Terça, 26 Março 2019 | Login
IMPASSE: Exército impede acesso de equipes da prefeitura de Osasco a conjunto habitacional

IMPASSE: Exército impede acesso de equipes da prefeitura de Osasco a conjunto habitacional Featured

 
Nessa terça-feira, às 9 horas, a Prefeitura de Osasco enviará, novamente, suas equipes para realizar as obras de recapeamento na via de acesso ao Conjunto Habitacional Miguel Costa, construído em área anexa ao Exército, no bairro de Quitaúna, zona Sul da cidade.
Na semana anterior, homens do Exército impediram o acesso dos caminhões, alegando que a via, ao lado do quartel, é para uso exclusivo das unidades militares.
Entenda o caso
.O Conjunto Miguel Costa é um projeto do governo federal em parceria com a Prefeitura e teve início em 2016. Na área onde os prédios foram construídos, havia uma comunidade carente, vivendo em moradias muito precárias.
Essas famílias chegavam ao terreno pelo acesso de nível da estação de trem – onde há uma cancela – que dá acesso a uma via pública (entre o Quartel do Exército e a linha férrea)
. O Conjunto Habitacional, construído para atender a demanda habitacional, abrigará a população que já morava na área, além de moradores do Rochdale e do Jardim Santa Rita.
.Foram realizadas inúmeras reuniões entre Prefeitura e integrantes do Exército. A última reunião entre as partes ocorreu em outubro, onde foram apresentados os estudos da Prefeitura para acesso dos futuros moradores ao Conjunto Habitacional Miguel Costa:
1 – construção de um túnel,
2 – viaduto transpondo a Avenida dos Autonomistas e passando sobre a linha férrea, e
3 – nova saída pela extensão da avenida Marginal (Avenida das Nações Unidas)
A extensão da avenida mostrou-se como a alternativa técnica e financeiramente mais viável e rápida. Para a extensão dessa via seria necessário a seção de área da União/Exército de aproximadamente 340 metros de comprimento e 15 metros de largura.
Prefeitura e Exército ainda não entraram em acordo, pois o Exército está relutante, alegando que ocupar o Conjunto Habitacional comprometeria a segurança da unidade militar.
Para a execução da obra, o projeto foi aprovado em todas as instâncias competentes.
Serviço:
Recapeamento de via de acesso ao Conjunto Miguel Costa
Dia: 4/12
Local: Avenida dos Autonomistas, em frente ao quartel do Exército, em Quitaúna, em Osasco.
Contato: Simone Trino (99952-0517) ou Olga Liota (98839-6164).
000

About Author

Related items

  • OSASCO: Vereadores vão a Brasília para agradecer destinação de emendas para a cidade
    O Município receberá R$ 2 milhões para a Infraestrutura e R$ 820 mil para a Saúde.
     
    Uma comitiva de vereadores esteve em Brasília nesta quarta-feira, 20/03, para se reunir com os deputados federais Gilberto Nascimento (PSC) e Antônio Bulhões (PRB). Os dois parlamentares destinaram para Osasco R$ 2,8 milhões em emendas do Orçamento federal de 2019.
    Participaram do encontro o presidente da Câmara Municipal de Osasco, Ribamar Silva (PRP) e os vereadores Daniel Matias (PRP) e Ricardo Silva (PRB). “Foi uma visita de agradecimento. Há muita disputa pelos recursos das emendas, por isso é importante prestigiar os deputados que destinaram sua cota para a nossa cidade”, afirmou Matias após o encontro.
    Desse total, R$ 2 milhões (R$ 1 milhão da cota de cada parlamentar) serão aplicados em ações de manutenção e melhoria da infraestrutura da cidade, como o recapeamento de ruas. Nascimento também destinou R$ 820 mil para o custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial do município.
    “Hoje tivemos a confirmação de que a verba já está em fase final de liberação pelo Governo Federal”, declarou o Presidente da Câmara., Ribamar Silva.
    Economia
    Vereadores de Osasco em Brasília 2
     
    Na Capital Federal os vereadores também tiveram uma reunião com o deputado federal Marcos Pereira (PRB) e dois diretores da Associação Brasileira de Fomento ao Pescado (ABRAPES), David Veiga e Thamires Quinhões. David Veiga é proprietário de uma empresa em Osasco, a Damm Produtos Alimentícios, que comercializa pescados processados e in natura.
    Em sua conta no Instagram, Pereira disse que o encontro serviu para discutir temas relacionados à cadeia produtiva de pesca no Brasil.
    “Todo processo envolve importadores, exportadores, indústria, distribuidores, consumidores e comerciantes. Por isso, fomentar e desenvolver o consumo de pescado fortalece, além do setor, a economia como um todo”, declarou o parlamentar. (Departamento de Comunicação)
     
     
  • ARAÇARIGUAMA: Prefeita Lili Aymar se reúne na Superintendência da Caixa Econômica Federal .

    Desde que retomou seu cargo na Prefeitura de Araçariguama, em Fevereiro, a Prefeita Lili Aymar tem trabalho diuturnamente no sentido de regularizar todos os serviços públicos prejudicados durante o mandato do prefeito interino. Na manhã desta segunda- feira, 18/03, acompanhada da equipe do Projetos Especiais, ela se reuniu com representantes da Superintendência da Caixa Econômica Federal para tratar da continuidade das Obras da Rua Sandra , Viçoso , Igavetá e Avenida Aparecidinha , dentre outrras obras que foram prejudicadas pelas chuvas e pela inoperância de empresas que ganharam a Licitação e não fizeram as obras necessárias.

    Lili Aymar 1

    Conforme destacou Lili Aymar, a reunião com a Caixa se fez necessária e visa não perder nenhum recurso das emendas, que foram conquistadas em 2017 e 2018 .

    Lili Aymar 3

    A Prefeita Lili informou à Caixa também que a equipe de Projetos Especiais que havia sido extinta pelo prefeito interino , voltou às atividades e a Prefeitura não perderá mais prazos que estavam prejudicados pela interinidade na Prefeitura. (Departamento de Comunicação da Prefeitura)

  • OSASCO: Vereadores aprovam projeto que proíbe inauguração de obras inacabadas
    Proposta foi aprovada em segunda discussão e agora depende da sanção do Prefeito para virar lei.
     
    A Câmara Municipal de Osasco aprovou na terça-feira (12) o Projeto de Lei (PL) 398/2017, que proíbe a inauguração de obras públicas sem condições de funcionamento. A proposta é de autoria do Presidente da Câmara, o vereador Ribamar Silva (PRP).
    Ribamar diz que, embora não seja uma prática da atual administração municipal, a inauguração de equipamentos públicos sem condições de uso ainda é comum no país, seja por falta de materiais, equipamentos ou funcionários. A medida seria, portanto, uma garantia para que essas situações não voltem a ocorrer no futuro.
    "Quantas vezes a população já foi enganada com construções eleitoreiras, seguidas do abandono após o pleito eleitoral? Sabemos que isso gera muita expectativa e, consequentemente, muita frustração. O povo não pode ser mais enganado", afirma o parlamentar.
    O texto aprovado pelos vereadores inclui todos os equipamentos públicos construídos, reformados ou ampliados com recursos municipais. Toda instalação inaugurada deve estar com sua estrutura física completamente finalizada, atender as exigências legais e apresentar condições mínimas de funcionamento.
    O projeto, que recebeu 12 votos a favor e nenhum contrário, foi aprovado em segunda votação e agora segue para o Prefeito, que pode vetá-lo ou sancioná-lo. Só após a sanção do chefe do Executivo o texto se torna lei. (Comunicação/PMO)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.