Segunda, 30 Março 2020 | Login
TURISMO: Ponte Hercílio Luz é reaberta após quase 30 anos interditada, em Florianópolis

TURISMO: Ponte Hercílio Luz é reaberta após quase 30 anos interditada, em Florianópolis Featured

Cartão-postal catarinense teve reabertura parcial e recebeu milhares de visitantes nesta segunda-feira.
Interditada desde julho de 1991 devido ao risco de colapso da estrutura, a Ponte Hercílio Luz, que liga Florianópolis (SC) ao continente, voltou a ser reaberta, nesta segunda-feira, 30/12, para pedestres e ciclistas. Com apresentações de artistas locais e outras atrações, a reabertura parcial do famoso cartão-postal catarinense atraiu milhares de curiosos e autoridades.
Dirigindo um Fusca 1970, o governador Carlos Moisés (PSL) abriu o desfile que reuniu mais de 170 carros antigos que atravessaram a ponte esta manhã. Também a Polícia Militar de Santa Catarina prestou uma homenagem especial: policiais que dirigiam alguns dos carros históricos e que patrulhavam as imediações usaram uma farda idêntica à usada no dia inauguração da ponte, em 13 de maio de 1926.
Em conta oficial do governo de Santa Catarina no Twitter, assessores chegaram a comentar que “a praia mais movimentada de Floripa, hoje, se chama Ponte Hercílio Luz”, tal o afluxo de pessoas que o evento atraiu. O governador Carlos Moisés explicou que a obra só deverá estar concluída daqui a, no mínimo, dois meses.
Segundo a assessoria do governo catarinense, o serviço iniciado em 2006 (e assumido pela atual empresa em 2016, após sucessivos problemas com as construtoras anteriormente contratadas) está cerca de 95% concluído, faltando alguns “ajustes” e reparos.
“Em março, nós, de fato, reinauguraremos, definitivamente, esta obra, já com a iluminação cênica que vai transformar o visual desta ponte”, disse Moisés durante a cerimônia de reabertura da ponte.
Até o dia 5, apenas pedestres e ciclistas poderão atravessar a ponte. Durante este período, o local abrigará uma extensa programação para celebrar a reabertura da ponte. Ao todo, serão sete dias de shows de samba, rock, pop, sertanejo e MPB, além de outras atrações culturais, esportivas e gastronômicas.
A partir do dia 13, a prefeitura deve liberar a passagem das primeiras linhas de ônibus e para outros veículos a serviço de órgãos públicos. A previsão inicial é que o tráfego de carros particulares seja liberado após uma breve fase de avaliação da estrutura.
(Agência Brasil)
000

About Author

Related items

  • TURISMO: Governo do Peru vai plantar 1 milhão de árvores para proteger Machu Picchu
    Começou esta semana uma campanha para reflorestar o santuário arqueológico de Machu Picchu com a plantação de um milhão de árvores.
     
    O plano, para proteger a cidade histórica das chuvas e deslizamentos, foi anunciado pelo presidente do Peru, Martín Vizcarra. A meta foi divulgada como um “compromisso do governo”.
    A cidadela fica no distrito de Machu Picchu, na província de Urubamba, a 80 quilômetros a noroeste da cidade de Cuzco, antiga capital do império inca, nos séculos XV e XVI.
    No último domingo, a empresa de trem que leva turistas decidiu restringir o serviço por várias horas, por causa de deslizamentos de pedras e lama, que aumentaram com as chuvas. Houve transbordamento do rio Vilcanota.
    Especialistas do Ministério do Ambiente defendem a necessidade de plantar árvores no cinturão ecológico, conhecido como zona tampão, que permite proteger o santuário arqueológico e a flora e fauna circundantes.
    História
    O complexo arqueológico, encontrado em 1911 pelo explorador americano Hiram Bingham, foi declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial em 1983.
    Machu Picchu é uma área protegida do Peru com mais de 35 mil hectares, que inclui o ambiente natural do local de Machu Picchu, localizado na íngreme floresta dos yungas, na encosta oriental dos Andes peruanos.
    Lixo
    A cidade recebe 1,6 milhão de visitantes todos os anos e sofre com o problema do lixo deixado pelos turistas.
    Segundo a revista Aventuras na História, os resíduos somam mais de cinco toneladas por dia, formados em sua maioria por garrafas plásticas, prejudicando a fauna e flora.
    Como não existem estradas para o sítio arqueológico, o lixo é levado exclusivamente por ferrovias, o que dificulta seu gerenciamento por autoridades locais. (Fonte: SóNotíciaBoa - Foto: Jacqueline Saraiva Divulgação) - https://bit.ly/2tPNM5G
  • TURISMO: Expresso Turístico Paranapiacaba da CPTM terá mais viagens a partir de setembro
    Segundo o Governo, haverá passeios aos sábados em todos os meses; de janeiro a julho deste ano, 6.109 passageiros já embarcaram nesse trem.
     
