Sábado, 17 Fevereiro 2018 | Login

Corinthians, o atual campeão e o maior ganhador do torneio foi desclassifcado, agora à noite, pelo Avaí

 

Foi encerrada nesta terça-feira, 16/01, a fase das oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que classificou os oito times para as quartas de final. E terminou com um resultado inesperado, principalmente, para a torcida do Corinthinas, atual campeão da Copinha e o maior ganhador da competição com oito títulos. Jogando em Araraquara, o time do Corinthians foi derrotado por 2 a 0 para o Avaí. Com a vitória, os meninos de Santa Catarinha vão enfrentar o invicto Flamengo, que, hoje, à tarde, derrotou o Audax de Osasco, em Barueri, por 1 a 0.

 

Os outros seis classificados para a próxima fase são o São Paulo, que venceu o Cruzeiro, por 1 a 0; o Palmeiras, que passou pelo Vasco por 2 a 0; o Santos, que derrotou o Atlético (PR) por 2 a 0; o Internacional, que venceu a Desportiva Paraense; e o Vitória que superou o Londrina por 2 a 1.

A primeira partida das quartas de final será realizada na próxima quinta-feira, 18/01, no Estádio Santa, em Ribeirão Preto, onde jogarão São Paulo e Vitória, às 16 horas. Mais, tarde, às 18h20, será a vez do Santos entrar em campo para enfrentar o Internacional, no Estádio José Lancha Filho, em Franca.

As outras duas partidas desta fase que irão definir os quatro semifinalistas, serão disputados na sexta-feira, 19, ainda sem local e horário definidos. o Avaí vai enfrentar o Flamengo, enquanto que Palmeiras e Portuguesa farão o clássico paulista das quartas de final.

Portanto, dos 128 times que estrearam na Copinha, no dia 2 de janeiro, restam apenas oito que ainda sonham com título de 2018. O título da Copinha 2018, será decidio no dia 25, no Pacaembú, dia do aniversário da cidade de São Paulo, que completa 464 anos de fundação.

 

Confrontos das quartas de final:

São Paulo X Vitória

Santos X Internacional

Avaí X Flamengo

Palmeiras X Porguesa

Hoje, o governador Geraldo Alckmin anunciou a antecipação da vacinação fracionada contra a febre amarela em 54 municípios paulistas do dia 3 de fevereiro para o dia 29 de janeiro
 
 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) passou, nesta terça-feira, 16/01, a considerar todo o estado de São Paulo como área de risco de febre amarela.
Segundo o secretariado da entidade, a decisão foi tomada "considerando o aumento da atividade do vírus" observado na região.
"Consequentemente, a vacinação contra a febre amarela é recomendada para viajantes estrangeiros que visitem qualquer área no estado de São Paulo", diz a OMS, em comunicado.
 
