Domingo, 05 Abril 2020 | Login
EMENDAS: Emídio destina R$1,1 milhão para as cidades de Osasco e Itapevi

EMENDAS: Emídio destina R$1,1 milhão para as cidades de Osasco e Itapevi Featured

Segundo o deputado petista, os recursos das emendas parlamentares são destinados para ações e projetos na área da Saúde.
 
As cidades de Osasco e Itapevi, na região Oeste da Grande São Paulo, deverão receber cerca de R$ 1,1 milhão para serem aplicados na área da Saúde pública. São recursos oriundos de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado Emídio de Souza (PT). Nesta quinta-feira, 1º de Agosto, membros da Liderança do Partido dos Trabalhadores na Alesp se reuniram com integrantes do governo de João Doria para negociar a liberação dos  recursos.
Segundo a assessoria do deputado, as emendas indicadas são destinadas para obras de infraestrutura, compra de equipamentos de saúde e aquisição de equipamentos para atendimento de crianças com deficiência.
No total destinado para Osasco, R$ 300 mil são indicados para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) que atende crianças de Osasco, enquanto para a Prefeitura foram indicados R$ 500 mil para a realização de obras de infraestrutura.
“A indicação dessas emendas é uma forma de reiterar meu compromisso com a cidade de Osasco e com a AACD. Espero que esses recursos sejam úteis e possibilitem mais e melhores serviços para a população. Espero que o Estado libere esses recursos o quanto antes”, disse Emídio de Souza.
Itapevi
Para a cidade de Itapevi, o parlamentar petista indicou R$ 300 mil para serem usados na compra de equipamentos de saúde. (Com informações de Visão Oeste e Assessoria)
000

About Author

Related items

  • PANDEMIA: Osasco pagará bônus salarial aos servidores que atuam no combate ao COVID-19
    Câmara Municipal votará pagamento do abono em Sessão Extraordinária na próxima semana.
     
    Por Anderson Cavalheiro -
    O prefeito de Osasco, Rogério Lins (PODE), enviou à Câmara Municipal de Osasco, nesta sexta-feira, 03/04, um Projeto de Lei que autoriza o pagamento de abono salarial, no valor de um salário mínimo, aos servidores e funcionários públicos da Secretária de Saúde e de outros quadros, que prestam serviços essenciais na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus, o COVID-19.
    Rogério e Ribamar
    Rogério Lins, Prefeito de Osasco; e Ribamar Silva, Presidente da Câmara Municipal
    O projeto deve ser votado na próxima semana em Sessão Extraordinária. O anúncio foi feito durante uma live na noite de ontem e, em seguida, o projeto foi entregue ao presidente da Casa Legislativa de Osasco, vereador Ribamar Silva (PSD). Lins tem feito todas as noites lives nas redes sociais, para atualizar a população sobre as medidas que a prefeitura vem tomando no combate ao vírus.
    Abono
    Terão direito ao abono os servidores e funcionários públicos do município de Osasco, que estejam efetivamente prestando serviços potencialmente expostos a COVID-19, em especial aqueles lotados nas Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento, Hospital Municipal, Policlínicas, e outros equipamentos relacionados, ou que desempenhem atividades externas. O abono salarial será pago por meio de folha de pagamento complementar.
    Também terão direito ao benefício os servidores que tenham que se afastar de suas funções por contágio do COVID-19 no exercício de suas atribuições.
    Valorização
    O presidente da Câmara de Osasco, Ribamar Silva, afirmou que o projeto tem como objetivo a valorização destes servidores na guerra contra o novo coronavírus na cidade. “Os servidores que estão atuando no combate a esta pandemia, em especial aqueles da área da Saúde, são verdadeiros heróis e merecem nosso reconhecimento e valorização. O momento atual pede união de todos para vencer essa difícil batalha e esses profissionais são essenciais nessa luta”, destacou o vereador.
    As despesas para o pagamento do benefício virão de dotações orçamentárias constantes no orçamento vigente e suplementadas, se necessário. (Por Anderson Cavalheiro - CMO)
  • CORONAVÍRUS: Autoridades de saúde passam a recomendar máscara de pano

    Ministério da Saúde afirma que equipamento pode ajudar na prevenção, desde que seja bem higienizado e de uso individual.


