Sexta, 03 Abril 2020 | Login
ADMINISTRAÇÃO: VGP recebe recebe recursos para a assistência social e novo micro-ônibus escolar

ADMINISTRAÇÃO: VGP recebe recebe recursos para a assistência social e novo micro-ônibus escolar Featured

No total, o Governo do Estado vai repassar mais de R$ 100 mil para a rede de assistência social da cidade. O município recebeu também um micro-ônibus novo para o Programa Caminho da Escola.
 
O prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos, e a secretária de Assistência Social, Soeli Ramos, participaram no dia 27/02, juntamente com o governador de São Paulo, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, da assinatura de repasses às redes assistenciais de 261 municípios. Vargem Grande Paulista foi contemplada com recursos na ordem de R$ 101.873,43 que serão repassados durante 12 meses por meio do Fundo Estadual da Assistência Social para o fundo municipal.
Segundo o governador, os municípios aplicarão o dinheiro em uma rede de proteção que reúne 1.758 serviços socioassistenciais em 1.344 equipamentos públicos e privados. A verba será repassada aos municípios atendidos pelas Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social de diversas regiões.
Em Vargem Grande Paulista, o recurso será destinado a serviços que atendem famílias cadastradas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do bairro São Lucas e Unidade de Assistência Social do bairro São Judas. “Esse recurso é para atendimento socioassistencial das famílias em vulnerabilidade social ou risco social. Assim podemos fortalecer a nossa rede de proteção e oferecer um atendimento mais digno a esses munícipes que tanto necessitam de apoio”, destacou Soeli,que também é presidente do Fundo Social de Solidariedade Municipal.
De acordo com o Sistema Único de Assistência Social, é responsabilidade do Estado o cofinanciamento dos serviços, ações e programas socioassistenciais. O repasse é realizado segundo ações definidas no Plano Municipal de Assistência Social. Com isso, as prefeituras definem como alocar a verba de acordo com a realidade local.
Caminho da Escola
 Josué Ramos prefeito de VGP microônibus
Vargem Grande Paulista avança em mais uma ação para o ano letivo em 2020. No dia 17/02, o município foi contemplado com um micro-ônibus novo que faz parte do Programa Caminho da Escola. O programa nacional tem como objetivo renovar e ampliar a frota de transporte escolar em áreas rurais, garantindo mais conforto e qualidade no serviço para alunos e professores.
A cerimônia de entrega do micro-ônibus, realizada em São Paulo, contou com a presença do prefeito de Vargem Grande Paulista Josué Ramos, do secretário municipal de Educação Danilo Ramos, dos deputados estadual André do Prado e federal Marcio Alvino, além do ministro da Educação Abraham Weintraub.
“Este Programa vem ao encontro das nossas políticas públicas, que é oferecer qualidade no acesso à escola e reduzir a evasão escolar. O novo micro-ônibus vai reforçar e garantir o transporte dos nossos alunos com mais qualidade e segurança.”, comentou o prefeito Josué.
Ao todo, 115 municípios do estado de São Paulo receberam os ônibus escolares que foram entregues pelo Ministério da Educação. O programa é financiado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Os novos veículos têm capacidade de transportar 44 passageiros e possui estrutura para atender pessoas com necessidades especiais, garantindo acessibilidade e segurança no transporte. O valor da frota totalizou R$ 27 milhões.
Há uma série de requisitos para entrar no programa e Vargem Grande Paulista buscou este benefício para estudantes e alunos, trazendo mais benefícios para a educação no município. Na cidade, o micro ônibus já começou a transportar alunos de toda a rede municipal de ensino. (Texto: Daniela Mota Rosetti - Assessoria Comunicação - PMVGP)
000

