além de contribuir diretamente com o meio ambiente e a sustentabilidade ", disse o prefeito Igor Soares. "A Prefeitura precisa dar o exemplo, combatendo desperdícios e cortando na própria carne", afirmou.

 

Diário Oficial segue existindo normalmente, com circulação às sextas-feiras, mas, desde a edição 424 só pode ser acessado online pelo site da administração municipal (itapevi.sp.gov.br). (Fonte: Site da PMI)

Na madrugada deste sábado (04/03), uma estudante de direito, de 26 anos, foi detida em flagrante enquanto pichava o muro de um estacionamento na Rua Santo Antônio, no Centro de São Paulo. Ela é a primeira pessoa a ser multada após a regulamentação da Lei Cidade Linda, publicada no Diário Oficial neste sábado. A nova lei foi aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo e sancionada pelo prefeito João Dória em fevereiro. 

Conforme boletim de ocorrência, a jovem foi flagrada pela Guarda Civil Metropolitana e levada para o 8º Distrito Policial, no Brás. Segundo a Prefeitura, a lei prevê multa de R$ 5 mil para o autor da pichação, valor que pode chegar até R$ 10 mil se o ato for contra patrimônio público ou bem tombado pelo Patrimônio Histórico. A acusada poderá responder pelo crime de vandalismo.

Ainda segundo informações da Prefeitura, se o infrator assinar um Termo de Compromisso de Reparação da Paisagem Urbana e cumprir o compromisso antes do vencimento da multa, ele poderá ficar isento da aplicação da multa. O infrator deverá aderir a um programa educativo de incentivo ao grafite.

Regulamentação da lei

O pichador que for autuado pela Prefeitura de São Paulo terá um prazo variável de até seis meses para fazer os reparos no bem atingido e assim escapar da multa de até R$ 10 mil. O prazo está previsto na regulamentação da lei publicada neste sábado no Diário Oficial. 

A regulamentação não detalha como exatamente será definido o prazo. Diz apenas que ele será “variável conforme o dano a ser reparado, não podendo ser superior a 6 meses”.

A lei sancionada por Doria em fevereiro representa uma das bandeiras do prefeito no início da sua gestão: a guerra aos pichadores. O tema gerou polêmica principalmente após o prefeito apagar grafites na Avenida 23 de Maio que tinham sido feitos por artistas contratados pela administração pública em 2015. O prefeito afirma que os grafites estavam pichados.

Agora, a multa para quem for pego danificando fachadas particulares é de R$ 5 mil, valor que sobe para R$ 10 mil em se tratando de bem público.

Até o vencimento da primeira notificação da multa, o infrator pode, porém, procurar a prefeitura regional e firmar um “Termo de Compromisso de Reparação da Paisagem Urbana”. Ele terá preferencialmente de retirar a pichação feita ou então realizar um trabalho de zeladoria equivalente indicado pela administração municipal.

O dinheiro da multa vai para o Fundo de Proteção ao Patrimônio Cultural.

Em fevereiro, Doria disse que a cidade terá em breve 2.500 câmeras integradas ao Copom da Policia Militar através do Detecta para reforçar a fiscalização contra os pichadores.

Mais de 80 pichadores foram presos desde o início do ano.

Veto

O prefeito vetou um parágrafo que previa a aplicação da multa de R$ 5 mil para cada edificação ou equipamento público pichado. Isso impede que o pichador receba mais de uma multa caso ele seja flagrado pichando mais de um muro. O texto aprovado pela Câmara Municipal na semana passada previa a punição para cada item danificado.

Segundo Doria, a aplicação de multas individualizadas para cada item não respeita os limites da "razoabilidade e da proporcionalidade". (Fonte: G1)

 

Após reformular sua equipe de trabalho e modernizar suas instalações, o Portal do Trabalhador de Osasco, unidade Centro, retoma suas atividades e reabre as portas para atender a toda população neste dia 8 de março, às 8h, com a presença do prefeito Rogério Lins e apresentação da Banda Sinfônica do Conservatório Villa Lobos.

Fechado na gestão anterior e sem atendimentos desde então,o Portal deixou inúmeros osasquenses sem auxílio em diversas demandas importantes, como intermediação de mão de obra, emissão da carteira de trabalho, seguro-desemprego, Programa Bolsa Família, entre outros.

Inaugurado em 2006, na sede da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), o Portal do Trabalhador se consolidou como um importante equipamento público de fomento às políticas públicas municipais de geração de emprego, trabalho e renda, e à intermediação de mão de obra entre trabalhadores e empresas sediadas em nossa cidade. Nesses 11 anos de atuação, o espaço já atendeu, aproximadamente, dois milhões de cidadãos e cidadãs, inserindo mais de 64.000 mil pessoas no mercado de trabalho formal.

De acordo com o prefeito Rogério Lins, a volta do Portal simboliza um importante passo para Osasco. “Em um cenário de recessão econômica como o vivido pelo país, atualmente, é muito importante garantir os serviços voltados ao trabalhador. Por isso nossa gestão se empenhou na reabertura do Portal.”, explica Lins. “Com a retomada das atividades, contamos com as empresas de nossa cidade e com todos os osasquenses, pois acreditamos que a construção de um cenário de elevação do emprego formal e crescimento da economia de nossa cidade é uma tarefa coletiva", finaliza. (Texto: Julio Oliveira - SECOM/PMO)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.