Domingo, 19 Novembro 2017 | Login
Prefeito de Osasco fala a moradores sobre obras  em escola interditada no Jardim Santa Fé

Prefeito de Osasco fala a moradores sobre obras em escola interditada no Jardim Santa Fé Featured

A estimativa para conclusão das obras, sem nenhuma intercorrência, é de 60 dias

 

Na terça-feira, 29/08, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou de uma reunião com moradores de cinco bairros da zona Norte para falar sobre as obras de

infraestrutura na CEMEIF – Professora Maria José Ferreira Ferraz. Essa escola foi interditada em junho deste ano, devido a problemas de erosão causados por

infiltrações de água.

 

Na reunião, realizada no Salão da Igreja Católica da Vila Simões de Almeida, o prefeito falou sobre o histórico dos problemas na escola, como também sobre o

cronograma das obras iniciadas na sexta-feira, dia 25. A escola, inaugurada em 2004, começou a apresentar problemas de infiltração em 2011. As administrações

anteriores efetuaram apenas reformas paliativas.

 

A Prefeitura pediu um laudo técnico e, junto a Sabesp, fez um diagnóstico sobre a estrutura da edificação. Na oportunidade constatou-se que o prédio corria risco de

desabamento. Havia infiltrações de água em suas estruturas, provocando rachaduras em paredes, pilares e afundamento no piso de algumas salas.

 

Assim, a escola foi interditada e os alunos remanejados para outras unidades da rede municipal de ensino na região. Os alunos são transportados por ônibus escolares

oferecidos pela Prefeitura.

 

“Gostaria de informar a vocês que assim que tomamos posse em janeiro de 2017, a nossa preocupação sempre foi com a segurança de alunos, professores e funcionários

não somente dessa escola, como também de outros equipamentos públicos. Nesse caso, a situação era muito grave e não seria resolvida com reformas paliativas. Assim,

para segurança dos filhos de vocês, resolvemos interditar a escola”, explicou o prefeito.

 

Lins informou, ainda, que as obras, contratadas em processo de emergência, já foram iniciadas e a estimativa de conclusão é de 60 dias, se não acontecer nenhuma

interrupção por chuvas.

 

Após a reunião com os moradores, o prefeito, o secretário de Obras, Cláudio Monteiro, a secretária adjunta de Educação, Márcia Brito, técnicos das duas secretarias e

mais uma comissão formada por dois representantes de cinco bairros da região vistoriaram as obras na escola.

 

No local, Monteiro falou sobre o andamento das obras para eliminar a erosão. “Vamos realizar obras de infraestrutura, refazer todo o sistema hidráulico, eliminar os

vazamentos, inclusive da caixa d´água, e trocar todos os encanamentos de água e esgoto”. Na parte externa, serão realizadas obras de acessibilidade para o pátio da

escola.

 

A comissão de moradores, que tratará também de outras demandas como habitação, saúde e segurança junto à Prefeitura, foi formada por dois representantes da Vila

Simões de Almeida, Ocupação Esperança, Santa Fé, Três Montanhas e Açucará, onde residem alunos da CEMEIF – Professora Maria José Ferreira Ferraz.

 

No final da reunião, o prefeito Rogério Lins informou aos moradores que a partir do dia 7 de setembro, duas linhas de ônibus farão ponto final na Vila Simões de

Almeida, antiga reivindicação dos moradores. (Fotos: Ivan Cruz - Secom/PMO)

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.