Quarta, 22 Novembro 2017 | Login

 

Na noite desta segunda-feira, 30/10, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), lançou o Projeto Osasco Integra, no Centro de Formação dos Professores. Ação tem como objetivo principal inserir no mercado de trabalho pessoas em situação de alta vulnerabilidade social.

 

O Osasco Integra não é uma política assistencialista, mas, sim um projeto intersetorial, que envolve o trabalho conjunto do poder público, iniciativa privada e sociedade civil. Isso possibilita a execução de políticas sociais, com ações capazes de promover uma Osasco mais justa, com igualdade de oportunidades para todos os trabalhadores, independentemente, de sua condição social. O evento contou com a presença de dezenas de empresários parceiros do projeto, de vereadores, secretários municipais e também do Juiz de Direito, Dr. Samuel Karasin, Diretor do Fórum de Osasco e responsável pela Vara da Criança e do Adolescente.

 

Notícias & Opinião também esteve presente cobrindo o evento. Veja, aqui, a videorreportagem do jornalista Renato Ferreira: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1509740409116194?pnref=story

 

A noite de segunda-feira, 23/10, foi especial para 18 professores da rede municipal de ensino. Foi realizado no Teatro Municipal de Osasco, a premiação do concurso “Professor Inovador – 2017”, promovido pela Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação.

 

A abertura da solenidade contou com a apresentação de um amplo repertório musical com temas de filmes e desenhos animados, além dos hinos de Osasco e do Brasil, tocados pela Banda Sinfônica do Conservatório Villa Lobos da FITO, sob a regência do maestro e arranjador da banda,Ederlei Lirussi, abrilhantando ainda mais a noite.

Professor inovador público

O prêmio “Professor Inovador” visa a valorização do professor e o reconhecimento de sua contribuição por uma educação pública de qualidade, bem como seu empenho na promoção de atividades que transformem e melhorem o ambiente educativo.

 

A escolha dos 18 profissionais vencedores foi realizada por uma comissão formada por técnicos da Secretaria de Educação e representantes das instituições: Associação dos Professores de Osasco (APOS), Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Públicos (Sintrasp) e do Sindicato dos Professores da Rede Pública Municipal de Osasco (Sinpemor).

Professor inovador 1 lugar

Para contemplar um número abrangente de professores, as inscrições foram divididas em igual quantidade, sendo 6 (seis) para professores da Educação Infantil; 6 (seis) do Ensino Fundamental e 6 (seis) da Educação de Jovens e Adultos/Educação Popular.

Professor inovador 2 lugar

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhado pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, parabenizou todos os educadores e agradeceu o empenho que tem recebido dos profissionais da educação desde que assumiu o governo.

“Estamos investindo para que Osasco seja cada vez mais uma referência na educação de qualidade. Vocês [professores] fazem parte da nossa vida, dentro e fora das escolas. Esse momento de premiação representa o ápice de um reconhecimento. Gostaríamos de poder premiar todos os inscritos pela qualidade dos projetos que foram apresentados. No entanto, sintam-se todos vencedores. Quanto àqueles que se destacaram hoje, levam para a casa esse prêmio. Gratidão é a palavra que escolho para demonstrar meu prestígio por todos vocês professores e trabalhadores da educação. Agradeço muito pelo trabalho que vem sendo realizado. Sei que temos muito ainda por fazer no setor e vamos fazer. Obrigado!”, disse Lins.

Profesor inovador 3 lugar

A secretária de Educação, Ana Paula Rossi, valorizou a iniciativa e reforçou seu agradecimento aex-secretária da pasta, a atual vereadora dra. Régia, que estava presente compondo a mesa solene. “Esse prêmio busca valorizar os professores da rede. Nós governamos para nossa cidade e não por bandeiras partidárias. Buscamos a união de forças para fazer o melhor para nossa população e para a cidade. Tenho consciência dos problemas da secretaria, mas não tenho medo e os encaro de frente. Além dessa iniciativa do concurso ‘Professor Inovador’ temos também várias outras ações e projetos que têm feito muita diferença no setor e trazido grandes transformações na educação. E vocês, profissionais da educação, merecem todo nosso carinho e respeito”, destacou.