 FEBRE AMARELA: VEJA PERGUNTAS E RESPOSTAS
 
O que mudou
Antes: Até então, a OMS recomendava que viajantes tomassem a vacina contra a febre amarela para áreas de risco do estado de São Paulo, que não incluia a capital paulista e boa parte do interior, além de outros estados do Brasil.
Agora: A recomendação da OMS passa a valer para todo o estado de São Paulo, incluindo a capital paulista.
Nesta terça-feira (16), o governo de São Paulo anunciou que a vacinação fracionada contra a febre amarela em 54 municípios do estado será antecipada para o dia 29 de janeiro. Anteriormente, o governo havia anunciado que a aplicação das doses seria realizada a partir do dia 3 de fevereiro.
A entidade aconselha também quem vai viajar para o estado a adotar medidas para evitar picadas de mosquitos, fique atento para os sintomas da doença e procure atendimento durante ou após a visita, em caso de suspeita da doença.
"A determinação de novas áreas consideradas de risco de transmissão de febre amarela é um processo contínuo, e atualizações serão fornecidas regularmente", diz a OMS.
Por enquanto, o Ministério da Saúde incluía apenas o oeste do Estado de São Paulo como área de risco.
Ministério não vai mudar estratégia em São Paulo
Uma diferença entre a recomendação da OMS, que abrangeu todo o Estado, e as áreas de risco do Ministério da Saúde, que se limitam a municípios de maior risco em São Paulo e não abrangem todo o território.
Essa diferença na recomendação é explicada, em nota do Ministério enviada ao G1, porque a Organização Mundial da Saúde não tem como prever especificamente o destino de viajantes nesses territórios e, por isso, a recomendação foi para todo o estado.
O Ministério da Saúde informa, no entanto, que "a determinação das áreas de vacinação foi feita de acordo o acompanhamento da circulação do vírus, baseada no mapeamento epidemiológico das regiões" e que a recomendação para São Paulo não será modificada.
O coordenador de vacinas do Estado de São Paulo, contudo, espera que até o final do ano todo o Estado de São Paulo seja vacinado -- a depender da quantidade de vacina produzida, que atualmente é de 6 milhões de doses por mês.
"Esperamos que, até o final do ano, todo o estado seja vacinado", diz Marcos Boulos, coordenador de vacinas do estado de São Paulo.
"No longo prazo, também acredito que o Ministério vai pensar em uma estratégia para o Brasil", diz.
Até esta terça-feira (16), a recomendação do governo do estado e da Prefeitura de São Paulo era que somente as pessoas que residem nas áreas de risco, regiões perto de matas em que foram encontrados macacos mortos com o vírus da febre amarela, tomassem a vacinação convencional. As demais pessoas, que vivem fora da área de risco, devem esperar o início da vacinação fracionada.
A Secretaria Estadual da Saúde confirma 21 mortes por febre amarela silvestre no estado desde janeiro de 2017, segundo dados divulgados no último dia 12.
Também foram confirmados 40 casos autóctones (quando a doença é contraída na própria cidade e não vem de pessoas que viajaram para regiões afetadas) de febre amarela silvestre no estado desde janeiro de 2017. Não há casos de febre amarela urbana no Brasil desde 1942.
De acordo com o governo estadual, os locais de infecção que resultaram em morte ocorreram nos municípios de Américo Brasiliense, Amparo, Atibaia, Batatais, Itatiba, Jarinu, Mairiporã, Monte Alegre do Sul, Nazaré Paulista, Santa Lucia e São João da Boa Vista.
A cidade de Mairiporã, que faz divisa com a capital paulista, é uma das que registrou o maior número de contaminações por febre amarela - foram 42 registros e 3 pessoas mortas - sendo que dois dos mortos são residentes na cidade e uma delas estava em trânsito. A Secretaria de Saúde da cidade afirma que mais de 90% da população já foi vacinada.
Desde a confirmação de novas mortes por febre amarela, os postos de saúde do estado, incluindo os da capital, têm ficado lotados e com fila de horas de esperar para a imunização contra a doença com a dose convencional. Apesar da corrida aos postos, a Secretaria Estadual da Saúde diz que não há motivo para pânico.
Vacinação antecipada
 
Também nesta terça (16), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou que a vacinação fracionada contra a febre amarela em 54 municípios do estado será antecipada para o dia 29 de janeiro. Anteriormente, o governo havia anunciado que a aplicação das doses seria realizada a partir do dia 3 de fevereiro.
A alteração ocorreu após o governo estadual pedir a antecipação ao Ministério da Saúde. A campanha de vacinação também será encerrada com uma semana de antecedência, no dia 17 de fevereiro.
A meta é imunizar 6,5 milhões de pessoas - 2,5 milhões só na capital paulista. A dose fracionada tem tem 0,1 ml, enquanto que uma dose convencional tem 0,5 ml. A vacina permite a imunização por oito anos. Veja a relação das cidades que receberão a vacinação fracionada.
As seringas que serão usadas na campanha de vacinação contra a febre amarela com doses fracionadas já chegaram a São Paulo. Elas são menores e conseguem aplicar doses de 0,1 ml. (Fonte: Conteúdo G1)
 
