Sexta, 20 Setembro 2019 | Login
A partir deste domingo, o Palácio do Planalto é comandado pelo vice-presidente da República, general Hamilton Mourão.
 
A cirurgia do presidente da República, Jair Bolsonaro, terminou às 12h40 deste domingo, 08/09, após cerca de cinco horas de duração. A informação é da assessoria de imprensa do Palácio do Planalto.
Segundo o Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, onde ocorreu o procedimento, a operação foi iniciada às 7h35. Está previsto para a tarde de hoje um boletim médico e uma entrevista coletiva com os médicos sobre a cirurgia.
A retirada de uma hérnia incisional do presidente é a quarta cirurgia após ele ter recebido uma facada em Juiz de Fora (MG), durante a campanha presidencial, em 2018. De acordo com o médico Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, mesmo cirurgião que comandou as últimas duas operações, realizadas no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a intervenção deste domingo é mais simples. Inicialmente tinha previsão de durar cerca de três horas.
Bolsonaro deve se licenciar do cargo por cinco dias, segundo informou o Palácio do Planalto. Ele deu entrada no hospital na noite de ontem (7). A previsão é que o presidente retome o cargo ainda no hospital, mas somente após um período inicial de recuperação.
Ao todo, ele deve permanecer internado por até dez dias. A partir deste domingo, o Palácio do Planalto é comandado pelo vice-presidente da República, general Hamilton Mourão.
O filho Carlos Bolsonaro, vereador carioca, passou a noite com o pai. Pouco antes das 7h, horário previsto para início da cirurgia, o outro filho - o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) - chegou ao hospital. O presidente é acompanhado também pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.
Íntegra do Boletim Médico
"O Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi submetido a cirurgia de correção de hérnia incisional, hoje, 8 de setembro, às 7h35, com término às 12h40, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. O procedimento foi bem-sucedido, realizado pelo cirurgião-chefe Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e sua equipe. A técnica utilizada foi a Herniorrafia Incisional com implantação de tela. O paciente fará sua recuperação no apartamento e apresenta quadro clínico estável. Por orientação médica, estará com visitas restritas nesse momento". (Fonte: Agência Brasil)
Published in Política

 

A assessoria do Palácio do Planalto informou que o presidente Jair Bolsonaro retomou o exercício da Presidência da República às 7h desta quarta-feira, 30/01. Segundo a agenda oficial divulgada à imprensa, ele não recebe autoridades hoje, apenas fará despachos com assessores.

O presidente se recupera, no Hospital Albert Einstein, da cirurgia realizada na segunda-feira (28), que durou sete horas e reconstruiu o seu trânsito intestinal. Bolsonaro está internado numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especial, com direito à privacidade e presença da família.

A assessoria do Planalto informou que não há previsão de quando Bolsonaro poderá se encontrar com ministros e autoridades. A previsão é que ele permaneça por 10 dias em recuperação.

Gabinete provisório

Bolsonaro gabinete improvisado

De acordo com informações do porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, ao lado do quarto onde o presidente estará em recuperação o Gabinete de Segurança Institucional organizou um espaço, com equipamentos e estrutura técnica, que permitirá a ele orientar seus ministros e conceder audiências. (Agência Brasil)

Published in Política
Com certeza, uma notícia que nada ou quase nada influencia na corrida eleitoral, uma vez que o Presidente tem mais de 90% de desaprovação popular
 
 
Durante reunião do MDB nesta terça-feira, 22/05, o presidente Michel Temer anunciou que apoiará a candidatura do seu ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles à Presidência da República. Com a declaração, Temer desiste oficialmente de se candidatar à reeleição.
 
“Chamamos você, Meirelles, para ser presidente do Brasil”, disse. "Que você seja o único candidato de centro a continuar o que começamos", disse Temer.
Na reunião dos emedebistas, presidente Michel Temer fex também o lançamento do documento "Encontro com o Futuro". Em seguida, declarou seu apoio a Merelles. Nos meios políticos, os comentários são de que Temer tomou essa decisão pelos seus péssimos índices nas pesquisas e também devido às novas investigações contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal).
Published in Política

 

Militância carrega o deputado federal, pré-candidato à Presidência da República

 

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) desembarcou há pouco no Aeroporto da Pampulha onde era aguardado por simpatizantes com faixas "melhor Jair se acostumando".

Ele foi carregado por alguns militantes que gritavam "um, dois, três, quatro, cinco mil, queremos Bolsonaro presidente do Barsil". À saída do aeroporto, um trio elétrico o aguardava.