 

CONHEÇA OS GANHADORES DO PRÊMIO PROFESSOR INOVADOR

Categoria Educação Infantil

1º lugar – Projeto vencedor: Reciclar “do lixo ao luxo”

Professora Roseli de Jesus Silva – CEMEIEF Prof. Maria J.F. Ferraz

Prêmio – Cheque no valor de R$ 12.000,00 +  troféu e certificado

2º lugar – Projeto vencedor: Pensar o presente, construir o futuro

Professora Cristina A. M. da Silva  - CEMEI Carlos Fernandes Costa

Prêmio – Cheque no valor de R$ 8.000,00 +  troféu e certificado

3º lugar – Projeto vencedor: O início

Professora Sammia E. M. França – Creche Vilma Catan

Prêmio – Cheque no valor de R$ 5.000,00 +  troféu e certificado

4º lugar - Projeto Vencedor: A criança e a arte de viver

Professora: Marineide Pereira Rocha – CEMEI Lourdes Candida de Farias

Prêmio – Cheque no valor de R$ 4.000,00 +  troféu e certificado

5º lugar – Projeto Vencedor: Um arraiá de faz de conta

Professora Júnia Prado Félix – CEMEI Zaíra Collino Odália

Prêmio – Cheque no valor de R$ 2.500,00 + troféu e certificado

6º Lugar - Projeto Vencedor: Que som é esse?

Professora Patrícia Barbosa de Souza – CEMEIEF ProfDarcy Ribeiro

Prêmio: Cheque no valor de R$ 1.500,00 +  troféu e certificado

Categoria Ensino Fundamental

1º lugar – Escola de pais na perspectiva de um currículo integrador
Professora Marcia A. S. Soares – EMEF Prof. Renato Fiuza Teles

Prêmio: Cheque no valor de R$ 12.000,00 +  troféu e certificado

2º lugar – Brincando de teatro na escola: uma proposta de alfabetização

Professora: Marcia A. Dalbello Vetore

Prêmio: Cheque no valor de R$ 8.000,00 +  troféu e certificado

3º lugar – Informática: “ O jornal”

Professora Telma A. S. Liberti – EMEF Laerte J. dos Santos

Prêmio: Cheque no valor de R$ 5.000,00 +  troféu e certificado

4º lugar – Transformando valores: vencer e crescer

Professora Lucinéia Lemos – EMEF Prof. Elza Carvalho M. Batiston

Prêmio: Cheque no valor de R$ 4.000,00 +  troféu e certificado

5º lugar – Matemática sem mistérios

Porfessora Dulcimeire A. L. Roque – EMEIEF Saas Bechara

Prêmio: Cheque no valor de R$ 2.500,00 +  troféu e certificado

6º Lugar – Biblioteca escolar: asas da imaginação

Professora Andrea Luiza Costa – EMEF Marechal Bittencourt

Prêmio: Cheque no valor de R$ 1.500,00 +  troféu e certificado

Categoria Educação de Jovens e Adultos – EJA

1º lugar – Atuar no seu talento para aprender empreender

Professora Nilma Sladkevícuis Castellani – EMEF Luiz Bortolosso

Prêmio: Cheque no valor de R$ 12.000,00 +  troféu e certificado

2º lugar – Pintando o sete: minha cor, sua cor, nossa cor

Professora Miriam Mika Mori – EMEF Oscar Pennacino

Prêmio: Cheque no valor de R$ 8.000,00 +  troféu e certificado

3º lugar – Vivenciando novas descobertas com a matemática

Professora Maria Inez Ferreira – EMEIEF Prof. Zuleika G. Mendes

Prêmio: Cheque no valor de R$ 5.000,00 +  troféu e certificado

4º lugar – Quem se ama se cuida

Professora Liege Prandi – CEU Zilda Arns

Prêmio: Cheque no valor de R$ 4.000,00 +  troféu e certificado

5º lugar: Desperta-me

Professora Carla Isabel Trevisan Lopes – Escola de Educação Especial Edmundo Campana Burjato