Transmissão e sintomas da febre amarela
febre amarela sintomas

 

Porém, mesmo sem casos regisratos, Prefeitura amplia número de unidades para vacinação
Na tarde desta segunda-feira, 15/01, o secretário de Saúde de Osasco, José Carlos Vido, reuniu a imprensa para falar sobre a questão da febre amarela no município. Ele garantiu que a cidade de Osasco está fora da área de risco de contaminação da doença. Mesmo assim, por meio da Secretaria de Saúde, a Prefeitura resolveu ampliar o número de unidades da rede municipal de saúde para aplicar a vacina. Conforme explicou o secretário, há critérios para essa primeira fase de vacinação, voltada preferencialmente para pessoas que frequentaram áreas de risco ou que vão viajar para o exterior.
 
Durante a coletiva, Vido explicou que, por determinação do prefeito Rogério Lins, a Secretaria montou uma nova etapa de vacinação nas zonas Norte e Sul da cidade. Essa nova etava será iniciada na quarta-feira, 17/01, das 7h30 às 16h. A vacinação será realizada de forma integrada pelas policlínicas Norte e Sul e também por unidades básicas de saúde localizadas nos dois extremos da cidade.
Segundo o secretário, até o momento Osasco não registra nenhum caso de febre amarela. Existe apenas suspeita de um caso importado da doença. Trata-se de um rapaz que esteve em Mairiporã, nas festas do final de ano, e onde, possivelmente, ele teria sido contaminado. No entanto, o laudo oficial será realizado pelo Instituto Adolpho Lutz e concluído no prazo de 10 dias.
Vido afirmou ainda que a Secretaria de Saúde possui um estoque de 25 mil doses da vacina e a Secretaria de Saúde já efetuou o pedido de mais 70 mil doses ao governo do Estado. Osasco faz parte das cidades onde é aplicada a vacina total, que imuniza a pessoa para o resto da vida. O Ministério da Saúde, no entanto, estuda o fracionamento da vacina para atender um número maior de pessoas. Se tomar a vacina fracionada, a pessoa terá que tomar novas doses posteriormente.
 
Notícias de Paz conversou com José Carlos Vido. Veja aqui: https://www.facebook.com/orenatoferreira/posts/1585730111517223?pnref=story
Segunga etapa de vacinação de 17 a 19 de janeiro
Das 7h30 às 16h00
ZONA NORTE DE OSASCO
Unidade Básica de Saúde do Portal (UBS Francisca Lima Lira)
Rua Juscelino Kubitschek de Oliveira, 100
Três Montanhas (UBS Dr. Adauto Ribeiro)
Rua Serra do Roncador, 62
ZONA SUL DE OSASCO
Vila da Justiça (UBS Lia Buarque Macedo Gasparine)
Avenida Clóvis Assaf, 460
Santa Maria (UBS Santa Maria)
Rua Eugênio Pacelli, 1013
Policlíncas
Zona Sul (Rua da Saudade, 100, Bela Vista)
Zona Norte (Avenida Getúlio Vargas, 990, Piratininga)

Ex-prefeito petista é acusado de ter recebido 2,6 milhões de reais da empreiteira UTC em 2012, quando foi eleito prefeito de São Paulo; ele nega irregularidade

 

 Nesta segunda-feira, 15/01, a Polícia Federal indiciou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) por falsidade ideológica. Haddad é alvo de investigação desde o ano passado, quando a PF deflagrou a Operação Cifra Oculta, que apurava um suposto pagamento de 2,6 milhões de reais, em caixa 2, da empreiteira UTC à campanha para a prefeitura da capital em 2012. O crime de caixa dois é interpretado pela Justiça como uma forma de falsidade ideológica.

Além de Fernando Haddad, a PF indiciou também o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros cinco envolvidos no caso. Vaccari está preso desde abril de 2015 e condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, a Corte de apelação da Lava Jato. O relatório de indiciamento de Haddad, Vaccari e outros investigados foi enviado na semana passada à Justiça Eleitoral.

