Segunda, 24 Setembro 2018 | Login
Novo Secretário de Habitação toma posse em Osasco

Novo Secretário de Habitação toma posse em Osasco Featured

 
Nesta segunda-feira, 20/08, o prefeito Rogério Lins empossou o novo secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Osasco, Aguinaldo Lopes Quintana Neto. De perfil técnico, ele assume o lugar de Ângelo Melli, que deixou o posto há cerca de 40 dias. Bruno Mancini, secretário de Planejamento e Gestão, ocupou o cargo interinamente no período. Também participaram da cerimônia, que aconteceu na própria secretaria, a primeira-dama, Aline Lins, a vice-prefeita, Ana Maria Rossi, demais secretários municipais e adjuntos e vereadores da base do governo na Câmara Municipal.
O chefe do Executivo disse que buscava um profissional com perfil técnico para comandar a Pasta. “Temos desafios muito grandes na Habitação, entre os quais a questão da regularização e, após consultas a pessoas e segmentos da área, chegamos ao nome do Aguinaldo. Temos certeza de que ele fará um bom trabalho. E ele pode ficar tranquilo, porque os servidores da Habitação são muito capacitados, o quadro de colaboradores é muito bom.”
Bruno Mancini desejou sucesso ao novo titular da Habitação. “Nesse período como interino na Habitação, percebi que a equipe é realmente muito dedicada. É esse perfil de profissionais que o Aguinaldo vai encontrar. Ele terá uma responsabilidade muito grande, porque a cidade precisa. A dedicação terá de ser de 110%. Tenho certeza de que ele chega preparado para estes desafios”.
 
Perfil do novo secretário
Novo secretário de Hab de Osasco
Aguinaldo Lopes Quintana Neto, novo secretário de Habitação de Osasco
 
Ex-superintendente de Obras, de Projetos e Gestor de Mutirão na CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) do Estado, Aguinaldo fez breve discurso de agradecimento. “Sinto-me honrado com o convite e espero estar capacitado para exercer a função . Tenham certeza de que me dedicarei 120%.”
O novo secretário de Habitação é formado em Gerenciamento de Empreendimento pela Fundação Getúlio Vargas e em Engenharia Civil pela Universidade Mackenzie. Também já atuou como gerente de controle da Diretoria de Obras da EMURB (Empresa Municipal de Urbanização) de São Paulo, entre 2008 e 2011, e participou, entre outros projetos, da reurbanização do Largo da Batata (Pinheiros), da construção da Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira (Marginal Tietê), e reurbanização da Luz.
Segundo Rogério Lins, entre os principais desafios do setor, no momento, estão a entrega ainda este ano das 960 unidades habitacionais do Miguel Costa (Quitaúna), das unidades do Residencial Nova Alemanha (Jardim Veloso) e do Morro do Sabão (Munhoz Jr.), além da discussão do Plano Diretor da Cidade. “Osasco é a segunda economia do Estado e a oitava do Brasil. Recebeu mutos empreendimentos imobiliários nos últimos anos. Então, temos de discutir os impactos dessas novas edificações no Meio Ambiente e no trânsito”. (Texto: Marco Borba - Imagens: Jean Bueno - SECOM/PMO)
000

About Author

Related items

  • Mortes no trânsito em Osasco caem 30,30% em comparação a 2017

    Políticas públicas de mobilidade urbana e conscientização ajudam a reduzir índices de acidentes

     

    Osasco apresentou queda no número de mortes no trânsito nos oito primeiros meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pelo InfosigaSP, do governo de São Paulo.

    Entre janeiro e agosto deste ano foram 33 mortes (4.7 mortes a cada 100 mil habitantes), queda de 30,33% em relação ao mesmo período de 2017, quando foram registradas 43 mortes. Osasco tem cerca de 700 mil habitantes, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Em Barueri, o índice de mortes a cada 100 mil habitantes supera Osasco. A cidade, que tem 270 mil habitantes, registrou 19 mortes em decorrência do trânsito nos oito primeiros meses de 2018, o equivalente a 7.03 mortes a cada 100 mil. Em Cotia, com 245 mil habitantes, no mesmo período (agosto a janeiro de 2018), foram 27 óbitos (11.02 mortes a cada 100 mil). Em Carapicuíba, com 398 habitantes, foram 23 mortes no período comparado (5.77 mortes a cada 100 mil).

    A exemplo de Osasco, Barueri, Cotia e Carapicuíba também são cortadas por rodovias. Vale destacar que parte das vítimas de acidentes que acontecem nas estradas que cruzam o município é levada para o Hospital Regional, situado em Presidente Altino. Sendo assim, quando há óbitos durante a internação, os números entram para as estatísticas da cidade.

    As políticas de mobilidade urbana e ações de conscientização para tornar o trânsito mais seguro adotadas pela atual administração contribuíram para a redução dos índices. A implantação de radares, a sinalização de vias e a diminuição do limite de velocidade nas avenidas (tendência mundial) também ajudaram na redução de tais números. (Fonte: Secom/PMP - Texto: Felipe Barbosa Imagens: Sérgio Gobatti)

     
  • Osasco abraça a candidatura de Chico Rossi para deputado estadual

     

    Impressionante! Não há outro termo melhor para definir a receptividade, o amor, o carinho e a alegria do povo de Osasco com a candidatura a deputado estadual do ex-prefeito da cidade e ex-deputado federal, Francisco Rossi. O povo de Osasco abraçou a candidatura do Chico Rossi, como ele é também conhecido na cidade que o recebeu aos 13 anos, sobretudo, pelos osasquenses da sua geração.

