Sábado, 21 Julho 2018 | Login
Com 550 vagas, Prefeitura de Itapevi realiza 2ª Maratona do Enem a partir de  setembro

Com 550 vagas, Prefeitura de Itapevi realiza 2ª Maratona do Enem a partir de setembro Featured

 

Dar oportunidades para que os jovens de Itapevi possam entrar em boas faculdades, aumentando suas chances de sucesso profissional. Esse é o objetivo da Maratona do Enem, cursinho preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio oferecido pela Prefeitura que chega a sua segunda edição em 2018.

Neste ano, 550 jovens do município serão beneficiados pelo intensivão. São 400 vagas para as turmas de segunda a sexta, que começam no dia 3 de setembro e vão até 9 de novembro, das 18h às 22h, no Ginásio de Esportes, (Av. Rubens Caramez, 1000A).

Há também 150 vagas para a classe de sábado, que serão realizadas entre 28 de julho e 3 de novembro, das 8h às 18h, no auditório da Secretaria de Educação (Rua Irineu Chaluppe, 65).

"Ter um bom desempenho no Enem é fundamental para que a juventude de Itapevi concretize seu potencial", diz o prefeito Igor Soares. "Queremos que os nossos estudantes alcancem seus sonhos e sejam exemplo para seus colegas, amigos e familiares", afirma.

Maratorna do Enen Itapevi 2

Turma de 2017 da primeira edição da Maratona do Enem de Itapevi

Assim como em 2017, as aulas serão ministradas pela Fundação PoliSaber,responsável pelo Cursinho da Poli. A entidade, que já atendeu mais de 160 mil estudantes, tem em média 60% de seus alunos aprovados nos principais vestibulares do país.

Ao todo, serão 200 aulas de 40 minutos cada ao longo de 10 semanas de intensivão, distribuídas entre as disciplinas de matemática, física, química, biologia, gramática, literatura, história, geografia, inglês, redação, palestras e simulados.

Composto por apostilas do Cursinho da Poli, o material didático será fornecido gratuitamente a todos os que participaram da Maratona do Enem.

Inscrição
Podem participar do cursinho apenas moradores de Itapevi. As inscrições devem ser feitas até 20 de julho, das 8h às 17h, na Secretaria de Educação (Rua Professor Irineu Chaluppe, 65, 2º andar).

É preciso ter em mãos número de matrícula na edição 2018 do ENEM, cópia e original do RG, CPF e comprovante de residência e uma foto 3x4.

Além disso, será solicitado histórico escolar que comprove que o candidato tenha cursado todo o Ensino Fundamental e Médio em escolas públicas. Também é possível apresentar uma declaração de que o candidato está cursando o terceiro ano do ensino médio - o documento pode ser obtido na própria unidade escolar. (Secom - Foto: Arquivo-Felipe Barros/ ExLibris/PMI)

000

About Author

Related items

  • Prefeitura de Osasco forma turma do Centro de Inclusão Digital Itinerante
     
    Nesta sexta-feira, 29/06, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), entregou certificados para 33 pessoas que se formaram no Centro de Inclusão Digital Itinerante, que funciona em uma carreta estacionada na Praça Dicran Echrefian, em Presidente Altino.
     
    O programa proporcionou capacitação profissional na área de tecnologia da informação e disponibilizou acesso livre à internet aos moradores do bairro. O curso teve início em maio, com duração de 2 meses e carga horária de 40 horas. Nessa primeira fase foram duas turmas (manhã/tarde), de segunda-feira a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Os alunos aprenderam informática básica, Word, Excel, Power Point e Internet.
     
    Durante a cerimônia, o prefeito Rogério Lins falou sobre a importância do conhecimento. “Não canso de dizer que o conhecimento não pode ser tirado de ninguém. Quando vejo pessoas mais experientes buscando conhecimento, eu fico muito feliz, porque nunca é tarde demais para se aprender”, disse.
     
    O chefe do Executivo também falou que tem interesse em implantar a inclusão digital em pontos fixos. “A carreta móvel é muito importante, mais eu tenho discutido com o Lau Alencar para implantar a inclusão digital em locais fixos, em parceria com as associações. A inclusão digital pode se tornar tradição e transformar-se em polo de formação e qualificação da mão de obra. Muitas vezes a gente fala de violência e criminalidade e esquece que só com policiamento não faremos uma sociedade melhor. Temos de incluir as pessoas, dar oportunidades e não deixá-las vulneráveis. Com formação adequada e oportunidades iguais, construíremos uma cidade melhor”.
     