About Author

Related items

  • SAÚDE: Governo federal libera R$ 92 milhões para SP combater coronavírus
    Sobe para 50 número de pacientes confirmados com a doença no estado de SP. Até quinta, eram 46 pessoas. Com os recursos, o estado terá mil leitos de UTI para os casos mais graves.
    Nesta sexta-feira, 13/03, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou que o governo federal vai liberar R$ 92 milhões para que o estado tenha mil leitos de UTI destinados a pacientes que possam a vir a contrair o coronavírus e precisar de internação hospitalar grave.
    O dinheiro também será destinado para a compra de equipamentos. A informação foi divulgada por Doria durante uma coletiva para a imprensa nesta sexta. O secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann, afirmou ainda que subiu para 50 nesta sexta o número de casos de pacientes confirmados com a doença no estado. Até quinta-feira (12), eram 46 pessoas.
    Na quinta, o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingenciamento do Novo Coronavírus em São Paulo, afirmou que Doria se encontraria com o ministro em São Paulo nesta tarde para pedir R$ 225 milhões para a mobilização de mil leitos para pacientes com a doença.
    Doria confirmou que a reunião ocorrerá e que pedirá para Mandetta que o dinheiro seja liberado o quanto antes pelo governo federal. Os recursos liberados não são o total que o estado precisa."Iremos transformar leitos comuns em leitos de UTI, mas queremos ter 1.400 leitos novos para o tratamento do coronavírus e para os equipamentos para isso. Decidimos que precisamos de um valor para isso, R$ 225 milhões, e o desembolso começa hoje com a liberação de R$ 92 milhões", disse Germann.
    Questionado se as medidas são suficientes, Doria respondeu nesta sexta: "Estamos absolutamente convictos. Eu não sou governador pra tomar atitudes inspiracionais em temas de saúde. Eu escuto especialistas, ouço e atendo", assinalou
    ."Não sou especialista em chutes, um governador não deve chutar. A informação até esse presente momento é que a nossa atitude é absolutamente correta pra situação atual. Conforme falamos ontem nós fundamentamos em fatos e informações reais, não em suposições", disse.
    Transmissão comunitária No estado de São Paulo, segundo Uip, já há transmissão comunitária do coronavírus. Este é o terceiro estado epidemiológico da doença.Dos 46 casos confirmados, 44 estão na capital, 1 em Ferraz de Vasconcelos e 1 em Santana de Parnaíba. No estado há 555 casos suspeitos da doença.
    Primeiro estágio: são registrados apenas importados.
    Transmissão local - segundo estágio: uma pessoa pega a doença de outra que trouxe o vírus de uma viagem ao exterior.
    Transmissão comunitária - terceiro estágio: quando não dá pra identificar quem passou a doença pra quem. "Na minha leitura, você precisava de três dados que nós já temos.Você precisava de entrada do vírus no Brasil, já temos. Precisávamos da transmissão local, já temos.
    Segundo o médico ainda não é recomendado cancelar eventos e aglomerações. "Estas medidas não são aplicáveis hoje, mas não significa que não serão aplicáveis amanhã. Mas não tem sentido você fechar o estado porque você tem 46 casos. Pode ser que amanhã as medidas sejam totalmente diferentes das que estamos tomando hoje. (Fonte: G1)
  • ADMINISTRAÇÃO: VGP, uma cidade que exporta modelo de gestão pública

    O programa Tarifa Zero, idealzado e criado pelo prefeito Josué Ramos, serve de exemplo para cidades do Brasil e de outros países, como Cacais, em Portugal, que implantou o modelo idêntico.

    Por Renato Ferreira

    Nesta quarta-feira, 12/02, o prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos (PL), recebeu a reportagem de Notícias & Opinião em seu gabinete, onde nos concedeu uma entrevista, mostrando um pouco mais desta bela e aconchegante cidade, cortada pela rodovia Raposo Tavares. Com um dos melhores climas para se viver e com muito verde, VGP tem características do Interior, com a vantagem de estar localizada às portas de São Paulo, a maior cidade da América do Sul.

    Josué Ramos

    Josué Ramos, Prefeito de Vargem Grande Paulista - Foto: Renato Ferreira

    Desenvolvendo-se e crescendo de forma ordenada sob a administração de Josué Ramos, VGP tem também colocado em prática importantes políticas públicas que são referência não somente para o Estado de São Paulo e o Brasil, mas, também para o exterior. É o caso do programa Tarifa Zero, citado, elogiado e seguido pela cidade de Cascais, em Portugal.

    Então, com pouco mais de 50 mil habitantes, VGP mostra que, quando uma cidade é bem administrada e tem seus recursos usados de forma responsável, os impostos pagos pelos contribuintes voltam em forma de serviços dignos para a população. Josué acaba de voltar de mais uma viagem a Brasília, onde percorreu gabinetes e Ministérios atrás de mais recursos federais para o seu município.

    Josué Ramos é canididato à reeleição e, no momento, é um dos prefeitos mais bem avaliados na região Oeste. Veja, a seguir, os principais trechos da entrevista:

    Recursos Federais

    VGP imagem da cidade


    "VGP é uma cidade que vem crescento bastante e atraindo novos investimentos. E como fizemos em todo nosso mandato, estivemos mais uma vez em Brasília, conversando com parlamentares e ministros, com objetivo de trazer mais recursos federais para atender às demandas de nossa cidade. Ainda neste e também para 2021, esses recursos já estarão nos cofres municipais para a concretização de importantes obras na cidade".