A acusação foi feita com base na delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, sócio da UTC. Segundo a PF, foi usado para pagar dívidas da campanha do ex-prefeito com uma gráfica que prestou serviços e que pertence a familiares do ex-deputado estadual Francisco Carlos de Souza (PT).

O inquérito foi aberto em 25 de novembro de 2015 após a delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC. O executivo relatou que recebeu um pedido de Vaccari para pagar uma dívida de campanha de Haddad, então candidato a prefeito em 2012 — os valores deveriam ser pagos a uma gráfica pertencente a “Chicão”. Ricardo Pessoa narrou que o pagamento foi operacionalizado pelo doleiro Alberto Youssef. Segundo a PF, o doleiro era responsável por gerenciar a contabilidade paralela da empreiteira.

 

“São responsáveis pela prática de atos de lavagem de dinheiro Zuleica Lopes Maranhão de Souza e Gilberto Queiroz de Souza, em nome de quem estava a empresa LWC Editora Gráfica Ltda (EPP), à época dos fatos”, diz relatório entregue à Justiça Eleitoral em São Paulo. Para a PF, documentos apreendidos na sede da gráfica de Francisco Carlos de Souza e na residência de Gilberto Souza “reforçam essa conclusão”.

Ao ser interrogado pela PF, Haddad declarou que “mantinha reuniões semanais com Francisco Macena à época da campanha para tomar conhecimento das receitas e despesas que eram realizadas”. Ainda segundo Haddad afirmou à polícia, na condição de tesoureiro da campanha, “Chico Macena tinha conhecimento das contratações que eram feitas, pois tudo passava por ele, às vezes ‘a posteriori'”.

Outro lado

O ex-prefeito de São Paulo negou qualquer envolvimento em irregularidades na campanha de 2012 e afirmou que o indiciamento pela PF “é um ato discriminatório do delegado João Luiz de Moraes Rosa, que não implica em contraditório”. “Não há o mínimo indício de qualquer participação de Fernando Haddad nos atos descritos por um colaborador sem credibilidade, cujas declarações já foram colocados sob suspeitas em outros casos”, diz a nota do ex-prefeito divulgada em seu Twitter.

“O delegado desconsiderou o depoimento do dona da gráfica, o empresário Francisco Carlos Souza, que negou ter recebido recursos da UTC para quitar dívida de campanha do ex-prefeito Fernando Haddad. O delegado também desconsiderou as provas apresentadas que atestam a suspensão da única obra da UTC na cidade, o túnel da avenida Roberto Marinho, em fevereiro de 2013, data anterior portanto ao suposto pagamento” afirma o texto. O prefeito também afirmou confiar que o inquérito será bloqueado na Justiça. (Fonte: Veja)

 

Dos 128 clubes que iniciaram o torneio, restam apenas16 times que já passaram por três fases e continuam em busca da cobiçada Taça da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Dentre eles, os 4 grandes de São Paulo - Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo - que são apontados como favoridos e boas surpresas como o Audax, de Osasco. Outros favorivos são o Flamengo, Vasco, Cruzeiro e Internacional.

A fase de oitavas de final será disputada nos dias 15 e 16 (segunda e terça-feira). A Copinha é o maior torneiro da categoria de base do futebol brasileiro. Esse verdadeiro celeiro de craques já revelou excelentes jogadores como Zico, Falcão, Cerezo, Júnior, Éder e Fred, dentre outros craques.

Audax tira o Galo

Neste domingo, o Atlético Mineiro, um dos tricampeões do torneio e favorito deste ano foi desclafissicado. O Galinho foi derrotado nos pênaltis pelo Audax, em Osasco. O Atlético chegou aos 2 a 0, mas, no final, a boa equipe de Osasco reagiu e empatou a partida. Nos pênaltis, os meninos osasquenses venceram os mineiro por 6 a 5.

Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos, Flamengo, Vasco, Cruzeiro, Internacional, Audax, Goiás, Portuguesa, Vitória, Londrina, Avaí, Atlético-PR e Desportiva Paraense são os 16 times qualificados para as oitavas de final. O título será decidido no dia 25 de janeiro, no Pacaembu, dia do aniversário da Capital paulista, que completará 464 anos.

Na terceira fase, o Palmeiras se classicou com uma goleada de 7 a 0 sobre o Taubaté. Já o Corinthians, São Paulo e Santos passaram de fase, vencendo, respectivamente, a Ferroviária, Botafogo de Ribeirão Preto e Figueirense.

O principal clássico desta fase será São Paulo e Cruzeiro, que se enfrentam em Ribeirão Preto. Outro jogo entre dois grandes clubes do Brasil será Palmeiras e Vasco, que vão jogar em Taubaté.

Confira, aqui, os confrontos das oitavas de final da Copinha 2018:

15/01, às 17h30, em Franca – Atlético-PR x Santos

15/01, às 15h, em Osvaldo Cruz – Internacional x Desportiva Paraense

15/01, às 20h, em Ribeirão Preto – São Paulo x Cruzeiro

15/01, às 16h, em Indaiatuba – Londrina x Vitória

16/01, às 19h15, em Araraquara – Corinthians x Avaí

16/01, às 17h, em Barueri – Flamengo x Audax

16/01, às 15h, em Taubaté – Vasco x Palmeiras

16/01, às 16h, em São Paulo – Goiás x Portuguesa

Desde a inauguração, em fevereiro de 2010, um total de 3.547.673 ciclistas já percorreram a via; o funcionamento é diário, das 5h30 às 18h30
 
 
Sem dúvida, uma das mais importantes obras para o paulistano, construída pelo governo do Estado nos últimos anos, foi a ciclovia do Rio Pinheiros. O número de ciclistas que utilizam a Ciclovia Rio Pinheiros da CPTM vem aumentando a cada ano. Em 2017, foram 470.299, um aumento de 17% em relação a 2016. Desde a inauguração, em fevereiro de 2010, um total de 3.547.673 ciclistas já percorreram a via.

Aos finais de semana, são cerca de 2 mil pessoas pedalando, com média mensal de 35 mil bikes.  O funcionamento é diário, das 5h30 às 18h30, inclusive feriados. Durante o horário de verão, o horário é ampliado, das 5h às 19h30.

O mês que mais atraiu ciclistas foi o de setembro, com 48.616 entradas. Nessa época, o clima ficou mais ameno em relação ao frio dos meses anteriores e ocorreu o evento Shimano Fest, que contou com a participação de vários apaixonados pela “magrela”.

Localizada entre as margens do rio Pinheiros e a Linha 9-Esmeralda da CPTM, a ciclovia se estende da estação Villa-Lobos-Jaguaré até a av. Miguel Yunes, entre as estações Jurubatuba e Autódromo. Ao todo, são seis acessos: um pela av. Miguel Yunes, nº 620; quatro junto às estações Jurubatuba, Santo Amaro, Vila Olímpia e Cidade Universitária; e o sexto pela ciclopassarela da Prefeitura nas proximidades da ponte Cidade Jardim (Parque do Povo).

A ciclovia tem como diferencial seis pontos de apoio com banheiro, bebedouro e atendimento ao longo do percurso: av. Miguel Yunes, Santo Amaro, Vila Olímpia, Cidade Jardim, Cidade Universitária e Villa-Lobos/Jaguaré. Além disso, há um estacionamento para carros com 45 vagas, no acesso pela av. Miguel Yunes.

Por conta das obras de implantação da Linha 17-Ouro, a ciclovia está fechada entre as Estações Vila Olímpia e Granja Julieta (ponte João Dias). A alternativa para os usuários é a via aberta provisoriamente pelo Metrô na outra margem do Rio Pinheiros, com transposições nas pontes João Dias e Cidade Jardim.