Prêmio: Cheque no valor de R$ 2.500,00 +  troféu e certificado

6º lugar – Alfabetização e alimentação

Professora Luciana G.V.Torres – EMEF Dr. Hugo Ribeiro de Almeida

Prêmio: Cheque no valor de R$ 1.500,00 +  troféu e certificado

Participaram do encontro, a vice-prefeita Ana Maria Rossi, acompanhada por seu esposo e ex-prefeito Francisco Rossi; Tânia Cristina Araujo Cardoso, diretora do Conservatório Villa Lobos da FITO; Anay Cristine, presidente da APOS (Associação de Professores); José Toste, diretor de Educação; o estudante Luiz Henrique, que homenageou sua professora Roseli, da CEMEIEF Maria José F. Ferraz; os secretários municipais Carlos Piteri (Transportes e da Mobilidade Urbana), José Bento (Comunicação), Pedro Sotero (Finanças), Sérgio Di Nizo (Administração) e José Carlos Pedroso (presidente da FITO); Mirtes de Cássia O. Rinaldo, diretora da Creche Vilma Catan; os vereadores Batista Comunidade, Ralfi Silva, Renato Bonin e Ricardo Silva, e Vitor Hugo, representando o vereador De Paula. (Texto: Olga Liotta - Fotos: Ítalo Cardoso - SECOM)

 

Nesta sexta-feira (27/10), o Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu um habeas corpus à advogada Libânia Aparecida da Silva, presidente da OAB/Osasco, que foi presa preventivamente na terça-feira, (24), acusada de praticar extorsão contra o presidente da Câmara Municipal de Osasco, vereador Elissandro Lindoso.  O HC foi impetrado pela OAB do Estado. O marido de Libânia Aparecida, Carlos Gomes, detido juntamente com ela, continua preso.

 

 

Veja, aqui, a íntegra da decisão do Trribunal de Justiça:

A queixa é de constrangimento ilegal decorrente da conversão da prisão em flagrante da paciente em prisão preventiva, por meio de decisão
desprovida de fundamentação idônea, quando ausentes os pressupostos da custódia cautelar e, paralelamente, presentes os requisitos da liberdade
provisória.
Sustenta, em resumo, a impetrante, que Libânia viu-se “envolvida em nebulosa operação policial que culminou na sua injusta e açodada
prisão, realizada no último dia 24 de outubro de 2017”. E isso porque, “em circunstâncias a serem melhor esclarecidas, à Paciente foi imputada a suposta prática do delito de extorsão, pretensamente praticado em face do atual Presidente da Câmara Municipal de Osasco/SP” (fl. 4).
Prossegue, aduzindo que, em audiência de custódia, realizada no dia 25.10.2017, a Magistrada em exercício na Vara do Plantão Judicial da 19ª
Circunscrição Judiciária – Comarca de Sorocaba, acolheu proposição do fls. 313 Ministério Publico, de modo a converter a prisão em flagrante de Libânia em prisão preventiva.

Afirma a subscritora da inicial, em sequência, que não hájustificativa válida, específica e plausível, para a custódia cautelar, que além de
se mostrar exagerada e desproporcional, revela-se dissociada não apenas dasprovas e elementos concretos existentes nos autos, mas também da gravidade da infração penal em apuração, que não é considerada hedionda.
Paralelamente, enaltece os predicados pessoais favoráveis de Libânia, ressaltando ser ela advogada com atuação profissional destacada, que
ocupava, ao ensejo dos fatos, a condição de Presidente da 56ª Subseção da OBS/SP, primária, com bons antecedentes, família e residência fixa.
Busca, por isso, a concessão da liminar, para que a paciente seja autorizada a aguardar em liberdade pelo desfecho do processo, ainda que
mediante a imposição de medidas cautelares diversas da prisão.

Como se sabe, a cognição agora realizada é sumária e não exauriente.
Duas as pessoas detidas durante a diligência policial e apresentadas em audiência de custódia: a advogada Libânia e seu companheiro Carlos.
Pois bem.
Examinada a decisão atacada, embora de sua conclusão conste
a ordem de prisão da dupla, na sua fundamentação parece serem invocados
argumentos preocupados mais com a atuação de Carlos.
Com efeito, a Magistrada fala que não há indicativos seguros da
vinculação do réu ao distrito da culpa, nem comprovante de residência e
ocupação lícita.