    A CPTM ampliará o número de viagens feitas pelo Expresso Turístico Paranapiacaba a partir de setembro. Além dos passeios feitos todos os domingos, o serviço também funcionará em alguns sábados. Serão 3 viagens a mais por mês. Os interessados podem consultar as datas disponíveis no site da CPTM.
    Em junho e julho, a Companhia fez passeios extras aos sábados para atender os visitantes do Festival de Inverno de Paranapiacaba e também avaliar a demanda. O resultado foi um sucesso: todos os bilhetes foram vendidos com antecedência de dois meses. De janeiro a julho deste ano, 6.109 passageiros já embarcaram rumo à Vila de Paranapiacaba. Durante todo o ano de 2018, quando as partidas eram só aos domingos, foram 8.673 passageiros.
    Locomotiva a diesel
    Trem de Paranapiacaba
    O passeio do Expresso Turístico é feito em uma locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952, que conduz dois carros de passageiros, de aço inoxidável, fabricados no Brasil pela Budd – Mafersa nos anos 60 e que foram cedidos pela ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária). O trajeto de cerca de 1h30 inicia a experiência histórica até Paranapiacaba, com ruas e construções inspiradas em vilas inglesas, contando um pouco da implantação da ferrovia no Estado de São Paulo no século XIX.
    O preço unitário da passagem é R$ 50 (ida e volta), exceto para o embarque na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André, que sai por R$ 44. No entanto, os descontos podem chegar até 25% na compra de quatro passagens.
    O bilhete é vendido das 9h às 18h, todos os dias, nas bilheterias das estações da Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André. Devido à procura, é preciso de programar para comprar o bilhete com dois meses de antecedência. Cabe ressaltar que o bilhete da CPTM contempla somente a viagem de trem até um dos destinos escolhidos. Roteiros complementares, podem ser consultados nos sites dos municípios visitados.
    O embarque é realizado às 8h30 da plataforma 4 da Estação da Luz e o retorno das cidades visitadas, às 16h30. São 174 poltronas para acomodar confortavelmente os turistas, além de espaço reservado para cadeira de rodas (com cinto de segurança e ancoragem da cadeira).
    As viagens do Expresso Turístico também são realizadas para Jundiaí (um sábado por mês) e para Mogi das Cruzes (um sábado a cada três meses). (Portal do Governo de São Paulo)
  • BRASIL: Governadores do Sul e Sudeste declaram apoio à reforma da Previdência
    Ao contrário dos governadores do Nordeste, que criticam a reforma, estes governadores abrem mão de suas convicções e ideologias políticas em prol do Brasil.
     
    Articulados pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), os sete chefes de governos estaduais das regiões Sul e Sudeste se posicionaram a favor da reforma da Previdência que tramita no Congresso. A carta (veja na íntegra) com a posição dos governadores de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foi divulgada nesse fim de semana, após a reunião do Consórcio de Integração Sul e Sudeste, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.
    O documento começa afirmando que os governadores “renovam seu apoio à reforma da Previdência Social”. “É imperativo combater o déficit fiscal, recuperar a confiança de investidores, nacionais e internacionais, ingressar na fase de crescimento contínuo, gerando emprego e oportunidades ao brasileiros”, destaca a carta.
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cobrou na semana passada mais empenho dos governadores para convencer parlamentares de seus estados a apoiarem a proposta, como mostrou o Congresso em Foco.
    A reforma da Previdência ainda é apontada como o primeiro passo de um conjunto de reformas que garantiriam, no ponto de vista dos governadores do Sul e Sudeste, estabilidade fiscal e cumprimento das responsabilidades sociais de municípios, estados e União. “A aprovação da reforma da Previdência vai provocar também o debate para a reforma tributária, estimulando o empreendedorismo, a competitividade e a modernidade econômica do Brasil”, argumentam.
    Nenhuma crítica é feita ao texto em tramitação. O tom da mensagem dos governadores do Sul e Sudeste é oposto ao da carta dos governadores do Nordeste, divulgada em 14 de março e capitaneada por Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão. Nove governadores da região Nordeste, quase todos do PT, PSB, PDT e PCdoB, afirmaram que a reforma é "um debate necessário para o Brasil". Eles criticam, no entanto, pontos da proposta de emenda à Constituição (PEC) do presidente Jair Bolsonaro, como desconstitucionalizar parte das regras previdenciárias do país, implementar um regime de capitalização, reduzir valor do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos em situação miserabilidade.
    A primeira reunião do Consórcio de Integração Sul e Sudeste ocorreu dois dias após a divulgação da carta dos governadores do Nordeste. O próximo encontro dos governadores das regiões mais ricas deve acontecer em Gramado, Rio Grande do Sul, em 25 de maio. (Congresso em Foco)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.