    Tarifa Zero
    "O nosso programa era implantar uma linha circular gratuita devido à duplicação da Raposo Tavares. Mas, esse programa foi ampliado e resolvemos, então, levar o transporte gratuito para a toda a cidade. É um programa de alto alcance social, com atendimento digno aos usuários, mas, que tem impacto também em diversas áreas, pois, os munícipes têm mais facilidades para se locomover dos bairros para o Centro e, assim, não perdem consultas médicas, como antes. Melhorou muito também o comércio da cidade e as emresas estão contratando mais trabalhadores do próprio município. É um programa sustentável e referência no país e até no exterior. Já serviu de exemplo para implantação de modelo semelhante em Portugal, na cidade de Cascais. Hoje, transportamos 110 mil passageiros/mês, três vezes mais de quando era tarifado e reduzimos ainda o gasto mensal. Aqui, enquanto eu for o prefeito, a Tarifa Zero existirá em VGP".

    Obras viárias

    "Além de obras de recapeamento em mais de 150 ruas, novas vias asfaltadas, noos terminais, novo velório e postos de saúde, temos duas obras viárias muito importantes para o município. É a duplicação da estrada de Caucaia em parceria com a Prefeitura de Cotia. Antes, conhecida como a estrada da morte, essa via será totalmente diferente com recursos próprios das duas cidades e vai beneficiar milhares de pessoas. A outra, com projeto da Prefeitura e recursos do Governo do Estado, é a duplicação da Rodovia Bunjiro Nakau, que será transformada nuam rodovia humanizada até o final deste ano com a conclusão das obras".

    Segurança.
    "Investimos bastante na Guarda Civil Municipal, que tem feito um grade trabalho em parceria com as Polícias Civil e Militar. É uma cidade com baixos índices de crimilidade, graças a essas ações preventivas e ostensivas e em conjuto das forças de segurança do municpipio e do Estado".

    Enchentes
    "Temos córregos que cortam a cidade, mas, tomamos medidas de prevenção, como limpeza e manutenção desses córregos. Assim, não temos sofrido prejuízos ou grandes problemas mesmo com essas fortes chuvas deste ano"

    Eleições 2020.
    "As nossas perspectivas são as melhores com relação à reeleição. Mas, vamos nos preocupar com isso somente nos 45 dias de campanha conforme determina a legislação eleitoral. Desde o primeiro dia do nosso mandato, estamos focados na gestão pública, pensando sempre em melhorar a vida dos nossos munícipes. E a reeleição é como um plebiscito. É a população que vai avaliar o nosso trabalho e a nossa gestão e, assim, definir se devemos continuar ou não. E acredito que ela saberá escolher. Estaremos de cabeça erguida e com a consciência tranquila do dever cumprido". (Renato Ferreira é Jornalista e editor do Portal Notícias & Opinião)

     

  • ADMINISTRAÇÃO: Lins e Rodrigo Garcia tratam de mais investimentos para Osasco
    Além de investimentos em obras viárias e na Saúde, R$ 22 milhões serão destinados ao Programa Asfalto Novo.
     
    Nesta quarta-feira, 05/02, ao lado de outros colegas, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), esteve no Cioeste (Consórcio Municipal da Região Oeste Metropolitana), onde se reuniu o vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), e o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi (PSDB).
     Cioeste prefeitos
    Conforme Lins postou em suas redes sociais, na reunião eles trataram sobre vários projetos e investimentos do Estado em Osasco, como a nova entrada da cidade pela Rodovia Castelo Branco, ampliação dos atendimentos do Hospital Regional em Presidente Altino, Conclusão das Obras do Terminal da Vila Yara e a construção do Corredor Oeste na Avenid dos Autonomistas, visando melhorias na interligação entre os municípios da região Oeste.
    Ainda segundo Rogério Lins, ele discutiram também sobre recursos para recapeamento asfáltico. Esses recursos giram em torno R$ 22 milhões que serão empenhados em obras de asfaltamento dentro do Programa Asfalto Novo.
    No final, Lins agradeceu ao Governador João Dória (PSDB), ao vice Rodrigo Garcia e ao Secretario Marco Vinholi pelo apoio do Governo do Estado às demandas de Osasco. (Renato Ferreira)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.