Bikes nos trens
Outra forma de incentivo ao uso de bicicletas é a permissão do acesso de ciclistas nos trens da CPTM, de segunda a sexta-feira, das 20h30 até o encerramento da operação; aos sábados, a partir das 14h e aos domingos e feriados, durante todo período operacional, das 4h à meia-noite.

Os ciclistas também dispõem de 31 bicicletários ao lado das estações da CPTM, com 7.934 vagas. Desse total, 28 são de responsabilidade da Companhia. O bicicletário de Santo André é administrado pela EMTU, e o de Pinheiros pela Via 4. Todos gratuitos. A única exceção é o bicicletário de Mauá, que é administrado pela associação de ciclistas Askobike, e cobra mensalidade de R$ 25 dos sócios e diária de R$ 3 de eventuais usuários. (Secretaria de Comunicação)

 

A Prefeitura de Carapicuíba segue trabalhando e realizando ações para melhorar a saúde na rede municipal. Nesta semana, foi divulgado processo seletivo para contratação de 148 agentes comunitários de saúde.

O candidato precisa ter ensino fundamental completo, residir próximo à Unidade Básica de Saúde onde irá atuar e ter pelo menos 18 anos de idade. As vagas são para 15 UBS diferentes, com salário de R$1014,00 por 40 horas semanais de trabalho. A contratação será pelo período de um ano, com possibilidade de extensão de vínculo por mais um ano.

A taxa de inscrição é R$23,70 e as inscrições serão realizadas via internet, no site www.rboconcursos.com.br, com inicio no dia 15/1 e encerramento no dia 15/2. Clique aqui para participar. (Secretaria de Comunicação)

 

Os candidatos inscritos no Processo Seletivo para vagas de Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias devem verificar os locais e horários de provas, publicados na Imprensa Oficial na edição de 14/12. As provas, canceladas da primeira vez, foram remarcadas para o dia 21 de janeiro.

Os candidatos devem conferir os nomes nas listas, que estão em ordem alfabética por locais de provas. São mais de 20 mil inscritos no processo, sendo 10.575 disputando as 264 vagas de Agente Comunitário de Saúde e 4.088 inscritos para as 120 vagas de Agente de Combate às Endemias.

Serão 39 locais para realização das provas. Os candidatos também devem checar o horário das provas, já que elas serão realizadas em dois períodos: 9h e 14h.

Os portões dos locais de provas, no período da manhã, abrirão às 8h e fecharão às 9h. No período da tarde, os portões serão abertos às 13h e fechados às 14h. Os candidatos deverão levar documento de identidade com foto (RG, Carteira de Trabalho, Certificado de Reservista, Passaporte ou Cédulas de Identidade fornecidas por órgãos ou conselhos), caneta esferográfica de tinta preta ou azul, lápis preto nº 2 e borracha macia. (SECOM)

Disputa por vagas

CARGO                                                      VAGAS                               INSCRITOS

Agente Comunitário de Saúde                   264                                   10.575

Agente de Combate às Endemias              120                                    4.088

SERVIÇO

Provas do Processo Seletivo

Dia: 21 de janeiro

Período da manhã: 8h – portões abertos

Período da tarde: 13h – portões abertos

Locais de provas: portal www.osasco.sp.gov.br na IMPRENSA OFICIAL – de 14/12

Para facilitar sua busca, digite Ctrl + F e digite seu nome.

 

Neste início de 2018, uma das metas da Prefeitura de Barueri é conscientizar a população sobre o perigo do descarte irregular de entulhos e cacarecos em ruas e calçadas e, ao mesmo tempo, eliminar os considerados “pontos viciados”. Para isso, a Secretaria de Serviços Municipais (SSM) criou o Papa-Entulho, serviço que disponibiliza contentores que armazenam até 1.500 quilos de resíduos sólidos.

O serviço gratuito é prestado através do empréstimo dos chamados big bags, sacos flexíveis feitos de material resistente capaz de armazenar entulhos como restos de materiais de construção, madeiras ou cacarecos.

