Sábado, 22 Julho 2017 | Login
Vereador Renato Bonin nega ter furado a fila de consultas e exames clínicos em Osasco

Vereador Renato Bonin nega ter furado a fila de consultas e exames clínicos em Osasco Featured

 

Durante a sessão ordinária da última terça-feira (27/06), o vereador Dr. Renato Bonin (PR), negou as acusações do Ministério Público de ter montado um esquema para furar a fila na lista de espera por consultas, exames e cirurgias na rede municipal de Saúde de Osasco. Na segunda-feira, 26, o gabinete do vereador, que é medico, foi alvo de buscas e apreensões de documentos por parte de membros do Ministério Público e policiais militares. Os policiais estiveram também nas duas Policlínicas - Norte e Sul - da cidade.

“Posso dizer a vocês que tudo será esclarecido. Eu fui denunciado por um ex-assessor por motivos de tê-lo demitido recentemente. Estava ontem de manhã trabalhando na Policlínica da Zona Norte, fazendo atendimento como médico  que sou quando na saída de uma paciente fui surpreendido com um policial postado à frente da porta dizendo que estava ali cumprindo determinações judiciais", afirmou o vereador. O dr. Bonin disse também que desconhece os fatos pelos quais está sendo acusado e negou que tenha montado esquema para falicitar atendimentos para consultas, exames ou cirurgias na rede municipal de saúde. 

“Eu me comprometo, assim que tomar pé da situação, convocar a todos os jornalistas para uma coletiva”, enfatizou. O vereador disse também ter ficado surpreso, pois, só a Rede Globo estava presente à Câmara Municipal no dia das apreensões.  “Como entender que a imprensa local não foi avisada?”, indagou o vereador.

Entenda o caso

Na segunda-feira, 26, o Ministério Público Estadual deflagou uma operação para investigar um esquema de corrupção no Sistema Municipal de Saúde de Osasco. Segundo as investigações, havia um esquema pelo qual os vereadores furavam a fila de espera para consultas, exames clínicos e até cirurgias. Quem procuava os vereadores, era passado na frente dos demais pacientes. Além do dr. Renato Bonin, há outros vereadores investigados.

Segundo o MPE, três mandados de busca e apreensão foram deferidos pelo Juízo da 1ª Vara da Fazenda Pública de Osasco e cumpridos, o que resultou na apreensão de documentos, como agendas e listagem com nomes de usuários da rede municipal de saúde.

Na operação trabalharam cinco promotores de Justiça  de Osasco, Mairiporã, Cotia e também do Gaeco de Campinas, além 30 PMs do 5º Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar.

000

About Author

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.