Domingo, 25 Agosto 2019 | Login
SEGURANÇA:  Operação “Morumbi Mais Seguro” mobilizou mais de 500 policiais nesta sexta-feira

SEGURANÇA: Operação “Morumbi Mais Seguro” mobilizou mais de 500 policiais nesta sexta-feira Featured

A ação foi realizada em locais estratégicos da região e contou com efetivo de 579 policiais, 262 viaturas e um helicóptero.

 

Como todos sabem, o Morumbi é uma das regiões mais ricas e cobiçadas da Capital paulista. Só que já faz muito tempo que a região passou a ser também uma das menos segura tanto para os moradores do Bairro, como também para as pessoas que trabalham ou passam pela região.

Preocupado com essa situação, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança, começou a realizar ações de combate ao crime e, nesta sexta-feira, 12/04, foi realizada mais uma Operação “Morumbi Mais Seguro”. A ação contou com equipes de policiais distribuídas em pontos estratégicos com objetivo de combater crimes, como roubos em geral, furtos de veículos e latrocínios, além de ampliar a sensação de segurança da população em toda a região, e com isso a continuidade da redução dos indicadores criminais.

Mais de 500 policiais estiveram mobilizados para operação, que contou ainda com o apoio de 262 viaturas e um helicóptero. As equipes atuaram em locais estratégicos, previamente apontados pelo serviço de inteligência policial, que mapearam os pontos com maior incidência criminal levando em conta, inclusive, os boletins de ocorrência registrados em delegacias. A operação visou garantir a segurança dos moradores, bem como de toda população que trabalha ou transita pela região.

Participaram da ação várias unidades da PM, como o 16º BPM/M (batalhão territorial) a ROTA (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) e outras unidades especializadas do Choque, como o Regimento de Cavalaria, o COE (Comandos e Operações Especiais), a ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas, do 2º BPChq) e o Canil, além do policiamento de trânsito e do CAv (Comando de Aviação). Por parte da Polícia Civil, integraram à operação, agentes do 34º e do 89° distritos policiais.

Operação

A Operação “Morumbi Mais Seguro” é resultado de um conjunto de ações deflagradas pelas polícias paulistas desde o início do ano. Esse trabalho é perene e, sempre que necessário, ações como esta serão executadas para combater a criminalidade e reduzir a violência.

No quadro abaixo, os resultados operacionais da Operação “Morumbi Mais Seguro”:

Efetivo 579

Viaturas 262

Aeronaves 1
Pessoas Abordadas 1.115
Pessoas Presas 5
Procurados Capturados 2
Total de Pessoas Presas 7
Veículos Vistoriados 407 
Multas Art. 165-A CTB (Recusar-se ao ser submetido ao teste do bafômetro) 59
Drogas Apreendidas (Kg) 15,271

A Polícia Militar do Estado de São Paulo atua diuturnamente na busca incessante da maximização dos resultados operacionais e na consequente redução dos indicadores criminais, visando aumentar a percepção de segurança da população.

Em caso de emergência, acione o Policial Militar mais próximo ou ligue no telefone de emergência 190. (Fonte: Governo de São Paulo)

000

About Author

Related items

  • OSASCO/ESTADO: Cursos gratuitos serão oferecidos na carreta Via Rápida em Osasco

    Trata-se de uma parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão.

     

    A partir do dia 28 de agosto, uma carreta do programa Via Rápida Emprego, do governo do estado, vai oferecer em Osasco, os cursos de corte/costura e almoxarife/estoquista.

    As aulas acontecerão nos períodos da manhã, tarde e noite, no estacionamento da Prefeitura. Inscrições limitadas. Para saber mais informações sobre as inscrições, acesse este link: https://bit.ly/2NisnKi

    As carretas do Via Rápida oferecem os cursos gratuitos do programa em um formato inovador, Além da mobilidade das unidades, a ação integra conhecimentos teóricos e práticos dos mais diversos cursos, num ambiente que simula as situações encontradas pelos participantes no dia-a-dia das atividades.