Difícil acreditar que estes argumentos digam respeito a Libânia,
pois sua condição de advogada e de Presidente da 56ª Subseção da OAB/SP, no
município vizinho de Osasco, era de todos conhecida, tanto que por essa
condição foi tentado contato com o Presidente da 98ª Subseção da OAB/SP
São Roque e, diante da impossibilidade de sua localização, a lavratura do auto de
prisão em flagrante foi acompanhada pelo Advogado Roger Fernando Alves (fl.
33).
Mas não é só. A decisão que começa falando do réu (no
singular) prossegue afirmando que “não há como deferir-lhe a liberdade”
(novamente no singular) (fl. 71).
Como em matéria penal não se deve utilizar a interpretação
extensiva em prejuízo do acusado esta regra também deve estar presente
quando se analisa decisão que implique restrição tão grave da liberdade, como é
a prisão.
Paralelamente, fixada a premissa de que a prisão, antes da
sentença penal condenatória é medida excepcional, até porque existentes outras
medidas cautelares, previstas pelo legislador, é preciso que se demonstre,
concretamente, a necessidade da solução mais drástica e a insuficiência das
outras, menos gravosas.
No caso concreto, para não aplicar medidas assecuratórias mais
brandas, a justificativa utilizada foi no sentido de que não haveria aparato de
fiscalização adequado. Respeitada a convicção da autoridade judicial apontada como
coatora, o raciocínio utilizado indicaria que o artigo 319 do Código de Processo
Penal não passaria de norma programática, que jamais poderia ser utilizada, ou
de uma lei defectiva, assim entendida aquela que por não ter sido
suficientemente planejada, na prática demonstra não poder ser aplicada porque
inexistentes os recursos para tanto.

Mas não é isso o que a experiência tem demonstrado, pois
inúmeros os casos, no cotidiano forense, de aplicação eficiente de medidas
cautelares diversas da prisão.
Então, embora não exista dúvida de que o comando de prisão
dirige-se aos dois supostos autores da extorsão noticiada, como mostra-se
nebulosa a argumentação referente à concreta necessidade dela no tocante à
paciente, é caso de concessão liminar, em caráter parcial, da ordem reclamada.
Não é caso de prisão domiciliar, pretendida na inicial do remédio
heroico, pois ausentes os pressupostos do artigo 318 do Código de Processo
Penal, e também porque a medida implicaria restrição ao exercício da atividade
profissional de Libânia.
Suficientes, em face da inexistência de antecedentes criminais,
do exercício de atividade regular, pois do contrário a paciente não estaria
ocupando a condição de Presidente de Subseção da Ordem dos Advogados do
Brasil, e da ausência de emprego de violência física na prática do crime, as
medidas previstas no artigo 319, inciso I, do Código de Processo Penal
(comparecimento periódico em juízo para informar e justificar atividades), a ser
disciplinada na origem em relação à periodicidade, e inciso II, a saber, proibição
de manter contato com a vítima e seus familiares, sem prejuízo de outras que se
mostrem necessárias em face das intercorrências que possam surgir no futuro,
colocando em risco o bom andamento da ação penal, incluída a própria colheita
da prova.
Registra-se que não há nos autos elementos que autorizem,
desde logo, a aplicação da regra do artigo 580, do Código de Processo Penal,
pois as condições pessoais dos custodiados não estão comprovadas por inteiro
como idênticas, aqui.
Diante do exposto, defiro, em parte, o pedido de liminar,
para substituir a prisão preventiva de Libânia pelas medidas cautelares previstas no artigo 319, incisos I e II, do Código de Processo Penal, como
detalhado acima, determinando, por consequência, a expedição de alvará de
soltura clausulado em seu favor. A paciente deverá comparecer perante o
Juízo da origem, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, para a
regulamentação das medidas que lhe foram estabelecidas. Observe, a
secretaria, o sigilo processual determinado em Primeiro Grau (fls. 71/72).

São Paulo, 27 de outubro de 2017

XAVIER DE SOUZA

Relator

O CASO

Na terça-feira, 24, a presidente da 56ªSubseção de Osasco OAB, Libânia Aparecida da Silva, e seu marido foram presos pela polícia de São Roque, num restaurante, km 43 da rodovia Castelo Branco, após ter recebido um envelope com R$ 2 mil do vereador Lindoso, com parte do pagamento de extorsão. Segundo o vereador, eles pediram dinheiro e cargos no Legislativo para cessar as denúncias contra ele.