Em discurso na porta do aeroporto, Jair Bolsonaro disse que quer mudar o Brasil e, em crítica às urnas eletrônicas, defendeu a volta do voto impresso."Se o voto for impresso, a gente ganha em primeiro turno", afirmou o pré-candidato. Bolsonaro disse ainda que podem acusá-lo de tudo, menos de ser corrupto. "Temos que colocar em Brasília, no ano que vem, um homem ou mulher que seja honesto, patriota e que crê em Deus", continuou.

Segundo Bolsonaro, não é que ele seja "muito bom", mas os adversários que são "muito ruins".

Bolsonaro neste momento está na Prefeitura de Belo Horizonte, onde conversará com o prefeito Alexandre Kalil (PHS). Ele se encontrará nesta tarde com empresários mineiros, na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). (Matéria extraída do site do Jornal Estado de Minas) - Veja o vídeo aqui: https://bit.ly/2rzA6XS

 

Opinião de Renato Ferreira

Enquanto outros partidos e outros candidatos ainda patinam nas pesquisas eleitorais ou estão preocupados com Plano B de suas candidaturas, Jair Bolsonaro parece ignorar tudo isso e continua bem nas pesquisas e parece ainda melhor na aceitação popular nas ruas do país.

Por todo lugar que passa, o candidato, classificado por alguns como "cavalo paraguaio", é recebido com festa e carregado nos braços do povo.

Published in Política
Terça, 08 Maio 2018 16:10

Sem Joaquim, para onde vai o PSB?

 

Durante meses o PSB (Partido Socialista Brasileiro) tentou a filiação do ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa até que conseguiu em abril dentro do prazo legal estipulado pela Justiça Eleitoral para quem desejasse disputar o pleito em outubro. Joaquim Barbosa seria, então, o candidato à Presidência da República pelo PSB.

Nesta quinta-feira, 08/05, no entanto, Barbosa surpreende os meios políticos avisando pelo Twiteer que não será candidato, afirmando que desiste da pré-candidatura por problemas pessoais.

Mesmo sem nunca ter anunciado que disputaria as eleições, o nome do ex-ministro aparecia com cerca de 10% das intenções de voto nas últimas pesquisas, fato que deixava os socialistas contentes e os concorrentes preocupados.

Assim, diante da desistência do ex-presidente do Supremo, que se notabilizou no Brasil e no exterior pela sua ação enérgica como relator e juiz da Ação Penal - o Mensalão - levando diversas lideranças empresariais e políticas à prisão, fica uma pergunta: para onde vai o PSB?

Partido tradicional do Brasil, o PSB fica meio sem rumo, mas, com certeza, passará a ser uma legenda cortejada por outros candidatos para fazer aliança nacional. Legenda forte no Nordeste, o PSB disputará o goveno em estados importantes da Federação, como São Paulo, com o atual governador, Márcio França, ex-vice de Alckmin,que assumiu o governo com a saída do tucano, que vai disputar a eleição Presidente da República. (Renato Ferreira)

Published in Política
Com a viagem de Michel Temer ao Peru, a ministra e presidente do STF, Cármen Lúcia assume o cargo mais alto da Nação
 
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, que nos últimos meses vem sofrendo pressão em função das pautas do Supremo envolvendo habeas corpus e prisão após julgamento em segunda instância, assumirá a Presidência da República pela primeira vez nesta sexta-feira, 13/04. Ela ocupará o cargo de Michel Temer que viaja ao Peru, onde vai participar da Cúpula das Américas. Os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), respectivamente, primeiro e segundo na linha sucessória, também viajarão para fora do País, a fim de não ficarem inelegíveis. Temer deve retornar no sábado, 14, ao Brasil
No mês de maio, a ministra Cármen Lúcia,deverá assumir a Presidência da República, segundo afirmou o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB). Segundo ele, Temer tem "viagem longa" para o Sudeste Asiático e França marcada para o próximo mês, o que deve levar a ministra novamente ao comando do Palácio do Planalto.
Como todos sabem, a legislação eleitoral proíbe parlamentares que serão candidatos a assumir outros cargos ou funções públicas a menos de seis meses do pleito. Pré-candidato à Presidência da República, Maia decidiu viajar para o Panamá para participar da reunião da Junta Diretiva do Parlamento Latino-Americano e do Caribe. Já o senador Eunício Oliviera, candidato à reeleição, embarcará em visita oficial ao apão.
Cármen Lúcia assumirá o comando do País no momento de tensão nacional e quando é evidente a predominância do STF na pauta política, com os julgamentos do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na semana passada, por 6 a 5, o Supremo negou o HC impetrado pela defesa de Lula que foi preso e conduzido para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiva. (Fonte: Estado de Minas).
Published in Política

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.