Para a moradora do bairro Nova Aldeinha, Luiza Augusta Ghirotti, a iniciativa auxilia a população no compromisso de manter a cidade limpa. “Às vezes o morador não tem condições de contratar uma caçamba e pode solicitar o serviço, isso ajuda a cidade ficar mais limpa. É feio ver as calçadas cheias de entulhos e móveis quebrados. Achei a iniciativa muito boa”, declarou a dona de casa, uma das primeiras moradoras a solicitar o big bag.

Como funciona
Para acionar o Papa-Entulho, basta entrar em contato com a Secretaria de Serviços Municipais pelo telefone 4162-7300 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Ao receber o big bag, o morador assina um termo de uso e devolução. O equipamento é recolhido pelo caminhão do Papa-Entulho após três dias úteis ou quando estiver cheio.

Informações importantes
Apenas é permitido colocar no big bag resíduos de construção residencial, cacarecos ou inservíveis e madeiras. Lixo orgânico não pode. Materiais que estiverem fora do equipamento não serão removidos.

É importante lembrar que o big bag deverá ser colocado na calçada em frente à residência, de maneira que não atrapalhe a circulação de pedestres e não pode ser transportado para utilização em outro endereço.

Outro detalhe é que este é um serviço social e não está disponível para indústrias, comércios, prédios (comerciais ou residenciais) e conjuntos residenciais.

Lei 2.482/2016
A lei municipal 2.482/2016 prevê multa em casos de descarte irregular de entulhos. A Prefeitura se responsabiliza pela retirada de até 3 metros cúbicos de resíduos (cerca de 1.500 quilos). Para materiais acima desta quantidade, o morador deve contratar uma caçamba particular. (Secretaria de Comunicação)

 

O senador José Serra (PSDB-SP) foi acusado pelo ex-presidente da Odebrecht de 2002 a 2008 e delator da Lava-Jato, Pedro Novis, de receber para si ou solicitar para o partido um total de R$ 52,4 milhões, no período de 2002 a 2012. O delator relatou pagamento de propina de R$ 23,3 milhões em 2010, como contrapartida à liberação, pelo governo paulista, de R$ 170 milhões em créditos devidos a uma empresa do grupo Odebrecht, em 2009. Os R$ 29,1 milhões restantes teriam sido transferidos como caixa dois eleitoral para as campanhas de 2002, 2004, 2006, 2008 e 2012, segundo Novis. As informações são de André Guilherme Vieira, do Jornal Valor.

Por outro lado, Serra diz que as acusações são falsas. Procurado por meio da assessoria de imprensa, o senador disse que “jamais recebeu nenhum tipo de vantagem indevida de empresa ou indivíduo, especialmente da Odebrecht”. Serra afirmou que “nunca tomou medidas que tenham favorecido a Odebrecht em nenhum dos diversos cargos que ocupou em sua longa carreira pública, como afirmou o ex-presidente da empresa Pedro Novis em depoimento”.

Interrogado pela pela Polícia Federal (PF) no grupo de inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF), em junho, Novis mostrou documentos e explicou a origem dos R$ 23,3 milhões que, conforme sua versão, irrigaram a campanha presidencial de Serra em 2010.

O delator também entregou à PF contrato do pagamento por créditos feito pela Dersa à Companhia Brasileira de Projetos e Obras (CBPO), do grupo Odebrecht. O ex-presidente da empreiteira disse que foram pagos R$ 160 milhões líquidos, e que calculou em R$ 23,3 milhões a parte do PSDB. A vinculação do contrato com o dinheiro depende de comprovação. (Fonte: Revista Fórum)

Opinião de Renato Ferreira

Dos velhos políticos brasileiros parece que ninguém escapa da nefasta prática de corrupção. Essas velhas raposas de todos os partidos políticos deveriam se aposentar e deixar a política para gente séria e honesta comprometida com o desenvolviemnto do país e com o bem-estar do povo brasileiro. (Renato Ferreira)

 

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.