  • CAPITAL PAULISTA: Justiça libera obra da Prefeitura de SP no Vale do Anhangabaú
    Para presidente do TJ-SP, paralisação representa um risco à economia pública. Decisão de 1ª Instância havia suspendido serviço, após reivindicação de associação que alertava sobre riscos e perda de patrimônio histórico.
    Nesta sexta-feira, 09/08, a Justiça liberou a retomada da obra da Prefeitura de São Paulo no Vale do Anhangabaú, no Centro da capital. Para o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), a paralisação representa um risco à economia pública.
    Há uma semana, a Justiça atendeu ao pedido da Associação Preserva SP para embargar a obra de qualificação do espaço devido à falta de discussões com a sociedade sobre a intervenção em um local de importância histórica para o município, e também devido à falta de um estudo de viabilidade ambiental e arqueológico. Paralelamente, o Ministério Público abriu um inquérito para investigar os gastos com as obras.
    Obra no Vale Anhagabaú
    Segundo o projeto da mega-obra, o Vale do Anhangabaú ficará assim
    A prefeitura recorreu da decisão e respondeu aos questionamentos, afirmando que o projeto foi orçado em R$ 3,8 milhões e houve aprovação junto a todos os órgãos responsáveis pela preservação do patrimônio histórico do município, além de discussão com os conselhos públicos.
    Nesta sexta-feira, o desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças autorizou a retomada das obras, destacando o prejuízo financeiro que a paralisação causa a toda a sociedade. “Cada dia de paralisação da obra representa prejuízo estimado ao município de São Paulo de R$ 42.744,66, isso levando em conta apenas os custos contratuais referentes à remuneração de 108 funcionários e 38 equipamentos mobilizados”, disse.
    Na decisão, o juiz incluiu ainda a manifestação favorável ao projeto por parte do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade (Conpresp) e do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat), e acrescentou que o foi debatido com a sociedade civil, como, por exemplo, em apresentação pública ocorrida em 2015.
    “Não se trata de intervenção feita “de imediato” e à sorrelfa, o que ganha relevância especialmente ante a ausência de oposição administrativa ou judicial anterior, em momento em que o prejuízo à Municipalidade teria sido muito menor (ao contrário do que se dá agora, quando a obra já está iniciada e o local foi transformado em um imenso canteiro de obras)”, escreveu em sua decisão. (G1)
  • SEGURANÇA: Osasco recebe novas viaturas da Polícia Militar
    Nesta quarta, 07/08, o prefeito de Osasco Rogério Lins, recebeu as primeiras viaturas da Polícia Militar com novo grafismo determinado pelo Governo de João Doria. Segundo informou a Secretaria de Segurança do Estado,a substituição de toda a frota da PM será realizada de forma gradual.
    Osasco novas viaturas da PM veículos
    Por uma questão de economia, aas novas viaturas são adesivadas. As cores vermelha, cinza e preto foram aplicadas sobre o veículo branco com o mapa do Estado de São Paulo nas mesmas cores em suas laterais com o branco predominando.
    “Estamos usando mais branco, que é a cor da paz, da polícia pacificadora, que nos protege. Além disso, ao invés de serem pintadas, as viaturas são adesivadas, o que valoriza e facilita a recuperação e troca de adesivagem, se necessário. Ganhamos dois dias no tempo de recuperação (em caso de acidentes ou danos)”, disse o governador João Doria.
    Osasco novas viaturas da PM motos
    Nas redes sociais, ao lado da vice-prefeita, Ana Maria Rossi, e do secretário de Segurança, Coronel Virgulino, o prefeito Rogério Lins falou sobre a renovação da frota: “Osasco recebeu 17 novas viaturas da Polícia Militar, para que possamos ampliar as ações de combate à criminalidade. Agradecemos ao Governador João Dória por mais esse importante investimento em nosso município”, afirmou Lins.

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.