    A Sociedade Brasileira de Infectologia afirma, por meio de nota, que a máscara de pano pode ser recomendada para quem precisa sair de casa, pois é capaz de diminuir a disseminação do novo vírus por pessoas assintomáticas ou pré-sintomáticas. "Para a população que necessita sair de suas residências, a máscara de pano pode ser recomendada como uma forma de barreira mecânica", informa o comunicado.
    No entanto, a entidade ressalta que esse tipo de máscara não impede que aqueles que a utilizam possam ser infectados pelo coronavírus, pois "não possui capacidade de filtragem".
    Em entrevista ao R7, o infectologista Carlos Fortaleza, da Sociedade Brasileira de Infectologia, alertou sobre as limitações dessa medida de prevenção: "Ela tem menos da metade da eficácia da máscara cirúrgica", destacou. "O que me preocupa é que as pessoas pensam que se usarem máscara de pano podem reabrir o comércio, mas não podem", acrescentou.
    O uso da máscara cirúrgica segue restrito para pacientes com sintomas respiratórios - tosse, espirro, dificuldade para respirar - e profissonais de saúde. A instituição também reforça a importância de manter outras medidas preventivas como a lavar as mãos e fazer isolamento social.
    Como deve ser a máscara
    O Ministério da Saúde vai lançar uma campanha digital pela mobilização da população para fabricar as próprias máscaras de pano. De acordo com o órgão, a máscara caseira pode ajudar na prevenção contra o novo coronavírus, mas para ser eficiente precisa de duas camadas de pano e deve ser de uso individual.
    Ela pode ser feita de diversos tecidos, como algodão, tricoline ou TNT. O importante é que seja higienizada, tenha as medidas corretas para cobrir totalmente a boca e nariz e esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.
    "Tem que ser lavada pelo próprio indivíduo para que se possa manter o autocuidado. Se ficar úmida, tem que ser trocada. Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 20 minutos", orienta o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.
    Leia a nota da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) na íntegra:
    "A Sociedade Brasileira de Infectologia recomenda, sempre que possível, o uso da máscara cirúrgica durante a permanência do profissional no serviço de saúde ou hospital.
    Ademais, é desejável que as máscaras sejam trocadas por ocorrência de sujidade ou excesso de umidade. Principalmente em instituições de referência para atendimento de pacientes com Covid-19, preocupa-nos a possibilidade de transmissão da infecção entre profissionais de saúde (transmissão intra-hospitalar), como já descrito em outros países.
    Com a escassez dos equipamentos de proteção individual (EPI) em face da pandemia, avalia-se o uso das máscaras de pano. Porém, em serviços de saúde, elas não devem ser usadas sob qualquer circunstância, de acordo com o mesmo documento citado anteriormente.
    Para a população que necessita sair de suas residências, a máscara de pano pode ser recomendada como uma forma de barreira mecânica. Conquanto, há de ser destacada a importância da manutenção das outras medidas preventivas já recomendadas, como distanciamento social, evitar tocar os olhos, nariz e boca, além de higienizar as mãos com água e sabonete ou álcool gel 70%.
    A máscara de pano pode diminuir a disseminação do vírus por pessoas assintomáticas ou pré-sintomáticas que podem estar transmitindo o vírus sem saberem, porém não protege o indivíduo que a está utilizando, já que não possui capacidade de filtragem. O uso da máscara de tecido deve ser individual, não devendo ser compartilhado." (Fonte: R7)
  • OSASCO DE LUTO: Morre o Dr. Faisal Cury



    Médico, político, ex-vereador e ex-vice-prefeito de Osasco. Acima de tudo, um ser humano admirável, amigo, atencioso e que sempre se preocupou, de verdade, com o seu próximo, fosse como médico, ou como representante do povo no Legislativo e no Executivo. Assim era o Dr. Cury, que nos deixou na tarde desta sexta-feira, 27/03, vencido na luta contra um câncer.

    Em qualquer tempo, falar de política e de medicina em Osasco e região, foi e sempre será impossível não lembrar ou não se referir ao Dr. Cury. Com uma educação refinada, cultura geral e com profundo conhecimento da Medicina, o seu nome já faz parte da história de Osasco, não somente na política, como vereador de vários mandatos, vice-prefeito nos dois mandatos do ex-prefeito e atual deputado Estadual, Emídio de Souza, mas, sobretudo na área da Saúde.

    Como médico e empresário, ele fundou a tradicional Maternidade Dr. Cury, na Rua Pedro Fioretti, há alguns anos repassada a outro grupo. E foi pelas suas mãos que milhares de osasquenses e de outras cidades vieram ao mundo. Além da maternidade, ele fundou também e deixa em Osasco, com filhos também da área médica, unidades de outras especialidades no ramo da medicina. Ele deixou também a sua colaboração como Secretário Municipal da Saúde.

    Como jornalista, conheci o Dr. Cury na Câmara Municipal. Tive o prazer de entrevistá-lo por várias vezes, além de conversas informais em seu gabinete de vice-prefeito. Eu trabalhava Secretaria de Comunicação Social.

    Além de amar a vida e tudo que fazia como médico e gestor público, o Dr. Cury amava viajar. Era um cidadão do mundo e conhecia centenas de países. E por diversas vezes conversamos em sua sala, quando ele nos mostrava fotos e filmes de lugares belos por onde ele já tinha passado em todos os continentes. Adorava falar sobre costumes, culinária e arte de outros povos.

    Em nome do Portal Notícias & Opinião, expressamos os nossos sentimentos de pesar, pedindo a Deus que console o coração de todos os familiares e amigos desde grande osasquense. Obrigado, Dr. Cury! (Renato Ferreira)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.