Veja matéria completa nesses dois links: https://goo.gl/5rhqx7  e https://goo.gl/EgYD4

 

Na tarde desta terça-feira (24/10), o presidente da Câmara Municipal de Osasco, dr. Elissandro Lindoso, concedeu entrevista coletiva em seu gabinete, ocasião em que deu a sua versão sobre o caso de extorsão que sofreu por parte da presidente da OAB/Osasco, Dra Libânia Aparecida da Silva, conforme Notícia & Opinião publicou na manhã de hoje - https://goo.gl/5rhqx7

O caso gerou a prisão em flagrante da Dra. Libânia e do seu marido, Carlos Gomes, conforme histórico do Boletim de Ocorrência número 3438/2017, registrado na Delegacia de São Roque, na madrugada desta terça-feira. As prisões aconteceram no Restaurante Racho 53, na Rodovia Castelo Branco por policiais civis de São Roque.

Segundo o BO, o casal foi detido logo após a presidente da OAB/Osasco ter recebido um envelope do vereador Lindoso contendo R$ 2 mil. E, conforme o vereador explicou, esse valor era referente a uma parte da extorsão. Antes, ele já havia feito o pagamento de R$ 10 mil ao casal.

Durante a coletiva, bastante abatido, devido aos acontecimentos da noite passada, Lindoso afirmou que fez os pagamentos anteriores com objetivo de se aproximar da advogada Libânia, uma vez que quem fazia as ligações para extorqui-lo era o marido dela, Carlos Gomes. "Sabíamos que ele pedia o dinheiro o mando dela", disse Lindoso. Segundo o vereador, as extorsões eram para que ela parasse com as denúncias contra ele.

Essas denúncias são referentes ao aluguel de um prédio para mudança do Legislativo que ainda não foi concretizada e a um projeto da Mesa para locação de carros para os vereadores. Por sua vez, Lindoso se defende das acusações afirmando que o prédio está sendo preparado para a mudança e que a locação dos veículos é uma medida com base legal.

Extorsões

Na coletiva, Lindoso afirmou também não entender as causas das representações contra ele por parte da presidente da OAB/Osasco. "Na gestão passada não houve sequer uma representação contra a presidência da Câmara. Tentei obter explicações deles, mas, a resposta foi que eles queriam mais dinheiro e cargos no Legislativo se quisesse o encerramento das denúncias. Então, como ficou configurado como extorsão, comunicamos o encontro à polícia e, infelizmente, esse caso culminou com o desfecho que todos vocês já conhecem".

OAB é vítima também

Indagado se o dinheiro era seu ou da Câmara, Lindoso afirmou que era seu. "Eu sou vítima, como também a OAB é vítima desse caso. Fico muito triste com tudo isso, pois, houve também o caso de um jornalista que tentou me extorquir. Esse jornalista não está presente nesta coletiva. Ele disse que se eu não pagasse, ele iria publicar matérias contra mim. Fez algumas matérias nesse sentido, mas, preferi não registrar nenhuma queixa. Se o caso continuar, é possível que eu registre queixa", disse Lindoso, sem informar o nome do jornalista.

 

Notícias & Opinião gravou o início da fala do vereador Dr. Lindoso. Pedimos deculpas pela qualidade do vídeo feito pelo celular: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1504253332998235?pnref=story

Tentamos entrar em contato com a OAB/Osasco através de dois telefones, mas, até o momento ainda não obtivemos retorno.

 

O bairro ganhará também uma nova UBS (Unidade Básica de Saúde), que substituirá o Posto de Saúde que se localiza na Igreja Santa Gema

Altino 2

Na quinta-feira, 19/10, o prefeito Rogério Lins, acompanhado do secretário de Serviços e Obras, Cláudio Monteiro, esteve em Presidente Altino, onde anunciou importantes investimentos públicos que a Prefeitura fará em breve no bairro nas áreas de lazer, saúde e segurança pública.