    Rossi abraço 2

    Esse carinho pode ser observado nas ruas de Osasco, onde Rossi quase sempre caminha na companhia de sua filha Ana Paula, vereadora licenciada e coordenadora de sua campanha. Chico Rossi é parado com frequência por pessoas que desejam abraçá-lo, tirar fotografia e também bater um papo sobre obras públicas e ações sociais dos seus dois mandatos como prefeito de Osasco. Tem sido assim nas feiras livres e em eventos públicos, como o desfile cívico-militar do último 7 de Setembro.

    Apesar do descontentamento do povo com a classe política, o que se observa em relação à receptividade da candidatura de Rossi é absolutamente o contrário. As pessoas param para conversar com ele nas ruas e expressam alegria em saber que ele está novamente disputando uma eleição: "O Brasil e São Paulo estão precisando de homens como você, Rossi".

    Rossi abraço 3

    "Para mim, é muito gratificante, em mais uma campanha eleitoral, a gente ver e sentir o carinho do povo de Osasco. São pessoas que lembram do trabalho do Francisco, como Prefeito, e nos agradecem por ações que nem a gente lembra mais. Fico muito feliz com esse reconhecimento do povo de Osasco", diz Ana Maria Rossi.

    "É muito gostoso poder caminhar com o meu pai pelas ruas e receber esse carinho do povo osasquense. São muitos anos na política sempre trabalhando para melhorar a vida das pessoas e isso fica gravado na mente e no coração de todos. Então, nesses momentos difíceis para o Brasil, com a classe política tão desacreditada, é muito bom perceber esse respeito com o qual ele é recebido. Isso não tem preço", enfatiza Ana Paula.

    Rossi abraço 4

    "Eu só posso agradecer ao povo de Osasco pelo carinho tão grande que venho recebendo nas ruas durante esta campanha. São manifestações de amor e de respeito pelo trabalho que fizemos em prol de Osasco. E não são lembranças apenas das obras públicas que estão aí e podem ser vistas, mas, principalmente, da obra que ficou no coração das pessoas. Estou muito feliz porque são manifestações que partem de pessoas de todas as idades. Os mais velhos lembram-se do nosso trabalho e contam para seus filhos e netos, que também nos procuram para conversar", afirma Chico Rossi. (Imagens: Nyl Fotos)

     

  • CATI de Osasco inaugura Horta Comunitária

    Nesta terça-feira, 18/09, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, esteve na Secretaria de Assistência Social (SAS), que abriga o Centro de Atendimento à Terceira Idade (CATI), para prestigiar a inauguração da Horta Comunitária, feita numa parceria com o empresário Carlos Renê Motta. Também participaram da atividade, a vice-prefeita, Ana Maria Rossi, a secretária de Assistência Social, Elsa Oliveira, e a adjunta Deisi Ventura.

    Cati Rogério

    A inauguração ocorreu em grande estilo com apresentações do grupo de vozes do CATI e da dança circular de cadeiras com a música “Rosa”, de Moacyr Franco, sob o comando da professora Kátia Regiane Oliveira. Já o coral, da professora Sara Zanoti, apresentou as músicas: “Deus e eu no Sertão”, de Vítor e Leo, “Fascinação”, de Carlos Galhardo, e para homenagear o prefeito Rogério Lins, “Índia”, de Roberto Carlos.

    RogérioLins falou da alegria de estar em meio ao pessoal da terceira idade, sempre tão animado e entusiasmado. “Esse Centro de Atenção à Terceira Idade é ótimo para o corpo e a mente. Vir aqui e encontrar esses meninos e meninas esbanjando alegria e entusiasmo, nos faz bem, muito bem. Peço a Deus para nos dar esse ânimo quando chegarmos a idade de vocês”.

    O prefeito também explicou porque foi homenageado pelo coral com a música “Índia”. “Quando estive aqui, cantaram essa música e fiquei muito emocionado. Lembrei do meu avô que cantava essa música para a minha avó e para a minha mãe. Comentei com uma das alunas e hoje recebi essa homenagem linda. Muito obrigado. Aproveito para agradecer o senhor Carlos por nos ajudar com a horta. Só temos a agradecer a parceiros que são assim, visionários”, disse. 

    Elsa Oliveira, titular da SAS, também agradeceu a parceria e disse que agora poderá investir em outras áreas. “Com a horta vamos trabalhar e fortalecer o vínculo que existe entre todos”, explicou.

    Carlos Renê Motta disse que estava sensibilizado com a homenagem. “É muito para um simples ato. Fico feliz em proporcionar essa oportunidade aos que estão acima dos 60 anos, porque contribuíram muito com a geração atual e merecem dignidade e respeito”.

    Na sequência houve entrega de placas aos colaboradores: Odemir de Morais, Paulo Cezar, Carlos Renê Motta, Leilson Briano, José Aldeci, Matheus Motta e Ricardo Godoy, e o desenlace da horta.

    Cati planta

    A horta é suspensa, já que as pessoas de mais idade têm dificuldades para ficar abaixadas. O prefeito ganhou um kit de plantação e plantou, com o Carlos e Elsa, a goiaba roxa.  

    Diversos mudas toram plantadas na horta, como manga espada, jabuticaba, pitanga, manacá, pimenta ornamental de malagueta, morango, amora, boldo, chuchu, vagem, goiaba roxa, figo, espinafre, hortelã, tomilho, orégano, alegrim, salsinha, alface, cebolinha, tomate cereja, rúcula, couve, almeirão e coentro. No espaço, foram instaladas cadeiras de jardim. (Texto: Talita Castro - Imagem: Sergio Gobatti/Secom)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.