    Lins também adiantou as melhorias que pretende realizar no bairro de Presidente Altino. “Em setembro, quando se comemora o aniversário do bairro, quero retornar com boas novas, porque vamos revitalizar e modernizar essa praça, que é o coração de Presidente Altino. Outra reivindicação dos moradores é ter uma UBS. Ela está na nossa programação e deve ser entregue em fevereiro de 2019. Vamos também recapear outras ruas e, para os atletas de plantão: sabemos que o campo da Ford é o celeiro de bons atletas, por isso vai receber grama sintética e iluminação, para ser usado também pelas famílias do bairro. Assim vamos investindo na saúde, infraestrutura e na formação das pessoas, contribuindo com uma segurança pública mais eficiente e fazendo um bairro e uma cidade cada vez melhores”.
     
    O secretário da SDTI, Lau Alencar, agradeceu os esforços para a conclusão desse trabalho e informou que o Centro de Inclusão Digital irá para o Jardim Marieta e Vila dos Remédios. “Já estamos preparando uma outra carreta CDI para ampliar esse programa, atendendo as zonas Norte e Sul de Osasco”, disse.
    Fazendo a diferença
    Para a dona Zélia Altheman, de 79 anos, o curso proporcionou um novo aprendizado. “Eu sou muito curiosa. Quando fiquei sabendo que era um curso de informática, fiquei toda feliz. Aprendi até a fazer planilha de planejamento familiar. Agora sei lançar minhas despesas da casa. Foi ótimo para mim”, disse toda contente.
     
    Também participaram do evento, o secretário e Adilson Moreira (Segurança e Controle Urbano); os adjuntos Marcos Arruda e Fabio Chirinhan; Simone de Carvalho (coordenadora de Políticas para Mulheres), Délbio Teruel, Gelso Lima, Osvaldo do Conseg (supervisor do CID), os professores do CID, Geraldo e Rita, entre outros. (Texto: Talita Castro = Imagem: Ivan Cruz - Secom/PMO)
  • Prefeitura faz a maior ação de recapeamento de Carapicuíba
    Importantes ruas e avenidas de Carapicuíba recebem novo asfalto no maior programa de recapeamento da história da cidade. Nesta nova fase são 70 vias recapeadas e no bairro Ariston, por exemplo, serão 33 ruas beneficiadas e 14 km de pavimentação nova. Com as obras, a Prefeitura oferece mais segurança e conforto aos pedestres e motoristas, além de favorecer a mobilidade pública.
    Com o novo asfaltamento também são refeitas as sinalizações de trânsito, incluindo toda a parte de pintura de solo como faixas de separação de pistas e para travessia de pedestres, além dos locais que serão demarcados com sinal de preferência. Ações como esta são fundamentais para evitar acidentes, dar fluidez ao trânsito e inibir infrações.
    Na Aldeia, por exemplo, está sendo realizada a remodelação viária, com a construção do novo acesso para a estrada da Aldeinha. Com as alterações, o fluxo de veículos ficará mais seguro e mais fácil, já que não será preciso dar a volta no Parque da Aldeia para acessar as estradas da Aldeinha e João Fasoli. (SECOM/PMC)

     
  • Projeto Horta nas Escolas envolve 68 mil alunos em Osasco
     
    Com objetivo de proporcionar a educação alimentar e ambiental no espaço educacional, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, realiza nas escolas da rede municipal de ensino o “Projeto Horta”, que conta com a participação de 68 mil alunos.
    De acordo com o secretário de Educação, José Toste Borges, as hortas nas escolas aproximam os educandos da natureza de maneira efetiva, concretizando ações de ensino e aprendizagem para além da sala de aula. “O projeto visa despertar nos alunos o cuidado com a natureza, através do estabelecimento de uma relação direta com o solo, água e as plantas, proporcionando o contato com algumas hortaliças e despertando o gosto por esses alimentos”.
    A implementação da horta escolar foi adaptada às condições organizacionais e as estruturas físicas de cada escola, com o acompanhamento e participação direta dos estudantes em todas as etapas do processo, desde a preparação do terreno até o plantio e a colheita.
    “Com esse projeto, a alimentação das crianças melhorou, pois elas passaram a aceitar no cardápio diário as verduras, legumes e frutas. Os pais estão felizes com essa iniciativa”, comentou Jessica da Silva, mãe da pequena Ana Vitória Silva, estudante da EMEIEF Maria Tarcila F. Melli.
    Formação Continuada
    No primeiro semestre do ano letivo, ocorreu uma parceria intersecretarial com a Secretaria de Meio Ambiente, cujo objetivo foi capacitar os profissionais da educação para os trabalhos de educação ambiental, os quais estão sendo multiplicadas nas 141 unidades escolares. A formação continuada aconteceu no Parque Municipal Chico Mendes. (Texto: Kelly Cerqueira - Foto: Guilherme Barboza Coelho/SE)

Quem somos

Notícias & Opinião é um site de notícias gerais editado pela Empresa Jornalística Notícias de Paz Ltda - EPP, a partir da Capital e região Oeste da Grande São Paulo.

Como o próprio nome diz, aqui você vai encontrar notícias, entrevistas, artigos, crônicas e opinião sobre política, economia, educação, cultura e esporte, dentre outros temas do nosso dia-a-dia.