O principal investimento público no local será direcionado às obras de revitalização e reforma geral da Praça Dicran Echrefian, tradicional espaço de lazer dos moradores. Conforme explicou o prefeito, essa obra só será iniciada no início de 2018, porque ela depende do processo licitatório. “A revitalização dessa praça é uma antiga reivindicação dos moradores que nós vamos atender agora. Mas, como não será uma obra pequena, precisamos, antes, iniciar e concluir o processo de licitação que demora alguns meses”, informou.

Altino 3

Além de um novo playground, a praça ganhará uma pista de caminhada, novos bancos, iluminação de LED, jardinagem e estudo sobre as condições de todas as árvores da praça. Segundo o secretário Cláudio Monteiro, o projeto incluirá também o planejamento para uma nova forma de estacionamento no entorno da Dicran Echrefian, conforme reivindicação dos moradores e comerciantes. Estima-se que as obras de revitalização deverão ser concluídas até outubro de 2018.

Em termos de segurança pública, serão instaladas no bairro câmeras de monitoramento em pontos estratétigos para auxiliar nos serviços excecutados pela Guarda Civil Municial, como também pelas Polícias Civil e Militar. O bairro de Presidente Altino já conta com uma unidade da GCM e um Distrito Policial.

Para a área da Saúde, Rogério Lins anunciou a construção de uma nova UBS (Unidade Básica da Saúde), que substituirá o atual Posto de Saúde, que funciona na Igreja Santa Gema, na Rua Gabriel Seferian. A nova UBS será construída na Rua Albino José Freixeda, 103, (a rua da Feira), bem próximo à praça central. A conclusão das obras da UBS deverá ocorrer também até o final de 2018.

Também acompanharam a visita, a secretária de Educação, Ana Paula Rossi; Salpi Bedoyan, presidente da AMAltino (Associação de Moradores de Presidente Altino), dentre outras lideranças do bairro, como Altair da Padaria, além das autoridades mirins, Heloisa Santos (Prefeita); Stephanie (secretária de Educação); e  Ana Beatriz (secretária de Obras). (Fotos: Rômulo Fasanaro Filho - SECOM)

Conforme matéria de Nilson Martins, do site QG Notícias, a presidente da OAB/Osasco, Dra. Libânia Aparecida da Silva, foi presa na noite desta terça-feira (24/10), num restaurante no KM 53 da Castello Branco, por policiais civis da delegacia de São Roque, acusada de extorsão. A prisão teria sido efetuada no momento em que ela recebia um envelope do presidente da Câmara de Osasco, Dr. Elissandro Lindoso (PSDB) contendo determinada quantia em dinheiro. Dra Libania estava acompanhada do marido que também foi preso.
Segundo a matéria, o Dr. Lindoso vinha sendo ameaçado pela presidente. “Tudo começou há mais ou menos um mês quando o marido dela fez contato comigo e afirmou que queria dinheiro e cargos para que não houvesse mais ameaças”, disse Lindoso a Nilson Martins. O jornalista, que assessora o vereador, destaca que a advogada Libânia havia entrado com um pedido de cancelamento de uma licitação para aluguel de veículos aos vereadores feita por Lindoso. No documento, ela alega que há ilegalidades no processo. Posteriormente, ela afirmou ter sido "muito ofendida por Lindoso em seu gabinete na Câmara Municipal", onde ela foi saber informações sobre o aluguel de um prédio ao lado do Legislativo.
Ainda segundo a matéria, a presidente da OBA/Osasco continuou com as ameaças, afirmando que iria levar adiante as denúncias e que desta vez seria ao Ministério Público. Hoje, às 14h, o presidente vereador Lindoso vai conceder entrevista coletiva para explicar os fatos. A polícia de São Roque informa que a Dra. Libania encontra-se no Fórum da cidade, onde aguarda audiência de custódia.
 
Tentamos entrar em contato com a OAB/Osasco através de dois telefones, mas, até o momento ainda não obtivemos retorno.

 

Mesmo rodeado de amigos poderosos da política brasileira que, de uma forma ou de outra, o ajudaram a afundar o Rio de Janeiro, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) mostra a cada dia que não é um preso comum, mas, sim, um perigoso criminoso e que, por isso mesmo, vai ser transferido de uma cadeia do Rio de Janeiro para um presidio federal de segurança máxima. Nesta segunga-feira ( 23/10), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, aceitou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que o ex-governador do Rio seja transferido da cadeia José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio, para algum presídio federal. A solicitação de transferência do preso foi solicitada pelo procurador da República Sérgio Pinel, sob alegação de que Cabral teve acesso a dados privilegiados na prisão. A unidade para onde o peemedebista será enviado ainda não foi escolhida. 

A decisão de mudar Sérgio Cabral de prisão ocorreu durante uma audiência marcada pela tensão entre o ex-governador Cabral e o juiz Bretas. O magistrado suspendeu a sessão por cinco minutos, após Cabral o acusar de procurar projeção pessoal. “O senhor está encontrando em mim uma possibilidade de gerar uma projeção pessoal, me fazendo um calvário”, disse o peemedebista, que soma mais de setenta anos de prisão em três sentenças – duas de Bretas – e responde a dezesseis ações penais na Justiça. O ex-governador, acusado de lavagem de dinheiro com compra de jóias, mostrou ainda saber detalhes da vida do juíz e de seus familiares. Na audiência, ele disse que o juíz Bretas, cuja família, segundo ele, tem lojas de bijouterias, "deveria saber que não se lava dinheiro comprando jóias".

Do Palácio Guanabara para presídio federal

Até estourar as primeiras acusações contra Sérgio Cabral, com certeza, pouca gente poderia imaginar que o ex-senador pelo PMDB, eleito governador do Rio de Janeiro em dois mandatos, um político poderoso e rodeado de amigos políticos, também poderosos, como mostra a foto, pudesse ser um político tão corrupto e perigoso a ponto de ameaçar um juiz. Dentre esses amigos, estão os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PMDB-MG), o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, seu sucessor, Marcelo Crivella e o senador Lindberg Faria (PT), dentre outros,. Mas, além de corrupto, Sérgio Cabral demonstra também ser perigoso a ponto de fazer ameaças veladas a um juiz.

Com vários esquemas de corrupção, Sérgio Cabral quebrou o estado do Rio de Janeiro, que hoje, dexou de ser a mais importante atração turística do país para ser um destino perigoso para turistas brasileiros e estrangeiros. Buscando lazer e diversão no Rio, hoje, os turistas acabam sendo assassinados, vítimas das trocas de tiros entre policiais e bandidos.

Ao lado de Lula, Cabral foi um dos que mais festejou a escolha do Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014 , e da cidade do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas em 2016. Hoje, além dos inquéritos que responde por corrupção no âmbito da Lava Jato, Sérgio Cabral já foi também indiciado por desvio de dinheiro público em obras dos Jogos Olímpicos.

Mas, Sérgio Cabral não deve estar preocupado com a transferência para um presídio federal longe do seu estado. Com todos esses amigos famosos, no mínimo, ele não ficará sem a visita deles em qualquer prisão. Afinal, são amigos de baladas, como Aécio Neves, ou com quem ele trocava telefonemas diários para falar até mesmo de coisas banais sobre o Rio de Janeiro. São amigos poderosos que sempre o apoiaram em suas campanhas para a eleição e reeleição como governador do Rio e que, com certeza, não o abandorão só porque ele vai algum presídio em outro estado da Federação. (Renato Ferreira) 

 Praça Pombinha Branca 5 RL

Na manhã deste domingo (22/10), a Prefeitura de Osasco inaugurou as obras de reforma geral da Praça Antonio Pereira de Castro, mais conhecida como Praça "Pombinha Branca", localizada na Rua Equador com a Avenida Padre Vicente Melilo, na zona Sul da cidade. Mesmo com chuva moradores da região prestigiaram o evento, uma vez que a reforma era uma antiga reivindicação dos munícipes do entorno da Praça e de bairros vizinhos.

Praça Pombinha Branca 2

A Praça foi totalmente revitalizada. No local, a Prefeitura construiu pista de caminhada, quadra de areia, quadra poliesportiva, espaço pet, playground, colocou novos bancos e tambéns instalou iluminação de LED.

Praça Pombinha Branca 3

A reportagem de Notícias & Opinião esteve presente e traz aqui, em vídeo, um resumo de como foi a inauguração do evento, que contou com shows para o público infantil, balão pula-pula, cama elástica, pipoca e algodão doce, além de outros serviços públicos prestados por funcionários das Secretarias da Saúde e do Meio Ambiente.

Praça Pombinha Branca 4

 

Confira aqui: .https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1502017903221778?pnref=story

 

 
Morreu na madrugada desta segunda-feira (23/10), aos 85 anos, Vitautas Sakatauskas, tradicional Papai Noel da cidade de Osasco. Em todos finais de ano, ele fazia a alegria dos pais e das crianças no Natal do Osasco Plaza Shopping. De família tradional da cidade Vitautas fazia parte de uma família de Papais Noeis: José, Alberto e Calos Sakatauskas. Ele é irmão de Alice Sakatauskas, nome de importante Avenida na zona Sul de Osasco. Vítima de câncer, ele encontrava-se internado já algum tempo.

Em Nota, a Associação Metropolitana de Comunicação (AmeCom) manifesta o seu pesar pela morte do Papai Noel, Vitautas Sakatauskas:

"Aos 85 anos, durante 25, Vitaustas animou milhares de pessoas como Papai Noel em diversos empreendimentos comerciais e associações da cidade. Durante essas décadas emprestou seu personagem para manter viva a imagem do bom velhinho que entrega presentes às crianças comportadas na véspera do Natal. 

Sakataukas deixa esposa e dois filhos profissionais de comunicação: Douglas e Alex, este, atualmente funcionário da TV Câmara Osasco. 

A Associação solidariza-se com seus familiares e com toda a sociedade osasquense pela perda deste notável homem.

Osasco, 23 de outubro de 2017. 

Mauro Sérgio 
Presidente da AmeCom

Rodolfo Andrade 
Presidente da AmeCom Osasco"

 

Jogando novamente sob o comando de Luizomar de Moura, o Vôlei Nestlé venceu o Renata Valinhos/Country por 3 sets a 2, com parciais de 30/32, 25/11, 25/11 e 28/30 e 15/8, em 2h04min. O jogo foi realizado nesta sexta-feira (20/10) no José Liberatti, em Osasco, valendo pela segunda rodada da Superliga 2017/18. Foi a primeira partida em casa da equipe osasquense. Na primeira rodada, O Vôlei Nestlé venceu o Hinode Barueri na casa do adversário por 3 sets a 1. Nesta segunda rodada, as osasquenses voltaram a jogar sob comando de Luizomar de Moura, depois de sua primeira passagem pela seleção feminina do Peru. 

Neste jogo em casa, a equipe de Osasco apresentou também um novo uniforme e a jogadora peruana, Angela Leyva, segundo reforço para a temporada. Paula, aniversariante do dia, foi escolhida a melhor jogadora da partida, ficando com o troféu VivaVôlei. Agora, as osasquenses voltam a jogar pela Superliga no dia 31, contra o São Cristóvão, em São Caetano. 

Sesc 3 X 2 Hinode

Sesc e Hinode

Jogando no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, a equipe do Hinode Baruei, sob o comando do tricampeão mundial, José Roberto Guimarães, vendeu caro a derrota para o SESC/Rio, treinada por Bernardinho. Depois de vencer os dois primeiros sets, o time de Barueri, que disputa a sua primeira Superliga, acabou perdendo os três últimos sets.

 

Foi um jogo muito equilibrado desde a primeira parcial e se o resultado fosse 3 a 2 para as paulistas não seria nenhuma novidade. Por ser o jogo das equipes dos técnicos multicampeões José Roberto Guimarães e Bernardinho, a partida despertou muita atenção. E, realmente, foi um jogaço à altura dos dois maiores técnicos do mundo. No final, a experiente equipe de Bernardinho venceu por 3 sets a 2, com parciais de 24/26, 23/25, 25/2225/23 e 15/12

A ponteira Drussyla foi um dos destaques da partida. Ela marcou 26 pontos e ficou com o troféu VivaVôlei. Pelo Hinode, a maior pontuadora foi Edinara, com 21 pontos. Outro destaque da equipe paulista foi o bloqueio, com destaque a eficiência da central Fê Isis..

 

Outros resultados da segunda rodada:

Praia Club 3 X 0 São Caetano

Vôlei Bauru 3 X 1 Fluminense

Minas 2 X 3 Pinheiros

Às 21 horas deste sábado, jogarão Brasília e SESI-SP, em Brasília.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.